BUSCA





Destaques NetSaber:
- Interpretação de Sonhos
- Dicionário de Nomes
- Frases de Bob Marley
- Frases de Alegria
- Frases de Carinho
- Frases de Amor
- Frases de Amigos
- Frases de Vida
- Frases de Amizade
- Arte e Cultura
- Biografia de Aristóteles
- Biografia de Charles Darwin
- Frases e Citações
- Jogos Online
- Livros para Download
- Ciências Biológicas

Buscar Palavras
   A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Palavras que começam com S

S.l.b.m.
s.m. (sigla do ing. submarine launched ballistic missile) Míssil balístico estratégico, lançado de submarino.

S.o.s.
, Sinal radiotelegráfico de pedido de socorro, emitido pelos navios ou pelos aviões em perigo.

S.s.
s.f. (abrev. do al. Schutzstaffel) Guarda de elite de Hitler que mais tarde dominou o serviço de inteligência, a segurança central, as ações policiais e a exterminação dos indesejáveis na Alemanha de então.

Saba
s.m. Descanso religioso que os judeus, segundo a lei de Moisés, deviam observar no último dia da semana. / Assembléia de bruxos e bruxas que, segundo a superstição popular, se reunia no sábado à meia-noite, sob a presidência de Satanás. O mesmo que sabbat.

Sabado
s.m. Sétimo dia da semana. // Sábado de Aleluia, o sábado da Semana Santa, véspera da Páscoa. // Sábado gordo, o que precede o domingo de carnaval. // Sábado magro, o que antecede o sábado gordo.

Sabao
s.m. Produto detergente obtido pela mistura de um álcali e um corpo graxo, e que serve para a limpeza em geral. / Um pedaço desse produto. / Fam. e Fig. Repreensão, descompostura: passar um sabão em alguém.

Sabatico
adj. Que diz respeito ao sabá: descanso sabático. / Que diz respeito ao sábado. / O sétimo ano, entre os judeus, santificado pela cessação dos trabalhos agrícolas. / A licença de um ano concedida, a cada sete anos, a certos empregados nas empresas, e a professores universitários em alguns países: férias sabáticas.

Sabatina
s.f. Trabalho escolar, geralmente realizado aos sábados, a fim de recapitular a matéria da semana. / Recapitulação oral de certo número de lições, por meio de perguntas e respostas. / Reza própria para o sábado. / Fig. Discussão, debate, altercação.

Sabbat
s.m. O mesmo que sabá.

Sabe-tudo
s.m. e s.f. Ironic. e Fam. Sabichão. / Bras. Designação genérica dos pássaros turdídeos.

Sabedor
adj. e s.m. Que, ou aquele que sabe alguma coisa; ciente. / Sábio, erudito.

Sabedoria
s.f. Qualidade ou caráter de sábio. / Acúmulo de muitos conhecimentos; grande instrução; ciência, erudição, saber.

Sabeismo
s.m. Religião baseada na adoração dos astros. / Seita cristã eivada de magia e originária dos gnósticos.

Sabeista
s.m. e s.f. Sectário do sabeísmo.

Sabelianismo
s.m. Doutrina de Sabélio.

Sabeliano
s.m. Sectário das idéias de Sabélio, herético do séc. II.

Sabenca
s.f. Pop. Sabedoria, saber, erudição.

Sabendas
s.f.pl. Us. na loc. adv. a sabendas, de propósito, com conhecimento, cientemente.

Saber
v.t. Conhecer, ser informado ou ter conhecimento de, ser instruído em: saber a verdade; saber latim. / Estar convencido de; ter a certeza de (coisa presente ou futura), prever: sabia que chegaria atrasado. / Ter força, mérito, meio ou possibilidade de: saber enfrentar qualquer dificuldade; o bebê não sabe andar. / Compreender, poder explicar: não sei o que tenho. / Conseguir: soube vencer na vida. / Ter conhecimentos, erudição, ciência ou informação: há professores que nada sabem. / Ter gosto de, lembrar o sabor de: este doce sabe a mel. // &151; Part. explicativa: a saber, isto é, na seguinte ordem. (Esta locução geralmente antecede uma enumeração de exemplos, causas, efeitos etc.) // Não saber a quantas anda, estar completamente desinformado a respeito de algo. // Não querer saber de ou não querer saber mais de, não gostar de, não querer mais, desinteressar-se de; não querer sequer ouvir falar de: não quero mais saber daquela mulher. // Não saber de si, estar confuso por problemas psicológicos ou por acúmulo de tarefas: trabalha tanto que não sabe de si. // Dar a saber, fazer constar. // Vir a saber-se, tornar-se público e notório. // Saber bem, ser saboroso; conhecer bem. // Saber do seu ofício, ser competente profissionalmente. // Saber viver, acomodar-se às circunstâncias, aos hábitos estabelecidos; gozar a vida, viver de modo epicurista; tirar proveito de situações. / &151; S.m. Soma de conhecimentos, ilustração, cultura, erudição: homem de grande saber.

Sabeu
adj. Relativo ao país de Sabá. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante desse país: os sabeus habitavam outrora a Arábia Feliz. / Membro de uma seita religiosa da época antiga do Islã.

Sabia
s.m. Designação popular que se dá a uma inflamação que se localiza nos cantos da boca. / Bot. Nome de uma planta da família das leguminosas-mimosáceas, que produz madeira utilizada em construção civil.

Sabia-branco
s.m. Nome comum a duas aves passeriformes da família dos turdídeos. (Seu colorido é geralmente avermelhado.)

Sabia-laranjeira
s.m. Ave passeriforme da família dos turdídeos, de plumagem pardo-avermelhada e bico amarelo, e cujo canto é muito apreciado.

Sabiauna
s.m. Ave passeriforme da família dos turdídeos, de bico amarelo.

Sabichao
adj. e s.m. Irônic. e Fam. Que, ou aquele que sabe muito ou que julga saber muito; sabe-tudo.

Sabido
adj. Conhecido, público: é coisa sabida. / Versado, conhecedor, erudito, perito: é muito sabido em história. / Prudente, circunspecto, astuto, finório: é um sujeito sabido. / Velhaco, trapaceiro. / &151; S.m.pl. Emolumentos, ordenado pago a monges ou a párocos.

Sabina
s.f. Planta cucurbitácea indiana. / Arbusto da família das coníferas.

Sabino
s.m. Indivíduo dos sabinos, antigo povo da Itália central. / Dialeto itálico falado por esse povo. / &151; Adj. Referente aos sabinos.

Sabio
adj. e s.m. Que ou aquele que sabe muito, que tem extensos e profundos conhecimentos; erudito: os sete sábios da Grécia. / Que ou aquele que tem conhecimento em certa especialidade; especialista, douto. / Que ou aquele que age ou fala em conformidade com a razão e a moral, com prudência e experiência da vida; sensato, equilibrado: sábias palavras, sábias medidas. / &151; S.m. Filósofo, pensador que se distingue pelo grande saber, pela experiência do mundo e por uma vida exemplar.

Sabir
s.m. Linguagem formada com elementos do árabe, francês, italiano e espanhol, usada nos portos do Mediterrâneo. / Qualquer língua de formação rudimentar, no vocabulário e na estrutura, constituída por elementos díspares, de origens diversas: o "pidgin English" é um exemplo de sabir.

Sable
s.m. Heráld. Esmalte de cor negra dos brasões, que simboliza luto, aflição; sabedoria e prudência; honestidade e firmeza.

Saboeiro
s.m. Nome dado a um grupo de árvores e arbustos que produzem frutos contendo uma substância saponácea, a saponina.

Saboga
s.f. Zoologia O mesmo que savelha.

Sabonete
s.m. Sabão aromatizado destinado à higiene corporal. / Fam. e Fig. Repreensão leve, sabão. / Botânica. Planta da família das sapindáceas.

Saboneteira
s.f. Pequeno recipiente para o sabonete.

Saboneteiro
s.m. Botânica. O mesmo que saboeiro.

Sabor
s.m. Sensação produzida por certos corpos (substâncias sápidas) nos órgãos do paladar: sabor doce, amargo, picante, azedo etc. / Propriedade que essas substâncias têm de impressionar o paladar; gosto, saibo: o sabor ácido do limão. / Fig. Caráter, índole, qualidade, propriedade: obra com sabor de coisa ultrapassada. / Fig. Graça, jocosidade e espírito: escrever com sabor. / Fig. Espécie, gênero, teor: dizia isto e outras coisas do mesmo sabor. // &151; loc. prep. Ao sabor de, ao capricho de, ao talante de, à disposição de: viver ao sabor das paixões, errar ao sabor do vento.

Saborear
v.t. Degustar lentamente, com prazer: saboreou o licor até a última gota. / Comer demoradamente e com prazer: saboreou um a um todos os pratos do banquete. / Gozar voluptuosamente: saboreava as honrarias e as lisonjas. / Deliciar-se, comprazer-se: sempre saboreara os clássicos.

Saborido
adj. O mesmo que saboroso.

Saboroso
adj. Que tem sabor ou gosto, delicioso, gostoso, deleitoso, saborido: comida saborosa. / Fig. Engraçado, espirituoso: ditos saborosos.

Sabotador
s.m. Pessoa que pratica sabotagem.

Sabotagem
s.f. Ato de sabotar.

Sabotar
v.t. Danificar propositadamente, criminosamente, instalações ferroviárias, industriais, militares para impedir, retardar ou interromper seu funcionamento (ação praticada por grevistas, ou elementos revolucionários, terroristas, e, em tempo de guerra, por elementos das forças de resistência na retaguarda das tropas ou nos territórios ocupados pelo inimigo). / Fig. Dificultar ou prejudicar uma atividade por meio de resistência passiva.

Sabra
adj. e s.m. e s.f. Judeu ou judia nascidos em Israel.

Sabre
s.m. Arma branca, reta ou encurvada, com um só gume: sabre de abordagem, de cavalaria, de infantaria. / Espada curta.

Sabre-baioneta
s.m. Ant. Sabre curto que podia ser fixado na extremidade de um fuzil (baioneta) ou de um mosquetão.

Sabrina
- Feminino de Sabra (judeu nascido em Israel).

Sabugo
s.m. Espiga de milho debulhada. / O miolo do sabugueiro. / O mesmo que sabugueiro. / A parte interior dos chifres. / Parte do dedo na qual se encrava a unha.

Sabugueiro
s.m. Botânica. Arbusto de flores brancas e perfumadas, de frutos vermelhos ou pretos. (Alt.: 10 m; longevidade: até 100 anos; família das caprifoliáceas.)

Sabujar
v.t. Bajular, adular.

Sabujice
s.f. Qualidade ou caráter de sabujo; servilismo, subserviência.

Sabujo
s.m. Grande cão de caça. / Fig. Indivíduo servil, bajulador; sevandija. (Us. também como adj.)

Sabura
s.m. Bras. (N) O mesmo que borá.

Saburra
s.f. Crosta esbranquiçada que recobre a parte superior da língua, como sintoma de certas doenças.

Saburrar
v.t. Náutica Lastrar (o navio), para lhe dar estabilidade.

Saburroso
adj. Que tem saburra; cheio de saburra. (Diz-se da língua ou das mucosas digestivas recobertas, em certas doenças, por uma crosta esbranquiçada.)

Saca
s.f. Saco largo e comprido, muito usado como medida: três sacas de café. / Bolsa de compras.

Saca-rolhas
s.m. Espécie de parafuso de metal, provido de um cabo ou de um anel, para tirar a rolha das garrafas. / Botânica. Planta da família das esterculiáceas.

Sacada
s.f. Arquitetura. Construção que ressai da fachada de um prédio, e se apóia em mísulas ou cachorros; balcão de janela.

Sacado
adj. Extraído, tirado para fora; o que se sacou. / &151; S.m. Direito e Com. Aquele que emite um título de crédito a favor de alguém.

Sacador
adj. O que saca. / &151; S.m. Direito e Com. Aquele que emite título de crédito contra alguém.

Sacana
adj. e s.m. e s.f. Bras. Chul. Diz-se de, ou pessoa sem caráter, libertina. / Bras. (N) Diz-se de, ou pederasta passivo.

Sacanagem
s.f. Bras. Chul. Ato ou dito de sacana.

Sacar
v.t. Tirar, puxar para fora à força, com violência: sacar da espada. / Arrancar. / Obter com esforço. / Direito e Com. Emitir (contra alguém) um título de crédito.

Sacarase
s.f. Diástase do intestino delgado que hidrolisa a sacarose. (Sin.: invertina, súcrase.)

Sacarato
s.m. Combinação do açúcar com um óxido metálico.

Sacareto
s.m. Medicamento sólido que tem como base o açúcar.

Sacaridio
adj. Semelhante ao açúcar. / &151; S.m. Combinação de açúcar com ácidos orgânicos; hidrato de carbono.

Sacarifero
adj. Que produz, contém açúcar: planta sacarífera.

Sacarificacao
s.f. Conversão em açúcar: a sacarificação do amilo.

Sacarificar
v.t. Transformar em açúcar. / &151; V.pr. Converter-se em açúcar.

Sacarimetro
s.m. Indústria Instrumento destinado a dosar o açúcar em solução num líquido.

Sacarina
s.f. Substância branca, derivada do tolueno, quimicamente sem conexão com os verdadeiros açúcares, da qual se lança mão no regime dos diabéticos devido a seu sabor açucarado. Seu poder adoçante é 300 vezes maior do que o do açúcar.

Sacarino
adj. Que tem a natureza, os caracteres do açúcar. / Relativo ao açúcar. / Em que há açúcar ou que é doce como o açúcar. / Zoologia Diz-se dos animais que se alimentam de açúcar.

Sacaro
adj. Que tem a natureza do açúcar.

Sacaroide
adj. Que tem a aparência do açúcar: gesso sacaróide. / Minas Corpo cuja estrutura é granulosa como a do açúcar.

Sacarolado
adj. e s.m. Nome genérico de medicamentos à base de açúcar: os xaropes são sacarolados.

Sacaromicete
s.m. Levedura que produz a fermentação alcoólica dos sumos açucarados no curso da fabricação do vinho, da cerveja, da sidra etc.

Sacarose
s.f. Glicídio que constitui o açúcar da cana e da beterraba, e fornece, por hidrólise, glicose e frutose (dextrose e levulose).

Sacerdocio
s.m. Dignidade e funções dos ministros de um culto. / O corpo eclesiástico, o conjunto dos sacerdotes. / Fig. Função que apresenta caráter respeitável em razão do devotamento que exige: o magistério é um sacerdócio.

Sacerdotal
adj. Relativo ou pertencente aos padres, ao sacerdócio ou aos sacerdotes: hierarquia sacerdotal, vestes sacerdotais.

Sacerdote
s.m. Ministro que oferecia vítimas à divindade e cuidava dos assuntos religiosos. / Aquele que ministra os sacramentos da Igreja; padre. / Fig. Aquele que tem profissão honrosa ou missão nobre: os sacerdotes do magistério.

Sacerdotisa
s.f. Mulher consagrada ao culto de uma divindade.

Sacha
s.f. Ação de sachar; o mesmo que sachadura.

Sachadura
s.f. Mondagem, afofamento da terra, feita com o sacho.

Sachar
v.t. Arranchar o mato que cresceu em terreno cultivado. / Lavrar, afofar com o sacho.

Sache
s.m. Pequeno saco ou pequena almofada em que se deitam perfumes ou substâncias medicamentosas.

Sachem
s.m. Membro do conselho de algumas tribos de índios da América do Norte. / Chefe supremo de uma confederação, entre os algonquinos.

Sacho
s.m. Instrumento semelhante à enxada, de que se servem os jardineiros para afofar a terra, mondar as ervas etc.

Sachola
s.f. Espécie de enxada com lâmina mais estreita, utilizada na jardinagem.

Saci
s.m. Bras. Folcl. Ente da mitologia brasileira.

Saciar
v.t. Aplacar a fome, a sede. / Encher, fartar, satisfazer. / Fig. Satisfazer plenamente: saciaram-se de leitura.

Saciedade
s.f. Estado de uma pessoa completamente saciada; satisfação do apetite; fartura. / Fastio, aborrecimento. // À saciedade, até fartar, exuberantemente.

Saco
s.m. Receptáculo de pano, couro, papel, aberto por um lado (a boca). / Seu conteúdo: saco de trigo. / Antigo vestido de penitente. / Pequena mala. / Bras. Enseada pequena: saco de São Francisco. / (PE e BA) Grande corte, circular ou em forma de meia-lua, nos rebordos escarpados das serras. / (GO) Arco de círculo descrito por um rio. / Anatomia. Cavidade recoberta por uma membrana. / Bras. Chul. Escroto. // Saco hernitário, porção do peritônio que é levada à frente do intestino, na hérnia. // Despejar o saco, dizer quanto sabe; desabafar-se. // Chul. Estar de saco cheio, estar irritado, enfarado, não aturar mais. // Encher o saco, maçar, esgotar a reserva de tolerância ou de paciência. // Comprar nabos em saco, v. NABO.

Sacola
s.f. Pequeno saco, espécie de bolsa grande, de couro, lona, pano ou plástico, geralmente provida de alça. / Espécie de bolsa que se leva a tiracolo.

Sacolejar
v.t. Agitar muito, sacudir.

Sacolejo
s.m. Ato de sacolejar.

Sacra
s.f. Pequeno quadro de orações, posto no altar, para auxiliar a memória do sacerdote.

Sacralizacao
s.f. Ação de sacralizar, de tornar sagradas as coisas profanas. / Medicina Fusão da quinta vértebra lombar com o osso sacro.

Sacralizar
v.t. Atribuir caráter sagrado a coisas profanas.

Sacramental
adj. Que constitui a essência dos sacramentos: espécies sacramentais. // Palavras sacramentais, palavras pronunciadas na consagração ou administração de um sacramento. /

Sacramentar
v.t. Administrar os sacramentos a; dar comunhão ou extrema-unção a. / Tornar sagrado; consagrar. / Bras. Pop. Preencher todos os requisitos de (documento, trato, contrato etc.). / &151; V.pr. Receber os sacramentos. / Teologia Transubstanciar-se na eucaristia.

Sacramentario
s.m. Livro que continha as orações da missa a serem pronunciadas pelo celebrante, e que foi substituído em 1614 pelo ritual. / Nome que os luteranos davam aos calvinistas e aos dissidentes que negavam a eucaristia.

Sacramento
s.m. Ato religioso cuja finalidade é a santificação daquele que é seu objeto. / Para os cristãos, o sinal sagrado instituído por Jesus Cristo para dar, confirmar ou aumentar a graça. (Há sete sacramentos católicos: batismo, confirmação, eucaristia, penitência, extrema-unção, ordem e matrimônio. A maioria dos protestantes só admite dois sacramentos: batismo e ceia.) // Ligar-se pelo sacramento, receber o matrimônio. // Últimos sacramentos ou os sacramentos, penitência, eucaristia, extrema-unção, que os católicos recebem quando estão em perigo de morte. // Santo sacramento, a eucaristia.

Sacrario
s.m. Lugar ou reservatório onde se guardam coisas sagradas tais como as hóstias e as relíquias. / Fig. Lugar reservado e respeitável.

Sacre
s.m. Grande falcão da Europa meridional e da Ásia. / Grande canhão (antigo).

Sacrificador
adj. Que sacrifica. / &151; S.m. Sacerdote que oferecia o sacrifício: os sacrificadores romanos. // Grande sacrificador, sumo sacerdote dos judeus, que era escolhido na família de Aarão.

Sacrificar
v.t. Oferecer em sacrifício, em holocausto à divindade; imolar. / Consagrar inteiramente. / Desprezar (coisa ou pessoa) em favor de (outra): sacrificar a vida pelos filhos. / Diminuir o valor, prejudicar, pôr em risco: o autor sacrificou o papel. / Renunciar voluntariamente a. / &151; V.pr. Devotar-se inteiramente a; tornar-se vítima de (algum ideal, interesse): sacrificar-se pela pátria, pelos filhos.

Sacrificio
s.m. Oferta feita à divindade, em meio a cerimônias. / Fig. Renúncia voluntária ou forçada a algo que se possui: sem algum sacrifício nada se obterá. // Santo sacrifício, a missa. // Sacrifício humano, imolação de uma pessoa à divindade. // Sacrifício de Jesus, sua morte na cruz. // Espírito de sacrifício, tendência a sacrificar-se ou a ceder sem benefício imediato: só com espírito de sacrifício atingiremos o objetivo. / &151; S.m.pl. Privações, despesas voluntariamente impostas: fazer sacrifícios pelos filhos.

Sacrilegio
s.m. Profanação das coisas sagradas; pecado contra a religião. / Ultraje. / Atentado contra pessoa sagrada ou digna de veneração: agredir a mãe é um sacrilégio. / Ato extremamente repreensível: cometeu um sacrilégio violando o lar do amigo.

Sacrilego
adj. Que comete sacrilégio; manchado por um sacrilégio: mão sacrílega. / Que tem o caráter de sacrilégio: intenção sacrílega. / &151; S.m. O que cometeu sacrilégio.

Sacripanta
adj. e s.m. e s.f. Velhaco, patife, capaz de todas as violências e indignidades; pessoa desprezível.

Sacripante
adj. e s.m. e s.f. Sacripanta.

Sacrista
s.f. Religiosa que, no convento, tem a seu cargo a sacristia.

Sacristao
s.m. Empregado que tem a seu cargo a sacristia de uma igreja ou capela; aquele que ajuda o sacerdote na missa e ofícios divinos.

Sacristia
s.f. Lugar onde são guardados os vasos e paramentos da igreja, e onde os padres oficiantes tomam as vestes do culto.

Sacro
adj. Sagrado. / Que merece respeito, veneração. / Relativo à religião: arte sacra. // Sacro Colégio, o colégio dos cardeais.

Sacroiliaco
adj. Relativo aos ossos sacro e ilíaco.

Sacrossanto
adj. Santo e sagrado; santíssimo, duplamente santo.

Sacudidela
s.f. Ação ou efeito de sacudir; sacudidura. / Fam. Pequena sova.

Sacudido
adj. Agitado, sacolejado. / Forte, robusto: rapaz sacudido.

Sacudidura
s.f. Ato ou efeito de sacudir ou sacudir-se; sacudidela.

Sacudir
v.t. Agitar fortemente em diversos sentidos: o vento sacode as árvores. / Abanar ora para um ora para outro lado: sacudia a cabeça negativamente. / Fazer tremer, estremecer: o vento sacudia as paredes da casa./ Expulsar, repelir: sacudir da memória os pensamentos maus. / Livrar-se de; jogar, atirar (para fora ou para longe): sacudiu a poeira; sacode o lixo no quintal. // Sacudir o jugo, libertar-se. // Fig. Sacudir o pó a alguém, espancá-lo. // Sacudir a poeira dos sapatos, afastar-se com desprezo de algum lugar. / &151; V.pr. Agitar-se, mexer-se. / &151; S.m. Meneio: um sacudir de ombros.

Saculiforme
adj. Que tem forma de sáculo.

Saculo
s.m. Anatomia. Pequena cavidade do ouvido interno, que contém receptores sensíveis à gravidade. / Botânica. Espécie de saco que envolve a radícula de certos embriões.

Sadico
adj. e s.m. Que tem o caráter do sadismo; que ou quem sofre de sadismo. / Fig. Aquele que se regozija com o sofrimento alheio.

Sadio
adj. Que tem boa saúde: uma criança sadia. / Saudável, que é bom para a saúde: alimentação sadia.

Sadismo
s.m. Prazer mórbido em ver e fazer sofrer outra pessoa ou animal. (O sadismo é hoje considerado uma anomalia do instinto sexual, que impele à prática de atos de crueldade e até ao assassínio para atingir o orgasmo.)

Sadista
adj. e s.m. e s.f. Que, ou quem sofre de sadismo; sádico.

Sadomasoquismo
s.m. Associação dos impulsos agressivos dirigidos contra outrem e contra si mesmo (sadismo e masoquismo).

Saduceu
s.m. Membro de um grupo religioso ativo na Judéia até a queda de Jerusalém, em 70.

Safa
interj. Designa espanto, repugnância ou admiração.

Safadeza
s.f. Bras. Qualidade, ato ou dito de safado; vileza, desfaçatez, descaramento. / O que é pornográfico ou imoral; imoralidade.

Safado
adj. Pop. Descarado, desavergonhado; atrevido, insolente. / Bras. Devasso, libertino, obsceno. / Bras. Irado, encolerizado, zangado: ficou safado com os amigos. / &151; S.m. Indivíduo vil ou imoral; safardana.

Safanao
s.m. Pop. Sacudidela; empurrão, tranco.

Safar
v.t. Tirar, puxando; sacar. / Livrar de estorvos; desembaraçar. / Furtar, roubar, surripiar. / &151; V.pr. Esquivar-se de obrigações ou trabalhos. / Fugir; escapar, livrar-se: safar-se de complicações.

Safardana
s.m. Indivíduo sem escrúpulos; safado, canalha.

Safari
s.m. Na África, expedição de caça de animais ferozes e de grande porte.

Safaro
adj. Diz-se de animal bravo, esquivo. / Estéril, infecundo, árido: terra sáfara.

Safena
adj. e s.f. Anatomia. Diz-se de, ou cada uma de duas veias que recebem o sangue de outras veias, superficiais, do membro inferior. // Ponte de safena, enxerto coronariano feito com um segmento de safena.

Safico
adj. Relativo a Safo, poetisa grega. // Verso sáfico, verso grego ou latino de onze sílabas, cuja invenção é atribuída a Safo. / Verso português decassílabo com acentuação própria na 4.&170;, 8.&170; e 10.&170; sílabas.

Safira
s.f. Pedra preciosa, variedade transparente do corindo, de cor azul brilhante em diversos tons, e muito dura. / P. ext. A cor azul.

Safira
s.f. Pedra preciosa, variedade transparente do corindo, de cor azul brilhante em diversos tons, e muito dura. / P. ext. A cor azul.

Safismo
s.m. Inversão sexual no sexo feminino, amor lésbico; lesbianismo.

Safra
s.f. Colheita. / Bras. (RS) Período anual de venda de produtos agropecuários.

Safrejar
v.i. Bras. Explorar um engenho de açúcar ou de aguardente. / Produzir (o engenho de açúcar).

Saga
s.f. Nome genérico de antigas narrativas e lendas escandinavas, redigidas, pela maior parte, na Islândia, nos séc. XII a XIV: a mitologia das sagas. / Canção popular que tem como tema alguma dessas lendas.

Sagacidade
s.f. Aptidão para apreender ou compreender as coisas por simples indícios. / Perspicácia, agudeza de espírito, argúcia; astúcia.

Sagaz
adj. Dotado de sagacidade; perspicaz, arguto: crítica sagaz.

Sagital
adj. Que tem a forma de seta. / Segundo o plano de simetria: corte sagital. // Sutura sagital, sutura que une os dois parietais, na linha mediana da abóbada craniana.

Sagitaria
s.f. Botânica. Planta de água doce com folhas aéreas em forma de ponta de lança. (Família das alismatáceas.)

Sagitario
adj. Armado de arco e flecha; que atira setas. / &151; S.m. Arqueiro na antiga Roma.

Sagracao
s.f. Cerimônia religiosa na qual é consagrado um rei ou um bispo: a sagração dos reis de França fazia-se na catedral de Reims.

Sagrado
adj. Consagrado ao culto: vasos sagrados. / Que recebeu a consagração, que cumpriu as cerimônias de sagração. / Relativo à religião ou ao culto. / Inviolável. / Venerável, respeitável: compromisso sagrado. // Fig. Fogo sagrado, sentimentos nobres e apaixonados: o fogo sagrado da liberdade. // Livros sagrados, o Antigo e o Novo Testamento. / &151; S.m. O que é sagrado: o sagrado e o profano. // Sagrado Coração, o Coração de Jesus, venerado pelos católicos.

Sagrar
v.t. Conferir um caráter sagrado por meio de cerimônias religiosas: sagrar um imperador. / Consagrar, dedicar ao serviço de Deus; benzer: a igreja foi sagrada no mesmo dia. / Venerar, respeitar como coisa sagrada, consagrar: a posteridade sagrou seu nome.

Sagu
s.m. Fécula que se extrai da medula dos sagüeiros. / Substância farinácea de que os japoneses fazem pão. / Bebida espirituosa usada na Índia, chamada também tuaca.

Saguao
s.m. Vestíbulo; sala de entrada nos grandes edifícios, e onde começa a escadaria ou ficam os elevadores que levam aos andares superiores.

Sagum
s.m. Var. de sagu.

Saheliano
adj. Relativo ao Sahel, região do Norte da África.

Sahib
adj. e s.m. Senhor, na Índia (título honorífico). (Var.: saíbe.)

Sahraui
adj. e s.m. (pal. ár.) Do Saara, especialmente do Saara ocidental. (Var.: saaráui.)

Sai
s.m. Pequeno símio, da América tropical, com longa cauda não preênsil. / Nome de vários pássaros.

Saia
s.f. Peça do vestuário feminino, que desce da cintura até as imediações do joelho, variando o comprimento de acordo com a moda.

Saia-balao
s.f. Saia enfunada, geralmente retesada por arcos flexíveis.

Saia-calca
s.f. Saia com uma peça que prende a parte anterior com a posterior entre as pernas, formando uma calça disfarçada por pregas.

Saiao
s.m. Planta da família das crassuláceas que tem a propriedade de se reproduzir facilmente pelas bordas das folhas destacadas.

Saibo
s.m. Pop. Sabor ou gosto, geralmente desagradável.

Saibrar
v.t. Cobrir de saibro; balastrar.

Saibro
s.m. Areia misturada com argila. / Areia grossa dos rios.

Saibroso
adj. Misturado com saibro: terra saibrosa.

Saida
s.f. Ação de sair. / Lugar por onde se sai; porta de saída: este recinto tem duas saídas. / Fig. Maneira de superar uma dificuldade; recurso, expediente: arranjou uma saída. // Arranco, partida: o carro deu uma saída brusca. / Dito inesperado, disparate: vem com esta saída. // Ter saída, vender-se facilmente. // Ter boas saídas, ter réplicas felizes na conversa.

Saida-de-banho
s.f. Traje, roupão em que as pessoas se enrolam ao sair do banho.

Saida-de-praia
s.f. Bras. Roupão curto, semelhante ao casaco de quimono de judô, usado sobre o traje de banho feminino.

Saido
adj. Que saiu. / Que ressai; saliente: queixo saído. / Bras. Esperto, desembaraçado, saliente. / Bras. Pop. Metediço, intrometido, abelhudo.

Saieta
s.f. Sarja de lã usada para forros.

Saiga
s.f. Gênero de mamíferos artiodáctilos ruminantes, da família dos bovídeos, nativos da Europa e da Ásia.

Saimel
s.m. A primeira pedra de um arco, assentada sobre capitel, cimalha ou ombreira.

Saimento
s.m. Préstito fúnebre; funeral, enterro. / Saída. / Bras. Qualidade ou ato de pessoa saída ou saliente.

Sainete
s.m. Pequena peça alegre do teatro espanhol, de que participam apenas duas ou três personagens. (Passou a designar um gênero para o qual se usa hoje em dia a pal. ingl. sketch.) / Isca que se dá aos falcões para amansá-los. / Qualidade agradável de alguma coisa, graça.

Saint-marcelin
s.m. (pal. fr.) Pequeno queijo de pasta macia e casca coberta de bolor, fabricado no Delfinado (França) com leite de vaca.

Saint-paulin
s.m. (pal. fr.) Queijo de pasta prensada e casca lavada, fabricado com leite de vaca.

Saio
s.m. Antigo vestuário amplo, com abas e fraldão. / Parte das armaduras romanas, que defendia o ventre e os quadris. / Espécie de casaco de guerra dos gauleses, posteriormente adotado pelos romanos e pelos cavaleiros medievais.

Saiote
s.f. Saia curta. // Saiote escocês, traje típico dos escoceses, espécie de saia curta feita em geral de tecido enxadrezado. // Saiote grego, saiote curto e pregueado, que faz parte da indumentária nacional grega.

Sair
v.i. Passar de dentro para fora: sair da casa. / Mover-se, andar: não saia daqui. / Passar de uma época, uma condição para outra: sair do inverno, da escravidão. / Livrar-se: sair de uma dificuldade. / Afastar-se, desviar-se: saiu do assunto. / Retirar-se, ausentar-se, escapar. / Mudar de estado, começar novo período: saiu da adolescência. / Deixar de fazer parte de uma corporação, abandonar uma profissão: saiu do magistério. / Brotar, nascer: as fontes saem do terreno úmido. / Resultar, redundar. / Vir a ser, tornar-se: saiu um hábil político. / Suceder, acontecer: saiu conforme o previsto. / Proceder, provir: saiu de boa família. // Sair a, parecer-se: saiu ao pai. // Sair caro, custar muito. // Sair dos eixos, proceder de maneira não condizente com o caráter e os hábitos próprios. // Sair à luz, nascer. // Sair da casca, abandonar a introspecção, romper o silêncio.

Saira
s.f. Bras. Denominação genérica de várias aves da família dos tanagrídeos.

Saju
s.m. Macaco da América tropical, de comprida cauda preênsil. (Compr.: 60 cm, afora a cauda.)

Sal
s.m. Substância seca, dura, friável, de sabor acre, solúvel na água e que, ordinariamente, se emprega como tempero; cloreto de sódio. / Química. Composto que resulta da ação dos ácidos sobre as bases; composto resultante da substituição de um metal pelo hidrogênio básico dos ácidos. / Fig. Graça, chiste: uma conversa com sal. / Malícia espirituosa. // Farmacologia. Sal amargo, sal inglês, sal de Epsom ou sal de Sedlitz, sulfato de magnésio. // Fig. Sal ático, modo sutil e delicado de pensar, de se exprimir. // Sal de azedas, bioxalato de potássio. // Sal amoníaco, cloreto de amônio. // Sal de cozinha ou sal marinho, o sal comum, o cloreto de sódio. // Sal infernal, antigo nome do nitrato de potássio; o mesmo que sal de nitro. // Alq. Sal de Júpiter, cloreto de estanho. // Sal de Saturno, acetato de chumbo. // Sal de Glauber, sulfato de sódio. // Sal iodado, sal de cozinha ao qual se acrescenta iodeto de sódio, usado como profilático do bócio endêmico. // Religião Sal da terra, título dado por Jesus Cristo aos apóstolos, que significa, no entender dos teólogos, o princípio de conservação espiritual. // Sal de Vichy, bicarbonato de sódio. // &151; S.m.pl. Substâncias voláteis que se dão a respirar a uma pessoa desfalecida, com o fim de fazê-la recuperar os sentidos. (P. ex., sais de amônio.)

Sal-gema
s.m. Cloreto de sódio extraído do solo, e usado como tempero e no fabrico de carbonato de sódio.

Sala
s.f. Compartimento espaçoso de uma habitação: sala de jantar. / Lugar vasto e coberto, destinado a um serviço público ou a importante atividade: sala de audiências. / Público que enche uma sala: toda a sala aplaudiu. // Sala de armas, lugar onde os mestres de armas dão suas lições de esgrima. // Sala de espera, aquela onde ficam as visitas até serem recebidas ou conduzidas à sala principal. // Fazer sala a alguém, receber e entreter visitas; lisonjear, procurar captar a simpatia de alguém. // Sala dos passos perdidos, sala de um palácio de justiça que precede as salas de audiência.

Salacidade
s.f. Qualidade de salaz; luxúria, libertinagem.

Salada
s.f. Iguaria composta de hortaliças, legumes crus ou cozidos, carne ou peixe, temperados com sal, vinagre e óleo. / Hortaliças usadas na salada, em particular a alface. / Fig. Reunião de coisas disparatadas; confusão, trapalhada. // Salada russa, macedônia de legumes cortados em pequenos pedaços e temperados com maionese.

Saladeira
s.f. Recipiente onde a salada é servida à mesa.

Saladeiro
s.m. Bras. (RS) Estabelecimento onde se prepara a carne-seca; charqueada.

Salafrario
adj. e s.m. Pop. Pessoa desleal, desonesta, ordinária; safardana.

Salamaleque
s.m. Saudação, reverência profunda entre os muçulmanos. / Polidez exagerada; mesura, cortesia. // Fazer salamaleque(s), fazer rapapés, reverências, a fim de conseguir o que deseja.

Salamandra
s.f. Anfíbio urodelo da Europa, com cauda na fase adulta e com um ou dois pares de patas. (É muito parecida com o lagarto.)

Salame
s.m. Salsichão feito de carne picada e temperada, e secado ao ar ou no fumeiro.

Salangana
s.f. Espécie de andorinha da Ásia e da Oceania, cujos ninhos, feitos de algas aglomeradas e aglutinadas com uma substância gelatinosa regurgitada por essa ave, são consumidos em apreciada sopa, sob o nome de "ninhos de andorinha".

Salao
s.m. Compartimento da casa destinado à recepção de visitas, a bailes e outras grandes reuniões. / Galeria onde são expostas obras de arte: salão de pintura. / Exposição anual de uma indústria: salão do automóvel. (Nos dois últimos sentidos escreve-se com maiúscula.) / Nome dado a certas casas de comércio: salão de chá, de barbeiro. / &151; S.m.pl. Sociedade mundana: freqüentar os salões.

Salariado
adj. e s.m. O mesmo que assalariado.

Salarial
adj. Relativo a salário.

Salario
s.m. Remuneração, pagamento, recompensa por serviços prestados. / Ordenado, vencimentos. // Salário mínimo, a menor remuneração devida, por imposição legal, a trabalhador de qualquer categoria.

Salaz
adj. Lúbrico, impuro, impudico, libertino.

Salchicha
s.f. Var. de salsicha.

Saldar
v.t. Liquidar uma dívida, pagar uma conta: saldar os débitos. // Fig. Saldar contas (com alguém), tomar satisfação de ofensas recebidas, vingar-se.

Saldo
s.m. Excedente da receita sobre a despesa prevista ou empenhada. (Sin.: superávit.) / Diferença entre o débito e o crédito nas contas dos devedores com os credores. / Resto do sortimento de certa mercadoria, que, em geral, é vendido por preço mais baixo. / Resto, sobra.

Saleiro
s.m. Pequeno utensílio em que se põe sal para servi-lo à mesa. / Aquele que vende sal. / Bras. (RS) Lugar onde se deposita sal para o gado. / &151; Adj. Relativo a sal.

Salepo
s.m. Denominação de várias orquídeas européias e asiáticas. / Substância que se extrai dos tubérculos dessecados do salepo (orquidácea) e tem usos alimentares e medicamentosos.

Salesiano
adj. Diz-se dos padres e freiras da Congregação de São Francisco de Sales, fundada em 1859 por São João Bosco para a formação da juventude, sobretudo de jovens operários. /

Salete
Nome Francês - Significado: Referente à N. Sra de Salete.

Salga
s.f. Ação de salgar. / Bras. (RS) Lugar onde se faz a salga, nas charqueadas.

Salgacao
s.f. O mesmo que salga. / Feitiçaria, bruxaria.

Salgadeira
s.f. Recipiente ou lugar para salgar carnes e peixes. / Botânica. Arbusto da família das quenopodiáceas.

Salgadinho
s.m. Iguaria miúda, mais ou menos salgada, como empadas, canapés, bolinhos de bacalhau etc., servidos como aperitivo, ou como lanche. (Mais us. no pl.) (Var.: salgado.)

Salgado
adj. Impregnado ou salpicado de sal: manteiga salgada, peixe salgado. / Que tem o gosto de sal. / Fam. Exagerado: preço um tanto salgado. / Gracioso, picante. / &151; S.m. Bras. O mesmo que salgadinho.

Salgadura
s.f. Ação de salgar certos alimentos (carnes, peixes); salga.

Salgar
v.t. Temperar com sal. / Colocar sal sobre carnes e peixes crus para conservá-los: salgar o porco. / Outrora, espalhar sal em terreno para que ficasse maldito e estéril (após crime ou profanação).

Salgueiro
s.m. Nome de um grande grupo de árvores e arbustos graciosos que em geral têm galhos delgados e folhas estreitas. &151; Existem cerca de 300 espécies de salgueiros, das quais 100 são nativas da América do Norte. O menor salgueiro do mundo é um arbusto minúsculo de 2,5cm de altura que cresce nas regiões árticas e acima da linha das florestas, nas montanhas altas. O maior deles ultrapassa 37m de altura.

Salicaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas dicotiledôneas apétalas, que compreende o salgueiro e o álamo.

Salicilato
s.m. Sal ou éster do ácido salicílico. (Diversos salicilatos são empregados no tratamento dos reumatismos, e também como antitérmicos.)

Salicilico
adj. Diz-se de diversos compostos, especialmente um ácido orgânico, de grande uso em medicina como antisséptico e analgésico. (Us. também na indústria de corantes.)

Salicineas
s.f.pl. Botânica. O mesmo que salicáceas.

Salicismo
intoxicação com aspirina (pop)

Salico
adj. Relativo aos francos sálios.

Salicola
adj. Que produz sal: indústria salícola. / Que explora as salinas ou marinhas de sal. / Que vive ou cresce nas salinas.

Salicultura
s.f. Exploração do sal numa salina ou marinha de sal.

Saliencia
s.f. Qualidade do que é saliente. / Eminência na superfície de certos objetos; proeminência, ressalto. / Fig. Espevitamento, intrometimento: sua principal característica é a saliência.

Salientar
v.t. Tornar saliente, fazer saliência. / Tornar bem visível ou distinto. / &151; V.pr. Tornar-se saliente ou notável; evidenciar-se; distinguir-se.

Saliente
adj. Que avança, que se sobressai do plano a que está unido: cornija saliente. / Vivo, brilhante, patente: traço saliente. / Bras. Espevitado, intrometido: indivíduo saliente.

Salifero
adj. Que tem ou produz sal.

Salificar
v.t. Transformar em sal: salificar um ácido.

Salina
s.f. Lugar onde se produz sal por evaporação da água do mar ou de lago de água salgada, sob a ação conjugada do sol e do vento. / Estabelecimento industrial que produz sal por extração do sal-gema ou por evaporação de águas saturadas extraídas do subsolo.

Salinacao
s.f. Processo de cristalização do sal; formação natural do sal.

Salinar
v.i. Extrair o sal. / Produzir sal a partir dos pântanos salgados. / &151; V.t. Cristalizar (a safra de sal).

Salineiro
s.m. Produtor de sal. / Dono de salina. / O que vende sal. / &151; Adj. Relativo a salina.

Salinidade
s.f. Teor em sal: grau de salinidade de uma marinha.

Salino
adj. Que contém sal: concreção salina. / Química Que tem as características de um sal. / Que nasce à borda do mar. / Bras. (RS) Que tem o pêlo salpicado de pintas brancas. // Rochas salinas, rochas sedimentares solúveis na água, provenientes da evaporação da água do mar em lagunas (gesso [sulfato de cálcio hidratado], sal-gema [cloreto de sódio], sais de potássio).

Salinometro
s.m. Instrumento que indica a densidade de uma solução salina.

Salitracao
s.f. Formação natural ou artificial de salitre; ato de salitrar.

Salitrado
adj. Que tem salitre.

Salitrar
v.t. Cobrir, misturar com salitre.

Salitre
s.m. Nome vulgar do nitrato de potássio ou nitro. // Salitre do Chile, nitrato de sódio oriundo de jazidas andinas, que se emprega como adubo.

Salitreira
s.f. Jazida de salitre.

Salitroso
adj. Que tem salitre. / Que é da natureza do salitre.

Saliva
s.f. Humor aquoso e um tanto viscoso, que umedece a boca e os alimentos. (Contém uma diástase, a ptialina, que hidrolisa o amilo.) // Fam. Gastar muita saliva, falar muito, falar sem proveito.

Salivacao
secreção de saliva, ptialismo, sialorreia, polissialia, fluxo salivar (pop)

Salival
adj. O mesmo que salivar.

Salivar
adj. Relativo a saliva. // Glândulas salivares, glândulas que segregam a saliva. (No homem há três pares: as parótidas, as submaxilares e as sublinguais.)

Salivoso
adj. Que tem saliva. / Que tem propriedades da saliva. / Parecido com saliva.

Salmao
s.m. Peixe aparentado com a truta (Salmo salar), que alcança 1,50 m de comprimento, e cuja carne é muito estimada. / A cor do salmão.&151; Os salmões novos vivem dois anos nos cursos de água doce, depois terminam seu crescimento no mar, onde permanecem muitos anos; voltam, então, aos rios para se reproduzirem, desovando perto das cabeceiras.

Salmear
v.i. Cantar salmos sem inflexão de voz. / Cantar ou recitar monotonamente.

Salmico
adj. Referente ou semelhante a salmo.

Salmista
s.m. e s.f. Pessoa que compõe salmos. // O Salmista, o rei Davi.

Salmo
s.m. Cântico ou canto sacro dos hebreus e dos cristãos. (Os salmos, atribuídos a Davi, constituem um dos livros do Antigo Testamento.)

Salmodia
s.f. Maneira de cantar, de recitar os salmos. / Maneira monótona de recitar, de escrever. (Var.: salmódia.)

Salmodiar
v.t. e v.i. Recitar salmos sem alterar a inflexão da voz, com pausas marcadas. / Fig. Recitar monotonamente.

Salmonela
s.f. Bactéria responsável pelas salmoneloses.

Salmonelose
s.f. Infecção devida às salmonelas (febres tifóide e paratifóide; gastrenterite).

Salmonete
s.m. Peixe da família dos mulídeos, de colorido avermelhado, raro no litoral brasileiro mas freqüente nas costas européias.

Salmonicultura
s.f. Criação de salmões.

Salmonideos
s.m.pl. Zoologia Família de peixes ósseos, marínhos e fluviais, que abrange o salmão e a truta.

Salmoura
s.f. Líquido salgado saturado, que se prepara para conservar carnes, peixes e legumes. / Vasilha em que são conservadas as substâncias em contato com esse líquido. / Umidade que escorre da carne salgada ou do peixe salgado. / Água salgada concentrada que se evapora para retirar o sal.

Salmourar
v.t. Colocar em salmoura; salgar. / Pisar, moer, magoar.

Salobre
(ô)

Salobro
adj. Que tem gosto parecido com o da água do mar: água salobra. (A água salobra tem em dissolução alguns sais que lhe comunicam gosto amargo e repugnante.)

Saloio
s.m. Aldeão das vizinhanças de Lisboa. / Fig. Indivíduo rude, grosseiro; aldeão. / &151; Adj. Esperto, matreiro, velhaco. / Grosseiro, rude.

Salol
s.m. Pó cristalino branco, composto de ácido salicílico e fenol. &151; O salol é muito usado na medicina como anti-séptico.

Salomao
Nome Hebraico - Significado: O pacífico.

Saloon
s.m. (pal. ing.) Bar, no Oeste norte-americano.

Salpa
s.f. Zoologia Animal pelágico do grupo dos tunicados.

Salpicado
adj. Marcado de pontos coloridos, de pingos ou salpicos.

Salpicao
s.m. Mistura de fatias de frios (lombo de porco, presunto, paio etc.), temperada e às vezes salpicada de vinho.

Salpicar
v.t. Temperar, espalhando pedras de sal. / Deitar salpicos em. / Fig. Manchar, macular, desdourar. / Lançar para diferentes lados; espalhar.

Salpico
s.m. Mancha de lama ou de qualquer líquido. / Pedra de sal utilizada para salgar carnes e outros alimentos. / &151; S.m.pl. Pequenos pontos de cor em certos tecidos.

Salpingite
s.f. Patologia Inflamação de uma ou das duas trompas uterinas.

Salsa
s.f. Botânica. Verdura bienal, por vezes considerada como erva.

Salsada
s.f. Mistura de coisas diferentes; amálgama, mistura.

Salsaparrilha
s.f. Planta liliácea trepadeira do México, de valor medicinal.

Salsicha
s.f. Tripa que se enche com carne picada e temperada com sal. (V. LINGÜIÇA, PAIO, CHOURIÇO.) Var.: salchicha.

Salsichao
s.m. Salsicha grossa e curta, feita de carne picada e temperos; paio.

Salsicharia
s.f. Estabelecimento comercial onde se compram salsichas, lingüiças etc.

Salsicheiro
s.m. Aquele que prepara ou vende salsicha, lingüiça etc.

Salso
adj. Poética Salgado: mares salsos, o salso elemento (mar).

Salsoleas
s.f.pl. Botânica. Tribo de plantas da família das quenopodiáceas, cujo tipo é a soda.

Salsugem
s.f. Lodo que contém substâncias salinas. / Nome vulgar da impetigem.

Salta-caroco
s.m. Certo tipo de pêssego cujo caroço se solta facilmente do mesocarpo.

Salta-pocinhas
s.m. Pop. Indivíduo que caminha saltitando, mas em passo vagaroso e afetado.

Saltado
adj. Que está fora do plano; saliente, ressaltado, saído.

Saltador
adj. Que salta, que dá pulos. / &151; S.m. Atleta especializado nas provas de salto: saltador em distância.

Saltar
v.i. Elevar-se do chão com esforço, atirar-se de um lugar para outro. / Brotar, surgir: lágrimas saltaram-lhe dos olhos. / Apear, descer. / Lançar-se, investir contra: saltou-lhe ao gasganete. / &151; V.t. Galgar. / Passar por cima, atravessar pulando, transpor: saltar janela. / Omitir: saltou duas linhas na transcrição. // Saltar em terra, desembarcar (de um navio, um barco). // Saltar (ou ir) pelos ares, explodir.

Salteado
adj. Tomado de improviso; surpreendido. / Atacado, assaltado. / Alternado, entremeado, não sucessivo.

Salteador
adj. e s.m. Que, ou quem salteia; que assalta ou acomete de improviso. / Bandido, ladrão de estrada, bandoleiro, assaltante.

Saltear
v.t. Atacar subitamente, para roubar ou matar. / Investir, acometer, assaltar. / Tomar de assalto. / &151; V.i. Ser salteador. / &151; V.pr. Assustar-se, sobressaltar-se.

Salterio
s.m. Antigo instrumento musical de cordas, de forma triangular e muito conhecido na Antiguidade. / Conjunto dos 150 salmos bíblicos atribuídos a Davi.

Saltimbanco
s.m. Histrião que exibe suas habilidades na via pública ou nas feiras, em geral em um estrado; farsante, pelotiqueiro. / Fig. Indivíduo indigno de confiança ou consideração.

Saltitante
adj. Que saltita, que dá pequenos saltos. / Fig. Que é irrequieto, buliçoso.

Saltitar
v.i. Caminhar aos saltinhos, como certas aves. / Fig. Divagar de um assunto para outro.

Salto
s.m. Ação ou efeito de saltar; pulo: salto em distância, em altura, salto de vara. / Movimento de reflexão por efeito de queda em uma superfície: os saltos da bola. / Catadupa, queda de água. / Passagem brusca e sem graus intermediários, mudança brusca: a natureza às vezes procede por saltos. / Tacão de calçado: sapatos de salto alto. / No calculador eletrônico, modificação da seqüência normal das instruções de um programa. / Bras. Padreação do touro ou do cavalo. // Salto mortal, volta completa do corpo no ar sem tocarem as mãos no chão. // Salto triplo, prova de salto em distância na qual o atleta, após o impulso, dá três saltos seguidos. // Salto de (ou com vara), salto em altura no qual o atleta transpõe o sarrafo apoiando-se em uma vara que finca no chão. (V. ATLETISMO.) // Dar um salto a (algum lugar), ir a algum lugar com a intenção de aí demorar-se pouco tempo.

Salubre
adj. Que contribui para a saúde; sadio, saudável: o ar do mar é salubre.

Salubridade
s.f. Qualidade do que é salubre; estado do que é saudável.

Saludar
v.t. Curar com rezas; benzer para curar.

Salurico
que induz a eliminação de sal pela urina (pop)

Salutar
adj. Útil para conservar a saúde, a vida: remédio salutar. / Que consola, dá alívio: conselhos salutares. / Moralizador, edificante: o salutar efeito de um bom exemplo.

Salutifero
adj. Poética Que dá saúde; saudável, salutar. / Fig. Útil, benéfico.

Salva
s.f. Descarga simultânea de armas de fogo, em combate, em sinal de festa ou em honra de alguém. / Espécie de bandeja para copos, taças ou outros objetos: uma salva de prata. // Salva de palmas, aplausos vibrantes e unânimes; ovação.

Salva-vidas
s.m. Espécie de bóia ou colete, geralmente de cortiça, próprio para salvar náufragos. / Nadador profissional que fica permanentemente nas praias mais procuradas para atender a casos de afogamento e outras emergências. (Também se usam os termos guarda-vidas e banhista com este sentido específico.)

Salvadego
s.m. Gratificação que os marinheiros recebem como recompensa de seus esforços para salvar um navio ou a carga de um navio naufragado. / Navio utilizado para salvar despojos de naufrágios.

Salvador
adj. e s.m. Que, ou aquele que salva. / &151; S.m. Aquele que tira alguém de uma situação crítica ou que se arrisca a perder a vida ou a razão de viver. / Epíteto atribuído a Jesus Cristo, que veio ao mundo para salvar os homens. (Nesta acepção, escreve-se com maiúscula.)

Salvadorenho
adj. e s.m. Salvatoriano.

Salvados
s.m.pl. Objetos que escaparam de uma catástrofe, principalmente de incêndio ou naufrágio.

Salvagem
s.f. Direito sobre os salvados de um navio.

Salvaguarda
s.f. Proteção concedida por uma autoridade; salvo-conduto. / Aquilo ou aquele que serve de garantia, de defesa: sua obscuridade foi uma salvaguarda contra a perseguição. / Cautela. / Ressalva. / Protetor.

Salvaguardar
v.t. Proteger, defender: salvaguardar seu conceito. / Ressalvar. / Acautelar.

Salvamento
s.m. Ato ou efeito de salvar ou salvar-se; salvação. / Operação de socorro pela qual se põe a salvo o navio atingido por sinistro.

Salvante
prep. Exceto, salvo, afora, tirante.

Salvar
v.t. Tirar ou livrar do perigo ou da ruína; pôr a salvo: salvar a vida de um náufrago. / Conservar, guardar, poupar, defender, preservar: salvar uma parte da herança. / Conservar intacto: salvar a honra. / Dar a salvação a, livrar da danação eterna: Cristo salvou os homens. / Reservar alguma coisa para uso posterior. / Informática Gravar um arquivo em disco para preservá-lo. /

Salvatoriano
adj. Da República de El Salvador. / &151; S.m. Natural ou habitante dessa república. (Sin.: salvadorenho.)

Salve
interj. Indicativa de saudação.

Salve-rainha
s.f. Oração consagrada à Virgem Maria, que se inicia com essas duas palavras.

Salvia
s.f. Planta arbustiva conhecida pelo seu aroma adocicado e pelo sabor das folhas e dos caules.

Salvinia
s.f. Botânica. Planta criptogâmica, aquática e flutuante, do grupo das pteridófitas.

Salviniaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas criptogâmicas aquáticas.

Salvo
adj. Livre de um perigo de morte: ter a vida salva. / Que não foi atingido; resguardado: a honra está salva. / &151; Prep. Exceto, afora, à exceção de: tudo bem, salvo os riscos da viagem. // &151; loc. adv. A salvo, sem perigo, em segurança; livre de.

Salvo-conduto
s.m. Permissão dada por uma autoridade para viajar e transitar livremente. / Licença concedida por autoridade militar para a livre passagem pelos postos militares. / Fig. Segurança, salvaguarda.

Samambaia
s.f. Bras. Denominação de plantas criptogâmicas das famílias das polipodiáceas, licopodiáceas e ciateáceas. (Var.: sambambaia.)

Samambaiacu
s.f. Botânica. O mesmo que xaxim.

Samanta
Nome Aramaico - Significado: A ouvinte.

Samara
s.f. Fruto seco, de pericarpo expandido em asa membranosa, o que facilita sua dispersão pelo vento.

Samara
s.f. Fruto seco, de pericarpo expandido em asa membranosa, o que facilita sua dispersão pelo vento.

Samario
s.m. Metal do grupo das terras-raras, de símbolo Sm, número atômico 62, massa atômica 150,36.

Samaritano
adj. e s.m. Habitantes da antiga Samaria, na Palestina.

Samarra
s.f. Amplo vestuário rústico usado pelos dois sexos nos séc. XV e XVI. / Vestimenta feita com pele de ovelha, sem extrair-lhe a lã. / Espécie de túnica ou batina dos eclesiásticos.

Samba
s.m. Dança popular brasileira a dois tempos, de ritmo sincopado. É de origem africana e desde o séc. XVII já era uma dança de roda, ao ar livre. Chamava-se chiba (Rio de Janeiro), cateretê (Minas Gerais) e fandango (nos Estados do Sul). Posteriormente tornou-se dança de conjunto por grandes grupos de indivíduos dos dois sexos. Esse foi o samba rural; mais conhecido e importante, entretanto, é o samba urbano carioca, que, por sua vez, apresenta duas modalidades: o samba do morro, cultivado pelas escolas de samba, e o moderno samba, oriundo do maxixe, criado nos últimos cinqüenta anos por compositores populares e responsável pela atual difusão da dança no país e no estrangeiro. // Samba de breque, samba brejeiro muito sincopado. // Samba de bossa, modalidade de samba de breque na qual o sambista improvisa algumas passagens.

Samba-cancao
s.m. Modalidade de samba em que predomina o caráter melódico.

Sambambaia
s.f. Botânica. Var. de samambaia.

Sambaqui
s.m. Nome dado às camadas geológicas constituídas por depósitos de conchas, cascos de ostras e outros restos de cozinha dos índios pré-históricos brasileiros, e encontradas ao longo do litoral ou de rios e lagoas próximos a ele.

Sambar
v.i. Bras. Dançar o samba.

Sambenito
s.m. Espécie de saco de baeta amarela e vermelha que os penitentes usavam, metendo-o pela cabeça, quando caminhavam para a execução nas fogueiras da Inquisição.

Sambista
s.m. e s.f. Bras. Pessoa que samba. / Componente de escola de samba. / Compositor de sambas.

Sambladura
s.f. Junção de duas peças de madeira pelos ângulos; o mesmo que ensambladura.

Samblar
v.t. Reunir (peças de madeira) por meio de entalhes; ensamblar.

Sambongo
s.m. Bras. (NE) Doce de melado com mamão verde ou coco ralado.

Sambura
s.m. Bras. Cesto de cipó ou taquara, muito usado para carregar iscas de pesca.

Samizdat
s.m. (pal. russa) Conjunto de meios utilizados na ex-U.R.S.S. e nos países do Leste europeu para difundir clandestinamente obras interditadas pela censura. / Obra assim divulgada.

Samoano
adj. s.m. Relativo às ilhas Samoa, ou quem é seu natural ou habitante.

Samovar
s.m. Utensílio russo de uso doméstico, pequena caldeira com tubo central no qual se deitam brasas. Serve para ferver a água destinada à preparação do chá e a outros usos.

Sampana
s.f. Embarcação asiática de fundo chato, movida a remos laterais ou ginga, e que tem, no centro, uma cobertura de bambu trançado onde se abrigam os passageiros; há também sampanas a vela.

Samplear
v.t. Utilizar trechos de registros sonoros antes realizados para montar uma nova composição (geralmente musical).

Samuel
Nome Hebraico - Significado: Seu nome é Deus.

Samurai
s.m. Membro da classe dos guerreiros, na organização xogunal do Japão antes de 1868.

Sanar
v.t. Curar, sarar: sanar uma doença. / Resolver, remediar: sanar dificuldades.

Sanativo
adj. Próprio para sanar.

Sanatorio
s.m. Estabelecimento que recebe doentes para tratamento ou convalescença.

Sanavel
adj. Que se pode sanar; remediável.

Sanca
s.f. Cimalha convexa que liga uma parede a um teto. / Parte do telhado que se apóia na espessura da parede. / Bras. Moldura ornamental, geralmente de gesso, que se coloca no encontro da parede com o teto.

Sancadilha
s.f. Arquitetura. Cunha usada para calçar pontões.

Sancao
s.f. Ato pelo qual o chefe de Estado aprova uma lei votada pelo Congresso. / Aprovação, confirmação considerada necessária: palavra que recebeu a sanção do uso. / (Sin.: aquiescência, assentimento, consentimento, ratificação.) / Conseqüência prevista em norma jurídica para a hipótese de violação de preceito: sanções penais. (Sin.: pena, penalidade, punição.) / Medida de coação que a Organização das Nações Unidas pode tomar contra países que ameaçam a paz.

Sancionar
v.t. Dar sanção a: sancionar uma lei. / Confirmar, aprovar, ratificar: sancionar as decisões de um mandatário.

Sandalia
s.f. Calçado feito de uma sola com correias que a prendem ao pé.

Sandalo
s.m. Madeira rara e valiosa, extraída de diversas espécies de árvores da mesma família. É utilizado sobretudo em perfumaria e em farmácia.

Sandaraca
s.f. Resina odorífera extraída de uma espécie de tuia e utilizada na preparação de vernizes, para acetinar o papel etc. / Arsênio rubro.

Sandeu
adj. e s.m. Idiota, parvo, tolo.

Sandia
adj. e s.f. Fem. de sandeu.

Sandice
s.f. Qualidade, ato ou dito de sandeu; tolice, idiotice, parvoíce.

Sandinismo
s.m. Conjunto de idéias, nacionalistas e antiimperialistas, cujo modelo foi a ação de Augusto César Sandino.

Sandinista
adj. e s.m. e s.f. Relativo ao sandinismo ou indivíduo, na Nicarágua, que pertence ao partido que segue o ideário nacionalista e revolucionário de Sandino.

Sandio
adj. Próprio de sandeu; disparatado, insensato.

Sandra
#NOME?

Sandro
- Abreviação de Alexandre. (ver Alexandre)

Sanduiche
s.m Fatias de pão, com ou sem manteiga, entre as quais se põe presunto, queijo etc. // Sanduíche americano, o que leva presunto, ovo estrelado e tomate ou uma folha de alface.

Saneamento
s.m. Ação de sanear; efeito dessa ação. / Limpeza, asseio. / Fig. Reparação, emenda.

Sanear
v.t. Tornar são, habitável. / Tornar apto para a cultura. / Fig. Reparar, eliminar falhas ou excessos: sanear as finanças.

Sanefa
s.f. Tira larga de tecido que se estende sobre a parte superior de uma cortina.

Sanfeno
s.m. Planta leguminosa da subfamília das papilionáceas, que compreende ervas vivazes produtoras de excelente forragem.

Sanfona
s.f. Instrumento musical dotado de uma manivela que põe em movimento uma roda, a qual fricciona um conjunto de cordas de tripa tensas. / Bras. O mesmo que acordeão e harmônica. / Certo utensílio de ferreiro.

Sanforizado
adj. Que não encolhe depois da lavagem por haver sofrido um processo de encolhimento mecânico prévio, antes de ser manufaturado em peças (p. ex., de roupa) (diz-se de tecidos).

Sanga
s.f. Bras. Córrego que seca com facilidade. / Bras. Escavação produzida por chuvas ou correntes subterrâneas. / Bras. Produto secundário que sobra do arroz beneficiado; quirera.

Sangradouro
s.m. Parte do braço onde outrora se fazia a sangria. / Lugar, no pescoço ou no peito dos animais, onde se dá o golpe para os matar. / Canal, sulco por onde se desvia a água de um rio, de um açude etc.

Sangrar
v.t. Tirar sangue abrindo uma veia: sangrar um doente. / Ferir com derramamento de sangue. / Extrair algum líquido de: sangrar o açude. / Fig. Extorquir bens, dinheiro. / Atormentar, dilacerar: seu coração sangrava com as desditas do filho. / Trabalhar a madeira, fazendo-lhe sulcos ou entalhando-a. / Tipografia Cortar (a gravura) rente à borda da página. /

Sangrento
adj. Manchado, sujo de sangue, ensangüentado. / Onde houve muito sangue derramado; sanguinolento: combate sangrento. / Fig. Que tem a cor do sangue: vai-se deitando sangrento o sol.

Sangria
s.f. Abertura de uma veia para a retirada de sangue; flebotomia. / Sangue retirado por meio dessa abertura: sangria abundante. / Refresco feito com vinho, açúcar, água e limão; vinho enfraquecido pela adição de água. / Fig. e Fam. Sacrifício de dinheiro: sofrer uma sangria no orçamento doméstico. // Sangria capilar, a que se pratica pela aplicação de sanguessugas ou de ventosas. // Fig. Sangria desatada, o que não pode suportar demora.

Sangue
s.m. Líquido vermelho que circula nas veias e nas artérias dos vertebrados, e que transporta os elementos nutritivos e os produtos de eliminação de todas as células do organismo. (Em outras espécies animais pode ser esverdeado [anelídeos], amarelo [insetos e crustáceos], azulado [moluscos e aracnídeos] e incolor [equinodermos].) / Descendência, extração. / Família: somos do mesmo sangue. / Vida, existência: derramar seu sangue pela pátria. // Sangue arterial, sangue que circula nas artérias, partindo do coração para todo o organismo. // Sangue venoso, o que é transportado nas veias para o coração. // Animais de sangue quente, aqueles cujo sangue se mantém em temperatura constante e elevada em relação ao ambiente (homem, mamíferos etc.). // Animais de sangue frio, aqueles cujo sangue não é mais quente do que o meio em que habitam (répteis etc.). // Fam. Ter sangue nas veias, ser enérgico. // Ter o sangue quente, ser ardente, irritar-se facilmente. // Subir o sangue à cabeça (de alguém), perder a serenidade. // Ter sangue de barata, não gostar de briga, não reagir a provocação. // Gelar-se-lhe o sangue nas veias, ter medo, estar aterrorizado. // Batismo de sangue, o martírio dos primeiros cristãos; o primeiro sangue derramado em combate. // Suar sangue, realizar esforço exaustivo. // Chorar lágrimas de sangue, manifestar profundo desgosto; arrepender-se amargamente. // Estar na massa do sangue (de alguém), ser inerente à sua personalidade. // Sangue azul, nobreza de sangue. // A voz do sangue, instinto inato. // Cavalo puro-sangue, cavalo de raça pura. &151; O sangue é o líquido nutridor do organismo, levado a todo o corpo pelas artérias e trazido pelas veias ao coração, que o envia aos pulmões, onde novamente se oxigena. Recebe elementos provenientes da digestão e recolhe os produtos de excreção das células. Compõe-se de um líquido, o plasma, e células móveis, os glóbulos, que nele se encontram em suspensão. O plasma é composto de água, sais minerais, protídios, lipídios; contém também hormônios e vitaminas. Os glóbulos dividem-se em glóbulos vermelhos ou hemácias, que transportam o oxigênio dos pulmões aos tecidos e trazem o gás carbônico dos tecidos para os pulmões; glóbulos brancos ou leucócitos, dos quais alguns destroem por fagocitose os micróbios e outros corpos nocivos; e plaquetas ou trombócitos, que intervêm na coagulação do sangue. A transfusão do sangue permite dar a um doente ou ferido o sangue de outro indivíduo em perfeitas condições de saúde, mas tal intervenção deve respeitar os grupos sangüíneos, que são determinados pelos fenômenos de aglutinação que se produzem entre os diferentes grupos. Dá-se o nome de doenças do sangue essencialmente às anomalias de qualidade e de número dos diferentes glóbulos (v. ANEMIA, LEUCEMIA, LEUCOCITOSE, LEUCOPENIA), e às anomalias do plasma (falta de coagulação, como, p. ex., na hemofilia). Ao contrário, as doenças infecciosas ou parasitárias (septicemia, impaludismo etc.), em cujo curso ocorrem parasitos no sangue, são consideradas doenças gerais; o mesmo se dá com as afecções em cujo decurso a composição do sangue é modificada por determinada afecção de um órgão (assim, na uremia o excesso de uréia no sangue é decorrente de uma doença dos rins; no diabete, o excesso de açúcar depende de fatores pancreáticos e outros), mas não são doenças do sangue propriamente ditas. (V. também CIRCULAÇÃO.)

Sangue-de-boi
s.m. O mesmo que tiê-sangue.

Sangue-de-dragao
s.m. Suco vermelho que escorre de incisão feita no tronco de uma planta liliácea denominada dragoeiro e de uma planta euforbiácea chamada sangue-de-dragão ou sangue-de-drago.

Sangue-frio
s.m. Tranqüilidade, domínio de si: guardar seu sangue-frio em face do perigo. // &151; loc. adv. De sangue-frio, calmamente, sem arrebatamento. // A sangue-frio, premeditadamente; sem compaixão, desapiedadamente.

Sanguento
adj. Sangrento, cruento, sanguinolento, ensangüentado. (Var.: sangüento.)

Sanguessuga
s.f. Verme da ordem dos anelídeos, classe dos hirudíneos, que vive na água doce e cujo corpo possui ventosas. (As sanguessugas absorvem o sangue dos vertebrados após praticarem uma incisão na pele, graças a três maxilas que envolvem sua boca; esse sangue é conservado líquido em um tubo digestivo dilatável. Durante longo tempo foram elas utilizadas para a sangria dos doentes.) / P. ext. Nome dado a todos os hirudíneos. / Fig. Indivíduo que explora outros, que lhes tira dinheiro; sugador.

Sanguina
s.f. Hematita vermelha terrosa. / Lápis feito de ocre vermelho. / Desenho feito com esse lápis. / Pedra fina de cor cinza-aço, com brilho metálico, cujo pó é vermelho.

Sanguinaria
s.f. Planta da família das papaveráceas, da América do Norte, cuja seiva vermelha os indígenas utilizavam para se pintarem. (Suas raízes secas foram usadas como expectorante.)

Sanguinario
adj. Que gosta de derramar sangue humano; cruel, sedento de sangue. / Onde muito sangue é derramado; feroz: luta sanguinária.

Sanguinea
s.f. O mesmo que sanguina. (Var.: sangüínea.)

Sanguineo
adj. Que se refere ao sangue: escoamento sangüíneo. / Em que o sangue predomina: temperamento sanguíneo. / Que tem a cor de sangue. // Anatomia. Vasos sanguíneos, vasos pelos quais se faz a circulação do sangue. (Var.: sangüíneo.)

Sanguinho
s.m. Pequeno pano que o sacerdote usa para limpar o cálice depois de comungar.

Sanguino
adj. O mesmo que sanguíneo. / Que provoca morte ou derramamento de sangue. / &151; S.m. Cor avermelhada.

Sanguinolento
adj. Tinto ou misturado de sangue: escarro sanguinolento. / Em que há derramamento de sangue; sangrento. / Fig. Violento, feroz, cruel, cruento.

Sanguissedento
adj. Poética Que tem sede de sangue; sanguinário.

Sanha
s.f. Rancor, ira, cólera.

Sanhaco
s.m. Nome comum dado a seis espécies brasileiras de aves. &151; Têm em geral coloração verde ou azul-acinzentada, com manchas de cores variadas nas asas. O mais comum em todo o Brasil é o sanhaço-de-mamoeiro, de dorso azul-escuro e ventre azul-esbranquiçado. O sanhaço-de-coqueiro é verde, com dorso e cauda pardo-escuros. Também entre os mais comuns, o sanhaço-de-fogo difere particularmente dos demais, pois o macho é vermelho e a fêmea é verde-oliva. Os sanhaços alimentam-se de insetos e frutas. Costumam reunir-se em bandos sobre as árvores frutíferas.

Sanhacu
s.m. Bras. O mesmo que sanhaço.

Sanhudo
adj. Que tem sanha; irado, encolerizado. / Que mete medo; terrível, temível.

Sanicula
s.f. Planta vivaz da família das umbelíferas, que medra em locais frescos.

Sanidade
s.f. Qualidade de são; higiene, salubridade.

Sanie
s.f. Matéria purulenta e fétida produzia pelas úlceras e pelas feridas sem tratamento.

Sanioso
adj. Idêntico à sânie: excreção saniosa. / Que contém sânie: ferida saniosa.

Sanitario
adj. Relativo à conservação da saúde pública ou individual, à higiene: polícia sanitária, aparelho sanitário. / &151; S.m. Gabinete ou instalação onde se satisfazem as necessidades fisiológicas; latrina, privada; mictório.

Sanitarista
s.m. e s.f. Especialista em saúde pública; higienista.

Sansao
s.m. Guindaste usado em certas edificações.

Sansao
s.m. Guindaste usado em certas edificações.

Sanscrito
adj. e s.m. Nome de uma língua antiga que foi utilizada na Índia. &151; A história do sânscrito divide-se em dois períodos. O antigo sânscrito é a língua em que foram escritos os Vedas, livros sagrados dos hindus. O antigo sânscrito é também chamado sânscrito védico ou simplesmente védico. A maior parte das obras em sânscrito do segundo período, o período clássico, trata de assuntos não religiosos.

Sansei
s.m. e s.f. Neto de imigrantes japoneses nascido no Brasil.

Sansimonismo
s.m. Doutrina de Saint-Simon e de seus discípulos, principalmente Enfantin e Bazard. &151; A doutrina preconiza o coletivismo, que garantirá a retribuição "a cada um conforme suas capacidades, a cada capacidade conforme suas obras", e critica a propriedade privada porque conduz a uma organização anárquica da produção e consagra a exploração do homem pelo homem. A escola sansimoniana degenerou em verdadeira seita religiosa. Divididos em suas opiniões, condenados pelos tribunais, os sansimonistas dispersaram-se em 1833. É de importância acentuar a participação ativa que tiveram na administração econômica da França, após a dispersão da escola, diversos sansimonistas (sobretudo os irmãos Pereire e Enfantin).

Sansimonista
adj. Relativo a Saint-Simon e à sua doutrina. / &151; S.m e f. Discípulo de Saint-Simon.

Santa
s.f. Mulher canonizada. / Imagem dessa mulher. / Fig. Mulher de grandes virtudes, de bondade invulgar.

Santa-barbara
s.f. Náutica Paiol de pólvora nos navios da antiga marinha à vela. / &151; Interj. Exprime espanto e equivale a Deus nos acuda!

Santa-fe
s.f. Botânica. Planta da família das gramíneas, muito usada na cobertura de palhoças.

Santalaceas
s.f.pl. Botânica. Família das plantas dicotiledôneas, à qual pertence o sândalo.

Santantonio
s.m. Bras. Pop. Cabeçote de sela. / Desp. Peça metálica semicircular que, nos automóveis de corrida, se situa na carroceria, atrás do assento do piloto, para proteger-lhe a cabeça em caso de capotagem.

Santarrao
adj. e s.m. Que simula santidade; falso beato. / Hipócrita, fingido.

Santeiro
s.m. Comerciante que vende estampas, imagens de santos. / &151; Adj. Devoto.

Santelmo
s.m. Chama azulada que, especialmente durante as tempestades, aparece nos mastros dos navios, por efeito da eletricidade.

Santiago
Nome Latim - Significado: Alegre.

Santiamen
s.m. Momento, instante, ocasião. (Var.: santiamém.)

Santidade
s.f. Qualidade daquele ou daquilo que é santo. // Sua Santidade, título dado ao papa. // Morrer em cheiro de santidade, morrer com a fama de santo.

Santificacao
s.f. Ação ou efeito de santificar: a santificação das almas. / Celebração conforme aos ritos religiosos: santificação do domingo.

Santificador
adj. e s.m. Que, ou o que santifica, que produz a santificação; santificante.

Santificante
adj. Que santifica; santificador: graça santificante.

Santificar
v.t. Tornar santo: a graça nos santifica. / Pôr no caminho da salvação: pelo exemplo, santifica os que o seguem. / Venerar como santo. / Celebrar conforme à lei da Igreja:

Santimonia
s.f. Modos ou aparências de santo./ Devoções religiosas.

Santinho
s.m. Pequena estampa que representa a figura humana de Cristo, da Virgem Maria ou de um santo. / Diminutivo de santo.

Santissimo
adj. Superlativo absoluto de santo. / &151; S.m. Hóstia consagrada. (Neste caso, us. com inicial maiúscula.)

Santo
adj. Essencialmente puro, soberanamente perfeito: a Santa Trindade. / Diz-se de pessoa que, por seus méritos e virtudes, é, depois de morta, reconhecida pela Igreja como digna de um culto de dulia: os santos mártires. / Que vive conforme a lei de Deus: é um santo homem; uma vida santa. / Que pertence à religião. / Diz-se dos dias da semana que precedem o domingo de Páscoa: sexta-feira santa. / Que se refere à religião ou ao rito sagrado: santos mistérios, a santa Bíblia. / Consagrado ao culto sagrado: as santas partículas, os santos óleos. / Útil, benéfico: um santo remédio. / &151; S.m. O que vive ou morreu em estado de santidade; que foi santificado ou canonizado pela Igreja. / Pessoa exemplar, virtuosa, de conduta irrepreensível. //

Santo-antonio
s.m. Santantônio.

Santo-daime
s.m. Seita que sincretiza elementos cristãos, ameríndios e exóticos. / Poção alucinógena (ayahuasca) dada a beber aos participantes das cerimônias dessa seita.

Santo-e-senha
s.m. Senha que consiste no nome de um santo e um sinal, escritos num papel, para que a sentinela reconheça os amigos./ P. ext. Qualquer sinal convencionado para diferenciar discretamente os adversários dos partidários.

Santolina
s.f. Arbusto mediterrâneo da família das compostas, cujas sementes fornecem um óleo vermífugo.

Santonina
s.f. Planta vermífuga da família das compostas.

Santoral
s.m. Tratado sobre a vida dos santos; hagiológio. / Livro de hinos religiosos; hinário.

Santuario
s.m. A parte secreta do templo judaico de Jerusalém. / Parte da igreja onde está o altar-mor. / Edifício consagrado às cerimônias de uma religião. / Capela onde são guardadas e veneradas relíquias de vários santos. / Fig. Asilo sagrado e inviolável; sede de nobres sentimentos; o que há de mais íntimo: o santuário da sua alma.

Sao
adj. Que tem constituição não viciada por elementos mórbidos; sadio: homem são. / Que não está estragado: esta fruta ainda está sã. / Salubre, que contribui para a saúde: ar são. / Fig. Concorde com a razão; sensato, justo: política sã. / Ileso, incólume: são e salvo.

Sao-bernardo
s.m. Cão de montanha, de pêlo longo e macio, tamanho avantajado, cujas qualidades na salvação de viajantes extraviados na neve são lendárias. &151; O cão recebeu esse nome pelo fato de ter sido desenvolvido por um grupo de monges no mosteiro de São Bernardo, nos Alpes suíços. O são-bernardo foi treinado para salvar excursionistas perdidos ou soterrados na neve.

Sao-goncalo
s.m. Bras. (SP) Indivíduo que serve de mediador para o casamento de outrem.

Sao-salava
s.m. Bras. Entidade folclórica ameríndia que representa o espírito do mato.

Sao-tome
s.f. Bras. Botânica. Espécie de bananeira originária da ilha africana de São Tomé.

Sapa
s.f. Abertura de caminhos subterrâneos, fossos, trincheiras. / Pá com que se tira a terra escavada. // Fig. Trabalho de sapa, trama, atuação oculta e ardilosa com o propósito de minar, de fazer frustrar empreendimento de outrem.

Sapador
adj. e s.m. Que, ou aquele que tem a seu cargo execução de trabalhos de sapa.

Sapal
s.m. Terra de brejos, pântano, lameiro, tremedal.

Sapar
v.i. Trabalhar com sapa; ter função de sapador.

Sapata
s.f. Construção. A parte mais larga de um alicerce, ao longo das fundações de uma parede, de um edifício. / Sapato raso. / Náutica. Bigota em forma de sapato. / Peça de madeira que reforça uma trave. / Pequeno disco de camurça nas chaves dos instrumentos musicais. / Na Amazônia, massa de borracha escorrida da seringueira e coagulada no chão. / Mecânica. Parte de um mecanismo destinada a atritar sobre uma superfície para absorver o excesso de potência: sapata de um freio de automóvel.

Sapataria
s.f. Ofício de sapateiro. / Estabelecimento onde se fabricam ou vendem sapatos.

Sapateado
s.m. Dança popular espanhola, em que se bate ritmadamente com os tacões dos sapatos no chão. / Dança de origem norte-americana, executada com sapatos especiais dotados de chapa metálica na sola, para produzir um ruído característico.

Sapatear
v.i. Bater repetidamente e vivamente com os pés no chão: criança birrenta que sapateia de impaciência. / Executar uma dança, batendo ruidosamente com o salto ou a sola do sapato no chão. (Conj. 3.)

Sapateio
s.m. Ato de sapatear; sapateado.

Sapateiro
s.m. Indivíduo que fabrica, vende ou conserta calçados. / Remendão. / Fig. Artista ou artesão pouco hábil e charlatão.

Sapatilha
s.f. Sapato de bailarinos. / Sapata da chave dos instrumentos musicais.

Sapatilho
s.m. Aro de ferro, exteriormente canelado, que se apóia nos chicotes das amarras. / Primeira folha seca que se tira ao limpar a cana-de-açúcar.

Sapato
s.m. Calçado de sola dura, que cobre o pé parcial ou inteiramente. // Aí é que aperta o sapato, aí está a (minha) dificuldade. // Cada um sabe onde lhe aperta o sapato, cada um conhece seu ponto mais sensível. // Esperar sapato de defunto, esperar em vão.

Sape
s.m. Bras. Denominação comum a várias plantas gramináceas. / Bras. (PE) Espécie de cesto. (Var.: sapê.)

Sapear
v.t. Bras. Olhar, de fora, às escondidas. / Observar (jogo), sem tomar parte.

Sapeca
s.f. Moeda de cobre de baixo valor, com orifício no centro, usada no Extremo Oriente.

Sapecar
v.t. Chamuscar, crestar. / Pop. Executar mal: sapecou a redação. / Pop. Vibrar, bater com (a mão em): sapecou a mão na cara dele.

Sapia
v.t. Chamuscar, crestar. / Pop. Executar mal: sapecou a redação. / Pop. Vibrar, bater com (a mão em): sapecou a mão na cara dele.

Sapido
adj. Que tem sabor: substância sápida.

Sapiencia
s.f. Sabedoria, erudição. / Sabedoria divina. // Oração de sapiência, discurso de abertura das aulas de uma universidade ou outra escola superior.

Sapienciais
adj. Diz-se dos livros do Antigo Testamento que contêm sobretudo sentenças morais (os Provérbios, o Eclesiastes, o Cântico dos Cânticos), em oposição aos livros históricos.

Sapiente
adj. Que tem sapiência, que sabe muito.

Sapindaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas dicotiledôneas dialipétalas, que tem por tipo a saponária ou saboeiro.

Sapinho
s.m. Nome vulgar de uma infecção, devida a cogumelos, que cobre de placas esbranquiçadas a mucosa da boca dos recém-nascidos. / Dimin. de sapo.

Sapiranga
s.f. Bras. Inflamação das pálpebras, que ocasiona queda das pestanas; blefarite ciliar.

Sapo
s.m. Zoologia Anfíbio anuro, de pele mais ou menos verrucosa, das famílias dos bufonídeos e pipídeos, desdentado. / Bras. (S) Pop. Indivíduo que assiste a um jogo sem participar dele. / Doença que ataca os cascos do cavalo.

Sapo-cururu
s.m. Bras. Nome vulgar do sapo Bufo acqua, também chamado sapo-jururu. Sapo de grande tamanho (13 a 18 cm), amarelo-esverdeado, de pele granulosa, grande comedor de insetos. / Folcl. Cantiga de ninar, tradicional e popularíssima.

Sapo-jururu
s.m. Bras. Var. de sapo-cururu.

Sapo-parteiro
s.m. Nome dado a dois pequenos sapos que vivem no centro e no sudoeste da Europa. &151; Seu nome provém do fato de os machos ajudarem a cuidar dos ovos. Estes sapos medem cerca de 5cm de comprimento.

Saponaceo
adj. Que tem a natureza do sabão; que se pode empregar como sabão.

Saponificacao
s.f. Transformação de matérias graxas em sabão.

Saponificar
v.t. Transformar em sabão: saponificar óleos. / Decompor um éster por meio de uma base.

Saponina
s.f. Glicosídio da saponária, cuja solução produz espuma como o sabão.

Sapopema
s.f. Bras. Raiz que se desenvolve junto com o tronco das árvores, chegando a atingir dois metros acima do solo.

Sapota
s.f. Árvore das Antilhas, cujo fruto, a sapota, é uma baga muito doce. (Família das sapotáceas.)

Sapotaceas
s.f. pl. Botânica. Família de plantas tropicais dicotiledôneas gamopétalas, cujo tipo é a sapota; algumas de suas espécies fornecem a balata, a guta-percha.

Sapoti
s.m. Bras. Fruto de uma árvore tropical, o sapotizeiro. &151; É um fruto cônico, de casca fina e coloração castanho escura. A polpa é amarelo-esbranquiçada, às vezes cor de chocolate, transparente, tenra, sem fibras e muito doce.

Sapotizeiro
s.m. Bras. Árvore da família das sapotáceas.

Saprofago
adj. e s.m. Diz-se daquele, ou aquele que se nutre de matérias orgânicas em decomposição.

Saprofito
adj. e s.m. Vegetal que se nutre de matérias orgânicas em decomposição. (Diversos cogumelos são saprófitos; amanitas, fungões etc.) // Micróbio saprófito, germe que vive em um hospedeiro sem lhe provocar doença (por opos. a micróbio patogênico).

Sapucaia
s.f. Bras. Denominação comum a várias árvores lecitidáceas.

Sapupira-da-mata
s.f. Bras. Planta leguminosa-papilionácea.

Saquarema
s.m. Bras. Apelido que se dava ao Partido Conservador e a seus membros na época da monarquia. / Bras. (RJ) Caipira, roceiro. / Bras. (RJ) Pej. Indivíduo que reside nos subúrbios da cidade do Rio de Janeiro; suburbano.

Saque
s.m. Bebida japonesa obtida de arroz fermentado; toma-se geralmente quente e no começo da refeição. (Var.: saqué.)

Saqueador
adj. e s.m. Que ou aquele que saqueia, que faz pilhagem.

Saquear
v.t. Pilhar, praticar saque: saquear uma cidade. / Roubar, devastar, assaltar: a igreja foi saqueada.

Saquitel
s.m. Pequeno saco.

Sara
Nome Hebraico - Significado: Soberana.

Sarabanda
s.f. Dança nobre em três tempos, que esteve em voga nos séc. XVII e XVIII. / Composição musical com o tempo e o caráter dessa dança. / Repreensão, descompostura: passou-lhe uma sarabanda. / Tumulto, agitação.

Sarabatana
s.f. Tubo comprido que, ao ser soprado, pode lançar pequenos projéteis, especialmente setas.

Sarabulho
s.m. Aspereza na superfície das louças, provocada por grãos de areia ou pelo vidro mal fundido. / Fig. e Pop. Apóstema, pústula.

Saracotear
v.t. Agitar (o corpo, os braços, os quadris) graciosamente. / Dançar, gingando. / &151; V.i. Estar buliçoso, irrequieto, andar de um lado para outro.

Saracoteio
s.m. Ato ou efeito de saracotear.

Saracura
s.f. Designação geral de várias aves da família dos ralídeos, que vivem nos brejos ou à margem dos cursos de água. / Planta da família das bignoniáceas.

Saragoca
s.f. Tecido grosseiro de lã preta, geralmente usado na confecção de roupas dos camponeses.

Saraiva
s.f. Chuva congelada que cai em grãos; chuva de pedras, pedrisco, granizo. &151; Saraivada é a queda da saraiva. A saraiva normalmente ocorre sob condições chuvosas.

Saraivada
s.f. Chuva de saraiva, chuva de pedra. / Fig. Descarga, desencadeamento, série de coisas em torrente: saraivada de impropérios.

Saraivar
v.i. Cair saraiva. / &151; V.t. Açoitar, flagelar como saraiva: a tempestade saraivava os cafezais.

Saramba
s.f. Bras. Espécie de fandango, geralmente dançado pelos negros.

Sarambeque
s.m. Antiga dança, alegre e movimentada, originariamente típica de negros.

Sarampao
s.m. Pop. Ataque violento de sarampo.

Sarampo
s.m. Medicina Doença infecciosa e febril, caracterizada por conjuntivite, coriza e erupção de manchas vermelhas na pele. // Sarampo alemão, o mesmo que rubéola.

Sarandagem
s.f. Bras. Vadiagem, vagabundagem.

Sarandalhas
s.f.pl. Restos, limpaduras. / Fig. Gente vil, ordinária; ralé.

Sarapanel
s.m. Arquitetura. Arco abatido ou rebaixado.

Sarapantao
adj. Pop. O mesmo que sarapintado.

Sarapantar
v.t. Assustar, espantar.

Sarapatel
s.m. Guisado feito com sangue e vísceras de porco ou carneiro, muito temperados. / Fig. Mistura de coisas sem ordem; confusão, balbúrdia.

Sarapintado
adj. Que tem pintas de cores variadas; pintalgado, sarapantão.

Sarapintar
v.t. Fazer pintas de cores variadas em; mosquear, pintalgar.

Sarar
v.t. Restituir a saúde a; curar: sarar um enfermo. / &151; V.i. Recobrar a saúde; recuperar-se.

Sarara
s.f. Bras. Variedade de formiga. / &151; s.m. e s.f. Mulato arruivado ou alvacento. / &151; Adj. Diz-se de mulato arruivado.

Sarau
s.m. Reunião festiva, à noite, para dançar, ouvir música e conversar. / Reunião noturna, de finalidade literária.

Sarca
s.f. Botânica. Planta da família das rosáceas; também conhecida por silva. / Silvado, matagal. // Religião Sarça ardente ou sarça de Horeb, sarça em chamas sob cuja forma Deus teria aparecido a Moisés para anunciar a sua missão.

Sarca-ardente
s.m. Arbusto das sebes da região mediterrânea, de frutos escarlates, do tamanho de ervilhas, que persistem no inverno. (Alt.: 2 m; família das rosáceas.)

Sarcasmo
s.m. Zombaria acerba, ironia mordaz.

Sarcastico
adj. Que denota sarcasmo: risada sarcástica. / Que emprega o sarcasmo: poeta sarcástico.

Sarcina
s.f. Gênero de bactérias imóveis, anaeróbias, que se dividem em três planos perpendiculares, produzindo grupos de oito ou mais células em massas cúbicas.

Sarcocarpo
s.m. Botânica. Parte do fruto, entre o pericarpo e o endocarpo, muito carnuda em certos frutos, como o melão e o pêssego.

Sarcofago
s.m. Túmulo onde os antigos encerravam os corpos que não queriam incinerar: sarcófagos egípcios.

Sarcoide
adj. e s.m. Diz-se de um, ou pequeno tumor cutâneo, em geral múltiplo, com o aspecto de um sarcoma mas de natureza benigna.

Sarcoidose
s.f. Afecção de causa desconhecida caracterizada pela existência de uma lesão específica, o granuloma tuberculóide, que pode ser encontrada em grande número de órgãos ou tecidos (gânglios, pele, pulmão etc.); doença ou síndrome de Besnier-Boeck-Schaumann.

Sarcoma
s.m. Tumor maligno que tem como ponto de partida um tecido conjuntivo. (Assinala-se, em geral, o tecido interessado, por meio de um radical gr. ou lat.: fibrossarcoma.)

Sarcoplasma
s.m. Citoplasma das fibras musculares.

Sarcopta
s.m. Gênero de aracnídeos que parasitam o homem e certos vertebrados. (A fêmea do Sarcoptes scarbiei provoca a sarna, ao abrir na epiderme galerias onde deposita os ovos.)

Sarda
s.f. Cada uma das manchas amarelo-escuras que algumas pessoas, sobretudo as ruivas, apresentam no rosto, nas mãos etc.; efélide. (Mais us. no pl.) &151; Surge quando um pigmento se acumula em pequenos pontos da epiderme. As sardas são em geral numerosas. A exposição ao sol pode aumentar o tamanho e o número das sardas. Estas são freqüentemente hereditárias.

Sardanapalesco
adj. Diz-se de indivíduo efeminado, devasso e glutão, como Sardanapalo.

Sardao
s.m. Espécie de lagarto de cor esverdeada.

Sardento
adj. e s.m. Que, ou aquele que tem a pele manchada de sardas.

Sardinha
s.f. Peixe marinho semelhante ao arenque, mas de menor tamanho, comum no Mediterrâneo e no Atlântico. &151; A palavra sardinha designa vários grupos de peixes. Todavia, refere-se mais especialmente a espécies como a sardinha do Pacífico, a sardinha sul-africana, a sardinha européia e a chamada sardinha verdadeira. Esta última espécie é a que ocorre no litoral brasileiro, sobretudo na costa do Rio de Janeiro, nas proximidades de Angra dos Reis.

Sardo
adj. Relativo à Sardenha. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da Sardenha.

Sardonia
s.f. Botânica. Planta da família das ranunculáceas.

Sardonica
s.f. Pedra preciosa, variedade de calcedônia parda.

Sardonico
adj. Diz-se de uma ironia maldosa. // Riso sardônico, riso convulsivo, involuntário; riso sarcástico.

Sargaco
s.m. Alga flutuante, castanha, cuja acumulação forma, sobretudo ao largo das costas da Flórida (mar dos Sargaços), verdadeira campina onde desovam as enguias. (Comum também na costa brasileira.)

Sargento
s.m. Praça graduada de qualquer corporação militar, que na escala hierárquica se situa entre o cabo e o subtenente ou suboficial. / Ferramenta utilizada por carpinteiros, marceneiros etc., para manter juntas duas peças, ou para firmar uma tábua à bancada, o que se faz, em geral, por meio de um dispositivo com parafuso ou rosca.

Sari
s.m. Veste das mulheres indianas, constituída por uma longa peça de pano que lhes cobre todo o corpo.

Sarilho
s.m. Espécie de dobadoura em que se enrolam os fios das maçarocas para fazer meadas. / Mecânica Cilindro horizontal móvel, acionado por manivela ou por motor, e em volta do qual se enrolam cordas ou cabos de aço, providos geralmente de cadernal, para levantar grandes pesos. / Movimento rotativo do corpo em volta do trapézio, nos exercícios ginásticos. / Modo de colocar os fuzis em pé, em grupos de três ou mais, pelo entrelaçamento das varetas. / Pop. Confusão, rixa, barulho, encrenca.

Sarja
s.f. Tecido entrançado feito de lã, raiom, algodão ou seda. &151; A trama apresenta nervuras ou linhas oblíquas na superfície do tecido.

Sarjar
v.t. Fazer incisões ou sarjas em; escarificar.

Sarjel
s.m. Tecido grosseiro de lã.

Sarjeta
s.f. Escoadouro para águas das chuvas que, nas ruas e praças, beira o meio-fio das calçadas. Fig. Condição ignominiosa de decadência e humilhação; estado de indigência moral; lama: seus vícios levaram-no à sarjeta.

Sarmento
s.m. Rebento anual da vide e de outras plantas, ainda não podado. / Haste lenhosa com raízes nas articulações nodosas. / Haste comprida das trepadeiras.

Sarmentoso
adj. Que é da natureza do sarmento ou relativo a ele. / Que produz muitos sarmentos: videira sarmentosa.

Sarna
s.f. Afecção contagiosa da pele, determinada pela fêmea de um aracnídeo microscópico, o ácaro, que se infiltra na epiderme, cavando sulcos onde deposita os ovos, provocando assim uma erupção de vesículas acompanhadas de violento prurido. (O tratamento da sarna se faz por meio de fricções com sulfetos ou com benzoato de benzila.) // Fam. Ter, levar sarna para coçar, tratar de assunto melindroso. // Buscar ou

Sarnento
adj. Que tem sarna; sarnoso, râncido: cão sarnento. / Fig. Combalido; meio podre, rançoso: peixe sarnento. / &151; S.m. Bras. Pop. O diabo.

Sarongue
s.m. Espécie de saiote usado pelos malaios dos dois sexos, constituído por um pedaço de pano que envolve a parte inferior do tronco.

Saros
s.m. Período caldeu de 18 anos e 11 dias, que comporta 223 luas e que regula aproximadamente a seqüência dos eclipses. (Durante esse período sucedem em média 86 eclipses [43 do Sol e 43 da Lua].)

Sarpar
v.t. Marinha Erguer, levantar (âncoras). / &151; V.i. Levantar ferro, navegar. O mesmo que zarpar.

Sarrabulhada
s.f. Grande quantidade de sarrabulho. / Miscelânea, salsada, mistifório. / Fig. Agitação, desordem, baderna, motim.

Sarrabulho
s.m. Sangue coagulado de porco. / O mesmo que sarapatel. / Fig. Confusão, desordem. / Bras. Discussão, altercação, bate-boca.

Sarracenia
s.f. Planta norte-americana, cujas folhas, enroladas em cartucho, constituem armadilhas para capturar insetos. (Família das sarraceniáceas.)

Sarrafacar
v.i. Cortar (alguma coisa) com instrumento cego. / Trabalhar mal, desalinhadamente.

Sarrafo
s.m. Pedaço de madeira estreito e comprido; ripa.

Sarrancolim
s.m. Variedade de mármore dos Pireneus, de cor cinza com veios irregulares, róseos e amarelos.

Sarrido
s.m. Dificuldade respiratória; estertor de moribundo.

Sarro
s.m. Sedimento que o vinho e outros líquidos deixam pegados ao fundo dos vasilhames. / Crosta esbranquiçada que às vezes aparece na língua de pessoas febris; saburra. / Resíduos de nicotina encontrados nas piteiras e cachimbos. / Denominação comum a vários peixes.

Sarrussofone
s.m. Instrumento musical de sopro, palheta dupla, feito de cobre e usado nas bandas marciais.

Sartorio
adj. e s.m. Anatomia. Diz-se do, ou músculo situado na região anterior e externa da coxa; costureiro.

Sassafras
s.m. Botânica. Árvore de porte médio da família do loureiro, encontrada nas Américas, na China, na Índia e na Oceania. &151; O sabor acentuado e o aroma dos galhos, folhas e casca identificam o sassafrás. Suas flores são de cor amarela.

Sata
s.m. Satanás. (V. DIABO.)

Satanas
s.m. O diabo; Belzebu, Satã.

Satanico
adj. Relativo a Satanás. / Digno de Satã; diabólico.

Satanismo
s.m Caráter do que é satânico. / Culto do diabo, adoração de Satanás.

Satelite
s.m. Astronomia. Planeta secundário que gira em torno de um planeta principal e o acompanha na sua revolução, seguindo-lhe as mesmas leis e gravitando em torno do Sol. / Fig. Indivíduo que, inteiramente devotado a outro, o acompanha em todos os momentos e com ele se acumplicia na prática de boas ou más ações. / Designação das pedras que acompanham o diamante (agulha, fava, feijão-preto etc.). // Satélite artificial, engenho colocado por meio de foguetes em uma órbita elíptica, que tem como um dos focos o centro da Terra. / &151; Adj. Anatomia. Diz-se dos nervos e veias que seguem trajeto mais ou menos paralelo ao das artérias. / Diz-se de cidades que se formam ao redor das metrópoles. / Diz-se do país que depende de outro no plano político e/ou econômico. &151; Os satélites artificiais são geralmente lançados por um foguete-motor de diversos estádios. A ação da força propulsora deve cessar ao serem excedidos os limites da atmosfera densa, na qual o satélite seria rapidamente consumido por aquecimento cinético. A direção da velocidade no momento em que o satélite é posto em órbita deve ser perpendicular à direção satélite&150;Terra. A velocidade é então dita "horizontal". Os primeiros satélites postos em órbita foram o Sputnik I (4 out. 1957) e o Sputnik II (3 nov. 1957), lançados pelos soviéticos, e seguidos pelo Explorer I (31 jan. 1958), lançado pelos norte-americanos.

Sati
s.f. Antigo costume hindu. &151; Em sânscrito, sati significa esposa fiel. Pelo costume do sati, a viúva deixava-se queimar viva ao lado do corpo do marido na pira funerária. Em 1829, os governantes ingleses da Índia tornaram o sati ilegal.

Satira
s.f. Uso de ironia ou de sarcasmo para atacar alguma forma do comportamento humano. &151; A maioria das sátiras surge na literatura, mas a sátira desempenha também seu papel em histórias em quadrinhos, cartuns, teatro, cinema e pintura.

Satiriase
s.f. Medicina Excitação sexual mórbida e exagerada, nos homens. / Priapismo.

Satirico
adj. Que pertence à sátira; que envolve sátira. / Que escreve sátiras: autor satírico. / Cáustico, picante. / Inclinado à maledicência: espírito satírico. / Relativo aos sátiros: dança satírica. // Drama satírico, entre os gregos, poema dramático, a um tempo patético e cômico, cujo coro se compunha de sátiros.

Satirizar
v.t. Escarnecer, expondo ao ridículo. / &151; V.i. Escrever sátiras.

Satiro
s.m. Mitol. Nome dado a certos semideuses dos bosques, na mitologia grega. &151; Em parte humanos, tinham chifres curtos, orelhas pontiagudas, patas de bode, uma pequena cauda e tendo nas mãos uma taça, um tirso ou um instrumento de música.. Os sátiros jovens eram maliciosos e elegantes. Os sátiros idosos eram feios e preguiçosos. Seguiam os deuses maiores, Pã e Dioniso. / Fig. Homem devasso, lúbrico.

Satisfacao
s.f. Contentamento, prazer que resulta da realização do que se espera, do que se deseja. / Reparação, desculpa, indenização por ofensa, mal ou dano causado a alguém. / Explicação (geralmente no pl.): não tenho que lhe dar satisfações.

Satisfatorio
adj. Suscetível de satisfazer. / Regular, suficiente, aceitável: desculpa satisfatória.

Satisfazer
v.t. e v.i. Bastar, ser suficiente: esta desculpa satisfaz. / Causar um sentimento de prazer; contentar: satisfazer seus superiores. / Cumprir, corresponder à expectativa: satisfazer as exigências. / Reparar, indenizar, pagar o que se deve. / &151; V.pr. Comer ou beber até fartar-se, saciar-se: satisfazer-se com uma feijoada completa.

Satisfeito
adj. Contente do que está sendo ou foi feito ou dito: estou satisfeito com tuas notas. / Cumprido, executado: foram satisfeitas as suas exigências. / Farto, repleto, cheio, saciado.

Sativo
adj. Que se pode semear ou cultivar.

Satori
s.m. (pal. jap.) Estado de iluminação intuitiva procurado no zen-budismo.

Satrapa
s.m. Governador de uma província, entre os antigos persas. / Fig. Pessoa que leva vida faustosa, sibarita; grande senhor; déspota.

Satrapia
s.f. Cargo, governo, dignidade de um sátrapa.

Saturacao
s.f. Ação ou efeito de saturar; estado do que se acha saturado; saciedade. / Limite em que as atividades recíprocas de um corpo binário se acham satisfeitas; neutralização. /

Saturado
adj. Diz-se de uma solução ou de um composto orgânico que chegou à saturação. / Fig. Plenamente saciado, farto, cheio. / Lógica Diz-se de um sistema axiomático caracterizado por uma saturação.

Saturador
adj. Que satura. / &151; S.m. Dispositivo que serve para aumentar em determinado local a percentagem do vapor de água atmosférico. / Aparelho que serve para saturar líquidos.

Saturante
adj. Que satura, que tem a propriedade de saturar; absorvente.

Saturar
v.t. Levar uma solução a conter a maior quantidade possível de corpos dissolvidos. / Incomodar, chegar aos limites da resistência ou tolerância; enfastiar: estou saturado de suas lamúrias. / &151; V.pr. Chegar ao ponto de saturação. / Encher-se, enfartar-se.

Saturavel
adj. Química Que pode ser saturado.

Saturnal
s.f. Nome de uma festa da Roma antiga em honra de Saturno, o deus romano da colheita. &151; A festa começava em 17 de dezembro e durava sete dias. No primeiro dia, eram realizadas cerimônias religiosas públicas em honra de Saturno. No segundo, muitas famílias ofereciam sacrifícios de leitões.

Saturniano
adj. Relativo a Saturno: o mito saturniano. / &151; S.m. Habitante hipotético de Saturno.

Saturnino
adj. Relativo ao chumbo. / Que é produzido pelo chumbo: cólicas saturninas.

Saturnismo
s.m. Intoxicação aguda ou crônica por chumbo ou por algum de seus sais; plumbismo. &151; O saturnismo, freqüente nos operários que lidam com sais de chumbo (alvaiade etc.), manifesta-se pelas cólicas de chumbo ou saturninas, que sobrevêm bruscamente após distúrbios digestivos.

Saturno
s.m. Um dos planetas do sistema solar. / Nome dado ao chumbo pelos alquimistas.

Saudacao
s.f. Ação ou efeito de saudar; cumprimento, felicitação.

Saudade
s.f. Recordação suave e melancólica de pessoa ausente, local ou coisa distante, que se deseja voltar a ver ou possuir. / Nostalgia. / Zoologia Pássaro da família dos cotingídeos, encontrado na serra do Marinha / Botânica. Denominação comum a diversas plantas da família das dipsacáceas e a suas flores; perpétua, suspiro. / Botânica. Planta da família das compostas.

Saudar
v.t. Dar a alguém um testemunho exterior de atenção, civilidade, respeito; cumprimentar: saudar um amigo. / Felicitar; festejar; aclamar. / &151; S.m. Saudação.

Saudavel
adj. Que é bom para a saúde; salutar. / P. ext. Útil, benéfico, vantajoso, propício.

Saude
s.f. Estado do que é são, está normal: poupar sua saúde. / Estado habitual de equilíbrio do organismo: saúde delicada. / Força, vigor, robustez. / Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. // Vender saúde, tê-la excelente. // Casa de saúde, estabelecimento hospitalar particular.

Saudita
adj. e s.m. e s.f. O mesmo que árabe-saudita.

Saudosismo
s.m. Valorização demasiada do passado. &151; Movimento literário essencialmente poético, desenvolvido em Portugal no primeiro quartel do séc. XX. Seu mentor foi Teixeira de Pascoais, segundo o qual a saudade constitui o traço definidor da alma portuguesa.

Saudosista
adj. e s.m. e s.f. Que, ou quem vive da recordação das coisas boas do passado.

Saudoso
adj. Que provoca saudades. / Que sente saudades.

Saul
Nome Hebraico - Significado: O solicitado.

Saulo
#NOME?

Sauna
s.f. Espécie de banho de vapor, em uso em alguns países, sobretudo na Finlândia. / Estabelecimento onde se toma esse tipo de banho. (A sauna consiste numa sala aquecida [a uma temperatura de 60 a 80&186;C] por fogão de lenha, onde se esquentam pedras porosas. Uma ducha de água fria e um pequeno repouso completam essa espécie de fisioterapia.)

Saurios
s.m.pl. Zoologia Ordem de répteis, a que pertencem os lagartos e crocodilos.

Saute
adj. (pal. fr.) Culinária. Salteado: batatas sautées.

Sautor
s.m. Heráld. Figura construída pela justaposição de dois objetos em X, imitando a cruz de Santo André.

Sauva
s.f. Nome de várias espécies de uma mesma família de formigas. &151; Espalham-se por todo o Brasil e constituem uma das maiores pragas para a lavoura. Essa praga, de tão poderosa, levou o naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire a emitir uma frase que se tornou famosa: "Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil".

Savana
s.f. Botânica. Formação herbácea característica das regiões tropicais em que é longa a estação seca, onde predominam as gramíneas e as plantas rizomatosas de grande tamanho (às vezes 2 m), com algumas árvores esparsas.

Savart
s.m. (do nome do físico Savart) Unidade prática de intervalo musical.

Saveiro
s.m. Barco pequeno, em geral de fundo achatado, utilizado na travessia de rios e na pesca a linha. / Tripulante desse barco. / Bras. (BA) Barco de dois mastros, que se destina à pesca ou ao transporte de mercadorias.

Savelha
s.f. Peixe vizinho da sardinha, de carne apreciada, que se desenvolve no mar, e na primavera vem desovar nas correntes de água. Vive no oceano Atlântico no litoral das Américas, da Nova Escócia, no Canadá, ao Brasil. Chama-se também saboga. &151; A savelha alcança de 30 a 45cm de comprimento e pesa mais ou menos 500g.

Savoir-faire
s.m. inv. (pal. fr. que significa saber fazer) Habilidade de obter sucesso em todas as iniciativas, à custa de um comportamento maleável, enérgico e inteligente, que se obtém com a experiência da vida; tino, tato, jeito.

Savoir-vivre
s.m.inv. (pal. fr. que significa saber viver) Conhecimento e prática dos usos e costumes da vida social, habilidade em lidar com os seres humanos em geral, decorrente da experiência da vida e do convívio com outras pessoas; tirocínio, discernimento.

Saxao
adj. Relativo ao antigo povo germânico que vivia entre o Reno e o Báltico; o mesmo que saxônio e saxônico. / &151; S.m. Indivíduo desse povo. / P. ext. Inglês (por ter sido a Inglaterra invadida por várias tribos saxônicas). / Nome comum a vários dialetos germânicos: anglo-saxão, baixo-saxão etc.

Saxe
s.m. Denominação comum dos objetos e figuras de porcelana fabricados na região de Saxe ou Saxônia.

Saxeo
adj. Que é da natureza do seixo; pedregoso.

Saxhorn
s.m. (pal. al.) Instrumento de sopro, de latão, com bocal esférico, tubo cônico e pistões. (Tb. se escreve saxhorne.)

Saxicola
adj. Botânica. Diz-se das plantas que crescem nos solos pétreos ou nas fendas dos rochedos.

Saxifraga
s.f. Botânica. Nome genérico de um grupo de plantas miúdas e resistentes que cresce nas regiões frias e temperadas do hemisfério norte. A palavra saxífraga significa quebra-pedras. As plantas receberam esse nome porque, em geral, crescem nas frestas das rochas.

Saxifragaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas dicotiledôneas dialipétalas, freqüentemente herbáceas, às vezes lenhosas, de folhas quase sempre alternas e flores pequenas, geralmente dispostas em inflorescência: a hortênsia é uma saxifragácea.

Saxofone
s.m. Família de instrumentos de sopro, de metal, munidos de boquilha e palheta simples como a clarineta e de um mecanismo de chaves semelhante ao do oboé. &151; O mais usado dos saxofones, cujo timbre é suave e aveludado, é o sax-tenor. Sua música se escreve na clave de sol, e freqüentemente é integrado na orquestra. É um dos instrumentos solistas preferidos na música de jazz.

Saxonico
adj. Da Saxônia; saxão, saxônio. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da Saxônia.

Saxorne
s.m. Família de instrumentos de sopro, feitos de metal, com tubo cônico, bocal e pistões, e que compreende a tuba e o bombardino. (Destes, apenas a tuba é ainda hoje empregada na orquestra como baixo dos trombones.)

Sazao
s.f. Cada uma das estações do ano. / Fig. Oportunidade, ensejo, ocasião.

Sazonado
adj. Maduro, amadurecido: frutas sazonadas. / Fig. Experimentado.

Sazonamento
s.m. Amadurecimento; sazonação.

Sazonar
v.t. Amadurecer (o fruto). / Fig. Tornar saboroso; dar bom sabor a; temperar.

Sazonavel
adj. Que está a ponto de amadurecer: frutos sazonáveis. / Próprio para a produção: terras sazonáveis.

Scampi
s.m.pl. (pal. it.) Lagostins ou camarões grandes fritos; iguaria italiana.

Scanner
s.m. (pal. ing.) Escaneadora.

Scat
s.m. (pal. ing.) Estilo de improvisação vocal em que as palavras são substituídas por onomatopéias. (Popularizou-se através de alguns grandes intérpretes de jazz, como Louis Armstrong e Ella Fitzgerald.)

Scherzo
(pal. it.) s.m. Termo musical geralmente aplicado ao movimento mais vivo e alegre de uma sonata, sinfonia ou quarteto de cordas. &151; O termo também pode ser usado para designar uma composição musical isolada. O scherzo caracteriza-se por um ritmo acelerado e vivo e pela repetição constante dos temas. A palavra scherzo é italiana e significa brincadeira. / &151; Adv. Música Vivamente, alegremente, em andamento rápido.

Schnauzer
s.m. (pal. suíço-al.) Cão de pêlo duro, de sobrancelhas espessas, bigode abundante e barba rija, originário de Württemberg (Alemanha).

Schnitzel
s.m. (pal. al.) Bife de vitela, panado e frito.

Scilicet
adv. (pal. lat.) Isto é, por exemplo, a saber. (Abrev.: sc.)

Scotch
s.m. (pal. ingl.) Designação usual do uísque escocês.

Scottish-terrier
s.m. (pal. ing.) Terrier de pêlo duro, de origem escocesa.

Script
s.m. (pal. ingl.) Texto que se destina a ser lido por locutores ou radioatores ou decorado pelos artistas de cinema e televisão.

Script-girl
s.f. (pal. ingl.) Auxiliar feminina de diretor de cinema, cuja função é anotar todos os pormenores de cada tomada, para que não haja incoerências ou contra-sensos na montagem final do filme.

Se
s.f. Igreja episcopal ou arquiepiscopal. / Bispado juntamente com a sua jurisdição. // Santa Sé, a Igreja de Roma, o Vaticano.

Seara
s.f. Campo semeado. / Fig. Partido, agremiação, associação. // Seara alheia, campo de atividade ou interesse de outrem, o que compete a outro técnico ou profissional: não se meter em seara alheia.

Sebaceo
adj. Que tem sebo; da natureza do sebo. / Ensebado, sujo; sebento. / Que produz ou contém matérias sebosas: folículos sebáceos. // Anatomia. Glândulas sebáceas, pequenas glândulas que existem na espessura da pele e que expelem na superfície desta uma substância untuosa, que a amolece.

Sebaste
s.m. Zoologia Gênero (Sebastes) de peixes acantopterígios da família dos escorpenídeos. (Compreende peixe de corpo oblongo, de cabeça comprida, cônica, escamosa e espinhosa, e de nadadeiras com raios duros muito agudos.)

Sebastianista
s.m. e s.f. Pessoa que acreditava na volta de Dom Sebastião, rei de Portugal, desaparecido na batalha de Alcácer Quibir. / Bras. Pej. Indivíduo que, após a proclamação da República, continuou monarquista.

Sebastiao
Nome Grego - Significado: Sagrado,reverenciado.

Sebe
s.f. Cerca de varas ou ripas entrelaçadas. // Sebe viva, cerca feita com arbustos; o mesmo que cerca viva.

Sebenta
s.f. Em Coimbra (Portugal), lição litografada para distribuição aos estudantes.

Sebento
adj. O mesmo que sebáceo. / Seboso, porco, besuntão: indivíduo sebento.

Sebo
s.m. Produto de secreção das glândulas sebáceas. / Bras. Livraria onde se vendem livros usados. // Passar sebo nas canelas, fugir correndo. // Sebo! ou Ora sebo! (frase de situação), exprime desapontamento, impaciência, irritação; o mesmo que bolas! Ora bolas!

Seborreia
/excreção excessiva de substâncias gordas (pop)

Seboso
adj. Da natureza do sebo; sebáceo. / Bras. Sujo, imundo, sórdido, repulsivo.

Secador
s.m. Armação metálica onde se faz enxugar louça, roupa etc. / Aparelho elétrico para secar os cabelos.

Secadouro
s.m. Sítio onde se põe alguma coisa a secar; enxugadouro. / Seção arejada e própria, nas fábricas, para secar as massas, cuja temperatura se mantém a 45&186;.

Secante
adj. Geom. Diz-se de toda linha ou superfície plana que corta outra, que a divide em duas partes. / &151; S.f. A linha secante ou a que corta outra linha.

Secao
s.f. Ato ou efeito de cortar ou seccionar; parcela, porção, parte, divisão de um todo. / Ponto ou local em que algo foi cortado ou dividido. / Divisão administrativa: seção de pessoal. / Parte de uma obra literária ou científica por capítulos ou artigos para melhor compreensão do plano da mesma. / Arquitetura. Corte de um edifício pelo centro, a um plano, com proporções de altura e profundidade rigorosamente observadas para compreensão da sua disposição interior. / Geometria. Linha determinada sobre uma superfície por uma outra que encontra a primeira. / Geometria. Corte vertical. / Militar. A quarta parte de um esquadrão. / Subdivisão de baterias em um número limitado de soldados e bocas de fogo. / História natural. Divisão de um gênero; divisão secundária; subdivisão. / Cada uma das repartições em que se divide outra, ou subdireção das secretarias do Estado: chefe de seção. / Cada uma das subdivisões interiores de um estabelecimento, que tem funções diferentes das outras: a seção das camisas é logo em frente. / Farmacologia. Operação por meio da qual se dividem as substâncias medicinais com o auxílio de instrumentos cortantes. // Geometria. Seções cônicas, as seções planas de um cone reto de base circular. (São a elipse, a parábola e a hipérbole.) // Seções planas, as que são produzidas por um plano numa superfície ou volume.

Secar
v.t. Privar de água, pôr a seco: secar um tanque, um pântano. / Esgotar, estancar. / &151; V.i. Murchar: com o sol secaram as flores. / &151; V.pr. Diminuir, acabar: nos olhos secou-se o pranto.

Secarrao
adj. Pop. Muito seco, muito severo; de poucas palavras.

Secavel
adj. Que se pode secar, ou enxugar: terreno alagadiço dificilmente secável.

Seccao
s.f. Var. de seção.

Seccional
adj. Var. de secional.

Seccionamento
s.m. Var. de secionamento.

Seccionar
v.t. Var. de secionar.

Secessao
s.f. Ato de separar o que estava unido; separação; divisão, dissidência, cisão: guerra de secessão.

Secessionista
adj. Que diz respeito ao secessionismo ou a secessões; dissidente, divisionista, separatista: a liderança secessionista. / &151; s.m. e s.f. Membro ou partidário do secessionismo.

Secia
s.f. Mulher taful e afetada. / Espécie de roupão feminino. / Botânica. Planta da família das compostas.

Secio
adj. e s.m. Casquilho, peralta, peralvilho, taful. / &151; Adj. Que saracoteia muito.

Secional
adj. Referente a seção. (Var.: seccional.)

Secionamento
s.m. Ato ou efeito de secionar; secessão, divisão, corte. (Var.: seccionamento.)

Secionar
v.t. Dividir em seções; cortar em pedaços ou fatias. (Var.: seccionar.)

Seco
adj. Privado ou desprovido de umidade; enxuto, que não tem água ou outros líquidos. / Diz-se dos objetos, mormente dos alimentos a que, por certos processos, se extraiu a umidade para os conservar ou para exportá-los nesse estado. / Murcho, ressequido, que não tem verdura (falando-se das plantas): flor seca. / Magro, descarnado: indivíduo seco como um varapau. / Ressequido, requeimado pelo calor: as árvores secas pelo sol do sertão. / Árido; que não tem vegetação, infecundo: encostas secas. / Fig. Frio; insensível, severo; rude, de poucas palavras: um sujeito seco. / Breve, desprovido de ornatos ou pompas: carta objetiva e seca. / Fig. Incivil, descortês, ríspido, grosseiro. / Fig. e Pop. Sequioso, sedento, muito desejoso: estar seco por um cigarro. // &151; loc. adj. A seco, diz-se dos salários que se pagam ou se recebem sem obrigação de comida: contratar uma empregada doméstica a seco. // &151; loc. adj. Em seco, fora de água ou lugar úmido: nadar em seco é impossível. // Engolir em seco, ser obrigado a conformar-se com uma expectativa frustrada; agüentar firme. / &151; S.m.pl. Gêneros secos que se vendem por medida, como trigo, feijão, grãos em geral etc.: armazém de secos e molhados. // Secos e molhados, ramo de comércio que abrange armazéns e lojas de comestíveis.

Secrecao
s.f. Fisiologia. Substância que as células do corpo produzem a partir de outras substâncias retiradas do sangue. &151; As células que produzem uma secreção acham-se freqüentemente agrupadas em uma glândula. Um canal da glândula pode então lançar a secreção em outra parte do corpo. Entre tais secreções há a saliva, as lágrimas, o muco, o suor, a bile e os sucos digestivos. As glândulas endócrinas não têm canais. Elas lançam suas secreções, chamadas hormônios, no sangue. Entre os hormônios mais importantes estão a insulina, a tiroxina e a epineirina. Esses hormônios ajudam a regular o metabolismo. Atuando juntamente com outros hormônios, regulam o crescimento e mantêm a saúde.

Secreta
s.f. Tese defendida só em presença de doutores, em algumas universidades. / Liturgia Oração que o padre diz em voz baixa, antes do prefácio da missa. / &151; S.m. Gír. Informante policial ou agente da polícia não uniformizado: vinha escoltado por dois secretas.

Secretaria
s.f. Mulher que exerce o secretariado em algumas sociedades ou corporações. / Mulher que escreve a correspondência, dá conta do estado dos negócios etc. / Espécie de mesa, onde se escreve; espécie de escrivaninha onde se guardam documentos mais ou menos importantes e dinheiro. / Móvel com aba que se abaixa para nela escrever.

Secretariado
s.m. Emprego, funções ou dignidade de secretário; secretaria: assumir o secretariado; fazer um curso de secretariado. / Lugar onde o secretário faz o expediente e conserva os registros e arquivos cuja guarda lhe está confiada. / Tempo que duram as funções de secretário. / O conjunto dos secretários de Estado; o ministério. / Bras. Curso equivalente ao colegial e ao normal em que os estudantes se preparam para ser secretários, estudando línguas, datilografia, taquigrafia, relações públicas etc.

Secretariar
v.t. Ser secretário de: secretariar alguém.

Secretario
s.m. Ant. Pessoa a quem se confiava algum segredo para o guardar; confidente. / Chefe de secretaria: secretário de um colégio. / Funcionário encarregado de escrever cartas, tomar notas, marcar entrevistas, organizar a correspondência, receber recados e cuidar dos negócios menores de um patrão ou chefe muito ocupado: secretário bilíngüe. / Aquele que escreve as atas de reunião: secretário do comitê. / Alto funcionário da cúpula governamental, ministro: secretário de Estado. / Funcionário diplomata no início da carreira: Secretário da embaixada em Paris. / Livro que contém modelos de cartas.

Secretina
s.f. Fisiologia. Hormônio elaborado pelo epitélio do duodeno e do jejuno ao contato do quimo ácido vindo do estômago, o qual desencadeia as secreções digestivas pancreática, biliar e intestinal.

Secreto
adj. Que está oculto, que está em segredo; ignorado, incógnito, não divulgado; escondido, encoberto, não revelado, não sabido, desconhecido, ignoto: missão secreta. / Retirado; solitário: refúgio secreto. / Que não é aparente, que não é visível: mal secreto.

Secretor
adj. e s.m. Que ou aquilo que segrega; secretório.

Secretorio
adj. Que segrega, que elabora os produtos da secreção. / Fisiologia. Diz-se dos vasos ou glândulas em que se realizam as secreções: órgãos secretórios.

Sectario
adj. Relativo a seita. / &151; Adj. e s.m. Que ou aquele que pertence a uma seita; seguidor, sequaz, partidário. / Partidário fanático e extremado de uma seita religiosa. / Fig. Que ou aquele que defende obstinadamente um ponto de vista extremado ou posições políticas, religiosas ou teóricas intransigentes e polarizadas: posição sectária; os sectários do nazismo.

Sectarismo
s.m. Estado de espírito de uma pessoa sectária; tendências sectárias: ao sectarismo sempre se opôs o espírito de tolerância.

Sector
s.m. Setor.

Secular
adj. Que vive no século, no mundo; que não fez votos religiosos (por opos. a regular): padre secular. / Leigo, temporal; civil: tribunais seculares. / Próprio do século, que não cabe à igreja: interesses seculares. / &151; S.m. Indivíduo leigo, que não está sujeito às ordens religiosas. / &151; S.f. Mulher que não está sujeita a votos monásticos.

Secularidade
s.f. Qualidade do que é secular; estado secular. / A jurisdição secular de uma igreja.

Secularizacao
s.f. Ato ou efeito de tornar ou tornar-se secular, de tirar ou perder o caráter religioso: secularização de uma capela. / Absolvição do voto de clausura; dispensa dos votos monásticos. / Dir. can. Em sentido amplo, uso do hábito secular pelos religiosos. // Indulto de secularização, licença outorgada a um religioso para abandonar o estado eclesiástico.

Secularizar
v.t. Fazer voltar ao século, à vida leiga (o que pertencia à religiosa); dispensar dos votos monásticos: secularizar frades ou freiras. / Sujeitar às leis civis: secularizar o casamento. / &151; V.pr. Abandonar uma ordem religiosa: secularizou-se para poder casar.

Seculo
s.m. Período de cem anos, que se conta a partir de um ponto cronologicamente determinado, chamado era. / Época célebre por causa de um grande homem, de uma grande descoberta etc.: o século de Péricles; o século do átomo. / Tempo em que se vive: é um homem do seu século. / Teologia O mundo considerado do ponto de vista de suas vaidades: viver no século. / Fam. Tempo considerado excessivamente longo: faz um século que não nos vemos. // Pelos séculos dos séculos, eternamente.

Secundar
v.t. Vir em seguida trazendo auxílio; coadjuvar, ajudar, auxiliar, colaborar: o conhecimento de línguas deve secundar qualquer estudo científico.

Secundario
adj. Que, ou o que é de segunda ordem; que ocupa o segundo lugar em ordem, graduação ou qualidade relativamente a outrem ou outro: desempenhar papel secundário na peça. / Que é de menor importância em relação a outrem ou outra coisa: esta matéria é secundária no curso. / Acessório; inferior; de pouco valor: observação secundária. / Diz-se do ensino ou instrução de grau intermediário entre o primário e o superior, e da escola que o ministra.&160;// Círculos secundários, pequenos círculos que cortam em ângulo reto um dos círculos máximos da esfera. // Geologia Era secundária, v. MESOZÓICO. // Economia. Setor secundário, o setor das atividades de transformação industrial. (Difere do primário [agrícola] e do terciário [serviços].) / &151; S.m. Curso secundário (ou ginasial).

Secundarista
adj. e s.m. e s.f. Diz-se de, ou estudante de curso secundário.

Secundina
s.f. Botânica. Membrana interior do óvulo vegetal. / &151; S.f.pl. Placenta e membranas da mulher expelidas na fase terminal do parto; páreas.

Secura
s.f. Qualidade daquilo que é seco; sequidão. / Fig. Aridez, esterilidade. / Falta de afabilidade no trato; frieza, aspereza: tratou-me com secura. / Falta de ornatos no estilo. / Bras. Pop. Desejo veemente, avidez.

Securitario
adj. Referente a seguro. / &151; S.m. Aquele que trabalha em empresa de seguros.

Seda
s.m. Carroçaria de automóvel de quatro ou duas portas, capota fixa em pelo menos um dos compartimentos, assentos para quatro a sete pessoas, inclusive o motorista. / Automóvel com essas características.

Sedacao
s.f. Ato ou efeito de sedar.

Sedal
adj. Referente ao ânus; anal.

Sedar
v.t. Acalmar (o que está excitado). / Moderar a ação excessiva de (órgão, sistema).

Sedativo
adj. e s.m. Que, ou aquilo que modera a ação excessiva de um órgão ou sistema de órgãos; calmante: remédio sedativo. / Diz-se dos medicamentos que aplacam ou acalmam uma irritação ou dor.

Sede
s.f. Lugar onde funciona um tribunal, um governo, uma administração. / Estabelecimento principal de uma empresa comercial. / Ponto de concentração de certos fatos ou fenômenos: o sistema nervoso é a sede da dor. / Centro onde se dá um fato: deslocou-se até a sede dos acontecimentos. // Sede episcopal, capital de diocese; bispado. // Sede social, casa, apartamento ou sala onde funcionam os órgãos administrativos e as atividades sociais de uma sociedade. // Sede Apostólica, a Santa Sé. // Sede plena, sede ocupada pelo prelado. // Sede vacante, sede sem prelado efetivo.

Sedeiro
s.m. Instrumento em forma de pente que serve para assedar o linho.

Sedem
s.m. Bras. (NE e MG) Var. de sedenho.

Sedenho
s.m. Mecha de fios introduzidos numa chaga para fazê-la supurar; fontanela. / Cauda das reses e o respectivo cabelo; sedém. / Trança de crinas cortadas. / Bras. (NE) Pop. O traseiro, as nádegas; sedém.

Sedentariedade
s.f. Qualidade ou condição de sedentário.

Sedentario
adj. Que está quase sempre sentado; que não exercita o corpo e o conserva inativo. / Que está quase sempre em sua casa: velho excêntrico e sedentário. / Fixo, preso a um lugar:

Sedentarismo
s.m. Qualidade do que ou de quem é sedentário ou que tem vida sedentária: o sedentarismo é estranho aos povos pastores.

Sedentarizacao
s.f. Passagem do estado nômade ao estado sedentário.

Sedento
adj. Que tem sede: estar sempre sedento. / O mesmo que sequioso. / Fig. Ávido: sedento de riquezas.

Sedestre
adj. Diz-se da estátua que representa alguém sentado (opõe-se a eqüestre e pedestre).

Sedia gestatoria
(expr. it.)

Sediado
adj. Que tem sede (em algum lugar): sucursal sediada em São Paulo.

Sediar
v.t. Dar sede a; servir de sede a: o Rio de Janeiro sediou a conferência.

Sedicao
s.f. Crime contra a segurança do Estado; sublevação, revolta, motim. / Perturbação da ordem pública.

Sedicioso
adj. e s.m. Que ou aquele que se revolta contra a autoridade ou a ordem instituída; que excita, provoca ou se envolve em sedição; revoltoso, indisciplinado, insurgente, amotinado, insubordinado. / &151; Adj. Que tem o caráter de sedição: conspiração sediciosa; panfleto sedicioso.

Sedimentacao
s.f. Formação de sedimentos, acumulação: a sedimentação de matéria orgânica enriquece os solos.

Sedimentar
adj. Que tem a natureza do sedimento; que é composto de sedimento: terrenos sedimentares.

Sedimentario
adj. Sedimentar.

Sedimento
s.m. Depósito produzido pela precipitação de matérias dissolvidas ou suspensas num líquido: os rios são ricos em sedimentos. / Lia, borra, fezes. / As partes sólidas que a urina deposita no fundo do vaso que a contém. / Geologia Depósito de matérias sólidas, por camadas, deixadas pelas águas ao retirarem-se, ou acumuladas pela ação do vento.

Sedo
s.m. Botânica. Gênero de plantas da família das crassuláceas, de que se conhecem cerca de 450 espécies.

Sedoso
adj. Que contém seda; que tem o aspecto e a natureza da seda. / Fino e agradável ao tato como a seda: lã sedosa. // Química Cristais sedosos, substâncias cristalizadas, que apresentam a forma e o brilho da seda.

Seducao
s.f. Ato ou efeito de seduzir, de induzir ao mal ou a erro por meio de artifícios, de desencaminhar ou desonrar valendo-se de encantos e promessas: a sedução de uma pobre donzela. / Atração, encanto, fascínio; tentação: a sedução do ouro.

Sedulo
adj. Cuidadoso, zeloso, diligente.

Sedutor
adj. e s.m. Que ou aquele que seduz; tentador: demônio sedutor. / Atraente, fascinante: jovem sedutor. / &151; S.m. Homem leviano que seduz e desonra as mulheres, abandonando-as em seguida: Dom Juan é o tipo clássico do sedutor.

Seduzir
v.t. Induzir ao erro por meio de astúcias; levar a praticar crimes ou atos graves, iludindo ou acenando com promessas; desencaminhar: o demônio seduz as almas fracas. / Desonrar (donzelas), deflorar: seduziu a moça e abandonou-a. / Atrair, encantar, fascinar, envolver totalmente: foi seduzido por uma mulher fatal.

Sefardim
adj. e s.m. e s.f. Designação dos judeus descendentes dos primeiros israelitas de Portugal e Espanha (expulsos respectivamente em 1496 e 1492). / Designação usual e genérica dos judeus originários de áreas mediterrâneas, isto é, da Grécia, do Norte da África, da península Ibérica. (Diferenciam-se dos asquenazes, da Europa central e oriental.) (Var.: sefardita.)

Sefardita
adj. e s.m. e s.f. Var. de sefardim.

Sega
s.f. Ato ou efeito de segar; ceifa. / A duração da ceifa.

Segadeira
s.f. Espécie de foice grande; ceifeira.

Segador
s.m. Aquele que trabalha na sega ou ceifa do trigo ou de outros cereais.

Segadora
s.f. Máquina empregada na colheita ou ceifa de grãos e cereais.

Segar
v.t. Cortar ou ceifar (seara). / Pôr termo a; acabar com.

Sege
s.f. Carruagem de duas rodas, com um único assento, puxada por dois cavalos. / P. ext. Qualquer carruagem.

Segmentacao
s.f. Ato ou efeito de segmentar. / Divisão por segmentos.

Segmentar
v.t. Reduzir a segmentos: segmentou o tronco da árvore. / Tirar um segmento de algo. / &151; V.pr. Partir-se em segmentos, dividir-se, parcelar-se.

Segmentario
adj. O mesmo que segmentar.

Segmento
s.m. Seção, porção, parte de um todo: segmento de um verso. / Anatomia. Parte de um órgão distinta de outra, se bem que seja a continuação dela. / Geometria. Porção definida de uma figura; porção determinada numa linha, numa superfície ou num sólido por uma linha ou superfície que os corta: a secante a uma reta determina dois segmentos nesta. // Segmento esférico, porção de volume da esfera compreendida entre dois planos paralelos. // Segmento do êmbolo ou pistão, anel elástico, cortado segundo uma geratriz ou uma hélice e utilizado no êmbolo ou pistão (dos motores de explosão) para manter estanques os dois meios separados pelo pistão.

Segnicia
s.f. Indolência, moleza, lentidão.

Segnicie
s.f. Segnícia.

Segredar
v.t. Dizer em segredo; cochichar: segredou duas palavras à amiga. / &151; V.i. Dizer segredos.

Segredo
s.m. O que há de mais escondido; o que se oculta à vista, ao conhecimento: não conte este segredo a ninguém. / O que a ninguém deve ser dito; que é secreto; confidência: segredo confidencial. / O sentido oculto de algo: segredo do texto. / O que há de mais difícil; o que exige uma iniciação especial, em uma arte, uma ciência etc.: segredos da poesia. / Meio ou processo conhecido de uns poucos:

Segregacionismo
s.m. Política de segregação racial.

Segregacionista
adj. e s.m. e s.f. Que ou aquele que é partidário da segregação racial. / &151; Adj. Que adota a segregação racial: política segregacionista.

Segregar
v.t. Separar nitidamente com o fim de isolar e evitar contato: os brancos da África do Sul segregam os negros. / Expelir, operar a secreção de: segregar bílis. / &151; V.pr. Afastar-se, pôr-se à margem de; isolar-se: segregar-se do convívio social indo para o campo.

Seguida
s.f. O mesmo que seguimento. // &151; loc. adv. Em seguida, logo depois, imediatamente.

Seguidilha
s.f. Canção e dança populares espanholas de compasso, de ritmo movimentado e de origem andaluza.

Seguido
adj. Que se segue; posto em prática. / Imediato, contínuo, a fio: três dias seguidos.

Seguidor
adj. e s.m. Que, ou aquele que segue; continuador, perseguidor. / Partidário, sectário: os seguidores do espiritismo.

Seguimento
s.m. Ato ou efeito de seguir; seguida, continuação. / Resultado, conseqüência.

Seguinte
adj. Que segue; que vem logo depois; imediato, subseqüente: no capítulo seguinte. / &151; S.m. Aquilo ou aquele que vem depois do outro. / &151; S.m.pl. Arquitetura. Ângulos de alvenaria; peças laterais das gelosias.

Seguir
v.t. Ir atrás de, acompanhar: segui-o até aqui. / Ir no encalço de; perseguir. / Percorrer, ir ao longo de, trilhar: seguir o caminho do bem. / Observar, dar atenção: siga os bons conselhos. / Imitar, tomar como modelo: siga os bons exemplos. / Tomar o partido de, aderir, partilhar das mesmas crenças, ser sectário; professar. / Exercer (uma profissão). / &151; V.i. Continuar, prosseguir. / Tomar certa direção: siga à direita. / Vir depois, abaixo, adiante (também v.pr.): os exemplos que (se) seguem. / &151; V.pr. Suceder-se. / Decorrer, resultar, concluir-se: donde se segue que todos têm razão. // A seguir, em seguida, logo depois; abaixo (falando-se de um texto).

Segunda
s.f. Tipografia Prova de uma folha já corrigida. / Música Intervalo entre um tom e outro imediato: intervalo de segunda. / Forma reduzida de segunda-feira.

Segunda-feira
s.f. Segundo dia da semana.

Segundo
num. Numa série, indica a posição correspondente ao número dois. / &151; Adj. De qualidade inferior, secundário: artigos de segunda ordem. / Fig. Semelhante, rival; cópia. /

Segurado
s.m. Pessoa garantida por um contrato de seguro. // Segurado social, pessoa filiada a um regime de seguros sociais.

Segurador
adj. e s.m. O mesmo que assegurador. / Que ou aquele que indeniza dos prejuízos em virtude de contrato de seguro: companhia seguradora.

Seguranca
s.f. Ação ou efeito de segurar. / Situação do que está seguro; afastamento de todo perigo: viajar com segurança. / Certeza, confiança, firmeza: falou com segurança. / Garantia, caução: a hipoteca constitui uma segurança real, a caução uma segurança pessoal. / Militar. Conjunto de dispositivos que permitem a uma força militar evitar a surpresa, fornecendo ao comando a liberdade de ação, indispensável na condição da batalha. / Eletricidade. Fusível, corta-circuito. / Prenhez das fêmeas dos quadrúpedes. // Bras. Alfinete de segurança, joaninha. // Fechadura de segurança, fechadura muito difícil de ser arrombada. // Segurança individual, garantia que a lei concede aos cidadãos contra as detenções e as penalidades arbitrárias. // Segurança nacional, conjunto de dispositivos e medidas que visam manter a ordem estabelecida e preservar a integridade nacional. // Válvula de segurança, v. VÁLVULA. // &151; loc. adv. Com segurança, com convicção, firmemente, sem hesitação.

Segurar
v.t. Pôr no seguro: segurar uma casa contra incêndio. / Sustentar: segurar um livro nas mãos. / &151; V.pr. Sustentar-se, firmar-se, suster-se.

Seguravel
adj. Que pode ser segurado por companhia de seguros.

Segurelha
s.f. Peça em que entra o ferro que segura a mó inferior das atafonas. / Peça de madeira, enfiada no espigão da mó inferior para tornar uniforme o movimento da mó superior.

Seguro
adj. Firme, preso; inabalável; que não corre o risco de soltar-se ou de cair: o lustre está bem seguro. / Livre de receios, garantido, ao abrigo de perigos ou ameaças: lugar seguro. / Confiante, cauteloso: ele está muito seguro de si. / Pop. Avarento: seguro como ele só. / &151; S.m. Contrato aleatório em que, mediante uma taxa (prêmio de seguro), uma das partes se obriga a indenizar a outra por prejuízo eventual: seguro de vida, seguro contra acidentes. // Seguro social, o que garante aos trabalhadores assistência médica, indenização por invalidez, pensão ou aposentadoria, e outros benefícios.

Seide
s.m. Título dos descendentes de Maomé.

Seio
s.m. Na criatura humana, parte anterior do peito, onde se localizam as mamas. / Cada uma das glândulas mamárias. / Curvatura, volta, sinuosidade. / Local da concepção, útero: o filho ainda está no seio materno. / Anatomia. Designação de diversas cavidades do organismo. / Fig. Parte interna e central; âmago, cerne: o seio da terra. / Meio de onde se vem, ou se produz alguma coisa: veio do seio da aristocracia. // Seio da Igreja, comunhão da Igreja católica.

Seira
s.f. Cesto ou saco de vime, esparto ou junco, usado especialmente para transportar frutos.

Seiscentismo
s.m. O estilo ou escola literária do séc. XVII.

Seiscentista
adj. Referente ao seiscentismo ou ao séc. XVII. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Diz-se de, ou escritor do séc. XVII.

Seiscentos
num. Seis centenas.

Seita
s.f. Doutrina (em geral, religiosa) que constitui crença de grupo dissidente. / O conjunto desses dissidentes. / Facção, partido. / (A palavra não é pejorativa em si.)

Seiva
s.f. Líquido que circula pelas diversas partes dos vegetais. (Distinguem-se a seiva bruta, que sobe das raízes para as folhas, e a seiva elaborada, produzida pelas folhas a partir da seiva bruta.) / P. ext. Sangue, substância, elementos vitais. / Fig. Vigor, força, energia: a seiva da juventude.

Seivoso
adj. Que possui seiva. / Que auxilia a circulação da seiva.

Seixas
s.f.pl. As três partes das capas do livro que sobressaem às folhas.

Seixo
s.m. Pedra tosca de pequenas dimensões, utilizada no empedramento de certas obras; calhau.

Seja
conj. Alternativa que, repetida, equivale a ou... ou; quer... quer: seja hoje, seja amanhã, não deixe de vir. // &151; Part. explet. Ou seja, isto é: perdeu uma enorme quantia, ou seja, um milhão. // &151; Frase de sit. Seja, denota consentimento, resignação; equivale a vá!, vá lá!, de acordo!, faça-se!

Sela
s.f. Arreio acolchoado que consta de arção, espendas, vão etc., e que se cinge ao lombo das cavalgaduras para que nele se assente o cavaleiro. // Anatomia. Sela túrcica, a cavidade ou fossa do esfenóide, onde assenta a hipófise. // Cavalo de sela, o que é treinado para ser montado, que não é de tiro.

Selaceos
s.m.pl. Zoologia O mesmo que seláquios.

Selada
s.f. Geografia Abaixamento do solo entre duas eminências; concavidade oblonga numa montanha.

Selado
adj. Diz-se do cavalo cuja linha do dorso é de concavidade exagerada. / Diz-se de animal que leva sela. / Diz-se do barco muito levantado nas duas extremidades. / &151; S.m. Curvatura das ilhargas das cavalgaduras.

Seladura
s.f. Curvatura normal, em forma de sela, da região lombar.

Selagem
s.f. Ação de selar.

Selaginela
s.f. Botânica. Gênero de plantas vasculares da família das selagineláceas, que compreende cerca de setenta espécies sem flores, próprias das regiões tropicais e raramente das regiões temperadas.

Selaginelaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas criptogâmicas afins da samambaia.

Selaquios
s.m.pl. Zoologia Ordem de peixes cartilaginosos, que compreende as arraias e os esqualos com todas as subdivisões destes gêneros.

Selar
v.t. Pôr selo em. / Estampilhar. / Aplicar um sinete em. / Concluir, pôr fim a: selar com a morte os próprios sofrimentos. / Confirmar, validar, tornar efetivo (por um sinal qualquer): selar a paz, selar a aliança. / Cerrar, fechar hermeticamente.

Selaria
s.f. Arte de fabricar selas e selins para cavalos. / Conjunto dos arreios para cavalos. / Estabelecimento de seleiro.

Selecao
s.f. Ato ou efeito de escolher ou selecionar; escolha feita a partir de critérios e objetivos bem definidos: seleção de candidatos. / Escolha natural ou predeterminada de animais ou vegetais com vistas à reprodução. // Seleção natural, sobrevivência de certas espécies animais ou vegetais que melhor se adaptam às condições ambientais dadas, em detrimento das espécies menos aptas: a teoria da seleção natural foi uma das descobertas de Darwin. / Bras. Futebol. Conjunto de jogadores de vários times reunidos num escrete; selecionado, combinado.

Selecionado
adj. Escolhido, distinto, seleto, especial: vinho selecionado. / Bras. Futebol. O mesmo que seleção e combinado.

Selecionar
v.t. Fazer seleção ou escolha; escolher e separar um ou alguns, dentre muitos; joeirar.

Seleiro
adj. e s.m. Que ou aquele que fabrica selas: artesão seleiro. / &151; S.m. Proprietário de um estabelecimento de selaria.

Selena
Nome Grego - Significado: A lua.

Selenico
adj. Referente à Lua. / Relativo ao selênio. / Química Diz-se de um ácido do selênio (SeO4H2), semelhante ao ácido sulfúrico, e dos compostos em que o selênio é hexavalente.

Selenifero
adj. Química Que contém selênio.

Selenio
s.m. Química Elemento químico de peso atômico 78,96, número atômico 34, símbolo Se. (Trata-se de um ametal de cor cinzenta ou vermelha, com ponto de fusão a 217&186; e ponto de ebulição a 688&186;. Nativo em pequenas quantidades nos minerais sulfurosos, possui vários estados alotrópicos, e sua condutividade elétrica varia segundo a intensidade da luz recebida. Emprega-se industrialmente como corante para vidros, esmaltes e vernizes, nas células fotoelétricas e na vulcanização da borracha.)

Selenioso
adj. Química Diz-se de um ácido do selênio (de fórmula SeO3H2) e dos compostos em que o selênio é tetravalente.

Selenita
adj. Relativo à Lua. / &151; s.m. e s.f. Nome dado, outrora, ao habitante hipotético da Lua. / &151; S.f. Denominação antiga da gipsita hialina.

Selenitoso
adj. Química Que contém selenita ou gipsita.

Selenografia
s.f. Ciência cujo objeto é a descrição da Lua.

Selenologia
s.f. Disciplina que estuda a Lua.

Seleta
s.f. Conjunto de trechos literários selecionados; antologia. / Bras. Variedade de laranja.

Seletividade
s.f. Qualidade do que é seletivo. / Maior ou menor propriedade de um aparelho para selecionar uma onda de dada freqüência entre outras de freqüência vizinha.

Seletivo
adj. Que faz seleção: junta seletiva. / Relativo a seleção.

Seleto
adj. Que foi objeto de seleção; de primeira ordem, de primeira qualidade; selecionado, distinto: público seleto.

Seletor
s.m. Aparelho telegráfico, que permite escolher a natureza e intensidade de uma corrente elétrica. / Tecnologia Comutador empregado nas centrais telefônicas automáticas e acionado por impulsos emitidos ao discar-se um número. / Qualquer mecanismo, automático ou não, que executa determinada seleção. // Seletor de canais, botão do aparelho receptor de televisão que seleciona os canais.

Self
s.m. (pal. ingl.) Psicanálise Sentimento difuso da unidade da personalidade (suas atitudes e predisposições de comportamento). / Indivíduo, tal como se revela e se conhece, representado em sua própria consciência.

Self-government
s.m. (pal. ingl.) Sistema de administração dos domínios britânicos que obtiveram autonomia; autogoverno.

Self-service
s.m. (pal. ingl.) Sistema vigente em certos supermercados, restaurantes, lanchonetes e refeitórios, em que cada um se serve sozinho, com o fim de economizar tempo e dinheiro.

Selha
s.f. Tabuleiro redondo de madeira com pequena borda, em que os peixeiros trazem o peixe. / Vasilha em forma de balde, embora menos alta, para líquidos.

Selim
s.m. Sela pequena e rasa.

Selma
Nome Árabe-celta - Significado: Pacífica, justa.

Selo
s.m. Carimbo ou marca oficial que indica propriedade individual ou pagamento de imposto governamental. &151; O chamado selo postal é um papel colado sobre um envelope e que mostra que está pago o custo de seu transporte através dos correios.

Selo-de-salomao
s.m. Botânica. Liliácea vivaz dos bosques de flores esbranquiçadas e pendentes, cujo rizoma se estende, em forma de selo, na base da parte aérea formada cada ano. / O mesmo que pentáculo e signo-de-salomão.

Selva
s.f. Mato natural; bosque, floresta. / Fig. Grande quantidade de coisas emaranhadas. / Fig. Ambiente social, coletividade em que predominam rivalidades hostis, disputas acirradas.

Selvagem
adj. Das selvas, próprio delas: animal selvagem. / Que medra sem cultura; agreste, silvestre. / Deserto, inculto: lugar selvagem. / Nômade, bárbaro: tribo de índios selvagens. / Rude, bruto, ignorante. / Que gosta de viver só, intratável. / &151; S.m. Aquele que vive nas selvas; silvícola, aborígine. / Fig. Pessoa grosseira, incivil, mal-educada.

Selvageria
s.f. Qualidade de selvagem. / Comportamento próprio de selvagem. / Ferocidade, crueldade: a selvageria da guerra de conquista. (Var.: selvajaria.)

Selvagineo
adj. O mesmo que selvagino.

Selvagino
adj. Relativo a selvagem, selvagíneo.

Selvajaria
s.f. Var. de selvageria.

Selvatico
adj. Próprio das selvas. / Que nasce ou se cria nas selvas; selvagem.

Sem
prep. Indica: 1.&186;) ausência, privação, falta: andar sem dinheiro, viver sem problemas; 2.&186;) concessão ou ausência de condição necessária: falar sem pensar. // &151; loc. conj. Sem que: 1.&186;) de valor condicional, equivalente a "a menos que", "salvo se": nada se faz sem que ele o queira; 2.&186;) de valor concessivo, equivalente a "embora não", "apesar de não": saiu sem que eu o autorizasse (isto é, "embora eu não o autorizasse", "apesar de eu não o autorizar"). (Às vezes, introduz uma oração modal: morreu sem que ninguém o socorresse.) // Sem quê nem p(a)ra quê, sem mais nem menos, sem razão, sem nenhum motivo, à toa; inesperadamente.

Sem-cerimonia
s.f. Desprezo pelos preceitos da etiqueta; falta de educação, de refinamento.

Sem-numero
s.m. Que não se pode enumerar; incontável.

Sem-par
adj. Que não tem igual; que é único, inigualável.

Sem-vergonha
adj. Que não tem vergonha; despudorado. / &151; s.m. e s.f. Pessoa despudorada.

Sem-vergonhice
s.f. Ato ou procedimento de quem é sem-vergonha.

Sema
s.m. Lingüística Unidade mínima de significação que entra, como composto, no sentido de uma unidade léxica.

Semaforico
adj. Relativo a semáforo: poste semafórico. / Que é feito de sinais: linguagem semafórica.

Semaforo
s.m. Telégrafo aéreo, estabelecido em pontos elevados da costa ou junto de portos, para noticiar a passagem ou chegada de navios. / Poste de sinais nas vias férreas, com farol e hastes móveis para indicar aos maquinistas se a via está livre ou não. / Bras. (SP) Sinal de trânsito.

Semana
s.f. Série de seis dias, da segunda-feira ao sábado, inclusive, consagrados ao trabalho (por opos. ao domingo): trabalhar durante a semana. / Trabalho que se faz durante uma semana: recebi bem por essa semana. / Remuneração, salário pago por uma semana; semanada. // Semana inglesa, forma de organização da semana de trabalho que implica, para os assalariados, um repouso contínuo da sexta-feira, após o expediente, ou do sábado depois de meio-dia, até segunda-feira de manhã. // Semana Santa, a que precede a festa da Páscoa e é consagrada a honrar a lembrança dos últimos dias que Jesus Cristo passou na Terra.

Semanada
s.f. Quantia que se dá ou se recebe semanalmente.

Semanal
adj. Relativo a semana: período semanal. / Que se faz ou se publica uma vez em todas as semanas: revista semanal.

Semanario
s.m. Publicação que sai todas as semanas; revista, jornal semanal.

Semantica
s.f. Lingüística Ciência empírica, descritiva, que tem por objeto o estudo da relação dos signos com aquilo que eles significam, numa língua dada, i.e., estudo das palavras no que respeita a seus significados.

Semantico
adj. Relativo a semântica, que diz respeito à significação: o conteúdo semântico de uma palavra.

Semasiologia
s.f. Lingüística Estudo semântico que consiste em partir do signo lingüístico para a determinação do conceito (por opos. a onomasiologia).

Semblante
s.m. Rosto, cara, feições. / Fig. Aparência, fisionomia.

Semea
s.f. O que fica da farinha de trigo, depois que esta é peneirada e separada do rolão; farelo miúdo.

Semeador
adj. e s.m. Que, ou aquele que semeia. / &151; S.m. Máquina para semear cereais.

Semeadouro
adj. e s.m. Diz-se do, ou o terreno preparado para receber sementes.

Semeadura
s.f. Ato ou efeito de semear. / Porção de cereais suficientes para semear um terreno.

Semear
v.t. Deitar, lançar (as sementes) na terra para fazer germinar: semear os campos. / Fig. Derramar aqui e ali, espalhar, esparzir, disseminar: semear benefícios. / Fig. Dispor sem ordem, entremear, entressachar: semeava seus discursos de ditos espirituosos. / Fig. Divulgar, propalar, propagar, fazer correr, alastrar: semear boatos. / Fig. Juncar, alastrar, encher: semear cadáveres pelo campo de batalha. / Promover, fomentar, produzir: semear intrigas. // Quem semeia ventos colhe tempestades, provérbio cujo significado é: quem causa um mal será vítima de males maiores.

Semelhanca
s.f. Qualidade de semelhante.

Semelhante
adj. Que tem semelhança com outrem ou outra coisa; que é da mesma espécie, qualidade, natureza ou forma; parecido, próximo, similar, quase igual: produtos semelhantes. / Que tem a mesma aparência ou natureza; análogo, idêntico. // Geom. Figuras semelhantes, as que têm os ângulos correspondentes iguais e os lados homólogos proporcionais: triângulos semelhantes. / S.m. O próximo: amar a seus semelhantes como a si mesmo. / &151; Pron. adj. dem. Tal, dessa espécie ou natureza: não diga semelhante tolice.

Semelhar
v.t. Ser semelhante a, parecer com, lembrar, ter o ar de; imitar, arremedar: seu estilo semelha o dos árcades. / Comparar, confrontar. / &151; V.i.. e v.pr. Assemelhar-se a, ser análogo a.

Semema
s.m. Lingüística Conjunto de semas que formam o sentido de um vocábulo.

Semen
s.m. Semente. / Fisiologia. Esperma; o líquido fecundante ou prolífico dos animais.

Semente
s.f. Qualquer substância ou grão que se deita à terra para germinar: semente de trigo. / O grão ou a parte do fruto próprio para a reprodução: semente de melancia. / Esperma, sêmen. / Fig. Coisa que, com o tempo, há de produzir certos efeitos; germe; origem: a semente do ódio. // Ficar para semente, ser reservado ou escolhido para a reprodução, ou, p. ext., ser a última pessoa, ou coisa, restante de um grupo (por não ter sido escolhido, por não ter morrido ou desaparecido).

Sementeira
s.f. Terra semeada. / Viveiro de plantas. / Fig. Origem, fonte, causa: sementeira de ódios. / Fig. Propaganda, derramamento, difusão: sementeira de ideais.

Sementeiro
s.m. Aquele que semeia, semeador. / &151; Adj. Diz-se do saco em que o semeador leva as sementes.

Semestral
adj. Relativo a semestre; semi-anual. / Que se faz ou acontece de seis em seis meses: chuvas semestrais. / Que dura seis meses: curso semestral.

Semestre
s.m. Espaço de seis meses seguidos: prova final de semestre.

Semi-acabado
adj. Produto semi-acabado, produto industrial intermediário entre a matéria-prima e o produto acabado.

Semi-anime
adj. Exânime; meio morto; desfalecido.

Semi-arido
adj. Diz-se das regiões e dos climas das zonas próximas aos desertos: as estepes semi-áridas da Sibéria.

Semi-eixo
s.m. Mecânica Cada um dos eixos que transmitem o movimento do diferencial às rodas de um veículo automóvel; bengala.

Semi-internato
s.m. Estabelecimento escolar em que os alunos são semi-internos.

Semi-interno
adj. e s.m. Diz-se de, ou aluno que, permanecendo no colégio durante a maior parte do dia, faz aí uma ou algumas refeições.

Semi-reta
s.f. Geom. Porção de reta ilimitada de um lado, sendo o outro fixado por um ponto.

Semi-rigido
adj. Aeronáutica. Equipado com um envoltório flexível que comporta em sua base uma quilha rígida (falando-se de um dirigível).

Semi-sintetico
produzido por manipulação química de substâncias naturais (pop)

Semibalistico
adj. Diz-se de um projétil cujo movimento decorre tanto das forças clássicas da balística (projeção, gravidade) como do efeito de sustentação do ar. // Míssil semibalístico, v. MÍSSIL.

Semibarbaro
adj. Meio bárbaro; quase selvagem.

Semibreve
s.f. Figura musical de valor, considerada como o tempo primeiro, ou unidade da rítmica musical contemporânea, no sentido de que se subdivide em tempos cada vez mais breves. (A semibreve tem valor de 2 mínimas, 4 semínimas, 8 colcheias, 16 semicolcheias, 32 fusas e 64 semifusas. Duas semibreves, por sua vez, equivalem a uma breve.)

Semicapro
adj. Figura da mitologia que tem metade do corpo de homem e outra de bode.

Semicircular
adj. Que é em semicírculo; que forma um semicírculo: palco semicircular.

Semicirculo
s.m. Metade de um círculo. / Matemática Instrumento de forma circular, dividido em 180 graus.

Semicondutor
s.m. Eletricidade. Corpo não metálico que conduz imperfeitamente a eletricidade.

Semiconsoante
s.f. Fonética. O mesmo que semivogal.

Semiconvergente
adj. Série semiconvergente, série convergente que se torna divergente ao se substituírem seus termos por valores absolutos.

Semicupio
s.m. Banho que é aplicado a uma parte do corpo. / Banho de assento. / Tina ou recipiente usado para esse tipo de banho.

Semideus
s.m. Mitologia Personagem de natureza superior à dos homens e inferior à dos deuses. / Herói divinizado pelos seus feitos.

Semifinal
adj. e s.f. Bras. Prova esportiva que precede a final.

Semifinalista
adj. s.m. e s.f. Diz-se de, ou pessoa ou conjunto que, em competição esportiva, se classifica para disputar a etapa semifinal de um campeonato.

Semifusa
s.f. Nota musical que vale metade de uma fusa.

Semilogaritmo
adj. Em que uma das duas grandezas é representada em escala aritmética e a outra em escala logarítmica (diz-se de representação gráfica).

Semilunar
adj. Que tem a forma de meia-lua. / &151; Adj. e s.m. Anatomia. Diz-se de, ou um dos pequenos ossos do carpo.

Semilunatico
adj. Um tanto lunático; meio louco; excêntrico.

Semilunio
s.m. Metade do tempo de revolução da Lua.

Semimorto
adj. Quase morto.

Seminacao
s.f. Dispersão natural das sementes de uma planta. / Introdução do sêmen na cavidade uterina.

Seminal
adj. Relativo ao sêmen ou à semente: líquido seminal. / Fig. Produtivo. // Vesículas seminais, vesículas alongadas que servem de reservatórios do esperma.

Seminario
s.m. Estabelecimento em que se preparam pessoas destinadas ao estado eclesiástico. / Departamento eclesiástico em que se ensaiam os elementos de um coro. / Congresso científico ou cultural, com exposição seguida de debates. / Aula de nível universitário com exposição e discussão de temas específicos. / Mesa-redonda; simpósio; colóquio.

Seminarista
s.m. Aluno de seminário.

Seminifero
adj. Que contém sementes. // Anatomia. Vasos ou canais seminíferos, pequenos vasos que se encontram nos testículos.

Seminima
s.f. Música Nota igual ao quarto da semibreve, representada pelo algarismo 4; equivale à metade da mínima.

Seminomadismo
s.m. Gênero de vida que combina a prática ocasional da agricultura com atividades pastoris nômades, muito freqüente nas regiões que orlam os desertos.

Seminu
adj. Meio nu; quase nu. / Roto, maltrapilho.

Semiografia
s.f. Notação por meio de sinais.

Semiologia
s.f. Estudo do desenvolvimento e do papel dos signos culturais na vida dos grupos humanos; teoria geral dos signos. (Nesta acepção, usa-se alternativamente semiótica.) / Medicina Parte da medicina que se ocupa dos sinais e sintomas das doenças.

Semiotica
s.f. Ciência dos modos de produção, funcionamento e recepção de diferentes sistemas de signos de comunicação entre indivíduos ou coletividades; semiologia. / Esta ciência, aplicada a um domínio particular da comunicação. / Na lógica matemática, teoria dos símbolos.

Semiotico
adj. Relativo ou pertencente à semiótica.

Semipermeavel
adj. Que, separando duas soluções, deixa passar as moléculas do solvente, mas não as dos corpos dissolvidos (diz-se, p. ex., de membrana).

Semipolar
adj. Ligação semipolar, ligação covalente na qual dois elétrons são cedidos pelo mesmo átomo a um outro.

Semitico
adj. Relativo aos semitas. / Em sentido restrito, o mesmo que judaico, hebraico. // Línguas semíticas, conjunto de línguas faladas pelo grupo étnico dos semitas.

Semitismo
s.m. Caráter do que é semítico. / Em sentido restrito, caráter do que é judeu ou judaico. / Civilização semita ou sua influência. / Vocábulo ou construção próprios das línguas semíticas.

Semitom
s.m. Metade de um tom; meio tom.

Semiusto
adj. Poética Meio queimado.

Semiviro
s.m. Homem imperfeito; eunuco.

Semivogal
s.f. Fonética. Vogal provida de características consonânticas que lhe permitem formar um ditongo, antepondo-se (ditongo crescente) ou pospondo-se (ditongo decrescente) a outra vogal. (As semivogais portuguesas são /i/ e /u/, representadas, respectivamente, por /y/ e /w/: séria, água, pai, sei.) O mesmo que semiconsoante.

Semnopiteco
s.m. Zoologia Gênero de macacos catarríneos da Ásia e da Maláisia, que vivem em bandos. (Compr.: 75 cm afora a cauda.)

Semola
s.f. Fécula alimentícia feita de farinha de arroz e que serve para caldos e sopas; semolina. / Fragmentos do grão do trigo, resultantes de moagem.

Semolina
s.f. Fécula de arroz; o mesmo que sêmola.

Semovente
adj. Que se move por si mesmo. // Bens semoventes, os que são constituídos por animais. (Também se diz apenas semoventes.)

Sempiterno
adj. Que não tem princípio e não há de ter fim; que dura ou vive sempre e não morrerá jamais; eterno, perene, infindável, infinito: Deus é sempiterno. / Que é muito velho e antigo.

Sempre
adv. Sem cessar; sem fim e sem interrupção. / A qualquer tempo: está sempre pronto a fazer seus exercícios. // &151; loc. adv. Para sempre, de maneira definitiva.

Sempre-noiva
s.f. Gênero de plantas da família das poligonáceas.

Sempre-viva
s.f. Botânica. Planta da família das compostas. / A flor dessa planta.

Sen
s.m. Unidade monetária em diversos países do Extremo Oriente.

Sena
s.f. Peça de dominó, carta de jogar, face de dados de jogar com seis pintas ou pontos.

Senaculo
s.m. Sala das sessões do senado romano. / Lugar de reunião.

Senador
s.m. Membro de um senado.

Senao
adv. Somente, apenas (na fórmula correlativa não...senão, como idéia de exclusão): não havia senão ruínas em torno. / &151; Prep. Exceto, salvo: não existe paz, senão entre os mortos. / &151; Conj. adv. Mas sim (sendo negativa a oração anterior): isto não é comigo, senão com você. / &151; Conj. cond. Figura numa construção braquilógica, em que o não pertencente a uma oração elíptica se teria aglutinado ao se condicional, formando-se um conglomerado com a significação aproximada de "em caso contrário", "de outro modo": confessa a verdade; senão te arrependerás. // &151; loc. adv. (Eis) senão quando, de repente, inesperadamente: (Eis) senão quando, morre-lhe o padrinho. // &151; loc. conj. Senão que, mas antes, entretanto: não fique nunca ocioso; senão que empregue bem seu tempo. / &151; S.m. Defeito, mácula, balda, imperfeição, falha: não há beleza sem senão.

Senario
adj. Que contém seis unidades.

Senatoria
s.f. Bras. Mandato de senador. (Var.: senatória.)

Senatorial
adj. Relativo a senado ou senador; senatório: dignidade senatorial.

Senatus-consulto
s.m. Decreto com força de lei do antigo senado romano.

Senda
s.f. Caminho estreito; atalho, vereda. / Fig. Rotina, praxe, hábito.

Sendeiro
adj. e s.m. Diz-se de, ou cavalo velho e ruim. / Diz-se de, ou indivíduo desprezível; sevandija. / Diz-se de, ou cavalo de carga, robusto mas de escassa corpulência.

Sene
s.m. Botânica. Nome de várias plantas medicinais da família das leguminosas, subfamília das cesalpiniáceas. / Bras. Planta da família das litráceas.

Senectude
s.f. Senilidade, velhice.

Senegales
adj. e s.m. Diz-se do, ou o habitante ou natural do Senegal. / Relativo ao Senegal: história senegalesa.

Senescal
s.m. Mordomo-mor, superintendente ou vedor das casas reais. / Juiz supremo, bailio ou governador de província em certos Estados.

Senescencia
s.f. Caráter do que é senescente; envelhecimento, decrepitude, senilidade; decadência.

Senescente
adj. Que vai envelhecendo, que se vai desgastando e enfraquecendo: organismo senescente.

Senha
s.f. Sinal, indício, acento, frase ou gesto conhecido e convencionado entre duas ou mais pessoas ou corporações para diferentes fins. / Militar Sinal e nome que se junta a santo, nas praças de armas, para as rondas se reconhecerem entre si e para se darem a conhecer às sentinelas e guardas. / Cautela, recibo. / Pequeno bilhete que os porteiros de casas de espetáculo entregam aos espectadores para controle dos lugares, ou para lhes permitir o reingresso quando se retiram durante o intervalo.

Senhor
s.m. O que tinha autoridade feudal sobre certas pessoas ou propriedades; proprietário feudal. / Proprietário, dono absoluto, possuidor de algum Estado, território ou objeto. / Soberano, chefe; título honorífico de alguns monarcas (ao rei de Portugal dava-se o título de senhor da Guiné). / Ant. Título que se conferia a pessoas distintas, seja pela sua posição, seja pela dignidade de que estavam investidas. / Pessoa nobre, pessoa de alta consideração. / Título de nobreza de alguns fidalgos. / Dono de casa. / Pessoa distinta. / Tratamento de cerimônia entre pessoas que não têm intimidade e não se tratam por tu ou você. / Tratamento de criados para com os patrões. / Fórmula de requerimentos dirigidos ao rei. / Ant. O marido em relação à esposa. / &151; Adj. Bras. Fam. Usado antes de um apelativo, sugere a idéia de grande, perfeito, admirável: ele tem um senhor automóvel! // Senhor morto, a imagem de Cristo morto. // Senhor, ou Nosso Senhor, Jesus Cristo. // Senhor de baraço e cutelo, senhor absoluto, com direto até de condenar à morte. // Senhor de engenho, dono de engenho de cana-de-açúcar no Nordeste e, por extensão, pessoa autoritária, violenta. // Ilustríssimo Senhor, tratamento usado nas cartas e sobrescritos destas quando são dirigidas a pessoas que só têm direito ao tratamento de senhoria. // Excelentíssimo senhor, tratamento, nas mesmas circunstâncias, para as pessoas que devem receber o tratamento de excelência. // Dia do Senhor, o sábado, para os judeus, e o domingo, para os cristãos. // Estar senhor de (alguma coisa), dominá-la, materialmente ou intelectualmente. // Senhor de si, aquele que tem o domínio de si, que está tranqüilo; aquele que se mostra enfatuado, vaidoso. // Ser senhor do seu nariz, não precisar dar satisfação a ninguém, proceder com autonomia, cônscio do que faz. // Como um grã-senhor, suntuosamente, à maneira das grandes figuras.

Senhor-de-engenho
s.m. Nome popular de certos peixes cujo tipo mais comum é a garoupa.

Senhora
s.f. Tratamento cortês, dispensado a uma mulher casada e, em geral, a qualquer mulher de certa condição social. / Esposa. / Dona de casa. / Proprietária. // Nossa Senhora, designação da Virgem Maria na Igreja Católica Romana.

Senhoraco
s.m. Homem que se apresenta como sendo importante quando realmente não o é.

Senhorear
v.t. Conquistar; tomar posse de; dominar. O mesmo que assenhorear-se de.

Senhoria
s.f. Terra senhorial: ducados, condados e senhorias. / Domínio de um Estado ou potentado: senhoria de Veneza. / Dona da casa, prédio ou pensão, em que se habita, e a quem se paga aluguel. // Vossa (Sua) Senhoria, fórmula de tratamento cerimonioso, usada sobretudo em linguagem comercial.

Senhorial
adj. Relativo ao senhor, senhoril: atitude senhorial. / Relativo ao senhorio e suas dependências; feudal: uma quinta senhorial; direitos senhoriais.

Senhoril
adj. Próprio de senhor ou senhora. / Fig. Nobre, majestoso, imponente; garboso, distinto: gestos senhoris.

Senhorio
s.m. Direito de um senhor sobre alguma coisa; mando, autoridade, senhoria. / Posse, propriedade, domínio. / Terras ou quaisquer outros bens sob a jurisdição do senhor; possessão, domínio. / Dono, proprietário de prédio a quem se paga aluguel ou foro. // Senhorio útil, a entidade que possui prédio enfitêutico e paga o respectivo foro.

Senhorita
s.f. Tratamento dispensado às moças não casadas: a entrada é franqueada às senhoritas. (Diminutivo de senhora.) O mesmo que senhorinha.

Senil
adj. Relativo à velhice ou a velhos; velho, idoso; decrépito: comportamento senil. / Que resulta da velhice: debilidade senil.

Senilidade
s.f. Um dos últimos passos no processo chamado envelhecimento. A senilidade ocorre quando o envelhecimento, acarreta um esmorecimento da memória e dificuldades físicas.

Senior
adj. e s.m. Que ou aquele que é mais velho. (Assim como a palavra júnior, no caso oposto, é usado para diferenciar, pela idade, parentes que têm nomes idênticos.) / Categoria dos desportistas que já ganharam primeiros prêmios.

Seno
s.m. Matemática Para um arco tomado no círculo trigonométrico a partir da origem A (ou para o ângulo correspondente), a ordenada PM do ponto M (símb.: sen). // Tábua dos senos, tábua dos valores do seno de X para todos os comprimentos do arco.

Senoide
s.f. Matemática Sinusóide.

Senologia
s.f. Especialidade médica que estuda e trata das afecções do seio.

Sensabor
adj. Que não tem sabor; sem-graça; insípido; desinteressante.

Sensaborao
adj. e s.m. Fam. De humor triste, desagradável; insípido.

Sensaboria
s.f. Fam. Ato ou acontecimento desinteressante, sem atrativos; insipidez.

Sensacao
s.f. Impressão recebida pelo sistema nervoso central quando um dos órgãos dos sentidos recebe um estímulo exterior (muitas vezes associada a prazer ou dor): sensação de frio. / Fig. Impressão moral; emoção. / Surpresa, espanto seguido de certa agitação: notícia que causou sensação. / Vivência significativa que mobiliza afetos e emoções: viver à procura de novas sensações. // Fazer ou causar sensação, produzir nos outros impressão marcante de espanto, de admiração, de interesse etc.

Sensacional
adj. Relativo a sensação, que produz grande sensação; extraordinário, genial, surpreendente: uma novidade sensacional. / Fam. Maravilhoso, espetacular: uma loura sensacional.

Sensatez
s.f. Qualidade de quem é sensato; juízo, siso, equilíbrio, prudência, circunspecção.

Sensato
adj. Que tem bom senso. / Prudente, ajuizado, circunspecto, avisado: agir como homem sensato. / Regrado em seus hábitos e conduta.

Sensibilidade
s.f. Capacidade de sentir. / Propriedade de reação dos organismos aos estímulos externos ou internos: sensibilidade cutânea; sensibilidade moral. / Percepção aguda: sensibilidade visual. / Tendência, disposição a ser dominado pelas impressões, sentimentos, emoções; impressionabilidade, suscetibilidade. / Física. Qualidade de um instrumento que acusa as mínimas variações de quantidade ou intensidade: a sensibilidade de uma balança; a sensibilidade fotográfica de um filme.

Sensibilismo
s.m. Exagero e afetação da sensibilidade.

Sensibilizacao
s.f. Patologia. Estado de um organismo que, após ter sido submetido ao contato de certas substâncias (principalmente proteínas), adquire, com relação a estas, certas propriedades reativas, úteis ou não, e que se produzem mesmo quando se trata de doses fracas. (V. ALERGIA e ANAFILAXIA.) / Fotografia. Ato ou efeito de tornar impressionável, de tornar sensível (à luz).

Sensibilizador
adj. Que sensibiliza, sensibilizante: homenagens muito sensibilizadoras. / Diz-se do banho em que se deitam as chapas e filmes fotográficos para que se tornem sensíveis à ação da luz.

Sensibilizar
v.t. Tornar sensível. / Fig. Comover, emocionar, tocar; abrandar o coração de: sensibilizar a opinião pública. / Fig. Entristecer, contristar.

Sensitiva
ou

Sensitivo
adj. Que pertence ou diz respeito aos sentidos ou às sensações: a vida sensitiva. / Que tem a faculdade de sentir: órgão sensitivo. / Fig. Facilmente impressionável; melindroso, sensível. // Nervo sensitivo, nervo que conduz a impressão de um órgão sensorial ao centro nervoso.

Sensitometro
s.m. Instrumento que mede a sensibilidade dos materiais sensíveis à luz.

Sensivel
adj. Dotado de sensibilidade; que tem sentidos: o homem é um ser sensível. / Que pode ser percebido pelos sentidos; material, concreto: as coisas sensíveis. / Que reage facilmente às mínimas impressões físicas ou morais: sensível ao frio, aos elogios. / Física. Que registra as mínimas variações: balança sensível; filme sensível. / Fig. Emotivo, compassivo, humano, terno:

Senso
s.m. Juízo claro, julgamento, raciocínio: homem de senso. / Espírito, sentido: senso crítico. / Siso, sisudez, sensatez, equilíbrio, ponderação, circunspecção; prudência: agir com senso. // Senso comum, avaliação ou julgamento de idéias ou situações com base em formulações relativamente simples, ingênuas, e muitas vezes até preconceituosas, resultantes da experiência direta (experiência da vida) das pessoas comuns. (Pelo seu empirismo e pelos preconceitos em que se baseia, o senso comum se opõe muitas vezes a uma visão científica ou teórica mais lúcida e profunda de um problema.) / O mesmo que

Sensorial
adj. Relativo ao sensório, às sensações: vibração sensorial. / Sensível, palpável: fenômenos sensoriais.

Sensorio
adj. Transmissor de sensações. / &151; S.m. Anatomia. Parte do cérebro considerada como centro de todas as sensações.

Sensoriometrico
adj. Próprio para medir a sensação: métodos sensoriométricos.

Sensoriomotor
adj. Relativo simultaneamente aos fenômenos sensoriais e à atividade motriz.

Sensual
adj. Relativo aos sentidos. / Que satisfaz os sentidos: prazeres sensuais. / Voluptuoso, lascivo, lúbrico: vida sensual. / &151; s.m. e s.f. Pessoa sensual, libertina.

Sensualidade
s.f. Propriedade do que é sensual. / Inclinação pelos prazeres dos sentidos; amor das coisas ou qualidades sensíveis. / Luxúria, lubricidade, lascívia, libertinagem: viver na sensualidade.

Sensualismo
s.m. Sensualidade. / Filosofia. Teoria segundo a qual todas as idéias se originam das sensações: o sensualismo de Condillac.

Sensualista
adj. Relativo ao sensualismo. / &151; s.m. e s.f. Partidário (a) dessa teoria.

Sentar
v.t.i. e pr. O mesmo que assentar ou assentar-se.

Sentenca
s.f. Frase lapidar que encerra um pensamento de ordem geral e de valor moral; máxima, provérbio, anexim. / Decisão final de um juiz ou de um tribunal: sentença de morte; p. ext., despacho, decisão. / Fig. Resolução inabalável: minha sentença é irreversível. / Gramática Proposição, oração.

Sentenciado
adj. e s.m. Diz-se de, ou pessoa que recebe uma sentença; condenado.

Sentenciar
v.t. Condenar por meio de sentença. / Proferir sentença, dar sua opinião em linguagem sentenciosa. / &151; V.i. Emitir opinião.

Sentencioso
adj. Que tem a forma de uma sentença: frase sentenciosa. / Que contém sentenças: linguagem sentenciosa. / Que fala por sentenças; lacônico e grave: tom sentencioso.

Sentido
adj. Magoado, melindrado, ressentido: a deslealdade deixou-me sentido. / Impregnado de sentimento: palavras sentidas. / Pesaroso, triste, compungido: um olhar sentido. / &151; S.m. Faculdade de receber impressões externas por meio de órgãos sensoriais: o sentido da visão. / Faculdade de sentir ou perceber: o sentido divinatório. / Significado, acepção: o sentido da frase. / Direção:

Sentimental
adj. Relativo ao sentimento: a vida sentimental. / Que manifesta sentimento: tom sentimental. / Que tem ou afeta sentimentalismo: um jovem sentimental. / &151; s.m. e s.f. Pessoa dada ao sentimentalismo; sentimentalista.

Sentimentalidade
s.f. Estado ou caráter sentimental.

Sentimentalismo
s.m. Afetação do sentimento ou da sensibilidade: o sentimentalismo romântico.

Sentimentalista
adj. Relativo ao sentimentalismo. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que é sentimental.

Sentimento
s.m. Ato ou efeito de sentir. / Aptidão para sentir; sensibilidade. / Sensação íntima, afeto: os sentimentos de um pai. / Conhecimento imediato; intuição: tem o sentimento de seu valor. / Dor, mágoa, desgosto. / &151; S.m.pl. Qualidades ou tendências morais: estar animado de bons sentimentos. / Pêsames: aceite meus sentimentos.

Sentina
s.f. Náutica Parte do porão do navio onde se acumulam as águas e de onde são retiradas por meio de bombas. / Cloaca, latrina. / Fig. Lugar imundo; pessoa cheia de vícios.

Sentinela
s.f. Soldado armado que guarda um posto. / Indivíduo isolado, vigiando. / Ato de guardar, vigiar; vigia: estar de sentinela. / Fig. Coisa elevada (torre, árvore, poste) em sítio ermo:

Sentir
v.t. Ter a sensação; receber impressão por qualquer dos sentidos: sentir o cheiro agradável; sentir o frio. / Perceber, conceber. / Ser afetado por, sofrer: sentir dor de cabeça. / Pressentir, adivinhar, intuir: sentiu a proximidade do perigo. / Ter consciência de, compreender: sinto as dificuldades. / Lamentar, lastimar. / Ter o sentimento de; apreciar: sentir a beleza do quadro. // Sentir falta de, carecer; lastimar a ausência de. / &151; V.i. Ter sensibilidade. / &151; V.pr. Ter consciência do próprio estado (físico ou moral): não me sinto bem. / Magoar-se, melindrar-se, ofender-se. / Imaginar-se, julgar-se: sente-se capaz de grandes coisas.

Senzala
s.f. Alojamento ou conjunto de alojamentos onde ficavam os escravos.

Sepala
s.f. Botânica. Folíolos, geralmente verdes, situados abaixo da corola. (O conjunto das sépalas forma o cálice da flor.)

Sepaloide
adj. Botânica. Em forma de sépala.

Separacao
s.f. Ato ou efeito de separar; partição, divisão, desunião. / Aquilo que separa (muro, parede, cerca etc.). / Afastamento, quebra de uma união íntima, ruptura do casamento: a separação dos pais trouxe-lhe problemas. // Direito Separação de bens, regime matrimonial no qual cada um dos cônjuges mantém a propriedade e a gestão de seus bens. // Direito Separação de corpos, medida preliminar de anulação de casamento, divórcio ou desquite, concedida judicialmente e que desobriga os cônjuges do dever de coabitação no mesmo domicílio conjugal. // Direito Separação de dote, retirada dos direitos do marido sobre os bens dotais.

Separado
adj. Que se separou; desligado, isolado. / Diz-se dos cônjuges cujo matrimônio foi dissolvido. // &151; loc. adv. Em separado, separadamente, à parte: voto em separado.

Separador
adj. e s.m Que, ou o que separa. / &151; S.m. Aparelho usado para separar e classificar líquidos de densidade diferente.

Separar
v.t. Desunir, fazer a disjunção de: separar a cabeça do corpo. / Repartir, dividir, isolar: separar a sala em duas peças. / Distinguir, classificar, considerar à parte: separar o útil do inútil. / Afastar, apartar: separar dois contendores. / Obstar à união, incompatibilizar: os preconceitos separam as pessoas e as classes. / &151; V.pr. Afastar-se um do outro; apartar-se: separaram-se amistosamente. / Deixar de viver em comum; divorciar-se, desquitar-se: separou-se da mulher. / Pôr-se à parte, distanciar-se: separou-se da sociedade.

Separata
s.f. Publicação, em forma de opúsculo, em volume ou livreto, de artigos já editados em jornais ou revistas.

Separatismo
s.m. Tendência dos habitantes de um território ou região a separar-se do Estado de que fazem parte para constituir Estado independente: separatismo das colônias portuguesas. / Doutrina, partido ou sistema dos separatistas.

Separatista
adj. Relativo a separatismo. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que professa o separatismo; que tende a tornar-se independente.

Sepia
s.f. Gênero de moluscos marínhos, chamados lulas. / Substância escura que se extrai das sibas, muito aplicada em pintura. / A cor dessa substância. / Desenho pintado dessa cor.

Sepsia
s.f. Infecção; tecido ou órgão infeccionado ou contaminado.

Septeto
s.m. Música O mesmo que séptuor.

Septicemia
/intoxicação do sangue por microrganismos (pop)

Septicemico
adj. Relativo a septicemia: infecção septicêmica.

Septico
adj. Que causa infecção: micróbios sépticos. / Que contém micróbios: matéria séptica.

Septiforme
adj. Anatomia. Que tem a forma de septo.

Septina
s.f. Música Grupo de sete notas ocupando o lugar de quatro ou seis.

Septingentesimo
num. Var. de setingentésimo.

Septo
s.m. Parede membranosa que divide duas cavidades. // Septo nasal, divisão das cavidades do nariz.

Septuagenario
adj. e s.m. Var. de setuagenário.

Septuagesimo
num. Var. de setuagésimo.

Septuor
s.m. Música Trecho musical para sete vozes ou sete instrumentos; septeto.

Sepulcral
adj. Relativo a sepultura: inscrição sepulcral. / Que contém sepulcros: capela sepulcral. / Fig. Pálido, sombrio, triste, medonho: figura sepulcral; vozes sepulcrais. //

Sepulcro
s.m. Túmulo, jazigo, sepultura. / Fig. Lugar que esconde como túmulo ou máscara. // Santo Sepulcro, túmulo de Cristo, em Jerusalém.

Sepultamento
s.m. Ação de sepultar; resultado dessa ação; enterro, inumação.

Sepultar
v.t. Enterrar: sepultar os mortos no cemitério. / Fazer desaparecer sob um amontoamento: aldeia sepultada sob a neve. / Fig. Guardar, levar: ele sepultou consigo seu segredo. /

Sepultura
s.f. Lugar onde se enterram os mortos; cova, campa, carneiro, sepulcro, túmulo. / Sepultamento: receber as honras da sepultura. / Fig. Morte; lugar onde morre muita gente.

Sequaz
adj. Que segue, que acompanha; partidário; sectário, seguidor. / &151; S.m. Membro de um bando ou partido; prosélito, assecla: Satanás e seus sequazes.

Sequela
complicação mais ou menos tardia de uma doença, doença consecutiva (pop)

Sequela
complicação mais ou menos tardia de uma doença, doença consecutiva (pop)

Sequestro
fragmento de tecido morto separado do tecido são (pop)

Sequestro
fragmento de tecido morto separado do tecido são (pop)

Sequidao
s.f. O mesmo que secura: sentia na garganta estranha sequidão. / Fig. Frieza no trato, certa rispidez.

Sequilho
s.m. Bolo ou biscoito seco, feito com farinha de trigo, de araruta etc.

Sequioso
adj. Sedento. / Desejoso, ávido.

Sequito
s.m. Conjunto de pessoas que acompanham alguém por dever oficial, ou cortesia; comitiva, acompanhamento: o séquito do príncipe. / Fig. Desfile, cortejo.

Sequoia
s.f. Botânica. Conífera que atinge 140 m de altura e pode viver mais de 2.000 anos: na Califórnia encontram-se sequóias majestosas.

Ser
v. de lig. Une o predicativo ao sujeito: a neve é branca. / Empregado impessoalmente, figura na expressão de tempo (são três horas; era ao anoitecer etc.) e de lugar (era em Paris...). / &151; V. aux. Forma a voz passiva de outros verbos: sempre fora amado pelos discípulos. / &151; V. vicário. Substitui o verbo e, às vezes, parte do predicado da oração anterior (quando condicional introduzida por se, ou temporal iniciada por quando), para evitar-lhes a repetição: se ele faz caridade é porque isso lhe traz vantagens políticas. / Combinado à partícula que, serve de dar realce ao sujeito da oração: eu é que coso. / Existir: era uma vez um rei muito mau. / &151; V.i. Acontecer, suceder, passar: choras? que foi? // Ser com, dizer respeito a: isso não é comigo.

Seraco
s.m. Geologia Amontoamento caótico de blocos de gelo nos lugares onde a inclinação do leito glacial se acentua e a aderência do glaciar permanece a mesma.

Serafico
adj. Que pertence aos serafins, digno dos serafins. / Fig. Etéreo, místico, angélico: amor seráfico. / Belo, puro, lindo: sorriso seráfico. // Ordem seráfica, congregação dos religiosos franciscanos. // Visão seráfica, êxtase. // Doutor Seráfico, São João Boaventura.

Serafim
s.m. Espírito celeste da primeira hierarquia dos anjos, na Bíblia e na teologia cristã. / Fig. Pessoa de extraordinária beleza.

Serafina
s.f. Tecido fino de lã, usado para forro. / Bras. (NE) Espécie de harmônio ou órgão, usado nas igrejas.

Seralbumina
s.f. Seroalbumina.

Serao
s.m. Trabalho extraordinário noturno. / Retribuição pelo trabalho que se faz extraordinariamente durante as horas da noite. / Reunião recreativa entre pessoas da família ou gente amiga, realizada à noite; passatempo noturno; sarau: um serão dançante para os amigos.

Serapilheira
s.f. Pano de estopa grosseira, destinado à embalagem de fardos e à limpeza; estopa, esfregão. / Tecido grosseiro com que os camponeses fazem seus trajes de serviço. / Bras. Vegetação enfezada, que indica a pobreza do terreno. / Radículas que surgem à flor da terra.

Serbo-croata
adj. e s.m. e s.f. Servo-croata.

Sereia
s.f. Mit. Nome dado a alguns personagens mitológicos. &151; Dizia-se que as sereias eram metade mulher e metade peixe ou pássaro. Viviam numa ilha e atraíam os seres humanos pela beleza de seu canto. Os marinheiros esqueciam-se do lar e dos amigos, e, finalmente, saíam de suas rotas e morriam. Segundo alguns, as sereias morreriam se alguém passasse indiferente a seus cânticos. Ulisses colocou cera nos ouvidos de seus marinheiros para que não pudessem ouvir os cânticos das sereias; em seguida, fez com que o amarrassem ao mastro do navio. Ulisses ouviu o cântico das sereias, mas não podia segui-las. As sereias se suicidaram porque haviam fracassado.

Serelepe
s.m. O mesmo que caxinguelê. / &151; s.m. e s.f. Pessoa viva, esperta, buliçosa. / &151; Adj. Inquieto, esperto, buliçoso.

Serena
s.f. Batedeira de movimento muito lento, utilizada para fazer manteiga. / Espécie de canção trovadoresca.

Serena
s.f. Batedeira de movimento muito lento, utilizada para fazer manteiga. / Espécie de canção trovadoresca.

Serenar
v.t. Tornar sereno; acalmar: serenar os ânimos. / &151; V.i. Cair sereno.

Serenata
s.f. Tipo de música ou o ato de apresentar essa música, à noite e ao ar livre, geralmente sob a janela de alguém que se quer homenagear. &151; Como tipo de música não tem forma determinada. Muitos compositores eruditos escreveram serenatas, entre os quais Mozart, Beethoven e Brahms. É o mesmo que seresta, palavra que no entanto se aplica de modo especial ao tipo de música brasileira que se desenvolveu em função dessas execuções ao ar livre. Trata-se de uma fusão do ritmo do lundu com o da modinha, a que se acrescentavam elementos da valsa, do fado e do samba. Os versos eram quase sempre redondilhas maiores, isto é, de sete sílabas. O acompanhamento em geral era de flauta, violão, cavaquinho, pandeiro e reco-reco. A seresta foi a canção brasileira mais marcante no início do séc. XX, caindo em desuso após a década de 1940, devido à atuação do rádio e da televisão.

Serenidade
s.f. Tranqüilidade, suavidade, paz: a serenidade de espírito.

Serenissimo
adj. Título que se dava a algumas altas personalidades e a certos Estados: Sereníssima Alteza; a Sereníssima República de Veneza.

Sereno
adj. Claro, puro e calmo: céu sereno. / Fig. Tranqüilo, calmo, sossegado: expressão serena. / &151; S.m. Orvalhada, relento: as corolas bebem o sereno. / Bras. Chuva fina e ligeira. / Pop. A rua, o ar livre: ficamos no sereno, enquanto na sala a festa fervia.

Seresta
s.f. Bras. Serenata. / Composição musical, feita nos moldes das serenatas, mas executada com violões, flauta, cavaquinho e outros instrumentos portáteis.

Seresteiro
s.m. Aquele que faz serestas, ou nelas toma parte. / Compositor de serestas.

Sergio
Nome Latim - Significado: O que cuida, o que protege.

Seriacao
s.f. Ato de seriar; colocação ou disposição em série.

Serial
adj. Relativo a série; disposto em série; seriado. // Música serial, v. DODECAFONISMO.

Serial killer
s.m. e s.f. (loc. ing.) Assassino compulsivo; criminoso que mata em série.

Seriar
v.t. Dispor em séries; classificar, ordenar: seriar as questões.

Sericicola
adj. Relativo à criação do bicho-da-seda: indústria sericícola. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que trabalha na criação do bicho-da-seda; sericultor.

Sericicultor
s.m. Proprietário ou dirigente de um estabelecimento de sericicultura. (Var.: sericultor.)

Sericicultura
s.f. Arte de criar o bicho-da-seda. / Construção destinada à criação do bicho-da-seda. (Var.: sericultura.)

Sericigeno
adj. Que produz seda: glândula sericígena.

Serico
adj. Relativo à seda; que é da natureza da seda: matéria sérica. / &151; S.m. Zoologia Gênero de insetos coleópteros lamelicórneos.

Sericultor
s.m. O mesmo que sericicultor.

Sericultura
s.f. O mesmo que sericicultura.

Serido
s.m. Bras. (NE) Denominação da zona entre a caatinga e o campo nos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte. / Algodão de fibra longa que é cultivado nessa área.

Serie
s.f. Conjunto ordenado de fatos, coisas, objetos análogos; seqüência: dispor as coisas em séries homogêneas. / Seqüência ininterrupta. / Bras. Quantidade considerável: uma série de vitórias. / Cada uma das divisões de uma classificação; rol: a série dos recuperáveis. / Classe, ano (no currículo escolar): alunas da segunda série. / História natural. Agrupamento de seres naturais: a série dos mamíferos. / Química. Grupo de corpos compostos e homólogos. / Náutica. Conjunto de objetos destinados à sinalização. / Matemática. Seqüência de termos que se sucedem segundo uma lei determinada. / Geologia. Estrato geológico que compreende as rochas formadas no mesmo período. // Eletricidade. Em série, diz-se do conjunto de geradores, condutores ou receptores elétricos, cujos pólos contrários estão ligados e são percorridos pela mesma corrente. // Produção em série, tipo de produção industrial ou artesanal capaz de lançar mais rápida e economicamente um grande número de objetos idênticos.

Seriedade
s.f. Qualidade do que é sério; gravidade de maneiras; inteireza de caráter.

Seriema
s.f. Ave pernalta, ligeiramente parecida com a ema, que habita o norte da Argentina, o Paraguai, e as regiões Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. &151; É de coloração cinzento-escura, com riscas finas pelo corpo, pernas e bico vermelhos. Muito arisca, vive nos campos e raramente voa, mas corre com incrível velocidade quando perseguida. À noite pousa nas árvores baixas, onde constrói seu ninho com ramos secos, reforçados com barro ou esterco de gado. Alimenta-se de insetos, principalmente gafanhotos, e de cobras e lagartos. A seriema emite um grito estridente.

Serigola
s.f. Na Amazônia, argola de ferro ou de couro que se passa através das ventas do boi de montaria, à guisa de freio.

Serigrafia
s.f. Processo de impressão, manual ou automática, em que as tintas, passando através de uma tela, reproduzem no papel, tecido, metal etc., o desenho que se quer fixar.

Seriguilha
s.f. Espécie de lã grossa e sem pêlo.

Serina
s.f. Um dos aminoácidos constitutivos das proteínas.

Seringa
s.f. Pequena bomba portátil, geralmente de vidro ou de plástico, usada para injeções ou extração de líquidos. // Seringa de borracha, espécie de bola de borracha, ou de plástico, em forma de pêra, usada para injetar líquidos em cavidades do corpo. / Bisnaga. / Bras. (AM) Látex, goma-elástica, borracha.

Seringal
s.m. Bras. (AM) Designação das matas de seringueiras. / Fazenda ou propriedade onde se explora a seringueira e que se encontra mais comumente à margem dos rios.

Seringalista
s.m. e s.f. Proprietário de seringal. / &151; Adj. Que se dedica à exploração dos seringais.

Seringueira
s.f. Nome dado a várias espécies de árvores cujo látex é usado na produção de borracha. &151; Dessas espécies, a mais notável é a seringueira legítima ou árvore-da-borracha.

Seringueiro
s.m. Aquele que extrai o látex das seringueiras e com ele prepara a borracha.

Serio
adj. Que não ri; grave, sisudo, circunspecto: homem sério. / Que aparenta seriedade: ar sério. / Que pode trazer graves conseqüências; importante: caso sério. / Positivo, sincero, verdadeiro: uma proposta séria. / Honesto, digno de confiança. / &151; S.m. Seriedade, sisudez, gravidade: o sério da questão. // &151; loc. adv. A sério, seriamente: levar (ou tomar)

Sermao
s.m. Discurso sobre tema religioso pregado do púlpito, às vezes durante a missa; pregação, prédica. / Fam. e Fig. Censura fastidiosa e importuna; repreensão, admoestação: não me venha com sermões.

Sermonario
s.m. Coleção de sermões: sermonário para o Advento. / Autor de sermões: o pregador Vieira é o maior sermonário da língua portuguesa.

Seroalbumina
s.f. Albumina do soro sanguíneo; seralbumina.

Seroconversao
mudança de um prova serológica de negativa para positiva (pop)

Serodiagnostico
s.m. Sorodiagnóstico.

Serodio
adj. Tardio; que aparece fora do tempo ou no fim da estação própria (falando-se de frutos). / Fig. Antigo, ultrapassado.

Serologia
s.f. Var. de sorologia.

Serologico
relativo ao estudo da imunidade pelo soro (pop)

Serosa
s.f. Anatomia. Membrana, em forma de saco achatado, que contém serosidade e amacia o contato dos tecidos: o peritônio, as pleuras, o pericárdio são serosas. O mesmo que membrana serosa.

Serosidade
s.f. Qualidade do que é seroso. / Líquido semelhante ao soro sanguíneo. / Líquido segregado pelas membranas serosas.

Seroso
adj. Relativo a soro. / Que tem os caracteres da serosidade; abundante em serosidade: a parte serosa do leite. / Que segrega serosidade: glândulas serosas.

Serotonina
s.f. Hormônio normalmente presente, em forma inativa, nas plaquetas do sangue. Atua na hipertensão arterial e nas manifestações alérgicas; estimula a musculatura lisa. &151; Quando se lesa um tecido, as plaquetas se desintegram liberando serotonina. A serotonina estreita os vasos sangüíneos e impede maior sangramento. Também se encontra serotonina no encéfalo e no intestino. Alguns medicamentos afetam a função do encéfalo ao evitarem a liberação de serotonina. Outros fazem cessar a náusea porque bloqueiam a ação da serotonina sobre o intestino.

Serpao
s.m. Botânica. Nome de várias plantas medicinais, da família das labiadas.

Serpe
s.f. Poética. Serpente. / Antiga peça de artilharia. / Arquitetura. Linha ou ornato em forma de serpente.

Serpear
v.i. Movimentar-se (a serpente) ao andar. / Fig. Ondular, andar dando voltas como a serpente: estrada que serpeia.

Serpentao
s.m. Antigo instrumento musical de sopro, feito de madeira coberta de couro. (Tinha esse nome por ter a forma de serpente.)

Serpentaria
s.f. Nome dado a um grande número de plantas cujas raízes lembram serpentes, ou também a plantas que se acreditava serem antídotos contra o veneno das cobras. &151; Algumas têm valor medicinal.

Serpentario
s.m. Zoologia. Ave de rapina, da família dos falconídeos, que se alimenta de répteis e serpentes. (Comum na África.) / Viveiro de cobras para experiências com seus venenos e a preparação do soro antiofídico. / Astronomia. Constelação do hemisfério norte.

Serpente
s.f. Réptil da ordem dos ofídios; cobra. (Conhecem-se mais de 2.000 espécies de serpentes, muitas das quais são venenosas como a víbora, a cascavel, a coral, a jararacuçu etc.) / Fig. Pessoa pérfida e traiçoeira; víbora: esta mulher é uma serpente. / Coisa má ou que produz males: a serpente do ódio. // A serpente infernal ou maldita, o diabo. // Língua de serpente, pessoa que fala mal dos outros.

Serpentear
v.i. Mover-se como as serpentes fazendo curvas; serpear: o regato serpenteia entre as rochas.

Serpentina
s.f. Candelabro ou castiçal com braços tortuosos. / Vela de três ramos e de três lumes própria para acender-se nos sábados de Aleluia. / Palanquim com cortinas e leito de rede. / Fita de papel estreita, comprida e colorida, enrolada em discos que se desenrolam em arremesso, principalmente nas festas carnavalescas. / Cano ou tubo em espiral, para refrigeração ou aquecimento: serpentina do alambique. / Mineralogia Nome genérico de alguns silicatos hidratados de magnésio. / &151; Adj. Relativo a serpente; serpentiforme.

Serpiginoso
adj. Semelhante à serpente. / Medicina Diz-se das dermatoses de contornos sinuosos.

Serpula
s.f. Zoologia Gênero de vermes marinhos, anelídeos, comuns nos rochedos costeiros.

Serra
s.f. Ferramenta constituída por uma lâmina, fita ou disco dentados, e destinada a cortar madeira ou metal. Algumas serras constituídas por lâminas vêm em geral providas de dois cabos nas extremidades (serra braçal); outras estão presas a um arco ou armação de madeira (serra de acha, serra de nivelar) ou de metal (serra de metais) ou dispõem apenas de um cabo torneado (serra de compensado). / A simples lâmina dessa ferramenta. // Serra circular, serra de movimento rotativo constituída por um disco dentado fixo a um fuso horizontal ou vertical. // Serra braçal, serra grande própria para ser movida por dois serradores. // Serra tico-tico, pequena serra mecânica que funciona em movimento vertical, de vaivém. / Cordilheira ou cadeia de montanhas, montes ou penedias com picos e anfractuosidades: a serra da Mantiqueira. / Zoologia Nome de um peixe escombrídeo. / Outro nome do espadarte ou peixe-serra. // Subir a (ou à) serra, irritar-se, dar o cavaco.

Serracao
s.f. Ato ou efeito de serrar; serradura, serragem.

Serrador
adj. e s.m. Que ou aquele que corta com a serra. / &151; S.m. Zoologia Pássaro escuro que esvoaça e pousa a pequenos intervalos, também chamado alfaiate e tiziu.

Serradura
s.f. Ato ou efeito de serrar; serragem.

Serragem
s.f. Ato ou efeito de cortar com serra; serradura. / Poeira que se desprende de uma peça de madeira ao ser serrada. / Operação que consiste em destacar o diamante da ganga.

Serralha
s.f. Planta da família das compostas.

Serralhar
v.t. Lavrar à maneira dos serralheiros; fazer barulho como os serralheiros.

Serralharia
s.f. Arte, trabalho ou oficina de serralheiro. (Var.: serralheria.)

Serralheiro
s.m. Profissional que faz fechaduras e pequenos objetos de metal.

Serralho
s.m. Palácio real do sultão na antiga Turquia. / Parte desse palácio destinada às mulheres do sultão. / Fig. Lupanar, prostíbulo.

Serrania
s.f. Cordilheira; aglomeração de serras ou montanhas. // Serranias no mar, ondas encapeladas que lembram a forma das cordilheiras.

Serranideos
s.m.pl. Zoologia Família de peixes acantopterígios.

Serranilha
s.f. Forma de canção popular dos antigos trovadores portugueses.

Serranizar
v.i. Incomodar os outros com pedidos ou insistindo sempre no mesmo assunto.

Serrano
adj. Originário das serras; que habita as serras; montanhês. / Diz-se de uma variedade de linho. / &151; S.m. O habitante das serras.

Serrar
v.t. Cortar, separar, dividir com serra ou serrote: serrar madeira. / &151; V.i. Trabalhar com serra ou com serrote. // Serrar de cima, estar em posição vantajosa.

Serraria
s.f. Estabelecimento industrial onde se cortam madeiras, geralmente por processos mecânicos.

Serril
adj. Que diz respeito às serras; montanhês; rústico.

Serrilha
s.f. Trabalho ornamental feito em forma de dentes de serra; bordo denteado de qualquer objeto. / Bordo trabalhado das moedas. / Peça de ferro que serve para domar ou sofrear a cavalgadura.

Serrilhado
adj. Que tem serrilha; recortado como uma serra: moeda serrilhada. / Picotado: selo postal serrilhado.

Serrilhar
v.t. Fazer serrilha; picotar nos bordos.

Serro
s.m. Serra, cordilheira. / Dorso das cavalgaduras, espinhaço.

Serrote
s.m. Lâmina de aço denteada, geralmente mais larga na extremidade em que se fixa a um cabo. / Bras. Geografia Pequeno monte.

Serta
s.f. Frigideira larga e de pouco fundo.

Sertanejo
adj. Originário do sertão; que vive no sertão. / Próprio do sertão. / &151; S.m. Aquele que vive no sertão.

Sertanista
s.m. Bras. Aquele que entrava no sertão à procura de riquezas; bandeirante. / &151; S.m e f. Pessoa que freqüenta e conhece bem o sertão.

Sertao
s.m. Lugar agreste afastado dos pontos cultivados. / Floresta longe da costa. / P. ext. O interior do país. / Bras. (NE) Zona do interior mais seca que a caatinga.

Serva
s.f. Mulher que tem a função de servir; criada. / Escrava.

Serval
s.m. Grande felino selvagem que vive na África, do cabo da Boa Esperança até o Senegal e o Sudão. &151; A pelagem, fulva, pintada de preto, é vendida sob o nome de pele de gato-tigre. O macho mede de 90 a 120cm de comprimento e alcança 45 a 60cm de altura na espádua. Tem 30cm de cauda, e orelhas grandes. Esses animais podem ser domesticados se capturados quando jovens, mas são difíceis de criar. Geralmente são apanhados em armadilhas ou são acuados por cães. Escondem-se em matas nas margens dos rios, e esperam por suas presas. Comem pequenas aves e outros animais que tenham até o tamanho de pequenos antílopes. Em geral caçam no solo, mas são hábeis trepadores, e muitas vezes sobem às árvores atrás de aves.

Servente
s.m. e s.f. Pessoa empregada para fazer trabalhos que dispensam habilitação profissional especializada. / Empregado(a) encarregado da limpeza. / Operário que ajuda o oficial: servente de pedreiro.

Serventia
s.f. Préstimo; utilidade; emprego. / Passagem, lugar por onde se passa. / Servidão. / Serviço próprio ou feito em nome de outrem. / Trabalho de servente.

Serventuario
s.m. Aquele que serve em emprego ou ofício. / Funcionário da justiça (escrivães, oficiais de registros públicos etc.).

Servical
adj. Que gosta de prestar serviços; prestativo, obsequiador, diligente. / Próprio de criado; subalterno, submisso. / &151; S.m. Criado. / &151; S.f. Empregada.

Servico
s.m. Ação ou efeito de servir. / Desempenho de funções obrigatórias; emprego, trabalho: saiu à procura de serviço. / Duração desse trabalho: tem dez anos de serviço à casa. / Produto da atividade do homem destinado à satisfação de necessidades humanas, mas que não apresenta o aspecto de um bem material (transporte, educação, pesquisa científica, assistência médica, jurídica, hospitalar etc.): o produto nacional bruto de um país é a soma dos bens e dos serviços criados por seus habitantes. / Organização de certas instituições públicas ou privadas, encarregada de uma função particular:

Servidao
s.f. Estado do servo, do escravo. / Escravidão. / Privação da independência ou da liberdade. / Cativeiro, sujeição, dependência. / Encargo imposto a uma propriedade para proveito ou serviço de outra, como passagem, tirada de água etc.

Servido
adj. Que já teve uso; gasto; de segunda mão. / Provido, fornecido. // (Você) é servido?, pergunta que faz quem oferece algo de comer.

Servidor
adj. e s.m. Aquele que serve a alguém ou a uma instituição; servo, servente, empregado: deve-se tratar humanamente a todos os servidores. / Obsequiador, serviçal. // Servidor público, funcionário do Estado.

Serviente
adj. Direito Diz-se de imóvel sujeito a servidão.

Servil
adj. Relativo à condição ou estado de servo: trabalho servil. / Fig. Baixo, vil, ignóbil: homem servil. / Que segue estritamente o original ou modelo: imitação servil.

Servilismo
s.m. Espírito de servidão; qualidade de quem é servil. / Bajulação. / Falta de dignidade.

Servio-croata
adj. e s.m. Servo-croata.

Servir
v.t. Prestar serviços; cumprir determinados deveres e funções: servir a pátria. / Auxiliar, ajudar. / Satisfazer, alimentar: servir as paixões. / Pôr na mesa: servir a sopa. / Oferecer, dar: servir uísque e salgadinhos. / Abastecer, encher: bomba que serve o reservatório. / Vender, fornecer: esta casa serve os melhores produtos. / Ocupar o lugar de; desempenhar as funções de; substituir: servir de pai aos desamparados. // Servir a missa, acolitar o celebrante. / &151; V.i. Ser útil, convir, importar: em tais circunstâncias a experiência serve muito. / Ter serventia, utilidade: estas coisas não servem mais para nada. / &151; V.pr. Fazer uso de: servir-se do compasso. / Tomar uma porção (de comida ou bebida): servir-se do bom e do melhor. / Aproveitar-se: servir-se dos ingênuos. // Ser servido, dignar-se, haver por bem.

Servo
s.m. Classe de camponeses conhecidos como servos surgiu no começo da Idade Média. &151; Socialmente um servo encontrava-se a igual distância de um cidadão livre e de um escravo. O servo era um escravo geralmente ligado à terra, e obrigado a efetuar certos pagamentos e serviços ao seu senhor. Sob esse aspecto, não era livre. Mas, segundo o costume, o servo gozava de certos direitos de que não podia, por justiça, ser destituído.

Servo-croata
adj. Relativo à Sérvia e à Croácia (Iugoslávia). / &151; Adj. e s.m. Diz-se de, ou língua eslava falada na Iugoslávia. (Usa-se o alfabeto latino na Croácia e o cirílico na Sérvia, para grafá-la.) (Var.: serbo-croata; sérvio-croata.)

Servocomando
s.m. Mecânica Mecanismo auxiliar que tem por objetivo suprir a força muscular do homem, assegurando, por amplificação automática, a força necessária ao funcionamento de um conjunto.

Servofreio
s.m. Mecânica Aparelho que põe em ação a energia necessária ao funcionamento dos freios do automóvel.

Servomecanismo
s.m. Mecânica Mecanismo concebido para cumprir sozinho certo programa de ação, executando seu próprio trabalho a partir de ordens que lhe são dadas.

Servomotor
s.m. Mecânica Aparelho de comando cuja energia de manobra provém de uma fonte exterior, e visa a reduzir o esforço de acionamento ou facilitar o comando à distância. / Aparelho regulador dos motores; burrinho.

Sesamoide
adj. Semelhante à semente do sésamo. / &151; Adj. e s.m. Anatomia. Diz-se dos ossos arredondados e pequenos que se localizam junto das articulações. / Diz-se do ossinho do casco do cavalo, alojado atrás do osso do pé.

Sesgo
adj. Torcido; oblíquo.

Sesmaria
s.f. Terreno sem culturas ou abandonado, que a antiga legislação portuguesa, com base em práticas medievais, determinava que fosse entregue a quem se comprometesse a cultivá-lo. &151; Quem a recebia pagava uma pensão ao estado, em geral constituída pela sexta parte do rendimento através dele obtido. Quando o Brasil foi descoberto, para cá transplantou-se o regime jurídico das sesmarias. O rei, ou os primeiros donatários de capitanias, faziam doações de terras a particulares, que se comprometiam a cultivá-las e povoá-las. Só em 1812 as sesmarias foram oficialmente extintas.

Sesmeiro
s.m. Encarregado de distribuir as sesmarias. / Aquele que recebeu uma sesmaria para cultivar.

Sesqui-
elemento de composição prefixal que significa "uma vez e meia": o sesquicentenário da independência; um sesquióxido de ferro, Fe2 O3.

Sesquialtera
s.f. Música Sextina.

Sesquicentenario
s.m. Celebração do centésimo qüinquagésimo aniversário: o sesquicentenário da independência do Brasil ocorreu em 1972.

Sesquipedal
adj. Que tem pé e meio de comprimento (c. 45 cm). / Usa-se burlescamente para versos ou palavras muito grandes, ou para idéias exóticas ou fora do comum.

Sessao
s.f. Tempo em que uma assembléia, um congresso, um corpo deliberativo ou consultivo se mantém em reunião, estudando, discutindo e resolvendo questões. / Tempo de duração de um espetáculo: vimos o filme na sessão das dez. / Tempo contínuo empregado na realização de cada fase de um trabalho. / Período do ano em que uma assembléia deliberativa pode exercer validamente suas funções: sessão ordinária; sessão extraordinária. / Cada encontro terapêutico do cliente com o analista: duas sessões de análise por semana. / Bras. Reunião para a prática do espiritismo: sessão espírita.

Sessenta
num. Seis dezenas. / Sexagésimo: página sessenta.

Sessentao
adj. e s.m. Que, ou aquele que tem cerca de sessenta anos; sexagenário.

Sessil
adj. História natural Diz-se de todo órgão inserido diretamente no eixo e desprovido de pecíolo ou pedúnculo: flor séssil.

Sesta
s.f. Repouso que se costuma fazer, depois do almoço, nos países quentes: fazer a sesta.

Sestear
v.t. Dormir a sesta. / Abrigar o gado em lugar sombrio.

Sesteiro
s.m. Ant. Medida equivalente a três ou quatro alqueires. / Ant. Peso equivalente a um arratel e meio.

Sestercio
s.m. Moeda de cobre entre os romanos.

Sestro
adj. Esquerdo. / Sinistro; agourento. / &151; S.m. Vício; mania; cacoete. / Destino, sorte.

Sestroso
adj. Que tem sestro. / Pop. Dado à prática da capoeiragem. / Malandro.

Set
s.m. (pal. ingl.) Desp. Conjunto de três partidas de tênis. / Cin. e Teatro Espécie de palco preparado para representação e filmagem de cenas.

Seta
s.f. Arma de arremesso constituída por uma haste que tem uma das extremidades pontiaguda como o vértice de um triângulo, sendo a outra provida de penas e que se atira por meio de um arco, ou uma besta; flecha. / Figura com a forma de seta, usada geralmente para indicar direção ou rumo. / Astronomia. Constelação da Via-Láctea. / Botânica. Planta da família das alismatáceas, também chamada sagitária.

Setaceo
adj. Que tem a natureza da seda ou a forma de pêlo de porco; cerdoso.

Sete
num. Número que vem imediatamente após o seis, na seqüência natural dos números inteiros: os sete dias da semana. / &151; S.m. Algarismo que representa o número sete: 77 escreve-se com dois setes. / A carta do baralho marcada com esse número. // Bras. Pop. Pintar o sete, exceder-se, fazer diabruras, divertir-se à vontade; o mesmo que pintar a manta, pintar a saracura e pintar. // &151; loc. adv. A sete chaves, muito seguramente, de modo inviolável, muito bem (guardado, escondido, fechado): guarde o segredo a sete chaves.

Sete-casacas
s.f. sing. pl. Bras. Planta da família das mirtáceas. / Planta leguminosa-papilionácea.

Sete-e-meio
s.m. Jogo de cartas em que os parceiros vão pedindo cartas para tentar fazer sete pontos e meio. (Aquele que ultrapassar essa contagem é desclassificado, e o que dela mais se aproximar é vencedor.)

Sete-estrelo
s.m. Nome popular da constelação das Plêiades. (V. PLÊIADES.)

Setear
v.t. Ferir com seta. / Prover de setas.

Setecentismo
s.m. Movimento literário e artístico do séc. XVIII.

Setecentista
adj. Que é próprio do setecentismo: estilo setecentista. / &151; S.m. Escritor ou artista do séc. XVIII.

Setecentos
num. Sete vezes cem. / &151; S.m. O século XVIII.

Seteira
s.f. Abertura numa fortificação para permitir disparo de armas (setas). / Arquitetura. Vão; abertura nas paredes de um edifício para entrada de luz.

Seteiro
adj. Aquele que atira setas; flecheiro; sagitário.

Setembro
s.m. Nono mês do ano. &151; Era o sétimo mês no antigo calendário romano. Seu nome vem do latim septem, que significa sete. Setembro tornou-se o nono mês do ano quando Júlio César mudou o calendário romano. Janeiro passou a ser o primeiro mês do ano, em vez de março. Setembro sempre teve 30 dias.

Setenal
adj. Que acontece de sete em sete anos. / Que dura sete anos: um plano setenal de governo.

Setenario
adj. Que vale sete unidades; que contém sete unidades. / &151; S.m. Espaço de sete dias; festa religiosa que dura sete dias.

Setenato
s.m. Duração de sete anos.

Setenial
adj. Que dura um setênio, isto é, sete anos.

Setenio
s.m. Espaço de sete anos.

Setenta
num. Sete dezenas.

Setentriao
s.m. Norte. / O pólo Norte. / Regiões do céu situadas perto da constelação da Ursa Menor. / Vento norte.

Setentrional
adj. Relativo ao setentrião. / Do norte: países setentrionais. / &151; s.m. e s.f. Habitante do norte.

Setenviro
s.m. Magistrado romano que fazia parte de um colégio de sete membros.

Setiforme
adj. Que tem forma de sedas ou de cerdas.

Setilha
s.f. Estrofe de sete versos.

Setilhao
num. Mil sextilhões.

Setima
s.f. Música Intervalo de sete graus entre dois sons. / Sete cartas do mesmo naipe.

Setimo
num. Ordinal e fracionário correspondente a sete. / &151; S.m. Fração da unidade, obtida pela divisão por sete. // Sétimo céu, na astronomia antiga, céu de Saturno, o mais longínquo dos planetas então conhecidos. // Estar no sétimo céu, sentir-se plenamente feliz.

Setingentesimo
num. Ordinal e fracionário correspondente a 700. (Var.: septingentésimo.)

Setissilabo
adj. Que tem sete sílabas. / &151; S.m. Verso que tem sete sílabas; redondilha maior.

Setor
s.m. Aspecto particular de um conjunto de atividades; esfera ou ramo de atividade: setor dos transportes. / Subdivisão de uma região, distrito, seção etc.: setor norte da cidade. / Campo ou zona de ação de um indivíduo, de uma organização; domínio: setor político. / Matemática Superfície plana limitada por dois segmentos retilíneos e um arco de curva. / Militar Zona de ação, no combate defensivo, ou circunscrição territorial confiada a uma grande unidade. / Parte de um recinto fortificado, posta sob o comando de um oficial. // Geom. e Matemática Setor circular, figura limitada por um arco de círculo e pelos raios que vão ter às suas extremidades. // Setor esférico, sólido gerado pela revolução de um setor circular em torno de um diâmetro que não o atravessa. // Economia. Setor primário, secundário, terciário, divisão das atividades econômicas proposta pelo economista inglês Colin Clark. (O setor primário compreende a agricultura e o extrativismo; o secundário, a indústria; e o

Setter
s.m. (pal. ingl.) Raça de cães de caça, de pêlo comprido, macio e ondulado. (V. também CÃO.)

Setuagenario
adj. e s.m. Que, ou aquele que tem setenta anos de idade. (Var.: septuagenário.)

Setuagesima
s.f. Religião Domingo da setuagésima, domingo que precede, aproximadamente setenta dias, a solenidade pascal. // Tempo da setuagésima, período litúrgico de três semanas, que precede a Quaresma.

Setuagesimo
num. Ordinal e fracionário correspondente a 70. (Var.: septuagésimo.)

Setuplicar
v.t. Multiplicar por sete: setuplicar a renda. / &151; V.i.. e v.pr. Tornar-se sete vezes maior: a população setuplicou.

Setuplo
num. Que vale sete vezes outro. / &151; S.m. Número que vale sete vezes outro: 14 é o sétuplo de dois.

Seu
pron. pess. Dele, dela, deles, delas (indica posse ou interesse): seu pai, sua mãe, sua alma. / Que lhe compete: fique na sua posição. / Cerca de, aproximadamente: tinha seus vinte anos. / De sua predileção: Camões é o seu poeta. // Ter de seu, não ser pobre. // &151; S.m.pl. Os seus, a sua família, os seus parentes.

Seu-vizinho
s.m. Fam. O dedo anular.

Sevandija
s.f. Nome comum a todos os parasitos, insetos e vermes imundos. / &151; s.m. e s.f. Fig. Pessoa que vive à custa dos outros; parasita. / Pessoa indecorosamente servil.

Severidade
s.f. Qualidade do que é severo; rigidez, austeridade, rigor: trata os alunos com severidade.

Severo
adj. Exigente, inflexível, rigoroso: professor severo. / Austero, rígido: moral severa. / Sério, grave: tom severo. / Escassamente ornamental, sem enfeites: ambiente severo. //

Seviciar
v.t. Aplicar sevícias em; maltratar, torturar: seviciar presos é um crime contra os direitos humanos.

Sevicias
s.f.pl. Maus tratos, espancamento; atos de crueldade; tortura.

Sevo
adj. Que aplica sevícias; cruel, desumano.

Sevres
s.m. Porcelana fabricada em Sèvres: estatueta de sevres.

Sex-appeal
s.m. (pal. anglo-amer.) Encanto sensual.

Sex-shop
s.f. (pal. ing.) Loja especializada na venda de revistas, livros, filmes, objetos eróticos ou pornográficos, afrodisíacos etc.

Sex-symbol
s.m. Indivíduo notório que simboliza o ideal masculino ou feminino no plano da sensualidade e da sexualidade; símbolo sexual.

Sexagenario
adj. e s.m. Que ou aquele que tem sessenta anos.

Sexagesima
s.f. O penúltimo domingo antes da quaresma, aproximadamente o sexagésimo dia antes da Páscoa. / Cada uma das sessenta partes em que um todo pode ser dividido.

Sexagesimo
num. Ordinal e fracionário correspondente a sessenta. / &151; S.m. Fração da unidade obtida pela divisão por sessenta. / Aquele que ocupa o sexagésimo lugar: ser o sexagésimo.

Sexcentesimo
num. Ordinal e fracionário correspondente a seiscentos.

Sexenal
adj. Que acontece de seis em seis anos.

Sexenio
s.m. Espaço de seis anos.

Sexismo
s.m. Atitude discriminatória fundada no sexo. / Valores conexos com o sexo.

Sexista
adj. e s.m. e s.f. Relativo ao sexismo.

Sexo
s.m. Diferença física e constitutiva do homem e da mulher, do macho e da fêmea: sexo masculino, feminino. / Conformação que distingue o macho da fêmea nos animais e nos vegetais. / Conjunto dos indivíduos que têm o mesmo sexo: reunião para os dois sexos. / Órgãos da reprodução. / Bras. Órgãos sexuais externos; partes pudendas. // Fam. O sexo fraco, o belo sexo, as mulheres. / Fam. O sexo forte, os homens.

Sexologia
s.f. Estudo científico da sexualidade e dos problemas psicofisiológicos que lhe estão afetos.

Sexologista
s.m. e s.f. Especialista em sexologia.

Sexologo
adj. Sexologista.

Sexta
s.f. Liturgia A terceira das horas canônicas, que se devia celebrar à sexta hora do dia (meio-dia). / Entre os romanos, a parte do dia, desde o meio-dia até às 15 horas. / Ludologia Seis cartas de jogar do mesmo naipe. // Música Sexta maior, intervalo de seis notas, formado por três tons e dois semitons maiores.

Sexta-feira
s.f. O sexto dia da semana.

Sextante
s.m. Instrumento de reflexão, cujo limbo graduado ocupa a sexta parte do círculo (60&186;), usado para medir a altura dos astros e suas distâncias angulares, tomadas de um navio ou aeronave. (Medindo com um sextante a altura do Sol, determina-se a latitude.) / Geom. A sexta parte do círculo.

Sextavado
adj. Que tem seis faces; hexagonal; hexaédrico.

Sextavar
v.t. Cortar alguma coisa em forma hexagonal ou hexaédrica.

Sexteto
s.m. Conjunto musical composto de seis músicos; composição musical para ser tocada por seis instrumentos, ou cantada por seis vozes.

Sextilha
s.f. Estrofe de seis versos.

Sextilhao
num. Mil quintilhões. (O mesmo que sextilião.)

Sextiliao
num. Var. de sextilhão.

Sextina
s.f. Poema de forma fixa constituído por seis sextilhas e um terceto final, e cuja rima é representada por seis palavras que se repetem numa ordem determinada. / Música Grupo de seis notas ocupando o lugar de quatro; sesquiáltera.

Sexto
num. Ordinal e fracionário correspondente a seis. / &151; S.m. Fração da unidade dividida por seis; a sexta parte.

Sextuor
s.m. Música Composição para seis vozes ou seis instrumentos; sexteto.

Sextupleta
s.f. Antiga bicicleta para seis pessoas.

Sextuplicar
v.t. Multiplicar por seis.

Sextuplo
adj. Que vale seis vezes certo número ou quantidade. / &151; S.m. O número sêxtuplo: doze é o sêxtuplo de dois.

Sexuado
adj. Que tem sexo. // Reprodução sexuada, aquela que se realiza mediante o encontro de células especializadas, os gametas masculinos e femininos.

Sexual
adj. Relativo ao sexo. / Que caracteriza o sexo dos animais e das plantas: diferenças sexuais. // Caracteres sexuais, conjunto das manifestações anatômicas e fisiológicas determinadas pelo sexo. (Distinguem-se os caracteres sexuais primários [órgãos genitais] e os caracteres sexuais secundários [barba, adiposidade, voz] especiais de cada sexo.)

Sexualidade
s.f. Conjunto de caracteres especiais, externos ou internos, determinados pelo sexo do indivíduo; qualidade sexual.

Sexualismo
s.m. A atividade sexual. / Preocupação com o sexo.

Sexualista
adj. Relativo ao sexualismo. / Botânica. Relativo ao sistema baseado nos órgãos sexuais das plantas.

Sexualizar
v.t. Introduzir a sexualidade em (um domínio qualquer); dar caráter sexual a.

Sexuar
v.i. Cumprir atos sexuais.

Sexuncia
s.f. Moeda espanhola antiga, de onça e meia.

Sexy
adj. (pal. ingl.) Fam. Diz-se de pessoa sexualmente atraente. / Diz-se de filme, espetáculo ou publicação que apresenta caráter erótico.

Sezao
s.f. Febre intermitente ou periódica.

Sezonado
adj. Que tem sezões.

Sezonal
adj. Relativo a sezão.

Sezonatico
adj. Que causa sezões: país sezonático. / Que padece de sezões; que tem sezões; atacado de sezões; maleitoso.

Sezonico
adj. O mesmo que sezonático.

Sezonigeno
adj. Que provoca sezões; sezonático.

Sezonismo
s.m. Malária, impaludismo.

Sezonologia
s.f. Estudo das sezões; tratado sobre sezões; malariologia.

Sezonologista
s.m. e s.f. Médico especializado em sezonologia.

Sezonologo
s.m. O mesmo que sezonologista.

Sforzando
adv. (pal. it.) Música Acentuando progressivamente a intensidade do som.

Shakespeariano
adj. Relativo ao poeta e dramaturgo inglês William Shakespeare, às suas obras, a seu estilo, ao seu teatro.

Shampoo
s.m. (pal. ingl.) Sabão líquido usado para lavar a cabeça. (Forma aport.: xampu.)

Sherpa
s.m. (pal. nepalense) Guia ou carregador das expedições de alpinismo no Himalaia.

Sherry
s.m. Nome dado pelos ingleses ao vinho xerez.

Shiatsu
s.m. (pal. chin.) Método terapêutico que consiste em pressionar os dedos sobre determinados pontos do corpo.

Shilling
s.m. Antiga unidade monetária inglesa, que valia a vigésima parte da libra esterlina. (Forma aport.: xelim.)

Shimmy
s.m. (pal. ing.) Vibração ou movimento de oscilação lateral, devido a um fenômeno de ressonância, que afeta as rodas motrizes dos veículos automóveis de eixo dianteiro rígido.

Shofar
s.m. (pal. hebr.) Chofar.

Shopping
s.m. (pal. ing.) Ato de ir ao comércio para ver as vitrinas e fazer compras. // Shopping center, centro comercial que reúne lojas de produtos muito variados &151; roupas, restaurantes, cinemas, teatros, boates etc.

Short
s.m. (pal. ingl.) Calção de homem ou mulher para esporte, passeio etc. / Filme de curta metragem, geralmente noticioso ou documentário.

Short ton
s.f. (loc. ing.) Tonelada curta.

Show
s.m. (pal. ingl.) Espetáculo teatral ou cinematográfico em que há música, dança, coreografia e, geralmente, está montado em torno de um cantor ou animador.

Show-biz
s.m. (pal. ing.) Indústria e ofício do espetáculo.

Show-business
s.m. (pal. ing.) Indústria e ofício do espetáculo.

Show-room
s.m. (pal. ing.) Local onde um industrial, um comerciante etc. expõe seus produtos para venda.

Shrapnel
s.m. Obus carregado de balas. (Do nome do inventor, o general britânico Shrapnel, 1761-1842).

Shunt
s.m. (pal. ingl.) Física. Desvio introduzido num circuito elétrico, de maneira a não deixar passar senão uma fração da corrente nesse circuito. / Desvio patológico ou cirúrgico da corrente sangüínea.

Si
pron. pess. Forma que assume o pronome da 3.&170; pessoa, quando precedido de preposição, e que se refere ao sujeito da oração: gosta de falar de si. // De per si, considerado em si mesmo. // Cada um de per si, cada um por sua vez. // De si para si, consigo mesmo. // Em si, abstratamente, em absoluto. // Por si, espontaneamente, por sua conta. // Fora de si, desvairado, exaltado. // Tomar a si ou sobre si, assumir, responsabilizar-se. // Voltar a si, recobrar a consciência, a normalidade. // Filosofia. Em si, para si, categorias da existência inconsciente ou consciente para os existencialistas modernos.

Sial
s.m. Geologia Superfície da crosta terrestre (cuja espessura vai de 10 a 15 km, e cuja densidade é de 2,7 a 3) formada principalmente de rochas cristalinas, onde dominam os silicatos de alumínio.

Sialadenite
s.f. Inflamação das glândulas salivares.

Sialadenitico
adj. Relativo à sialadenite.

Sialadoquite
s.f. Inflamação dos canais excretores das glândulas salivares.

Sialadoquitico
adj. Relativo à sialadoquite.

Sialagogo
adj. e s.m. Diz-se de, ou medicamento que excita ou provoca secreção de saliva.

Sialideos
s.m.pl. Zoologia Família de insetos cuja larva é aquática, e que se multiplicam junto às águas. (Compr.: 2 cm; ordem dos neurópteros.)

Sialismo
s.m. Medicina Salivação abundante.

Sialofagia
s.f. Deglutição de saliva.

Sialorreia
s.f. Medicina Secreção abundante, excessiva de saliva.

Sialorreico
adj. Que diz respeito à sialorréia.

Siame
adj. e s.m. e s.f. O mesmo que siamês.

Siamense
adj. e s.m. e s.f. O mesmo que siamês.

Siames
adj. Do antigo reino de Sião. / Diz-se de uma raça de gatos. / &151; Adj. e s.m. Habitante ou natural do Sião (hoje Tailândia). // Irmãos siameses, de início, nome dado a dois gêmeos (1811-1874) ligados por uma membrana situada à altura do peito. P. ext., nome dado aos gêmeos que nascem ligados; xifópagos.

Siba
s.f. Zoologia Molusco cefalópode de aproximadamente 30 cm, dotado de dez tentáculos providos de ventosas na cabeça e que segrega um líquido negro ao ser atacado. (Essa tinta é conhecida nas artes pelo nome de sépia.) / O mesmo que choco. // Osso de siba, ou simplesmente siba, osso calcário que se encontra no corpo desses moluscos, era utilizado antigamente como dentifrício e que se dá às aves jovens para aguçarem o bico.

Sibarismo
s.m. Desejo incontrolado de luxos e prazeres. (O mesmo que sibaritismo.)

Sibarita
adj. e s.m. e s.f. Relativo a, ou natural de Síbaris, antiga cidade grega do sul da Itália. / Fig. Diz-se de, ou pessoa dada aos prazeres físicos, à voluptuosidade, à indolência (a exemplo dos habitantes de Síbaris, que, muito ricos, tinham fama de voluptuosos e indolentes).

Sibaritismo
s.m. Vida, costumes semelhantes àqueles dos sibaritas; voluptuosidade excessiva, requinte voluptuoso; indolência.

Siberiano
adj. Da Sibéria. / &151; S.m. Natural ou habitante dessa região da Rússia asiática.

Sibila
s.f. Profetisa, bruxa, feiticeira. / Nome que os antigos romanos davam a qualquer mulher idosa, supostamente capaz de predizer o futuro. &151; A mais conhecida delas foi a sibila de Cumes. Segundo a lenda, o deus Apolo prometeu que ela viveria tantos anos quantos grãos de areia pudesse segurar em suas mãos. Mas Apolo não lhe concedeu eterna juventude e ela continuou a envelhecer. Seu corpo enrugado foi finalmente conservado em uma garrafa. A sibila conduziu Enéias, o guerreiro troiano, ao mundo inferior ou inferno, para saber do futuro de Roma. Mais tarde ela quis vender por um alto preço ao rei de Roma nove livros de profecias, chamados Livros sibilinos. O rei recusou por duas vezes e a sibila queimou três livros para cada recusa. O rei acabou pagando o preço original por apenas três livros. Esses livros de profecias foram consultados em tempos de perigo até serem destruídos pelo fogo em 83 a.C.

Sibilacao
s.f. Ação de sibilar; silvo. / Medicina Ruído sibilante nos órgãos respiratórios.

Sibilante
adj. Que sibila; que silva. / &151; Adj. e s.f. Fonética. Nome dado às vezes ao /s/ e ao /z/, porque a articulação desses fonemas produz ruído semelhante ao silvo ou assobio.

Sibilar
v.i. Produzir som agudo e prolongado, assoprando; silvar, assobiar: triste, o vento sibilava.

Sibilino
adj. Relativo a sibila: oráculos sibilinos. / Fig. Obscuro, misterioso, enigmático: linguagem sibilina.

Sibilo
s.m. Assobio, silvo.

Sic
adv. (pal. lat.) Põe-se entre parênteses depois de uma palavra, expressão ou frase, para indicar que a citação é textualmente exata, e que por ela não se responsabiliza quem a faz, seja qual for sua forma.

Sicario
s.m. Assassino contratado para cometer qualquer espécie de crime: assalariar sicários. / Malfeitor, facínora. / &151; Adj. Cruel, sanguinolento.

Sicatividade
s.f. Qualidade de sicativo.

Sicativo
adj. e s.m. Que tem a propriedade de secar; secante: óleo sicativo. / Substância que ativa a cicatrização das úlceras.

Siciliano
adj. Da Sicília. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante dessa ilha da Itália.

Siclo
s.m. Unidade de peso usada no antigo Egito e na Judéia (de 6 a 12 g).

Sicnuria
s.f. Emissão freqüente de urina. (Var.: sicnuria.)

Sicofanta
s.m. e s.f. Nome dado, em Atenas, àqueles que denunciavam os ladrões de figos. / Delator, caluniador, impostor, velhaco.

Sicoma
s.m. Verruga; condiloma.

Sicomoro
s.m. Botânica. Nome comum a duas árvores, uma das quais é também chamada falso-plátano, e a outra sicômoro-figueira.

Siconio
s.m. Botânica. Inflorescência em que o receptáculo envolve as flores.

Sicose
s.f. Medicina Infecção da pele, que se manifesta nos folículos pilosos, e é causada por estafilococos.

Sicrano
s.m. Pessoa indeterminada, ou cujo nome não se quer enunciar ou se ignora. (Usa-se em correlação com fulano, que se nomeia em primeiro lugar, e com beltrano, nomeado em último.)

Sicupira
s.f. O mesmo que sucupira.

Sida
s.f. (sigla) Síndrome da imunodeficiência adquirida (denominação em Portugal da AIDS).

Side-car
s.m. (pal. ingl.) Carrinho de uma só roda que se prende lateralmente a uma motocicleta.

Sideracao
s.f. Suposta influência de um astro sobre a vida de uma pessoa. / Fulminação. / Medicina Estado de aniquilamento repentino.

Siderado
adj. Atordoado, atônito, estupefato.

Sideral
adj. Concernente aos astros: ano sideral. / Celeste, sidérico, sidéreo.

Siderar
v.t. Provocar sideração; fulminar. / Fig. Deixar perplexo, atordoado: esta notícia o siderou.

Sidereo
adj. Poética Relativo aos astros ou ao céu.

Siderita
s.f. Minas Carbonato natural de ferro; minério pobre de ferro.

Siderografia
s.f. Arte de gravar em ferro, em aço.

Siderolitico
adj. Diz-se das formações terciárias, ricas em minérios de ferro, em rochas ferruginosas.

Siderolito
s.m. Minério de ferro, presente em determinado tipo de aerólito.

Siderose
s.f. Medicina Cor ferruginosa em qualquer parte do corpo. / Infiltração de ferro nos tecidos, principalmente no pulmão. / Excesso de ferro no sangue.

Siderostato
s.m. Aparelho destinado a anular, para o observador, o deslocamento aparente dos astros.

Siderurgia
s.f. Conjunto das técnicas empregadas na produção, fundição e preparação do ferro e do aço; metalurgia do ferro e do aço.

Siderurgico
adj. Relativo a siderurgia: indústria siderúrgica. / &151; S.m. Operário que trabalha em siderurgia.

Sidra
s.f. Bebida feita com o suco fermentado de maçã.

Siemens
s.m. Unidade de medida da condutância elétrica (símb.: S). (O siemens, inverso do ohm, era anteriormente denominado "mho".)

Sienito
s.m. Mineralogia Rocha eruptiva, de textura granular, formada de feldspatos alcalinos e anfibólios, com nenhuma ou pequena quantidade de quartzo.

Sievert
s.m. Unidade SI de medida de equivalente de dose de radiação ionizante (símb.: Sv).

Sifao
s.m. Fís. Tubo em forma de "S", de ramos desiguais, usado para fazer passar os líquidos de um nível para outro mais baixo, elevando-os de início acima do nível mais alto. / Tubo duplamente recurvado, cuja parte inferior fica cheia de água, e que serve para evacuar as águas usadas, impedindo que exalem mau cheiro. &151; Consiste em um tubo ou em um cano recurvado de modo que um dos seus ramos seja maior que o outro.

Sifilis
s.f. Doença infectocontagiosa, adquirida ou congênita, produzida por um microrganismo (Treponema pallidum), e que, a partir de um cancro duro, ataca todos os tecidos. (Sin.: avariose, lues.)

Sifilitico
adj. Relativo a sífilis. / &151; S.m. Aquele que sofre de sífilis.

Sifomicetes
s.f.pl. Microbiologia O mesmo que ficomicetes.

Sifonapteros
adj. e s.m. Ordem de insetos ápteros, que vivem como parasitos em seres humanos e animais. Neste grupo incluem-se as pulgas e os bichos-de-pé. &151; Todos os insetos desta ordem têm aparelhos bucais que penetram na pele e sugam o sangue dos mamíferos. Alguns sifonápteros transmitem sérias doenças, como a peste bubônica e o tifo.

Sifonoforo
adj. e s.m. Relativo aos sifonóforos ou espécime dessa subclasse. // Sifonópteros, subclasse de celenterados que vive em colônias livres, flutuantes, de indivíduos especializados.

Sifonogamia
s.f. Modo normal de fecundação das plantas superiores, por meio de um tubo polínico.

Sigilaria
s.f. Árvore fóssil que alcançava 30 m de altura e que se encontra nos terrenos carboníferos.

Sigilario
adj. Relativo a selo.

Sigilo
s.m. Segredo. / Ant. Selo para fechamento de documentos.

Sigilografia
s.f. Estudo dos selos.

Sigiloso
adj. Que deve ser mantido em sigilo; secreto.

Sigla
s.f. Conjunto das letras iniciais dos vocábulos que formam um nome próprio (geralmente intitulativo) e que se usa como abreviatura: ONU. (V. ABREVIATURA.)

Sigma
s.m. Décima oitava letra do alfabeto grego (S, s), correspondente ao s do português. / Símbolo do extinto movimento integralista brasileiro.

Sigmatismo
s.m. Repetição viciosa do fonema /s/.

Sigmoide
adj. Anatomia. Que tem aproximadamente a forma do sigma (S). // Cavidade sigmóide, cavidade articular de certos ossos (cúbito). // Válvulas sigmóides, as válvulas situadas na raiz da aorta e da artéria pulmonar.

Sigmoidoscopia
s.f. Inspeção do interior do cólon sigmóide feita com um sigmoidoscópio.

Sigmoidoscopio
s.f. Espéculo usado na observação da cavidade do cólon sigmóide.

Signa
s.f. Bandeira; estandarte; insígnia; pendão.

Signaletica
s.f. Atividade semiótica que tange aos sinais, à sinalização. / Conjunto de meios de sinalização de um lugar, de uma rede de transporte etc.

Signaletico
adj. Que dá os sinais de alguém, que descreve algo: ficha signalética. / Relativo a sinais: a rede signalética dos usos de uma comunidade.

Signatario
adj. e s.m. Diz-se de, ou pessoa que assina ou subscreve um documento qualquer.

Significacao
s.f. O que é representado ou expresso por um sinal, um sistema de sinais, um gesto, um fato. / Lingüística Representação mental evocada por uma forma lingüística; aquilo que uma palavra quer dizer; significado, sentido, acepção. / Fig. Valor, importância: este objeto tem para mim grande significação.

Significado
s.m. Acepção, sentido, significação. / Lingüística Valor, sentido ou conteúdo semântico de um signo lingüístico.

Significante
adj. Que significa; significativo. / &151; S.m. Lingüística Imagem acústica ou manifestação fônica do signo lingüístico.

Significar
v.t. Ter o significado de; querer dizer: em latim, a palavra "murus" significa "muro". / Dar a entender, exprimir, traduzir: com tal ato significou sua recusa. / Constituir, representar: aquele depoimento significava sua condenação.

Significativo
adj. Que exprime de maneira sensível um pensamento, uma intenção; expressivo: gesto significativo. // Matemática Algarismos significativos, os que têm valor próprio (por oposição a zero, cujo valor depende da posição que ocupa).

Signo
s.m. Indício, marca, símbolo, sinal indicativo. / Cada uma das 12 divisões do zodíaco. / Constelação correspondente a cada uma dessas divisões. / Lingüística Qualquer unidade significativa, de qualquer linguagem, resultante de uma união solidária entre significante e significado. / Música ant. Nome geral da notação musical. / Fig. Expoente, elemento importante.

Sikh
adj. e s.m. (pal. sânscr.) Relativo ao, ou adepto do sikhismo.

Sikhismo
s.m. Uma das quatro grandes religiões da Índia, fundada no fim do séc. XV, no Penjab, por Nakak Dev (1469-1538); afirma a existência de um Deus único criador e rejeita o sistema de castas hindu.

Silaba
s.f. Vogal ou grupo de fonemas que se pronuncia numa só emissão de voz. / Fig. Qualquer som articulado; palavra: não disse uma sílaba.

Silabacao
s.f. Ato de silabar. / Método de aprendizado de leitura.

Silabada
s.f. Denominação que se dá ao erro de pronúncia resultante do deslocamento do acento tônico de uma palavra: périto por perito; catedra por cátedra.

Silabar
v.i. Ler destacando intencionalmente as sílabas.

Silabario
s.m. Livro elementar para ensinar as crianças a ler; cartilha, abecedário.

Silabico
adj. Relativo às sílabas. // Verso silábico, verso em que a medida é determinada pelo número e não pelo valor das sílabas. // Escrita silábica, aquela em que cada sílaba é representada por um signo próprio.

Silabismo
s.m. Sistema de escrita no qual cada sílaba é representada por seu signo próprio (tal como a escrita assíria).

Silabo
s.m. Enumeração sumária das decisões tomadas por autoridade eclesiástica. / Documento publicado por Pio IX em 1864, e que contém as proposições da época julgadas inaceitáveis pelo papa.

Silagem
s.f. Forragem que se tira dos silos para alimentar os animais.

Silena
s.f. Botânica. Gênero de cariofiláceas, parecidas com cravos, abundantes nos bosques da Europa ocidental.

Silenciador
adj. Que silencia; que não diz, que cala. / &151; S.m. Dispositivo destinado a abafar o estampido das armas de fogo, adaptável ao cano. / Autom. O mesmo que silencioso.

Silenciar
v.t. Ficar em silêncio; calar-se. / Fazer calar: a voz de comando silenciou os descontentes.

Silencio
s.m. Ausência de qualquer ruído: o silêncio da noite. / Sossego, repouso, inação: por alguns dias, as paixões ficaram em silêncio. / Mistério, segredo: no silêncio prepara seus golpes mortais. / Música Interrupção mais ou menos longa do som; pausa. / Sinal musical que representa a pausa. // Silêncio mortal, silêncio absoluto. // Guardar silêncio, calar-se.

Silencioso
adj. Que guarda silêncio; calado: permanecer silencioso. / Taciturno, casmurro: homem silencioso. / Diz-se do lugar onde não se ouve ruído algum: bosque silencioso. / Que se faz sem ruído: passo silencioso. / &151; S.m. Dispositivo adaptado ao cano de descarga de um veículo automotor para reduzir o ruído.

Silente
adj. Poética Calado, silencioso.

Silepse
s.f. Gramática Figura de sintaxe pela qual a concordância das palavras na frase se faz segundo o significado, e não segundo as categorias gramaticais. (Ex.: Vossa Eminência [fem.] é sábio [masc.] em suas decisões.) / Retórica Emprego de uma palavra no sentido próprio e no figurado, ao mesmo tempo.

Silex
s.m. Rocha muito dura composta de calcedônia e opala, de cor ruiva, parda ou negra. (O sílex partido, com arestas cortantes, foi utilizado pelos pré-históricos como arma ou instrumento.) / Nome comum de várias pedras cuja base é a sílica; pederneira.

Silfide
s.f. Feminino de silfo. / Fig. Mulher graciosa e esbelta.

Silfo
s.m. Gênio do ar na mitologia céltica da Idade Média.

Silha
s.f. Pedra que suporta um cortiço de abelhas; série de cortiços de abelha.

Silhao
s.m. Fort. Construção dentro de um fosso em volta de uma praça. / Sela grande própria para mulheres.

Silhar
s.m. Pedra lavrada que serve para o revestimento de paredes.

Silhueta
s.f. Desenho de perfil que re-presenta as linhas do contorno de um corpo (pessoa ou objeto), ou da sua sombra projetada. / As linhas, o contorno do corpo humano: mulher de silhueta esbelta.

Silica
s.f. Óxido de silício (SiO2). (Existem muitas variedades naturais: o quartzo cristalizado, a calcedônia de estrutura fibrosa, a opala amorfa.) // Sílica fundida ou

Silicato
s.m. Química Sal do ácido silícico.

Silicico
adj. Que contém silício. / Diz-se de um ácido derivado da sílica: ácido silícico.

Silicicola
adj. Botânica. Diz-se de uma planta que cresce nos terrenos siliciosos, como a castanheira, a urze.

Silicio
s.m. Química Metalóide de símbolo Si, número atômico 14, massa atômica 28,0855, densidade 2,35, que, em estado cristalizado, é cinza-chumbo. (O silício funde em torno dos 2.000&186;C e volatiliza-se em forno elétrico.)

Silicioso
adj. Que contém sílica: solo silicioso. / Que é da natureza do sílex ou que tem suas propriedades.

Silicone
s.m. Química Nome genérico das substâncias análogas aos corpos orgânicos, nas quais o silício substitui o carbono. (Var.: silicônio.)

Silicose
s.f. Medicina Doença resultante da inalação da poeira da sílica que se fixa nos pulmões (afeta especialmente os mineiros). (A silicose manifesta-se pela transformação fibrosa do pulmão, cujos sintomas se assemelham aos da tuberculose.)

Silindra
s.f. Botânica. Arbusto cultivado por causa de suas flores brancas e perfumadas. (Família das saxifragáceas.)

Silo
s.m. Grande depósito, em forma de cilindro, feito de metal ou de cimento e destinado a armazenar cereais, forragem etc., que se carrega por cima e se descarrega por baixo.

Silogeu
s.m. Casa onde se reúnem associações literárias ou científicas.

Silogismo
s.m. Raciocínio que contém três proposições (a maior, a menor [premissas] e a conclusão); as três estão encadeadas de tal maneira que a conclusão é deduzida da maior por intermédio da menor. (Ex.: todos os homens são mortais [maior]; ora, você é homem [menor]; logo você é mortal [conclusão].)

Silogistica
s.f. Ciência ou técnica dos silogismos.

Silogistico
adj. Relativo ao silogismo: forma silogística.

Siluriano
adj. e s.m. Geologia Diz-se de, ou um período da era primária, situado entre o ordoviciano e o devoniano.

Silurideos
s.m.pl. Zoologia Importante família de peixes de água doce, comum nas regiões quentes, e cujo tipo é o bagre.

Siluro
s.m. Zoologia Peixe de água doce, com seis longos barbilhões em volta da boca e de que existem muitas formas, sobretudo nas regiões quentes.

Silva
s.f. Botânica. Nome de vários arbustos da família das rosáceas; sarça, espinheiro. / Literatura Composição poética de métrica e rima irregulares, em cujas estrofes se alternam versos de dez e versos de seis sílabas, comportando alguns versos soltos. / Miscelânea de textos literários ou científicos. / Cilício de arame. / Ornato da gola ou do canhão das fardas. / Malha ao longo das ventas de cavalo. // &151; loc. adv. Bras. Fam. Da silva, usada geralmente após um diminutivo, para enfatizar categoricamente aquilo que se afirma: vivinho da silva.

Silvado
s.m. Sebe de espinhos destinada a impedir a passagem de animais. / Moita espessa de silva.

Silvano
adj. e s.m. Nome que os antigos gregos e romanos davam às divindades fabulosas dos bosques e das florestas. / Habitante dos bosques.

Silvar
v.i. Assobiar; sibilar.

Silvedo
s.m. O mesmo que silvado.

Silveira
s.f. Botânica. Moita de silvas ou o mesmo que silva. / Bras. Ovos mexidos e misturados a outros alimentos.

Silvestre
adj. Coberto de silvas. / Diz-se da vegetação que medra espontaneamente, que não precisa ser cultivada pelo homem; selvagem, selvático; bravio.

Silvia
Nome Latim - Significado: Da selva.

Silvicola
adj. e s.m. e s.f. Que, ou quem vive nas florestas. / Selvagem, indígena.

Silvicultor
s.m. Aquele que se dedica à silvicultura; pessoa que cuida do desenvolvimento florestal.

Silvicultura
s.f. Ciência ou técnica que se ocupa das matas.

Silviideos
s.m.pl. Zoologia Família de pássaros insetívoros.

Silvinita
s.f. Mineralogia Cloreto natural de potássio, usado como adubo.

Silvino
Nome Latim - Significado: Da selva.

Silvo
s.m. Som emitido pelas cobras; assobio.

Sim
adv. Exprime uma afirmação, uma aprovação, um consentimento (por opos. a não). / &151; S.m. Ato de consentir, de dizer sim: tudo se resolverá com um sim. // Não dizer sim nem não ou nem que sim nem que não, ficar indeciso, não se explicar. // Pelo sim, pelo não, por via das dúvidas, na alternativa. // &151; loc. interj. Pois sim!, exprime dúvida ou reserva a respeito do que alguém afirma. // Dar o sim, consentir em alguma coisa, especialmente aceitar proposta de casamento.

Sima
s.m. Geologia Camada do globo terrestre (entre o nife e o sial), onde predominam os silicatos de ferro e magnésio.

Simao
s.m. Pop. Macaco.

Simao
s.m. Pop. Macaco.

Simaruba
s.f. Botânica. Árvore da América tropical, da família das simarubáceas, cuja casca tem propriedades aperitivas.

Simarubaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas dialipétalas que compreende a simaruba, a quássia etc.

Simbiose
s.f. Associação de dois ou mais seres de espécie diferente, que lhes permite viver com vantagens recíprocas e os caracteriza como um só organismo: o líquen é a simbiose de uma alga e de um cogumelo. / Fig. Vida em comum. / Concubinato.

Simbiota
s.m. e s.f. Cada um dos seres associados na simbiose.

Simbiotico
adj. Relativo à simbiose; que vive em, ou tem as características da simbiose.

Simbolica
s.f. Conjunto dos símbolos próprios de uma religião, de um povo etc.: a simbólica egípcia. / Ciência que explica os símbolos. / Método de interpretação dos mitos politeístas, considerados como símbolo de fenômenos naturais e fatos históricos ou culturais.

Simbolico
adj. Relativo ao símbolo, que serve de símbolo; que tem o caráter de um símbolo: a espada simbólica da lei.

Simbolismo
s.m. Conteúdo ou interpretação dos símbolos. / Sistema de símbolos que expressa fatos ou crenças de um povo. / Sistema de signos escritos cuja articulação se dá segundo regras, e que traduz visualmente a formação de um raciocínio.

Simbolista
adj. Relativo ao simbolismo: movimento simbolista. / &151; s.m. e s.f. Adepto do simbolismo; poeta ou artista do movimento simbolista.

Simbolizacao
s.f. Ação ou efeito de representar por meio de símbolos. / Lógica Processo que tende a expressar o raciocínio através de um sistema simbólico.

Simbolizar
v.t. Representar por símbolos; exprimir simbolicamente; ser o símbolo de: a pomba simboliza a paz. / &151; V.i. Expressar-se através de símbolos.

Simbolo
s.m. Objeto físico a que se dá uma significação abstrata: a balança é o símbolo da justiça. / Figura ou imagem que representa alguma coisa: a suástica é o símbolo do nazismo. / Qualquer signo convencional figurativo. / Fig. Sinal, divisa, emblema, marca, indício. / Lógica e Matemática Signo figurativo de uma grandeza, de um número, de um ser lógico ou matemático. / Química Letra ou grupo de letras adotadas para designar a massa atômica de um elemento: "Pb" é o símbolo do chumbo. / Religião Sinal externo de um sacramento. / Resumo das verdades essenciais da religião cristã: o Símbolo dos apóstolos (credo). / Numismática Figura ou sinal representado nas medalhas ou moedas antigas. / Psicologia Idéia consciente que revela ou mascara outra, inconsciente.

Simbologia
s.f. Estudo sobre os símbolos. / Conjunto de símbolos.

Simetria
s.f. Correspondência de posição, de forma, de medida em relação a um eixo entre os elementos de um conjunto ou entre dois ou mais conjuntos: simetria arquitetural; quadros dispostos com simetria. / Harmonia resultante de certas combinações e proporções regulares. / Gramática Correspondência regular entre os membros da frase. / Matemática Disposição de duas figuras que se correspondem ponto por ponto de tal sorte que os dois pontos correspondentes de uma e da outra estejam a igual distância de um ponto, de uma reta ou de um plano dado. // Eixo de simetria, reta comum a todos os planos de simetria.

Simetrico
adj. Relativo a simetria; que tem simetria: duas construções simétricas. // Álg. Função simétrica, função das variáveis que, permutadas entre si, se mantêm inalteradas. // Matemática Relação simétrica, relação que, se é verdadeira para a e b, tomados nesta ordem, é igualmente verdadeira para a e b (tomados na ordem inversa da anterior): a relação de igualdade é simétrica.

Simiesco
adj. Relativo ao símio, que lembra o símio; simiano.

Simil
adj. Poética Semelhante; igual.

Similar
adj. Da mesma natureza; análogo, equivalente, semelhante. / &151; S.m. Objeto similar.

Similaridade
s.f. Qualidade do que é similar; semelhança.

Simile
s.m. Analogia, semelhança entre coisas diferentes. / Retórica Comparação ou confronto que se estabelece entre dois seres ou fatos em que o espírito percebe alguma relação de similaridade; comparação.

Similicadencia
s.f. Em estilística, paralelismo de construção em que frases ou segmentos de frases, além da extensão aproximadamente igual (v. ISOCRONISMO), têm ritmo ou cadência similar.

Similigravura
s.f. Art. gráf. Processo de reprodução fotomecânica em que o original, focalizado através de uma retícula de vidro, dá na impressão todas as gradações de sombra e luz.

Similitude
s.f. Semelhança, analogia: similitude de culturas.

Similizacao
s.f. Ação de um álcali sobre o algodão, cujas fibras se tornam, por isso, finas, duras e brilhantes.

Simio
s.m. Macaco; bugio. / &151; Adj. Relativo a macaco; simiesco.

Simone
Nome Hebraico - Significado: Ouvinte.

Simonia
s.f. Tráfico de coisas sagradas; venda de bens espirituais.

Simoniaco
adj. Relativo a simonia: contrato simoníaco. / &151; S.m. Pessoa que cometeu o crime de simonia.

Simpatia
s.f. Tendência instintiva que atrai uma pessoa para outra: sentir simpatia por alguém. / Inclinação recíproca entre duas pessoas ou duas coisas. / Faculdade de participar das dores, dos prazeres e das idéias de outrem. / Fisiologia. Relação entre dois órgãos mais ou menos afastados. / Patologia. Influência mórbida de um órgão afetado sobre outros órgãos não diretamente atacados. / Bras. Pop. Benzedura para curar doenças. / Amuleto. / Pessoa simpática: ele é uma simpatia.

Simpatico
adj. Relativo a simpatia. / Que inspira simpatia; agradável: pessoa simpática. // Anatomia. Sistema nervoso do grande simpático, nervo grande simpático, grande simpático ou simplesmente simpático, um dos dois sistemas nervosos regulares da vida vegetativa dos órgãos (o outro é o parassimpático). &151; A excitação do simpático acelera o coração, aumenta a tensão arterial, dilata os brônquios e retarda as contrações do tubo digestivo; o parassimpático tem ação inversa; do equilíbrio entre os dois sistemas resulta o funcionamento normal dos órgãos.

Simpaticolitico
adj. e s.m. Simpatolítico.

Simpaticomimetico
substância que estimula o sistema nervoso simpático (pop)

Simpatizante
adj. e s.m. e s.f. Que ou quem manifesta simpatia por (em relação a uma doutrina, a um partido etc.).

Simpatizar
v.i. Ter simpatia por; sentir inclinação, afeição ou tendência por alguém ou por alguma coisa. / Concordar, ter afinidade: não simpatiza com suas idéias.

Simpatolitico
adj. e s.m. (Agente, substância) antagônica a ou inibidora da atividade nervosa adrenérgica; simpaticolítico.

Simpatomimetico
adj. e s.m. (Substância) que reproduz os efeitos provocados pela estimulação dos nervos simpáticos.

Simples
adj. Que não é composto, ou que é composto de elementos homogêneos, da mesma natureza elementar: o ouro, o oxigênio são corpos simples. / Que não é complicado; fácil; rudimentar: mecanismo, método simples. / Sem afetação, natural, modesto, espontâneo: é uma mulher simples. / Sem malícia, singelo, puro, sincero: simples como uma criança. / Que se deixa facilmente enganar; ingênuo. / Só, único (quando anteposto ao subst.): uma simples palavra bastava. / Mero, ordinário, sem qualidade ou graduação superior, sem outros títulos (quando anteposto ao subst.: é um simples bancário). / História natural. Diz-se dos órgãos que não possuem apêndices. / Botânica. Diz-se da flor cuja corola só tem um ciclo de pétalas. // Química. Corpo simples, o que não é suscetível de qualquer decomposição. // Gramática. Tempo simples, tempo do verbo que se conjuga sem auxiliar. // Religião. Voto simples, que não é solene e de que facilmente se pode ser dispensado. / &151; S.m. Aquilo que é simples: passar do simples ao composto. / Pessoa simples; pessoa ingênua, crédula. / &151; S.m.pl. Plantas silvestres colhidas por suas virtudes medicinais. (V. SÍMPLICES.)

Simplices
s.m.pl. Drogas que entram na composição dos remédios. / Elementos que entram na composição dos corpos. / Ingredientes que entram na fabricação das tintas. (V. SIMPLES.)

Simplicidade
s.f. Qualidade daquilo que é simples, que não é composto: simplicidade dos elementos. / Ausência de complicação: simplicidade de raciocínio. / Naturalidade, desafetação: falar e escrever com simplicidade. / Ingenuidade, candura, pureza, sinceridade: confessou seu amor com toda a simplicidade. / Falta de luxo, de pompa, de sofisticação: veste-se com simplicidade.

Simplificacao
s.f. Ato ou efeito de simplificar: simplificação do trabalho.

Simplificar
v.t. Tornar simples ou mais simples ou menos complicado: simplificar um problema. / Reduzir (uma fração) a termos menores ou mais precisos.

Simplismo
s.m. Vício de raciocínio que consiste em desprezar elementos necessários à solução. / Uso de meios por demais simples; ingenuidade: seus expedientes são de um simplismo ridículo.

Simplista
adj. Em que há simplismo, simplicidade exagerada; ingênuo: espírito simplista. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que raciocina ou age com simplismo.

Simploce
s.f. Figura de retórica que consiste numa seqüência de frases que começam e terminam com as mesmas palavras.

Simplorio
adj. e s.m. Homem simples, ingênuo, muito crédulo.

Simposiasta
adj. e s.m. e s.f. Participante de simpósio.

Simposio
s.m. Reunião técnica ou científica; congresso para debater determinado assunto. / Antig. gr. Segunda parte de um banquete ou festim, durante o qual os convivas bebiam e praticavam jogos diversos. / Banquete, festim.

Simulacao
s.f. Ação ou efeito de simular; fingimento, disfarce, dissimulação: a simulação de uma doença.

Simulacro
s.m. Imagem, cópia ou reprodução imperfeita. / Aparência, semelhança, arremedo: simulacro de governo. / Fingimento, simulação: simulacro de combate.

Simulado
adj. Fingido, imitado: fuga simulada; ataque simulado.

Simulador
s.m. Pessoa que simula ou usa de simulação. / Aparelho capaz de reproduzir o comportamento de outro aparelho cujo funcionamento se deseja estudar, ou de um corpo cuja evolução se quer seguir. // Simulador de vôo, simulador concebido especialmente para facilitar o estudo das condições de pilotagem de um avião.

Simular
v.t. Fazer aparecer como real uma coisa que não o é; fingir: simular uma doença. / Fazer o simulacro de: simular um combate. / Dissimular.

Simuliideos
s.m.pl. Zoologia Família de insetos dípteros nematóceros, que compreende os borrachudos.

Simultaneidade
s.f. Qualidade do que é simultâneo; existência ao mesmo tempo de duas ou mais ações, fatos ou coisas: a simultaneidade de dois acontecimentos físicos. / Coincidência, concomitância.

Simultaneismo
s.m. Processo de narração que consiste em apresentar, sem transição, acontecimentos que se desenrolam ao mesmo tempo em lugares diferentes.

Simultaneo
adj. Que se faz ou acontece ao mesmo tempo: movimentos simultâneos. / Que aproveita a muitos ao mesmo tempo: ensino simultâneo.

Simum
s.m. Vento quente e forte do deserto.

Sina
s.f. Sorte; destino, fado.

Sinafia
s.f. Recurso métrico que consiste no embebimento da sílaba final excedente de um verso no início do verso imediato, restabelecendo-se assim o isometrismo da estrofe.

Sinagoga
s.f. Templo onde os judeus se reúnem para o exercício de seu culto. / Assembléia de fiéis na religião judaica.

Sinal
s.m. Indício, vestígio, prova: não ficou sinal do crime. / Particularidade física; mancha, cicatriz: tem um sinal na testa. / Signo convencionado, usado como meio de comunicação à distância. / Aceno, gesto: fazer sinal com a cabeça. / Marca, firma, rótulo, letreiro, etiqueta. / Prova, demonstração: em sinal de agradecimento. / Presságio, prenúncio: mau sinal. / Anúncio, aviso: deu o sinal na hora certa. / Toque de campainha, sineta: não ouvimos o sinal. / Signos, grafemas de qualquer linguagem: sinais algébricos; sinais ortográficos. / Valor pago como garantia de um contrato ou ajuste; penhor, arras. / Lingüística Associação arbitrária de um significado e um significante. / Medicina Sintoma. / Meteorologia Fenômenos atmosféricos indicativos de ocorrências meteorológicas: sinal de chuva. / Bras. Semáforo. / (S) Corte na orelha do animal, que serve de marca. // Fam. Avançar o sinal, dar partida ao carro antes de o sinal abrir. / Fig. antecipar-se, atrever-se. // Dar sinal de si, manifestar-se. // Fazer sinal, exprimir por gestos convencionais. // Não dar sinal de vida, parecer morto; não dar notícia de si, não aparecer (onde devia estar ou costuma estar).

Sinal-da-cruz
s.m. Ato que consiste em tocar com a ponta dos dedos a testa, os ombros e o peito, traçando a figura de uma cruz.

Sinalagmatico
adj. Direito Diz-se do contrato bilateral.

Sinalefa
s.f. Fonética. Junção de duas sílabas numa só, por elisão, crase ou sinérese.

Sinaleiro
s.m. Indivíduo encarregado de sinais. / Funcionário que, nas estações ferroviárias, faz sinal aos maquinistas, indicando que a linha está livre. / Bras. Semáforo.

Sinaletica
s.f. Processo de registrar sinais particulares dos criminosos para sua identificação.

Sinalizacao
s.f. Ato ou efeito de sinalizar. / Instalação, disposição, conjunto de sinais numa ferrovia, na entrada de um porto, no trânsito urbano, nas rodovias.

Sinantereas
s.f.pl. Botânica. Outro nome para a família das compostas.

Sinantropo
s.m. Hominídeo fóssil do Pleistoceno médio, de um tipo encontrado próximo de Pequim (China). (Remontaria a aprox. 500.000 anos; classificado como Homo erectus.)

Sinapico
adj. Que diz respeito à mostarda. / Nome do ácido da mostarda.

Sinapismo
s.m. Cataplasma cuja base é formada de mostarda: os sinapismos são revulsivos.

Sinapizado
adj. Diz-se de um medicamento em que se colocou farinha de mostarda: cataplasma sinapizada.

Sinapse
s.f. Anatomia. Ponto de contato entre duas células nervosas. / Fisiologia. União de cromossomos.

Sinaptico
relativo à zona de contacto entre dois neuronas (pop)

Sinarquia
s.f. Forma de governo em que vários chefes, soberanos ou técnicos, administram simultaneamente as diversas partes de um Estado. / Autoridade exercida por um grupo de pessoas.

Sinartrose
s.f. Anatomia. Articulação fixa entre dois ossos: as suturas são sinartroses.

Sincarpo
s.m. Fruto formado por um aglomerado de utrículos, como, p.ex., a amora.

Sinceridade
s.f. Qualidade daquilo que é sincero; franqueza, lisura de caráter: a sinceridade é uma virtude preciosa. / Palavras, propósitos sinceros: perdoe a minha sinceridade.

Sincero
adj. Que manifesta sinceridade, que exprime o que pensa e sente, sem disfarce ou artifício: homem sincero. / Que é dito ou feito de modo franco: pêsames sinceros. / Puro, cordial, franco, leal, verdadeiro: amigo sincero. (Antôn.: falso, hipócrita, mentiroso.)

Sincinese
s.f. Movimento involuntário que ocorre num grupo de músculos por ocasião de um movimento voluntário ou de um reflexo de outra parte do corpo.

Sincipital
adj. Relativo ao sincipúcio.

Sincipucio
s.m. Anatomia. Parte superior da cabeça. (O sentido oposto é occipúcio.)

Sinclinal
adj. Geologia Diz-se da parte côncava de uma ondulação do terreno. (Antôn.: anticlinal.)

Sincopacao
s.f. Música Ato ou efeito de sincopar.

Sincopado
adj. Gramática Diz-se da palavra a que se tirou uma ou mais letras intermediárias.

Sincopal
adj. Relativo a síncope. // Febre sincopal, paludismo intermitente caracterizado por síncopes.

Sincopar
v.t. Música Unir por síncope. / Gramática Suprimir um ou mais fonemas no interior de uma palavra. / Fig. Suprimir, diminuir, reduzir. / &151; V.i. Música Estar unido por síncope.

Sincope
s.f. Medicina Perda momentânea da consciência, acompanhada da suspensão real ou aparente da circulação e da respiração; chilique, delíquio, desmaio, faniquito, fanico. / Música Prolongamento sobre um tempo forte de uma nota emitida em tempo fraco ou na parte fraca de um tempo. (A síncope é ordinariamente representada por uma linha curva: &191; ou &186;.) / Gramática Supressão de um ou mais fonemas no interior da palavra (ex.: maior [mor]).

Sincretico
adj. Relativo ao sincretismo.

Sincretismo
s.m. Sistema filosófico ou religioso que tende a fundir numa só várias doutrinas diferentes; ecletismo. / Amálgama de concepções heterogêneas. / Psicologia Percepção global e confusa que, segundo certos psicólogos, seria a primeira percepção da criança, e da qual emergiriam em seguida objetos distintamente percebidos.

Sincretista
adj. Relativo ao sincretismo. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Partidário (a) do sincretismo.

Sincrise
s.f. O mesmo que antítese. / Reunião de duas vogais em um ditongo. / Química Ant. Coagulação de dois líquidos em mistura.

Sincrociclotron
s.m. Física. Acelerador de partículas, análogo ao cíclotron, cuja função é restabelecer o sincronismo que tende, com a velocidade, a destruir o aumento de massa das partículas. (Var.: sincrociclotron.)

Sincronia
s.f. Lingüística Conjunto de fenômenos lingüísticos considerados em determinado momento da história da língua. (Antôn.: diacronia.)

Sincronico
adj. Que se passa ao mesmo tempo; que é da mesma época; síncrono. // Quadro sincrônico, quadro que representa, em várias colunas, os fatos acontecidos ao mesmo tempo em diferentes países.

Sincronismo
s.m. Estado daquilo que é sincrônico; simultaneidade de dois ou mais fenômenos ou fatos: sincronismo de oscilação de dois pêndulos. / Coincidência de datas na história de povos diferentes.

Sincronizacao
s.f. Ação ou efeito de sincronizar. / Cin. Ato de ajustar com precisão o som e a imagem de um filme.

Sincronizador
adj. e s.m. Que, quem ou aquilo que sincroniza. / &151; S.m. Dispositivo destinado a ligar automaticamente duas instalações (redes, aparelhos etc.) quando estas se acharem em sincronismo. / Órgão do radar, destinado a regular a duração e a ordem das diferentes fases de um ciclo.

Sincronizar
v.t. Tornar sincrônico; combinar movimentos para que se dêem ao mesmo tempo. / Expor, narrar, descrever sincronicamente. / Cin. Ajustar com precisão o som à imagem do filme.

Sincrono
adj. Sincrônico. / Física. Diz-se dos movimentos que se executam ao mesmo tempo. / Eletricidade. Diz-se da máquina elétrica cuja velocidade angular é sempre igual à pulsação da corrente alternada que ela recebe ou produz, ou é um submúltiplo ou um múltiplo inteiro dessa mesma corrente.

Sincrotron
s.m. Física. Acelerador de partículas de grande potência, que participa ao mesmo tempo do cíclotron e do bétatron.

Sindactilia
s.f. Qualidade, estado de sindáctilo. / Medicina Aderência de dois ou mais dedos entre si, total ou parcialmente.

Sindactilo
adj. Zoologia Que tem os dedos colados entre si. / &151; S.m.pl. Grupo de mamíferos marsupiais que compreende os cangurus etc. / Grupo de aves que têm o dedo externo unido até a última articulação.

Sindatilia
s.f. Var. de sindactilia.

Sindatilo
adj. Var. de sindáctilo.

Sinderese
s.f. Teologia Estado de contrição; remorso. / Discrição; bom senso; faculdade de julgar corretamente.

Sinderma
s.f. Sucedâneo do couro natural, obtido através da aglomeração de fibras de couro e de borracha natural ou sintética.

Sindese
s.f. Cirurgia. Artrodese.

Sindical
adj. Que pertence a sindicato, relativo a sindicato: ação sindical; imposto sindical.

Sindicalista
adj. Relativo a sindicalismo. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que defende o sindicalismo ou milita na ação sindical.

Sindicalizacao
s.f. Ato ou efeito de sindicalizar.

Sindicalizado
adj. e s.m. Que ou quem se sindicalizou.

Sindicalizar
v.t. Organizar em sindicato: sindicalizar uma profissão. / &151; V.pr. Tornar-se sindicalizado; passar a pertencer a um sindicato.

Sindicancia
s.f. Inquérito, investigação. / Bras. Função do síndico.

Sindicante
adj. Que faz sindicância; encarregado de sindicar: a comissão parlamentar de inquérito é o órgão sindicante.

Sindicar
v.t. Fazer sindicância; tomar informações.

Sindicato
s.m. Associação de indivíduos da mesma classe ou profissão, para a defesa de interesses classistas, profissionais ou econômicos: sindicato operário; sindicato patronal. / Associação de capitalistas interessados na mesma empresa, que, para evitar a alteração de preços na venda, põem seus títulos em comum. / Pej. Especulação financeira escusa. / Função ou exercício de síndico.

Sindicatura
s.f. Emprego ou funções de síndico.

Sindico
s.m. Antigo magistrado ou procurador de comunidades, cortes etc. / Pessoa que tem a seu cargo fazer sindicâncias; sindicante. / Pessoa escolhida entre os membros de uma agremiação, de uma classe, de um condomínio, para zelar pelos interesses do grupo. / Direito Administrador de uma falência.

Sindroma
complexo mórbido, conjunto de sintomas (pop)

Sindrome
s.f. Medicina Conjunto dos sintomas que caracterizam uma doença: síndrome infecciosa, hemorrágica, tóxica. (Var.: síndroma.)

Sine die
loc. adv. lat. Expressão usada na linguagem diplomática, parlamentar ou jurídica, que significa "sem data fixada": adiar "sine die" o exame de uma questão.

Sine qua non
(loc. lat.)

Sinecura
s.f. Emprego rendoso e de pouco ou nenhum trabalho. / Emprego cujas funções não se exercem.

Sinedoque
s.f. Retórica Tropo fundado na relação de contigüidade e que consiste em tomar a parte pelo todo ("pagar tanto por cabeça", isto é "por pessoa

Sinedrio
s.m. Tribunal dos antigos judeus, em Jerusalém, composto de sacerdotes, anciãos e escribas, o qual julgava os assuntos criminais e administrativos. (Var.: sinedrim.) // Grande sinédrio, tribunal, conselho supremo com sede em Jerusalém. &151; Segundo alguns estudiosos, havia dois sinédrios. Os 23 membros do sinédrio político e civil provinham na maioria dos saduceus. Os 70 membros do sinédrio religioso, que era presidido pelo sumo sacerdote, provinham basicamente dos fariseus. Jesus foi julgado pelo sinédrio religioso. Pedro, João, Paulo e Estêvão foram levados a ele, acusados de erro religioso. Depois da queda de Jerusalém em 70, o conselho entrou em decadência e desapareceu.

Sineiro
s.m. Aquele que toca os sinos. / Fabricante de sinos. / &151; Adj. Que tem sinos: igreja sineira.

Sinerese
s.f. Fonética. Contração de duas vogais contíguas em um ditongo, i.e., transformação de um hiato em um ditongo, como costuma ocorrer nos versos.

Sinergetico
que age simultaneamente com outra coisa (pop)

Sinergia
s.f. Fisiologia. Concurso de diversos órgãos na realização de uma função. / Ação simultânea.

Sinese
s.f. Gramática Construção sintática em que se dá mais importância ao sentido do que à perfeição da forma; silepse.

Sinestesia
s.f. Psicologia Associação espontânea (e que varia segundo os indivíduos) entre sensações de natureza diferente mas que parecem estar intimamente ligadas. (P. ex.: para certas pessoas, um som determinado evoca uma cor determinada ou um perfume particular etc.) / Retórica Associação de palavras ou expressões que combinam sensações distintas numa impressão única; cruzamento de sensações. (Ex.: voz [sensação auditiva] doce [sensação gustativa] e macia [sensação tátil].)

Sineta
s.f. Zoologia Gênero de insetos coleópteros.

Sinete
s.m. Selo gravado em relevo ou em baixo-relevo com as armas ou as iniciais de quem o usa: apor seu sinete. / Marca ou sinal feito com sinete. / Fig. Marca distintiva, originalidade.

Sinfise
s.f. Anatomia. Articulação de pouca mobilidade, formada de tecido conjuntivo elástico: sínfise pubiana. / Patologia. Aderência anormal de dois folhetos de uma serosa: sínfise pleural, pericardíaca.

Sinfonia
s.f. Música Desde o séc. XVIII, composição musical para orquestra, em forma de sonata, dividida em três ou quatro partes (alegro, andante, scherzo ou minueto e final ou rondó). (Antigamente, o termo sinfonia designava uma composição para um conjunto de instrumentos.) / Concerto de instrumentos. / Fig. Toada harmoniosa, harmonia, melodia: uma sinfonia de cigarras.

Sinfonico
adj. Relativo a sinfonia; que tem caráter de sinfonia: concerto sinfônico.

Singeleza
s.f. Qualidade daquilo que é singelo; ingenuidade. / Falta de ornamentação; simplicidade.

Singelo
adj. Simples; sem ornamento. / Inocente; ingênuo. / Puro; não corrompido.

Singenese
s.f. Hipótese segundo a qual todos os seres vivos seriam originários de uma única geração.

Singnato
s.m. Zoologia Peixe marinho de corpo e cabeça muito alongados. (Compr. máx., no litoral europeu: 50 cm.)

Singradura
s.f. Náutica Ato de singrar. / Rota de um navio à vela por espaço de um dia; o caminho que ele percorre nesse espaço de tempo.

Singrafo
s.m. Documento de dívida no qual figuram as assinaturas do devedor e do credor.

Singrar
v.i. Navegar à vela; velejar. / Navegar em uma direção determinada: singrar para o porto.

Singular
adj. Individual, único, isolado. / Distinto, notável, extraordinário: aventura singular. / Excêntrico, esquisito, estranho, original: é um tipo singular. / Espantoso, assombroso:

Singularidade
s.f. Qualidade do que é singular, unicidade: a singularidade do fato. / Particularidade, excentricidade: suas singularidades chocantes.

Singularismo
s.m. Singularidade. / Mania do que é singular, excêntrico. / Mania de se tornar singular.

Singularizar
v.t. Tornar singular, distinguir, privilegiar: a barba o singulariza. / Particularizar, detalhar. / &151; V.pr. Tornar-se singular, fazer-se notar por alguma coisa fora do comum.

Sinha
s.f. Forma com que os escravos designavam a senhora, a patroa.

Sinha-moca
s.f. Pop. Senhorita. / Designação que os escravos davam à filha da patroa, isto é, da sinhá.

Sinhazinha
s.f. Diminutivo de sinhá; o mesmo que sinhá-moça.

Sinho
s.m. Pop. Senhor. / Tratamento dado pelos escravos ao senhor.

Sinho-moco
s.m. Forma empregada pelos escravos para tratarem o filho do senhor.

Sinico
adj. Relativo à China, ou aos chineses.

Sinimbu
s.m. Zoologia Nome vulgar de um réptil lacertílio da família dos iguanídeos, que chega a atingir 1 m; camaleão, iguana.

Sinistra
s.f. A mão esquerda.

Sinistrado
adj. e s.m. Que, ou o que sofreu sinistro. / Diz-se do objeto segurado que sofreu sinistro.

Sinistrar
v.i. Sofrer sinistro (um objeto de contrato de seguro).

Sinistrismo
s.m. Uso da mão esquerda com preterição da direita.

Sinistro
adj. Esquerdo: mão sinistra. / Fig. Que prenuncia desgraças, funesto: presságio sinistro. / Que inspira receio; assustador, ameaçador, aterrador, temível, apavorante: olhar sinistro. / Que indica perversidade; malvado, cruel, perverso: intenções sinistras. / Que causa o mal; pernicioso, perigoso, funesto: boatos sinistros. / Trágico, calamitoso, fúnebre: evento sinistro. // Linha sinistra, linha da mão que pressagia desgraças. / &151; S.m. Desastre (p. ex., incêndio), acontecimento trágico que acarreta grandes perdas materiais: as vítimas do sinistro. / Dano, prejuízo.

Sino
s.m. Instrumento de bronze com a forma de um vaso cônico invertido, e que produz sons mais ou menos fortes, agudos ou graves, quando nele se exerce percussão por intermédio de uma peça sólida e suspensa interiormente (badalo), a qual é movida por uma corda que a prende ou por meio de mecanismo próprio para esse fim, se não é o próprio sino que oscila e que, portanto, faz deslocar-se o badalo. / Aparelho em forma de pirâmide truncada, para serviço de mergulhadores. // Sino de correr, o que dava o toque de recolher.

Sinoartrial
adj. Relativo ao seio da duramáter e ao átrio direito do coração.

Sinodal
adj. Relativo a sínodo.

Sinodico
adj. Que emana de um sínodo; sinodal. / Astronomia. Relativo à revolução dos planetas. // Carta sinódica, carta escrita, em nome dos concílios, aos bispos ausentes. // Revolução sinódica, tempo que um planeta leva para se colocar de novo em conjunção com o Sol. / &151; S.m. Compilação das decisões sinodais.

Sinodo
s.m. Assembléia eclesiástica convocada para tratar de assuntos da diocese. / Assembléia de delegados (pastores e leigos) das paróquias protestantes.

Sinologia
s.f. Estudo da história, da língua, das instituições e dos costumes da China.

Sinologo
s.m. Especialista em sinologia.

Sinonimia
s.f. Qualidade das palavras sinônimas. / Expressão de uma idéia através de palavras sinônimas. / Estudo dos sinônimos.

Sinonimico
adj. Relativo à sinonímia ou aos sinônimos.

Sinonimo
adj. e s.m. Palavra que tem o mesmo ou aproximadamente o mesmo sentido que outra. &151; O termo provém de duas palavras gregas que significam associado e nome. Há casos em que uma palavra serve ao mesmo propósito que outra. Por exemplo, menina bela e menina bonita; matar alguém e assassinar alguém; erro evidente e erro visível. Contudo, os significados dos sinônimos nunca são exatamente iguais. Além disso, duas palavras podem ser sinônimas em um caso e não serem em outro. Por exemplo, de uma pessoa, pode-se dizer, com o mesmo sentido, que está embotada ou insensibilizada (A guerra o deixou embotado). Mas não se pode dizer que está insensibilizada a lâmina embotada de uma faca. Os sinônimos ajudam aquele que fala ou escreve a enriquecer seu vocabulário com novos sentidos e associações. Também tornam possível evitar a monotonia da repetição.

Sinople
s.f. Heráld. Esmalte de cor verde. / Mineralogia Certa variedade de quartzo.

Sinopse
s.f. Quadro sintético de uma obra literária, científica etc.; visão de conjunto; síntese, resumo, sumário, resenha.

Sinoptico
adj. Relativo a sinopse; que permite ver de um só lance de vista as diversas partes de um conjunto; resumido, sintético: quadro sinóptico. // Evangelhos sinópticos, os três evangelhos de São Mateus, São Marcos e São Lucas, que apresentam grandes semelhanças na narrativa.

Sinosteose
s.f. Anatomia. Sutura de ossos.

Sinovia
s.f. Medicina Humor transparente e viscoso que lubrifica as articulações.

Sinovial
adj. Relativo à sinóvia. // Bolsas ou sacos sinoviais, membranas em forma de saco fechado, situadas entre a pele e certas partes ósseas ou cartilaginosas.

Sinovite
s.f. Medicina Inflamação das membranas sinoviais.

Sinquise
s.f. Gramática Inversão violenta da ordem natural das palavras de uma frase, tornando-a incompreensível.

Sintagma
s.m. Lingüística Combinação de duas formas ou unidades lingüísticas elementares em que uma, funcionando como determinante, cria um elo de subordinação com outra, dita determinada: sintagma lexical, locucional, nominal, verbal, oracional etc.

Sintagmatico
adj. Relativo ao sintagma.

Sintatico
adj. Relativo à sintaxe; sintáxico: regras sintáticas. // Sistema sintático, sistema de leis que permite estudar uma linguagem puramente sob o seu aspecto formal, sem referência à significação ou ao uso que dela se faz.

Sintaxe
s.f. Gramática Parte da gramática que trata das funções das palavras na frase e das relações entre si. / Arranjo, combinação ou disposição das palavras na frase.

Sintaxico
adj. Sintático.

Sintese
s.f. Exposição genérica ou abreviada; resumo, sumário, sinopse: síntese histórica. / Lógica Método de demonstração em que se parte dos princípios para as conseqüências, das causas para os efeitos, das partes para o todo: a síntese opõe-se à análise. / Química Formação artificial de um corpo composto, a partir de seus elementos ou de compostos de fórmula mais simples: síntese do amoníaco.

Sintetase
s.f. Ligase ou lígase.

Sintetico
adj. Relativo a síntese: método sintético. / Obtido artificialmente pela síntese: borracha sintética.

Sintetismo
s.m. Técnica e estética pictórica francesa de fins da década de 1880 baseada no uso de grandes chapadas de cor com contornos vigorosamente cerrados; cloisonnisme. (Oposto à dissolução de formas do impressionismo, o sintetismo, elaborado em Pont-Aven por É. Bernard e Gauguin, influenciou especialmente os nabis e alguns pintores do simbolismo.)

Sintetizacao
s.f. Ato ou efeito de sintetizar.

Sintetizador
adj. e s.m. Aparelho eletrônico acionado por um teclado ou por potenciômetros e capaz de produzir sons a partir de sinais elétricos digitais. // Sintetizador de imagens, gerador eletrônico de imagens de televisão munido de uma memória e de um programa de funcionamento.

Sintetizar
v.t. Fazer síntese de; resumir: sintetizar uma aula.

Sintoma
s.m. Fisiologia. Fenômeno biológico acidental que revela a existência de uma afecção ou de uma lesão: sintomas de anemia. / Fig. Índice, presságio, sinal: sintomas da rebelião.

Sintomatico
adj. Relativo a sintoma; que constitui sintoma. / Que é efeito ou sintoma de alguma doença. / Fig. Que revela certo estado de coisas, um estado de espírito particular; revelador, significativo: é um lapso muito sintomático. // Doença sintomática, aquela que é sintoma de outra. // Medicina sintomática, aquela que combate os sintomas, sem tentar debelar a causa.

Sintomatologia
s.f. Parte da medicina que estuda os sintomas das doenças; semiologia.

Sintonia
s.f. Estado de dois sistemas suscetíveis de emitir e receber oscilações radioelétricas da mesma freqüência. / Qualidade de seleção dos receptores nos quais as emissões de freqüências diferentes da que corresponde à regulação do ressoador produzem um efeito mínimo. / Fig. Concomitância; reciprocidade, acordo mútuo.

Sintonizacao
s.f. Ato ou efeito de sintonizar. / Ajustamento de um radiorreceptor ao comprimento da onda proveniente do radioemissor.

Sintonizador
adj. Que sintoniza. / &151; S.m. Aparelho ou mecanismo próprio para obter-se a sintonização. / Circuito oscilante fechado, que consta de bobina e seu condensador em paralelo.

Sintonizar
v.t. Ajustar um aparelho receptor ao comprimento da onda do aparelho emissor. / Fig. Combinar; simpatizar com, entender-se bem com.

Sinuca
s.f. Variedade de jogo de bilhar inglês, em que os pontos se contam pelo número e valor das bolas que caem nas caçapas. / Situação em que, nesse jogo, a bola que se deve atingir, dita

Sinuosidade
s.f. Qualidade ou estado do que é sinuoso; tortuosidade, curva. / Dobra sinuosa, seio. / Fig. Subterfúgio, rodeio, tergiversação.

Sinuoso
adj. Que faz curvas; tortuoso, recurvado, curvo: o curso sinuoso do Tietê. / Fig. Que não é reto e claro no caráter, na fala, na argumentação, que usa de subterfúgios: é uma pessoa sinuosa.

Sinusal
relativo a uma bolsa ou cavidade, particularmente na câmara superior do coração (pop)

Sinusite
/inflamação de uma bolsa ou cavidade, especialmente dos ossos do crânio (pop)

Sinusoidal
adj. Relativo a sinusóide; senoidal. / Diz-se de um fenômeno periódico, cuja representação em função do tempo é uma sinusóide.

Sinusoide
s.f. Matemática Curva plana que representa as variações do seno quando o arco varia; senóide.

Sio
s.m. Botânica. Gênero de plantas da família das umbelíferas.

Sionista
s.m. e s.f. Partidário do sionismo. / &151; Adj. Relativo ao sionismo.

Sipai
s.m. Cavaleiro turco. / Na África do Norte, soldado ou oficial de um corpo de cavalaria e constituído por recrutamento de nativos. / Soldado hindu que servia no exército inglês na Índia.

Sipaio
s.m. Cavaleiro turco. / Na África do Norte, soldado ou oficial de um corpo de cavalaria e constituído por recrutamento de nativos. / Soldado hindu que servia no exército inglês na Índia.

Sire
s.m. Título de tratamento que se dava aos soberanos da França.

Sirena
s.f. Var. de sirene.

Sirene
s.f. Sereia. / Instrumento que emite sons agudos e estridentes, usado para dar alarma, abrir caminho no tráfego para as ambulâncias e viaturas policiais, marcar os horários nos estabelecimentos industriais, fazer sinalização de movimento de barcos etc. (Var.: sirena.)

Sirenico
adj. Relativo às sereias. / Fig. Encantador, fascinante.

Sirenideos
s.m.pl. Zoologia Nome que às vezes se dá à ordem dos sirênios.

Sirenios
s.m.pl. Zool. Nome dos mamíferos aquáticos da ordem Sirenia. Existem duas famílias: a dos dugongos e a dos peixes-bois. &151; O nome sirênio provém de uma antiga crença de marinheiros, segundo a qual os dugongos e os peixes-bois eram sereias. Os sirênios vivem em águas rasas dos mares tropicais e em lagoas, pântanos e rios. Alimentam-se de plantas aquáticas. Os sirênios tornaram-se raros porque o índice de reprodução é pequeno e o homem mata muitos deles para comer sua carne. Os zoólogos pouco sabem sobre sua origem ou seu grau de parentesco com outros mamíferos.

Sirex
s.m. Zoologia Inseto himenóptero cuja larva vive na madeira das coníferas.

Sirga
s.f. Cabo com que, da terra, se alam ou se puxam embarcações que navegam em rios ou canais. / Cabo para reboque de navios. / Ação de puxar um barco ao longo da margem por meio de corda ou cabo; sirgagem.

Sirgagem
s.f. Ação ou efeito de levar ou puxar barco com a sirga; alar ou rebocar (embarcações) por meio de sirga.

Sirgar
v.t. Levar ou puxar (barco) à sirga; alar ou rebocar (embarcações) por meio de sirga: os marinheiros sirgaram o barco.

Siri
s.m. Zoologia Bras. Nome comum a várias espécies de crustáceos decápodes portunídeos. / Pop. Um dos passos de capoeira. // Fig. Boca de siri, caluda, segredo.

Siriaco
adj. O mesmo que sírio. / &151; S.m. Língua semítica antiga, ainda usada na liturgia de certas igrejas sírias.

Sirigaita
s.f. Mulher inquieta, buliçosa, assanhada. / Mulher que se saracoteia muito.

Siringe
s.f. Música Espécie de flauta, também conhecida por flauta de Pã. / Ornitologia Órgão fonador das aves canoras, situado na traquéia.

Siringomielia
s.f. Doença do sistema nervoso na qual a destruição da substância cinzenta da medula espinhal ocasiona perda de sensibilidade à dor e à temperatura.

Sirio
adj. Da Síria; siríaco. / &151; S.m. Natural ou habitante da Síria. / Dialeto árabe da Síria.

Sirio-libanes
adj. Que diz respeito à Síria e ao Líbano.

Siroco
s.m. Vento seco e quente, carregado de poeiras, que sopra do Saara em direção à Argélia quando reinam pressões baixas no Mediterrâneo.

Sirvente
s.m. Gênero de poesia satírica medieval, de origem provençal.

Sisal
s.m. Nome dado a uma planta e às fibras que essa planta produz. &151; Com as fibras de sisal fabricam-se cordas, tapetes, cestas e outros objetos. O nome provém do antigo porto mexicano de Sisal, que exportava essa fibra.

Sismal
adj. Física. Diz-se da linha que representa a direção do abalo num tremor de terra.

Sismicidade
s.f. Caráter do que é sísmico; feição e freqüência dos sismos em determinadas regiões.

Sismico
adj. Relativo aos tremores ou abalos de terra: fenômenos sísmicos.

Sismo
s.m. Nome científico do terremoto; abalo, tremor de terra.

Sismografo
s.m. Física. Instrumento que serve para medir a intensidade das oscilações produzidas pelos tremores de terra.

Sismologia
s.f. Estudo dos tremores de terra e outros fenômenos sísmicos.

Siso
s.m. Bom senso; juízo.

Sistema
s.f. Reunião de princípios coordenados de modo a formar uma doutrina: o sistema filosófico de Descartes. / Combinação de partes que, coordenadas, concorrem para certo fim: sistema nervoso. / Forma de organização administrativa, política, social ou econômica de um Estado: sistema eleitoral francês. / Modo, forma, maneira. / Geologia. Cada um dos períodos em que se dividem as eras. / Classe de rochas de formação análoga. / História natural. Método de classificação no qual se observa uma, ou um pequeno número de características. // Matemática. Sistema de equações, conjunto de equações que ligam simultaneamente diversas variáveis. // Fís. Sistema de forças, certo número limitado de forças aplicadas a um corpo sólido. // &151; loc. adv. Por sistema, de propósito, deliberadamente, preconcebidamente. // Anatomia. Sistema linfático, conjunto dos gânglios e vasos linfáticos.

Sistematica
s.f. Classificação dos seres vivos segundo um sistema (filo, classe, ordem, família, tribo).

Sistematico
adj. Que se fundamenta num sistema: dúvida sistemática. / P. ext. Organizado, ordenado, metódico: espírito sistemático.

Sistematizacao
s.f. Ato ou efeito de sistematizar.

Sistematizar
v.t. Reunir em sistema; reduzir a um corpo de doutrina: Hegel sistematizou proposições dialéticas.

Sistemico
/que afecta o corpo de forma total; geral, generalizado (pop)

Sistilo
s.m. Arquitetura. Construção em que as colunas se separam por um intervalo de dois diâmetros ou quatro módulos.

Sistolar
adj. Relativo a sístole.

Sistole
s.f. Movimento de contração do coração e das artérias, responsável pelo impulso que faz circular o sangue. / Gramática Deslocamento de uma sílaba para a anterior. (Contr.: diástole.)

Sistolico
/relacionado com a contracção músculo cardíaco (pop)

Sistro
s.m. Antigo instrumento de música, usado pelos egípcios. (Era formado de uma lâmina metálica recurvada, presa a um cabo e atravessada de varetas móveis que soavam quando o instrumento era agitado.)

Sisudez
s.f. Qualidade daquele que é sisudo; seriedade; gravidade de maneiras. / Juízo.

Sisudo
adj. Que tem siso; que tem juízo; sensato; sério; prudente; circunspecto. / &151; S.m. Pessoa prudente, sensata, circunspecta.

Sitar
s.m. (pal. hindu) Espécie de alaúde hindu com um longo braço e cordas picadas.

Sitiado
adj. Submetido a sítio, assédio, cerco: cidade sitiada. / &151; S.m. Que se encontra na praça de guerra do sítio: os sitiantes e os sitiados.

Sitiante
s.m. e s.f. Bras. Proprietário(a) de roça ou sítio.

Sitiar
v.t. Fazer o cerco de, rodear, cercar; assediar.

Sitio
s.m. Local; lugar ocupado por um objeto; chão descoberto; terreno próprio para qualquer construção. / Localidade, povoação, aldeia. / Lugar assinalado por acontecimento notável. / Bras. Pequena lavoura; chácara, quinta. / Morada rural, campo, roça. / Pedaço de terra cedido ou arrendado a lavradores de um engenho de açúcar, mediante prestação de serviços ou partilha dos produtos.

Sitiologia
s.f. Ciência da alimentação. / Tratado ou estudo relativo aos alimentos.

Sito
adj. Situado, localizado: sito à rua Voluntários da Pátria.

Sitometro
s.m. Aparelho de medir a densidade dos cereais.

Sitosterol
s.m. O esterol mais encontradiço no reino vegetal (trigo, soja etc.).

Situacao
s.f. Maneira como um objeto está colocado; posição. / Disposição recíproca das partes de um todo. / Geografia Posição geográfica de uma cidade em relação à sua região: a situação da cidade favorecia o desenvolvimento do comércio. / Fig. Estado, condição de uma pessoa, de uma coisa: atravessa uma situação crítica. / Conjuntura, circunstância: a situação política desestimula qualquer tentativa de renovação. / Posição de um indivíduo em relação à sua profissão: situação funcional do servidor. / Momento da ação de um drama ou narrativa: situação dramática. / Estado financeiro: a situação da empresa é bastante precária. / Bras. (CE) Pequena fazenda para criação de gado.

Situar
v.t. Pôr, colocar em certo lugar: a casa está bem situada. / Dispor, assentar, construir em lugar recolhido. / Determinar o lugar certo a: situar a cidade no mapa. / &151; V.pr. Colocar-se.

Sizigia
s.f. Conjunção ou oposição de um planeta, especialmente da Lua, com o Sol. (Var.: sizígio.)

Skate
s.m. (pal. ing.) Pequena prancha dotada de quatro rodas, sobre a qual uma pessoa se desloca, executa saltos, figuras etc. / Esporte assim praticado.

Skateboard
s.m. (pal. ing.) Pequena prancha dotada de quatro rodas, sobre a qual uma pessoa se desloca, executa saltos, figuras etc. / Esporte assim praticado.

Sketch
s.m. (pal. ingl.) Teatro e Televisão Cena ou número dialogado, de curta duração e geralmente cômico.

Skinhead
s.m. e s.f. (pal. ing.) Jovem marginal que adota um comportamento de grupo agressivo, não raro xenófobo e racista, e que manifesta sua adesão às ideologias guerreiras tosando rente o cabelo (com o que procura evocar o corte regulamentar dos corpos militares de elite).

Slack
s.m. (pal. ingl.) Roupa esportiva composta de casaco e calças largas.

Slip
s.m. (pal. ing.) Sunga.

Slogan
s.m. (pal. ingl.) Frase publicitária ou de propaganda, breve e incisiva.

Slot
s.m. (pal. ing.) Informática Ranhura de inserção; conector de expansão. (Na parte externa do computador, ranhura onde se inserem os discos flexíveis; no interior do computador, conector na placa-mãe onde se podem adaptar placas de circuitos, para expandir suas características.)

Smash
s.m. (pal. ing.) Especialmente no tênis, golpe que consiste em rebater com muita força uma bola alta; cortada.

Smithonita
s.f. Carbonato natural de zinco.

Smog
s.m. (pal. ing.) Mistura de fumaça e nevoeiro que ocorre por vezes sobre concentrações urbanas e especialmente industriais.

Smoking
s.m. (pal. ingl.) Traje de cor preta constante de paletó com lapelas de seda, faixa de cintura e calças por vezes ornadas de um cadarço, que se usa à noite como roupa de meia cerimônia.

Snack-bar
s.m. (pal. ing.) Café-restaurante que serve pratos padronizados.

Snorkel
s.m. (pal. ing.) Dispositivo que permite a um submarino provido de motores Diesel navegar imerso por um longo período, graças a um tubo retrátil comprido que aflora à superfície da água e assegura a entrada de ar fresco e a evacuação dos gases produzidos. / Designação de diversos dispositivos (p. ex., os usados por mergulhadores para respirar) que lembram um snorkel em função.

So
adj. Que está sem companhia; sozinho: anda só. / Único, exclusivo: um só Deus, um só voto. / Ermo, deserto, solitário. / Desintegrado da sociedade; desajustado: é um homem só. / Simples. / &151; Adv. Apenas, unicamente, somente: falei só pelo prazer de falar. // &151; loc. adv. A sós, sem companhia, sozinho, solitário: vive a sós. / Consigo mesmo: recolheu-se a sós. //

Soada
s.f. Melodia de canção; rumor confuso de música que se escuta ao longe. / Rumor indistinto. / Boato.

Soalheira
s.f. Calor muito forte do sol; calma.

Soalheiro
adj. Exposto à ação do sol. / &151; S.m. Lugar bem banhado de sol; o mesmo que soalheira.

Soalho
s.m. Pavimento de madeira, sobrado. Var.: assoalho.

Soante
adj. Que soa, que produz som; sonante.

Soar
v.i. Emitir, produzir som; ressoar, retumbar, ecoar: soam os sinos; soam os tambores. / Fazer-se ouvir, ser pronunciado (falando-se de um fonema): o /s/ soa como /z/ quando entre vogais. / Tocar, bater, tanger, dar (horas): soaram dez horas; a campainha soou. / &151; V.t. Parecer, significar: suas palavras soam a desprezo. / Agradar, convir. // Soar a hora de, chegar o momento de: soou a hora da morte. // Soar (bem ou mal), produzir (boa, má) impressão. // Fazer soar bem alto, louvar, engrandecer.

Sob
prep. Debaixo de, por baixo de: escondi sob o tapete. / À sombra de: sob os coqueiros. / Ao abrigo de: sob a proteção da lei.

Soba
s.m. Chefe de tribo ou régulo africano.

Sobeira
s.f. Ordem de telhas que sustentam e reforçam as do beiral.

Sobejar
v.i. Sobrar; estar em demasia. / Ser excessivo.

Sobejo
adj. Farto; demasiado; inúmero. / Grande; enorme; imenso. / &151; S.m.pl. Sobras, restos. // &151; loc. adv. De sobejo, de sobra, demais, em excesso.

Soberana
s.f. Mulher que exerce o governo supremo de um Estado monárquico (rainha, imperatriz, princesa, duquesa); imperante. / Fig. Mulher que tem autoridade moral sobre outrem.

Soberania
s.f. Autoridade suprema; poder soberano. / Autoridade de um soberano. / Poder político, de que dispõe o Estado, de exercer o comando e o controle, sem submissão aos interesses de outro Estado:

Soberano
adj. Supremo, excelso; que atinge o mais alto grau: o soberano bem. / Acima de qualquer controle; absoluto: poder soberano. / Poderoso, incontestável: justiça soberana. / Fig. Altivo, arrogante, extremo: soberano desprezo. / &151; S.m. Indivíduo que, num Estado, detém a soberania. / Chefe de um Estado monárquico; monarca; rei, imperador. / Fig. Potentado, magnata: os soberanos do petróleo. / Moeda de ouro inglesa, libra esterlina.

Soberba
s.f. Elevação. / Orgulho, arrogância, presunção. / Sobranceria, altivez: falou com soberba.

Soberbia
s.f. Qualidade de soberbo; soberba exagerada.

Soberbo
adj. Que é mais alto, que está mais alto ou mais elevado que outro. / Fig. Arrogante, orgulhoso, vaidoso, presunçoso: ar soberbo. / Belo, magnífico, admirável, maravilhoso, imponente, esplêndido, sublime: um soberbo espetáculo. / &151; S.m. Pessoa orgulhosa, arrogante: Deus castiga os soberbos.

Sobestar
v.i. Estar abaixo de; ser inferior a.

Sobpor
v.t. Pôr por baixo ou embaixo; sotopor.

Sobra
s.f. Ato ou efeito de sobrar; resto, sobejo; o que fica depois de tirado o necessário: com a sobra do dinheiro do aluguel, comprei um vestido. / Abundância, fartura, superabundância: eles dispõem de alimentos, e com muita sobra, na cidade sitiada. // &151; loc. adv. De sobra, em demasia, sobejamente, à saciedade: ter dinheiro de sobra.

Sobracar
v.t. Segurar alguma coisa entre o braço e o tórax. / Levar nos braços.

Sobradado
adj. Que tem sobrado ou soalho; que tem pavimento feito de tábuas unidas. / Bras. Construído em sobrado.

Sobradao
s.m. Casarão de dois pavimentos.

Sobrado
s.m. Pavimento ou assoalho feitos de madeira. / Bras. Casa de dois pavimentos. / O pavimento superior de uma casa que tem dois deles. / Bras. (BA) Casa de senhor de engenho; casa-grande.

Sobrancaria
s.f. Qualidade ou ação daquele que é sobranceiro. / Orgulho; altivez.

Sobrancear
v.t. Ficar sobranceiro a; estar em posição mais elevada ou ser mais alto que alguém.

Sobranceiro
adj. Que está em posição mais elevada; que domina outro. / Fig. Que tem um ponto de vista superior ao dos outros. / Que tem ânimo forte para o infortúnio. / Arrogante; soberbo; altivo; desdenhoso.

Sobrancelha
s.f. Saliência arqueada, revestida de pêlos, que se dispõe acima da órbita do olho. / O conjunto dos pêlos que revestem essa região; supercílio. // Fig. Franzir (ou carregar) as sobrancelhas, manifestar descontentamento, mau humor, severidade.

Sobrar
v.i. Ser demais; sobejar, restar; ser mais do que suficiente. / Ficar de fora.

Sobre
prep. Em cima: sobre a mesa. / Acima: sobre nossas cabeças. / De encontro a; na direção de: vem sobre nós. / Do lado de, para: a janela abre sobre o jardim. / Atrás de, no encalço: correram sobre ele. / Acerca de, a respeito, relativamente a: ensaio sobre poesia. / Para, por: oito metros sobre cinco. / Entre, na proporção de: sobre cem, salvam-se dez. Além de, a mais de: sobre ser medíocre, é mentiroso. / Em nome de; por: jurar sobre a honra. // Sobre a terra, neste mundo, nesta vida. / &151; S.m. Náutica Qualquer uma das velas mais altas do navio. / Pop. Uropígio, sobrecu.

Sobre-humano
adj. Superior às forças ou às qualidades humanas: esforço sobre-humano. / Fig. Etéreo, sublime, excelso. / Fantástico, extraordinário.

Sobrecapa
s.f. Folha que se usa para proteger a capa de um livro, e na qual vêm impressos o nome do autor, o título etc., às vezes com ilustrações.

Sobrecarga
s.f. Carga excessiva; aquilo que se acrescenta à carga normal. / Fig. Excesso: sobrecarga de trabalho.

Sobrecarregar
v.t. Impor uma carga excessiva; carregar em demasia: sobrecarregar o cavalo. // Sobrecarregar de impostos, de dívidas, de trabalho, impô-los em demasia.

Sobrecarta
s.f. Carta que complementa ou modifica a primeira. / Sobrescrito. / Envelope.

Sobrecasaca
s.f. Peça do vestuário masculino que consiste em um casaco abotoado até a cintura e com abas que rodeiam o corpo.

Sobrecenho
s.m. As sobrancelhas. / Semblante carregado, carrancudo.

Sobreceu
s.m. Cobertura suspensa por cima de um leito ou pavilhão; dossel.

Sobrecilha
s.f. Tira que passa sobre a cilha, que a aperta e reforça.

Sobrecomum
adj. Gramática Diz-se do substantivo que só tem uma flexão para os dois gêneros (criança, monstro, testemunha).

Sobrecu
s.m. Pop. Protuberância que as aves têm acima da cloaca; mitra, uropígio, sobre.

Sobredito
adj. e s.m. Dito acima ou atrás; mencionado anteriormente; supradito.

Sobredourar
v.t. Dourar por cima; envolver com capa de ouro. / Fig. Lustrar; ornar; engrandecer. / Iluminar as partes mais elevadas (em se tratando do sol).

Sobreestadia
s.f. Demora extraordinária do navio no porto. / Importância paga ao armador no caso de atraso no carregamento ou descarregamento do navio.

Sobreexaltar
v.t. Exaltar muito; engrandecer; louvar enormemente.

Sobreexceder
v.t. Passar além de alguma coisa; sobreelevar-se. / Levar vantagem sobre alguém.

Sobreexcelente
adj. Que excede em excelência; que realça pela sua excelência.

Sobreexcitar
v.t. Excitar intensamente. / Interessar ou animar vivamente alguém.

Sobregata
s.f. Náutica A segunda vela redonda do mastro da gata ou mezena, e que caça por cima da gata na verga desta.

Sobregatinha
s.f. Náutica A terceira vela redonda do mastro da gata ou mezena, e que caça na verga da sobregata.

Sobregavea
s.f. Náutica Peça que fica acima da gávea.

Sobreiro
s.m. Árvore da família das fagáceas, de cujo caule se extrai a cortiça, também chamada sobro.

Sobrejacente
adj. Geologia Diz-se de rocha vulcânica. (Por opos. à rocha granítica ou subjacente.)

Sobrejoanete
s.m. Náutica Vela que fica sobre o joanete grande. / Vela que se larga sobre o joanete da proa.

Sobrejoanetinho
s.m. Náutica Vela que se larga por cima do sobrejoanete grande. / Vela que se larga por cima do sobrejoanete da proa.

Sobrelevar
v.t. Exceder em altura. / Elevar; erguer. / Vencer; suplantar. / Levar vantagem. / Sobressair, exceder. / &151; V.pr. Distinguir-se, destacar-se.

Sobreloja
s.f. Pavimento compreendido entre o rés-do-chão e o primeiro andar.

Sobremaneira
adj. Excessivamente; além da medida; muito; sobremodo; extraordinariamente.

Sobremesa
s.f. Último prato de uma refeição, composta de frutas, doces etc.

Sobrenadar
v.i. Nadar à superfície; vogar à tona da água; boiar: restos do naufrágio sobrenadavam próximos à praia.

Sobrenatural
adj. Que ultrapassa as forças da natureza; fora das leis naturais: poder sobrenatural. / Que pertence ao domínio da fé: verdades sobrenaturais. / Fig. Grande, excessivo, extraordinário: esforço sobrenatural. / &151; S.m. Aquilo que é ou tem caráter sobrenatural.

Sobrenome
s.m. Nome de família; nome que segue ao de batismo. / Apelido, alcunha.

Sobreosso
s.m. Doença das cavalgaduras, caracterizada pelo engrossamento do osso da perna e resultante de pancada ou ferida sobre o osso.

Sobrepaga
s.f. Pagamento além do estipulado; gratificação.

Sobrepairar
v.t. Pairar acima de; pairar alto; pairar além de.

Sobrepartilha
s.f. Direito Partilha adicional feita nos autos de um inventário para atingir bens em litígio.

Sobreparto
adj. Imediatamente depois do parto; após o parto. / &151; S.m. Conjunto de fenômenos pelos quais o organismo passa logo depois do parto até voltar ao normal.

Sobrepeliz
s.f. Vestimenta eclesiástica feita de tecido leve e branco, que se usa sobre a batina e desce até o meio do corpo.

Sobrepesar
v.i. O mesmo que sobrecarregar. / Causar grande pesar. / Ser demasiadamente incômodo.

Sobrepeso
s.m. Sobrecarga; peso excessivo.

Sobrepor
v.t. Pôr em cima ou por cima; superpor. / Juntar, acrescentar.

Sobreporta
s.f. Parte superior e fixa do vão das portas, geralmente envidraçada; bandeira das portas.

Sobreposto
adj. Posto em cima de. / Justaposto. / &151; S.m. Fitas, galões, enfeites colocados em vestido, em jaezes etc.

Sobrepujar
v.t. Exceder em altura; elevar-se sobre; sobrelevar. / Vencer, dominar, suplantar: sobrepujou o adversário. / Ter a primazia; levar a palma, levar vantagem: o bem público deve sobrejugar os interesses pessoais. / Sobressair, destacar-se: sobrepujar a todos em lealdade.

Sobrescrever
v.t. Escrever sobre. / Colocar sobrescrito em; sobrescritar.

Sobrescritar
v.t. Colocar o sobrescrito. / Escrever o nome do destinatário e o endereço em uma carta. / Dirigir ou destinar uma correspondência.

Sobrescrito
s.m. Invólucro de carta ou ofício onde se escreve o nome e o endereço do destinatário; envelope. / Aquilo que se escreve no envelope; endereço. / Fig. Direção, endereço, destino especial.

Sobressair
v.i. Destacar-se; estar saliente. / Sobrelevar. / Sobrepujar.

Sobressaltado
adj. Estupefato, pasmado; aflito, inquieto: está sobressaltado.

Sobressaltar
v.t. Perturbar a ponto de causar estado de pasmo e inquietude; inquietar.

Sobressalto
s.m. Movimento brusco, ocasionado por uma sensação súbita ou violenta. / Susto, tremor, inquietação: espírito em sobressalto. // Sem sobressaltos, placidamente, a sangue-frio:

Sobresselente
adj. Que excede alguma coisa. / Que é colocado em excesso, para suprir faltas. (Var.: sobressalente.)

Sobrestar
v.i. Desistir de continuar; parar, cessar, sustar, interromper até nova ordem: sobrestar a perseguição. / Estar iminente; ameaçar: parecia sobrestar um grande perigo.

Sobretaxa
s.f. Taxa suplementar ou adicional. // Sobretaxa postal, taxa suplementar exigida para um despacho mais rápido.

Sobretudo
s.m. Casacão que se veste sobre todas as outras roupas como resguardo contra a chuva ou o frio: sobretudo de lã.

Sobreveste
s.f. Peça do vestuário que se traz sobre as outras; sobretudo.

Sobrevida
s.f. Estado daquele que sobrevive a outro. / Vida futura, prolongamento da existência além da morte. / Sobrevivência.

Sobrevir
v.i. Vir ou acontecer em seguida ou depois de outra coisa. / Chegar ou acontecer inesperadamente: sobrevir um acidente.

Sobrevivencia
s.f. Ato ou efeito de sobreviver. / Aquilo que subsiste após um desaparecimento, uma perda: sobrevivência de costumes de épocas passadas.

Sobrevivente
adj. e s.m. e s.f. Que ou o que sobrevive a outro: o cônjuge sobrevivente. / Que ou aquele que escapou de morte ou ruína: os sobreviventes do desastre.

Sobreviver
v.i. Continuar a viver depois de outro; continuar existindo depois de grave perda. / Resistir, enfrentar, atravessar, escapar: sobreviveu a todas as crises.

Sobrevoar
v.t. Voar por cima de: as gaivotas sobrevoavam o navio.

Sobrevoo
s.m. Ação de sobrevoar; vôo por cima.

Sobriedade
s.f. Qualidade do que é sóbrio; temperança no comer e no beber; frugalidade. / Fig. Comedimento, parcimônia, reserva, moderação: é bom usar todas as coisas com sobriedade. / Gravidade no modo de pensar, de falar etc. / Ausência de artificialidade e complicação; naturalidade, simplicidade: a sobriedade da arte florentina.

Sobrinha-neta
s.f. Filha do sobrinho ou da sobrinha.

Sobrinho
s.m. Filho do irmão ou da irmã.

Sobrinho-neto
s.m. Filho do sobrinho ou da sobrinha.

Sobrio
adj. Moderado no comer e no beber. / Fig. Discreto, moderado, parcimonioso: é sóbrio em elogios. / Sem excesso de ornamentação, sem luxo; simples: um ambiente, um estilo sóbrio.

Sobrolho
s.m. O mesmo que sobrancelha.

Soca
s.f. Nome vulgar do rizoma ou caule subterrâneo. / Planta que produz de novo após a sega: cortar a soca da cana.

Socado
adj. Amassado, triturado. / Que levou socos. / Fig. Escondido. / Gordo e baixo; atarracado.

Socalcar
v.i. Calcar. / Pisar. / Amassar. / Fazer socalcos em.

Socalco
s.m. Plataformas cortadas nos morros, de espaço a espaço, para que formem degraus.

Socapa
s.f. Disfarce. / Dissimulação. // &151; loc. adv. À socapa, disfarçadamente, dissimuladamente.

Socar
v.t. Dar socos em, contundir, sovar. / Amassar muito, pisar, esmagar, moer: socar o café no pilão. / Calcar com soquete; apertar (a pólvora) no canhão ou no cartucho. / Náutica

Socava
s.f. Subterrâneo, cova subterrânea.

Socavao
s.m. Bras. Socava grande. / Bras. (S) Esconderijo, lapa, abrigo. / Lugar retirado.

Socavar
v.t. e v.i. Cavar por baixo de; fazer escavações em terrenos.

Sociabilidade
s.f. Qualidade do que é sociável; tendência para a vida em sociedade. / Modos de quem vive em sociedade.

Sociabilizar
v.t. Tornar sociável, reunir em sociedade; civilizar.

Social
adj. Que diz respeito à sociedade: ordem social. / Sociável. / Relativo a uma sociedade; próprio dos sócios: carteira social. / História natural Diz-se de certas plantas e animais que vivem em grupos. // Legislação social, conjunto das disposições legais que protegem os interesses dos indivíduos e dos grupos de uma coletividade organizada. // Ciências sociais, conjunto das ciências (sociologia, economia etc.) que estudam a natureza e o comportamento dos grupos humanos. // Ser social, aquele que vive em sociedade. // Psicologia social, aquela que estuda as interações entre o indivíduo e os grupos de que faz parte. // Previdência social, v. PREVIDÊNCIA.

Socialdemocracia
s.f. Denominação dos regimes ou correntes políticas socialistas em certos países, particularmente na Alemanha e na Escandinávia. / Conjunto das doutrinas, organizações e políticos que se ligam ao socialismo parlamentar e reformista.

Socialdemocrata
adj. Relativo à socialdemocracia. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Que ou quem é partidário da socialdemocracia.

Socialista
adj. Relativo ao socialismo: regime socialista. / Que professa as doutrinas do socialismo: os intelectuais socialistas. / &151; s.m. e s.f. Partidário do socialismo. // Partido socialista, nome habitual das organizações políticas que pregam o socialismo.

Socializacao
s.f. Ato ou efeito de socializar; coletivização dos meios de produção e de intercâmbio comercial. / Sociologia Desenvolvimento da consciência social, do espírito de solidariedade e cooperação nos indivíduos de uma comunidade. / Psicologia Adaptação de uma criança à vida de grupo (família, escola etc.).

Socializante
adj. Que se aproxima do socialismo. / Que põe em destaque as realidades econômicas e sociais: historiador socializante.

Socializar
v.t. Desapropriar por resgate, expropriação ou requisição certos meios de produção e de troca, bem como certos serviços em benefício da coletividade: socializar a medicina. / Tornar social; reunir em sociedade. / Psicologia Adaptar uma criança à vida do grupo.

Sociavel
adj. Nascido para viver em sociedade; que tende para a vida em sociedade: o homem é naturalmente sociável. / De convívio agradável; civilizado, urbano, afável: caráter sociável e generoso.

Sociedade
s.f. Reunião de homens, de animais, que vivem em grupos organizados; corpo social. / Conjunto de membros de uma coletividade, sujeitos às mesmas leis. / Cada um dos diversos estádios da evolução do gênero humano: sociedade primitiva, feudal, capitalista. / União de várias pessoas que acatam um estatuto ou regulamento comum: sociedade cultural. / Grêmio, associação. / Parceria. / Direito Associação de pessoas que têm algum bem em comum, com o objetivo de dividir o lucro dele auferido, e a que a lei atribui personalidade jurídica, considerando-a como proprietária do patrimônio social. // Alta sociedade, conjunto de pessoas notáveis pela sua posição social e econômica. // Sociedade anônima, sociedade de capitais em que o capital social é dividido em ações que podem ser livremente transferidas de uma pessoa para outra. / Empresa, companhia. // Sociedade em comandita, v. COMANDITA. // Sociedade civil, associação que não tem como objetivo o comércio ou fins lucrativos. // Sociedade de consumo, v. CONSUMO. // Sociedades secretas, sociedades organizadas à margem da lei e do conhecimento público, algumas de caráter religioso, outras de caráter filantrópico, outras de caráter político. // Sociedade conjugal, união dos esposos. // Sociedade de Jesus, os jesuítas. // &151; loc. adv. Em sociedade, juntamente, em comum, em companhia, de parceria.

Societario
adj. e s.m. Que ou aquele que faz parte de uma associação ou sociedade científica, literária etc.; sócio. / Com. Associado de uma empresa. / &151; Adj. Zoologia Que vive em sociedade; gregário.

Socio
s.m. Componente de qualquer sociedade. / Aquele que se associa a outro ou outros para qualquer empresa de que se espera receber lucro. / Parceiro, companheiro. / Cúmplice. / &151; Adj. Associado.

Sociobiologia
s.f. Doutrina que baseia o estudo das sociedades animais e humanas em modelos teóricos da biologia.

Sociocracia
s.f. Governo social.

Sociocratico
adj. Relativo à sociocracia.

Sociocultural
adj. Relativo à classe ou ao grupo social, bem como à cultura que os caracteriza: nível sociocultural.

Sociodrama
s.m. Psicologia social. Jogo dramático improvisado por um grupo de pessoas, a partir de um tema vagamente proposto, e com o objetivo de fazer aparecerem certas estruturas latentes do grupo.

Socioeconomico
adj. Que diz respeito à sociedade definida em termos econômicos: a evolução socioeconômica do emprego numa região. / Relativo, simultaneamente, ao social e ao econômico: o nível socioeconômico.

Sociograma
s.m. Psicologia social. Diagrama que representa a fisionomia das relações individuais entre os diferentes membros de um grupo.

Sociologia
s.f. Ciência dos fenômenos sociais, que tem por objeto quer a descrição sistemática de comportamentos sociais particulares (sociologia do trabalho, sociologia religiosa etc.), quer o estudo dos "fenômenos sociais totais", que visa a integrar todo fato social no grupo em que se manifesta, e que tem como método a observação (análise objetiva, sondagens estatísticas etc.) e a constituição de modelos descritivos de origem matemática.

Sociologico
adj. Relativo à sociologia.

Sociologismo
s.m. Tendência a reduzir tudo à sociologia ou ao social.

Sociologo
s.m. Pessoa que se ocupa com a sociologia; especialista em sociologia.

Sociometria
s.f. Estudo das relações entre os indivíduos de um mesmo grupo, e entre vários grupos dependentes entre si.

Sociometrico
adj. Relativo a sociometria: escala sociométrica.

Socioterapia
s.f. Conjunto de técnicas que visam aperfeiçoar as comunicações entre um indivíduo e seu meio a partir de situações de grupo que se ligam àquelas da dinâmica de grupo ou que resultam de atividades sociais tomadas em comum.

Soco
s.m. Bras. Nome comum a várias aves aquáticas de pescoço longo, da mesma família das garças. &151; Ocorrem da América Central até a Argentina. São em geral de cor amarelo-ferruginosa, com listras pelo corpo. Reúnem-se em grupos, junto aos rios e lagos, e permanecem quietos até o cair da tarde, quando começam a procurar os peixes de que se alimentam. São muito ariscos e no cativeiro costumam brigar com as outras aves. A maior espécie brasileira é o socó-boi, assim chamado por emitir um som que lembra um mugido. É de cor negra e cinza-azulado, com listras amarelas no peito e vermelhas no pescoço. Os socoís e os socozinhos, aves da mesma família, são muito semelhantes aos socós, porém menores.

Soco-boi
s.m. Bras. Ave da família dos ardeídeos.

Soco-ingles
s.m. Peça de metal adaptável à mão, com cinco orifícios para receber os dedos, destinada a dar ao soco maior impacto e violência.

Soco-vermelho
s.m. Bras. Ave da família dos ardeídeos.

Socobra
s.f. Soçobro.

Socobrar
v.i. Afundar, submergir nas águas: o navio que soçobra. / Fig. Cair, precipitar-se, perder-se: soçobrou no vício. / Perturbar-se, vacilar, desanimar. / Aniquilar-se, reduzir-se a nada: fortuna que soçobra. / &151; V.t. Inverter, subverter: soçobrar as instituições. / Fig. Perder, pôr em perigo: faz soçobrar a esperança.

Socobro
s.m. Ação ou efeito de soçobrar. / Naufrágio. / Perigo, sinistro.

Socorrer
v.t. Trazer auxílio ou socorro a: socorrer um agonizante. / Defender, proteger, auxiliar, ajudar: os reforços vieram socorrer a vanguarda. / &151; V.pr. Procurar auxílio, valer-se de; pedir socorro a: socorrer-se junto à religião nos momentos difíceis.

Socorrismo
s.m. Conjunto de meios, práticas e terapêuticas simples utilizadas para levar ajuda a pessoas em perigo e ministrar-lhes os primeiros socorros.

Socorrista
adj. Relativo ao socorrismo. / &151; Adj. e s.m e f. Diz-se de, ou membro de uma organização de socorro a vítimas de um acidente, uma catástrofe etc. / Diz-se de, ou pessoa capaz de praticar os métodos do socorrismo.

Socorro
s.m. Ato de socorrer; auxílio, benefício, ajutório em favor de outros, apoio, ajuda, valimento; assistência, conforto, consolo, recurso; remédio. / O que se dá para auxiliar ou socorrer alguém; esmola: socorro que chegou numa hora de aperto. // Em socorro, em auxílio, para fim de proteção: saíram em socorro dos outros. // Sociedade de socorros mútuos, sociedade instituída por meio de cotização para socorrer os sócios em casos de necessidade. // Primeiros socorros, atendimento provisório em caso de acidentes que se presta enquanto se espera o médico, ou a hospitalização da vítima.

Socovao
s.m. Subterrâneo por baixo de uma casa; socavão.

Socozinho
s.m. Pequeno socó. / Bras. Ave da família dos ardeídeos.

Socratico
adj. Relativo a Sócrates: filosofia socrática. // Método socrático, método de argumentação que consiste em contínuas perguntas e questionamento das respostas.

Soda
s.f. Química Hidróxido de sódio: soda cáustica. / Carbonato neutro de sódio: soda do comércio. / Água carregada de gás carbônico, usada como refrigerante e acompanhamento de bebidas alcoólicas. / Botânica. Planta medicinal da família das quenopodiáceas. // Bras. Gír. Pedir soda, dar-se por vencido, pedir ajuda. O mesmo que pedir louça ou pedir penico.

Sodalicio
s.m. Sociedade de pessoas que vivem juntas ou em comum. (Sin.: contubérnio.)

Sodemia
s.f. Natremia.

Sodico
adj. Relativo a soda. / Que contém sódio: sal sódico.

Sodio
s.m. Química Elemento metálico de símbolo Na, número atômico 11, massa atômica 22,9898, densidade 0,97, ponto de fusão a 98&176;C, que se encontra na natureza em estado de cloreto (sal marinho e sal-gema) e de nitrato. (Branco e mole, altera-se rapidamente ao contato do ar úmido, dando origem à soda cáustica.)

Sodomia
s.f. Perversão sexual; coito anal; pederastia.

Sodomico
adj. Que diz respeito à sodomia.

Sodomita
adj. e s.m. e s.f. Habitante ou natural de Sodoma. / &151; s.m. e s.f. Pessoa que pratica a sodomia.

Soer
v.i. Costumar, ter por hábito.

Soerguer
v.t. Erguer a pequena altura; levantar um pouco.

Soerguimento
s.m. Ato ou efeito de soerguer, de levantar um pouco.

Soez
adj. Baixo, vil, torpe, indigno: indivíduo soez.

Sofa
s.m. Assento comprido, estofado, com encosto, para mais de uma pessoa; canapé, marquesa.

Sofa-cama
s.m. Bras. Tipo de sofá dobrável que serve também de cama.

Sofisma
s.m. Raciocínio vicioso, aparentemente correto e concebido com a intenção de induzir em erro. (V. PARALOGISMO.)

Sofismar
v.t. Enganar ou lograr através de sofismas; encobrir com razões falsas. / Destorcer um assunto, dar aparências de verdade ao que é falso. / Fig. Iludir, lograr. / &151; V.i. Raciocinar por sofismas, empregar sofismas.

Sofista
s.m. e s.f. Pessoa que raciocina usando sofismas. / &151; S.m. Filósofo retórico, na Grécia antiga: Sócrates combatia os sofistas.

Sofistica
s.f. Movimento intelectual ocorrido nas cidades-estados gregas durante a segunda metade do séc. V a. C. &151; Os sofistas eram professores que iam de cidade em cidade, ensinando gramática e oratória, duas matérias vitais nas antigas democracias, como Atenas. Eles não se interessavam por pensamentos filosóficos sobre a natureza do universo físico. Ao contrário, criticavam a moral convencional e a religião, e consideravam que virtude era a capacidade de ter sucesso no mundo.

Sofisticacao
s.f. Ação de sofisticar. / Falta de naturalidade; excessiva sutileza. / Bras. Maneiras de quem é sofisticado. / Qualidade de sofisticado.

Sofisticado
adj. Falsificado, sofismado. / Bras. Rebuscado, afetado, complicado, requintado.

Sofisticar
v.t. Tornar sofisticado; sutilizar, sofismar, complicar desnecessariamente. / Alterar, falsificar, adulterar. / Requintar, complicar com afetação, com exagero.

Sofisticaria
s.f. Ato ou efeito de sofisticar. / Prática de sofisma. / Falsificação. / Bras. Afetação, falsificação.

Sofistico
adj. Da natureza do sofisma: raciocínio sofistico. / Que é dado a sofismar.

Sofito
s.m. Arquitetura. Face inferior de uma arquitrave ou cornija, provida de ornatos.

Sofomania
s.f. Afetação de sabedoria. / Mania de passar por sábio.

Sofraldar
v.t. Erguer a fralda de. / Fig. Levantar alguma coisa para descobrir o que está debaixo.

Sofre
s.m. Bras. Pássaro da família dos icterídeos, oriundo dos campos do norte. Tem a cabeça e as asas pretas e o corpo avermelhado. O mesmo que corrupião.

Sofrear
v.t. Tomar as rédeas do cavalo para mudar a marcha ou parar. / Fig. Conter, reprimir, refrear. / &151; V.pr. Fig. Conter-se, reprimir-se, comedir-se, modificar-se.

Sofrego
adj. Ávido de comer ou beber; que parece engolir o que come. / Ansioso, desejoso, ávido. / Insofrido, impaciente, apressado na realização de alguma coisa.

Sofreguidao
s.f. Qualidade de sôfrego. / Ato de comer ou beber sofregamente. / Ambição, impaciência, pressa.

Sofrer
v.i. Sentir dor física ou moral, padecer: já sofreu muito. / &151; V.t. Sentir, experimentar, passar: sofreu fome e sede. / Suportar, tolerar: não pôde sofrer tão grande decepção. / Admitir, permitir: não pode sofrer nenhum atraso. // Sofrer de, ter dores, ser atormentado por: sofre do coração.

Sofrido
adj. Que sofre com paciência. / Que já sofreu ou que sofre muito. / Sofredor. / Que revela sofrimento.

Sofrimento
s.m. Dor física ou moral; padecimento, amargura. / Desgraça, desastre.

Sofrivel
adj. Que se pode sofrer; suportável. / Acima do medíocre, quase suficiente. / Passável, admissível, tolerável.

Soft
s.m. (pal. ing.) Abrev. de software.

Software
s.m. (pal. ing.) Conjunto de instruções armazenadas em disco(s) ou em chips internos do computador que determinam os programas básicos, utilitários ou aplicativos, que ele tem para serem usados.

Soga
s.f. Corda de esparto; baraço. / Sulco ou valeta nos terrenos para escoamento ou irrigação. / Bras. (RS) Guasca para prender os animais na estaca. // Bras. Andar à soga, ser levado, andar a cabresto de; estar enamorado.

Sogra
s.f. Mãe de um dos cônjuges em relação ao outro.

Sogro
s.m. O pai de um dos cônjuges em relação ao outro.

Soi-disant
adj. (pal. fr.) Que pretende ser, que se reconhece como tal; pretenso: os "soi-disant" filósofos.

Soidao
s.f. Ant. Poética O mesmo que solidão.

Soido
s.m. Sonido, som, tom, ruído.

Soiree
s.f. (pal. fr.) Reunião social, ou de outro tipo, que ocorre à noite.

Soja
s.f. Planta da família das leguminosas-papilionáceas, originária da China. (A soja é uma erva anual, de folhas alternas, flores brancas ou violáceas, cujas vagens contêm duas sementes oleaginosas [cerca de 22% de óleo, que, refinado, pode ser usado na alimentação]. A semente, que é comestível, dá origem a numerosos produtos alimentícios [margarina, pão de soja etc.] e outros, como sabão, velas, inseticidas, desinfetantes etc. Tanto a semente quanto a planta são usadas também como forragem.) O mesmo que feijão-soja.

Sol
s.m. Música. A quinta nota musical da escala de dó. / O sinal que representa essa nota. / Primeira corda do contrabaixo; quarta corda do violino; terceira nota do violoncelo. / Tom de sol, o que se assinala na clave de sol com um sustenido em fá.

Sol-e-do
s.m. Pop. Música simples e banal, acompanhamento musical comum, sem modulações ou acordes além da tônica dominante. / Concerto de guitarras e violas. / Filarmônica ordinária.

Sol-posto
s.m. O pôr do sol; crepúsculo.

Sola
s.f. Couro de boi curtido e preparado para manufaturar o calçado. / Parte do calçado que fica em contato com o chão: sola de sapato. / Cabeçalho ou lança que por meio de gancho ou de argola se prende à charrua ou à grade para as puxar. / Fig. A planta do pé. / Bras. (RJ) Espécie de beiju de tapioca. // Gír. Entrar de sola, no jogo de futebol, lance proibido em que o jogador escora ou atinge outro com a sola da chuteira, isto é, com o pé erguido. // Não chegar às solas dos sapatos (de alguém), ser-lhe muito inferior em tudo, não lhe chegar aos calcanhares.

Solado
adj. Em que se pôs sola (calçado). / Bras. Diz-se de bolo ou de outra massa que, sob a ação do calor do forno, não cozinhou ou assou por igual, ficando endurecida ou pegajosa. / &151; S.m. Bras. Sola de calçado.

Solanaceas
s.f.pl. Botânica. Família de plantas que inclui ervas, arbustos e árvores tropicais. &151; As solanáceas crescem com mais abundância nas regiões quentes.

Solao
s.m. Bras. Sol abrasador. / Grande calor ao sol : hoje o solão estava demais na praia.

Solapa
s.f. Cova por baixo da terra, tapada de maneira que não seja vista. // À solapa, às escondidas.

Solapado
adj. Escavado, minado. / Dissimulado, oculto, disfarçado, encoberto.

Solapar
v.t. Fazer cova ou lapa em; escavar. / Minar. / Fig. Destruir sorrateiramente; abalar os fundamentos, provocar a ruína de: solapar o moral da tropa. / &151; V.pr. Esconder-se, ocultar-se.

Solar
adj. Relativo ao Sol: raio, ano solar. // Sistema solar, conjunto do Sol e dos astros que gravitam em torno dele. // Forno solar, aparelho que utiliza o calor irradiado pelo Sol para obter temperaturas elevadas. // Anatomia. Plexo solar, plexo dos sistemas simpáticos, situado entre o estômago e a coluna vertebral.

Solarengo
adj. Relativo a solar. / &151; S.m. Serviçal ou trabalhador rural que, outrora, vivia no solar de outrem.

Solarigrafo
s.m. Aparelho para medir a irradiação solar.

Solario
s.m. Lugar de um estabelecimento hospitalar ou balneário etc., onde se tratam certas afecções pela exposição à luz solar. / Lugar adaptado para banhos de sol. / Terraço das casas antigas.

Solau
s.m. Romance em verso, acompanhado por música, num ritmo e letra bem tristes.

Solavancar
v.i. Dar solavancos.

Solavanco
s.m. Movimento brusco de um veículo que avança irregularmente.

Solda
s.f. Composição metálica fusível, usada para unir entre si peças metálicas. // Solda autógena, a solda de dois metais por fusão parcial deles obtida por meio do maçarico.

Soldada
s.f. O salário de operários e criados; paga. / Salário dos tripulantes de um navio. / Fig. Recompensa, prêmio.

Soldadesca
s.f. Tropas, soldados. / Pej. Grupo de soldados indisciplinados.

Soldadesco
adj. Que diz respeito a soldados; próprio de soldados.

Soldado
s.m. Homem alistado nas fileiras do exército; praça de pré. / Qualquer militar. / Fig. Partidário, militante, campeão, paladino. / Bras. Ave icterídea; pega. / Peixe de rio. / Soldado raso, praça sem graduação. // Soldado desconhecido, soldado anônimo, morto em combate e cujo túmulo em alguns países é lugar de reverência cívica nacional em memória de todos os soldados mortos pela pátria, durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). // Soldado do fogo, bombeiro.

Soldadura
s.f. Ação ou efeito de soldar; junção de duas peças metálicas ou de certos produtos sintéticos, por meio de solda; soldagem, solda. / Parte onde se praticou a soldadura. / Tumor subcutâneo nas costelas dos cavalos.

Soldagem
s.f. Ação ou efeito de soldar; solda.

Soldanela
s.f. Botânica. Gênero de primuláceas com flores roxas, das regiões montanhosas.

Soldar
v.t. Unir, ligar com solda. / &151; V.i.. e v.pr. Ajustar-se, unir-se formando um todo: dois ossos que se soldam. / Fechar-se (ferida).

Soldo
(ô)

Soldra
s.f. Saliência na junção do osso da coxa com o da perna, nas cavalgaduras.

Solear
adj. e s.m. Ant. Diz-se de, ou um dos músculos da panturrilha.

Solecismo
s.m. Gramática Erro de sintaxe. / Fig. Falta, erro, disparate.

Soledade
s.f. Solidão, tristeza de quem se acha só; melancolia, saudade que acompanha o indivíduo que se sente só. / Lugar ermo, solitário.

Soleira
s.f. Parte inferior do vão da porta, ao nível do piso, constituída por pedra, mármore ou peça de madeira quadrilonga. / Estribo de carruagem. / Correia das esporas que passa por baixo da sola do calçado. / O mesmo que soalheira.

Solene
adj. Acompanhamento de cerimônias públicas e extraordinárias: comemoração solene. / Pomposo, majestoso, triunfal: entrada solene. / Enfático, sério, grave: tom solene. / Acompanhado de certas formalidades públicas: juramento, voto, contrato solene.

Solenidade
s.f. Festa solene: a solenidade do Natal. / Cerimônia pública, festividade solene: as solenidades do culto católico. / Formalidades que tornam importante um fato: a solenidade do juramento. / Ênfase, afetação de gravidade majestosa: falar com solenidade.

Solenizar
v.t. Tornar solene, celebrar publicamente e com pompa: a imponência solenizava o ato.

Solenoidal
adj. Relativo ao solenóide: campo solenoidal.

Solenoide
s.m. Eletricidade. Fio metálico enrolado em hélice sobre um cilindro, e que, percorrido por uma corrente, cria um campo magnético comparável ao de um ímã.

Solercia
s.f. Qualidade de solerte; habilidade de finório; astúcia, velhacaria, ardil, esperteza.

Solerte
adj. e s.m. e s.f. Que ou aquele que é sagaz, astucioso; velhaco, finório, espertalhão.

Soles
s.m. Cambão ou haste de madeira a que se atrelam duas ou mais juntas de bois.

Soletracao
s.f. Ação de soletrar. / Método que consiste em aprender a ler, tomando a letra como unidade.

Soletrar
v.t. Ler, pronunciando separada e sucessivamente as letras de uma palavra. / Ler mal, ler por alto.

Solfa
s.f. Pop. Música escrita; solfejo; arte de solfejar.

Solfar
v.t. Consertar as margens de uma folha de livro, gasta ou rota. / Aumentar as margens de uma folha de livro, pela colagem de outra.

Solfatara
s.f. Grande camada de enxofre depositada pelos vapores que saem de um vulcão em repouso. / Cratera de vulcões extintos.

Solfejar
v.t. e v.i. Cantar um trecho de música, pronunciando somente as notas.

Solfejo
s.m. Ato de solfejar. / Caderno ou livro de exercícios musicais, contendo trechos de cantos em que as dificuldades vêm graduadas.

Solha
s.f. Peixe semelhante ao linguado, mas de menor tamanho. &151; A solha européia alcança 25 a 50cm de comprimento, pesando habitualmente cerca de 0,5kg. A solha americana vive na costa leste da América do Norte. Ela pode subir os grandes rios. No Brasil, já foram encontradas solhas subindo rios em Goiás.

Solicitacao
s.f. Ação de solicitar; pedido, rogativa: atendeu à nossa solicitação. / Pedido feito com instância; pretensão, desejo.

Solicitador
adj. e s.m. Que ou aquele que solicita. / Procurador habilitado por lei para requerer os processos ou quaisquer negócios forenses de outrem. / Bras. Aquele que exercia a função de advogado sem ser diplomado.

Solicitante
adj. e s.m. e s.f. Que ou quem apresenta solicitação em juízo ou a autoridade.

Solicitar
v.t. Rogar com empenho. / Pedir com deferência: solicitou uma audiência. / Convidar, requestar. / Requerer como solicitador. / Fig. Atrair, chamar: solicitar a atenção dos espectadores.

Solicito
adj. e s.m. Que ou quem é cheio de delicadezas; cuidadoso; diligente, atencioso, prestativo.

Solicitude
s.f. Cuidado atencioso, afetuoso; zelo: solicitude materna. / Empenho, interesse, atenção: tratou o caso com solicitude.

Solidao
s.f. Estado de quem está só, retirado do mundo; isolamento: os encantos da solidão. / Ermo, lugar despovoado e não freqüentado pelas pessoas: retirar-se na solidão. / Isolamento moral, interiorização: a solidão do espírito.

Solidar
v.t. e v.pr. O mesmo que solidificar. / Consolidar, soldar. / Confirmar, corroborar.

Solidariedade
s.f. Dependência mútua entre os homens. / Sentimento que leva os homens a se auxiliarem mutuamente. / Relação mútua entre coisas dependentes. / Direito Compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas pelas outras.

Solidario
adj. Que está numa relação de auxílio mútuo: estão solidários uns com os outros. / Recíproco, interdependente: partes solidárias. / Que liga muitas pessoas, sendo cada uma responsável pela totalidade da obrigação: caução solidária. / Que é responsável, em termos de uma obrigação, pelos atos de outro: o marido fica solidário com as dívidas da esposa. // Ser, estar solidário, partilhar dos mesmos interesses, opiniões, sentimentos etc.; concordar, dar apoio: os estudantes estavam solidários com os grevistas.

Solidarismo
s.m. Doutrina social e moral baseada na solidariedade: solidarismo cristão.

Solidarizar
v.t. Tornar solidário. / &151; V.pr. Unir-se em atos de solidariedade: solidarizou-se com as vítimas.

Solideu
s.m. Pequeno barrete com que os eclesiásticos cobrem a coroa ou pouco mais. / Diz-se do iarmulque, barrete usado por todos os judeus homens durante as orações e, habitualmente, pelos ortodoxos.

Solidez
s.f. Qualidade daquilo que é sólido, firme, resistente: a solidez de uma construção, de um argumento. / Segurança, firmeza.

Solidificacao
s.f. Passagem de um corpo do estado líquido para o estado sólido. / Fig. Estabilização, consolidação.

Solidificar
v.t. Tornar sólido; fazer passar ao estado sólido; congelar: solidificar um líquido. / Fig. Tornar sólido, firme, estável: solidificar as posições conquistadas. / &151; V.pr. Fortalecer-se, tornar-se firme: o governo solidificou-se.

Solido
s.m. Mat. Figura geométrica com três dimensões: comprimento, largura e altura. &151; Alguns sólidos são denominados segundo a forma de sua superfície, como o cubo, o cilindro, o cone e a esfera. / Em física, sólido é um dos "estados" possíveis da matéria. O estado de um corpo é determinado de acordo com sua capacidade de resistir a forças que possam mudar sua forma e volume. Um sólido tem forma e volume praticamente inalteráveis.

Solidonia
s.f. Bras. Planta da família das nictagináceas.

Solifluxao
s.f. Geologia Deslocamento em massa do solo superficial encharcado de água, sob a ação do gelo ou do degelo.

Soliloquiar
v.i. Falar sozinho, em solilóquio; monologar.

Soliloquio
s.m. Discurso de uma pessoa que fala consigo mesma; monólogo.

Solimao
s.m. Pop. Nome comum do sublimado corrosivo. / Qualquer poção venenosa.

Solinhadeira
s.f. Martelo de cavouqueiro.

Solinhar
v.t. e v.i. Lavrar pedra ou madeira seguindo a linha de nível marcada. / Desbastar, limpar. / Abalar. / Destruir.

Solinho
s.m. Ato ou efeito de solinhar.

Solio
s.m. Poética Trono, assento real. / Fig. O poder real. // Sólio pontifício, a cadeira de São Pedro, o poder do papa. // Sólio estelífero, o céu.

Solipede
adj. Diz-se dos mamíferos cujos dedos estão soldados numa única peça córnea (casco), como os do cavalo; ungulado.

Solipsismo
s.m. Teoria filosófica idealista, que afirma nada existir fora do pensamento individual e que tudo aquilo que se percebe não passa de uma espécie de sonho que se tem. / Vida ou costumes de quem vive na solidão.

Solista
s.m. e s.f. Música Cantor ou instrumentista que executa um solo. / Coreogr. Bailarino que dança um solo.

Solitaria
s.f. Zoologia Espécie de helminto que se aloja nos intestinos do homem; verme intestinal, tênia. / Bras. Célula de penitenciária onde se isola o sentenciado turbulento ou perigoso.

Solitario
adj. Que está só; que gosta de viver sozinho. / Que está localizado em lugar ermo, afastado, deserto: cabana solitária. / &151; S.m. Anacoreta, monge que vive na solidão. / Anel ou jóia com uma só pedra engastada. / Vaso estreito e alto para colocar flores.

Solito
adj. Usado, habitual. (Antôn.: insólito.)

Solitude
s.f. Poética Solidão.

Solmizacao
s.f. Ato ou efeito de solmizar; solfejo. / Representação simbólica das notas através de sílabas que representam os sons, adotando-se concomitantemente uma unidade de compasso à qual se possam aplicar as sílabas, usando-as de forma que venham a identificar-se com os sons.

Solo
s.m. Música Trecho de música a ser executado por uma só pessoa ou um só instrumento. / Bailado executado por um só dançarino. / Jogo de cartas de andamento semelhante ao do voltarete. / Bras. A primeira viagem que o jovem piloto faz sozinho.

Solovox
s.m. Instrumento eletrônico provido de pequeno teclado, com registro ou sem ele, usado na execução de certas músicas populares, e que, aplicado ao piano, produz uma linha melódica insistente de sons que imita o timbre de alguns instrumentos.

Solsticial
adj. Relativo ao solstício ou aos solstícios: pontos solsticiais.

Solsticio
s.m. Astronomia. Direção do Sol no espaço quando ele aparece em seu ponto mais distante norte ou sul entre as estrelas. Os solstícios estão situados no diâmetro da eclíptica perpendicular à linha dos equinócios. &151; Dois solstícios ocorrem a cada ano. No hemisfério norte, o solstício de verão tem lugar aproximadamente em 21 de junho, e o solstício de inverno por volta de 22 de dezembro. Os solstícios são inversos no hemisfério sul.

Solta
s.f. Ato de soltar. / Peia para bestas. / Bras. Pasto de invernada. // Bras. De solta, diz-se da ave que voa livre e volta à gaiola. // &151; loc. adv. À solta, livremente, sem peias: andar à solta.

Soltar
v.t. Desatar, desprender, desligar: soltar um cabo. / Deixar escapar, deixar cair, largar de mão. / Afrouxar: soltar as rédeas. / Libertar, pôr em liberdade: soltar o preso. / Proferir, dizer, pronunciar: soltar palavrões. / Disparar, atirar, arremessar (projétil, bala): soltar foguetes. / &151; V.pr. Desatar-se, desligar-se; afrouxar. / Pôr-se em liberdade; escapar.

Solteira
adj. Diz-se da mulher que ainda não se casou. / Diz-se das fêmeas (de animais) que não têm filhos. / &151; S.f. Mulher que ainda não se casou.

Solteirao
adj. e s.m. Que ou aquele que se conserva solteiro depois da meia-idade; celibatário.

Solteiro
adj. Que não se casou. / Náutica Diz-se dos cabos disponíveis para o serviço. / &151; S.m. Homem que não se casou.

Solteirona
adj. e s.f. Diz-se da, ou a mulher que ainda não se casou, depois da meia-idade; celibatária.

Solto
adj. Que está livre, desatado, desprendido. / Posto em liberdade, que está livre de prisões. / Desafogado, desoprimido, à vontade. / Livre, dissoluto, licencioso, desordenado, descomedido, desregrado. // Poética Verso solto, verso sem rima; o mesmo que verso branco.

Soltura
s.f. Ato de soltar, de libertar quem estava preso. / Desembaraço, arrojo, descomedimento. / Dissolução, libertinagem: soltura de costumes. // Pop. Soltura de ventre, diarréia.

Solubilidade
s.f. Qualidade daquilo que é solúvel: a solubilidade varia com a temperatura.

Solubilizacao
s.f. Ato ou efeito de solubilizar ou solubilizar-se.

Solubilizar
v.t. e v.pr. Tornar ou tornar-se solúvel.

Solucao
s.f. Resolução de uma dificuldade, de um problema, resposta a uma questão. / Termo, desfecho, conclusão: o desquite foi a solução de desentendimentos crônicos. / Matemática. Indicações, método para obter o valor das incógnitas. / Sistema de valores das incógnitas, que satisfaz a uma equação ou a um conjunto de equações. / Química. Mistura líquida e homogênea de dois ou mais corpos. / Líquido que contém um corpo dissolvido: solução açucarada. / Química Dissolução. / Farmacologia. Líquido onde se dissolvem sais, extratos etc. // Solução de continuidade, interrupção, descontinuidade.

Solucar
v.i. Soltar soluços. / Fig. Bramir, sussurrar (falando-se do mar), arfar: o mar, soluçando, gemia alto. / &151; V.t. Dizer ou exprimir por entre soluços: soluçou o último adeus. / &151; S.m. Ato de soluçar: ouvia-se o soluçar das vagas.

Solucionar
v.t. Dar solução a; resolver: solucionar um problema.

Soluco
s.m. Súbita e involuntária tomada de ar, causada por uma contração espasmódica do diafragma, acompanhada de um ruído característico provocado pela passagem do ar na glote. &151; O diafragma é um músculo grande e forte, em forma de cúpula, que fica na base da cavidade torácica. Para ajudar a respiração, contrai-se e relaxa-se como um fole. Normalmente, essas contrações são ritmadas e calmas. Mas a irritação de certos órgãos próximos do diafragma ou às vezes uma doença podem causar a contração brusca do diafragma. Esse espasmo aspira o ar para os pulmões através da laringe. Esta tem lateralmente as cordas vocais, e na parte de cima a epiglote, cobertura móvel que impede a entrada de alimentos nas vias aéreas. Quando o diafragma se contrai abruptamente, a epiglote fecha a laringe. Quando o espasmo do diafragma impele o ar para a laringe, o ar choca-se fortemente com a epiglote fechada e põe em movimento as cordas vocais. Disso resulta o som do soluço que ouvimos.

Soluto
adj. Solto, dissolvido. / &151; S.m. Física e Química. Numa solução, componente cuja fração molar é muito pequena, ou muito menor que a de outro componente, denominado solvente. / Numa solução, componente cuja concentração não pode crescer muito sem provocar o aparecimento de uma nova fase no sistema. / P. ext. Substância dissolvida.

Soluvel
adj. Que se pode dissolver num líquido: o açúcar é solúvel na água. / Fig. Que pode ser resolvido: problema solúvel.

Solvabilidade
s.f. Qualidade do que é solvável. / Condição de uma pessoa que pode pagar; meio de pagar: a solvabilidade de um comerciante.

Solvatacao
s.f. Física e Química. Fenômeno de fixação de moléculas do solvente por um íon ou por uma partícula em solução.

Solvavel
adj. Que dispõe dos meios para pagar: locatário solvável. / Que se pode solver, resolver ou dissolver; solvível.

Solvencia
s.f. Ação ou efeito de solver; solvabilidade.

Solvente
adj. Que pode solver ou solve. / Que pagou ou pode pagar o que deve. / &151; S.m. Química Substância líquida que tem a propriedade de solver ou dissolver outras; o mesmo que dissolvente.

Solver
v.t. Resolver, solucionar, encontrar solução. / Pagar, tornar quite: solver uma dívida. / Dissolver.

Solvibilidade
s.f. Qualidade de solvível. / O mesmo que solvabilidade.

Solvivel
adj. Que tem com que pagar (uma dívida); solvente. / Que se pode pagar ou solver.

Som
s.m. Ruído, vibração. / Física. Movimento vibratório de um corpo sonoro, que se propaga no ambiente e impressiona o órgão da audição: som agudo, som grave. / Emissão da voz; voz. &151; Quando um corpo sonoro é tangido, suas diferentes partes experimentam imediatamente um movimento de vibração. O ar que cerca os corpos participa desse movimento e forma em volta dele ondas que atingem o ouvido. O ar é, pois, o principal veículo do som, que se propaga com uma velocidade de cerca de 340 m por segundo (em temperatura normal). Os líquidos transmitem-no com mais rapidez: a velocidade dele na água é de 1.425 m por segundo; nos sólidos, a velocidade é ainda maior. O som não se transmite no vácuo, e sua intensidade aumenta ou diminui proporcionalmente à pressão do gás que o transmite. Quando as ondas sonoras encontram um obstáculo fixo, elas se refletem. É nesta propriedade que se fundamenta a teoria do eco. Os sons perceptíveis têm uma freqüência compreendida entre 16 períodos e 15.000 períodos por segundo; os infra-sons têm uma freqüência inferior a 16, e os ultra-sons uma freqüência superior a 15.000.

Soma
s.f. Adição; resultado de uma adição aritmética ou algébrica; o número das parcelas somadas. / Certa quantia de dinheiro; quantia. / Fig. Totalidade, conjunto: a soma de todos os conhecimentos. / Fig. Grande quantidade, abundância, cópia. // Arredondar uma soma, suprimir frações ou unidades para obter uma cifra que se expressa por milhares, centenas ou dezenas. // Lógica Soma lógica, conjunto da extensão de dois ou vários conceitos. // Soma de uma série, limite da soma dos n primeiros termos dessa série, quando n tende para o infinito.

Somali
adj. Da Somália. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Natural ou habitante da Somália. / &151; S.m. Língua falada pelos somalis.

Somar
v.t. Matemática Fazer a soma de: somar as parcelas. / Importar em, ser equivalente a: somam dez ao todo. / &151; V.pr. Resumir-se, cifrar-se: soma-se em duas palavras.

Somatico
adj. Relativo ao corpo, ao soma (por opos. ao psíquico): afecção somática.

Somatizacao
s.f. Sensação de dores e sintomas físicos provenientes de distúrbios psíquicos.

Somatizar
v.t. Manifestar-se um conflito psíquico numa afecção somática.

Somatologia
s.f. Parte da medicina que se ocupa do corpo humano e especialmente das partes sólidas (os ossos, os músculos etc.).

Somatorio
s.m. Operação pela qual se faz a soma de várias quantidades; soma geral. / Fig. Totalidade, conjunto de diversos fatos e coisas; suma: somatório de todas as maldades. /

Somatotropico
adj. Que tem afinidade pelas células do corpo. // Hormônio somatotrópico, um dos hormônios da hipófise, que age sobre o crescimento; o mesmo que hormônio do crescimento.

Somatrotopina
hormona do crescimento (pop)

Sombra
s.f. Interceptação da luz por um corpo opaco: a sombra de uma árvore. / Escuridão, trevas, noite. / Pintura Cores escuras, sombrias de um desenho; sombreados. / Fig. Vestígio, leve aparência: não há sombra de dúvida. / Fig. Mácula, defeito, senão. / Fig. Alma, espírito, visão, fantasma: a sombra de Aquiles. / Fig. Pessoa que pela sua magreza parece um espectro, uma sombra. / Fig. Pessoa que acompanha ou persegue constantemente outra: é a sombra dele. / O que perdeu o brilho, o poder, a influência do que possuía: é uma sombra do que foi. / Obscurantismo, estacionamento em relação ao progresso; prevalência da tirania, do erro: esperemos que passe a sombra desses tempos. / Solidão. / Mistério, segredo. // Sombras da morte, aproximação da morte. // Sombras da noite, trevas, escuridão. // Fazer sombra a, obscurecer o merecimento de alguém com o próprio valor. // Lançar uma sombra sobre, obscurecer, diminuir a importância de. // Passar como uma sombra, ser de curta duração. // Nem por sombra(s), de modo algum; sem possibilidade. // Viver na sombra, viver na solidão, em condições humildes. // Ter medo da própria sombra, assustar-se por qualquer coisa. // Viver à sombra de (alguém), ser protegido, auxiliado por (alguém). // &151; loc. prep. À sombra de, debaixo de alguma coisa que produz sombra. / Fig. Sob a proteção de. // Fam. De má sombra, mal-encarado, taciturno. / &151; S.f.pl. Trevas, escuridão. // Sombras chinesas, espetáculo em que se apresentam silhuetas negras numa tela transparente. // Império, reino das sombras, região dos mortos.

Sombreado
adj. Coberto de sombras; que está à sombra de: um lugar sombreado. / Bs-art. Que tem distribuição de sombras: pintura sombreada; desenho sombreado. / &151; S.m.

Sombrear
v.t. Cobrir de sombra; dar sombra a: as árvores sombreiam a calçada. / Macular, manchar. / Fig. Entristecer, desgostar. / Tornar sombrio, triste, carrancudo. / Bs-art. Dar sombreado em (pinturas, desenhos etc.). / &151; V.i. Bs-art. Colocar sombras e escuros em.

Sombreiro
s.m. Chapéu, especialmente o de abas largas; o mesmo que sombrero. / Coisa que produz sombra; guarda-sol. / &151; Adj. Que dá sombra: árvores sombreiras.

Sombrejar
v.t. Cobrir de sombras; sombrear.

Sombrela
s.f. Cesto de vime, vaso de barro ou campânula de vidro usados para cobrir as plantas e resguardá-las das intempéries.

Sombrinha
s.f. Pequena sombra. / Guarda-sol próprio para mulheres. / &151; S.f.pl. Cenas de fantasmagoria; paisagens da lanterna mágica; fantoches.

Sombrio
adj. Pouco iluminado: casa sombria. / Escuro; de tonalidade cinzenta: cor sombria. / Cheio de sombras ou trevas, tenebroso: noite sombria. / Fig. Triste, melancólico, taciturno, carrancudo, severo: aparência sombria. / Fig. Desanimador, desesperador: futuro sombrio. / Fig. Lúgubre, fúnebre: desfecho sombrio. / &151; S.m. Lugar cheio de sombras, não exposto ao sol.

Someiro
s.m. Espécie de caixa que contém o fole do órgão. / Trave pequena que sustenta a grade, porta ou janela de uma sacada. / Nome de duas peças nos antigos prelos. / Pedra assente sobre coluna ou pé-direito, e que recebe a primeira aduela de uma abóbada.

Somenos
adj. Inferior, de menor valor. / Ordinário, reles; sem importância; irrelevante: coisa de somenos.

Somestesia
s.f. Fisiologia. Conjunto de percepções conscientes (especialmente tácteis) que têm origem na pele, assim como nas vísceras, músculos e articulações.

Somiticar
v.i. Bras. Fam. Mostrar-se somítico, avaro, mesquinho.

Somitico
adj. e s.m. Diz-se de, ou indivíduo extremamente avarento; sovina, miserável, unha-de-fome.

Sonambulismo
s.m. Estado dos sonâmbulos; movimentos automáticos que se manifestam durante o sono natural ou provocado.

Sonambulo
adj. e s.m. Que ou aquele que caminha, age, fala durante o sono.

Sonancia
s.f. Qualidade do que é sonante; ressonância, som. / Música, melodia.

Sonante
adj. Soante.

Sonar
s.m. Aparelho de detecção submarina, que usa os ultra-sons para localizar bombas, submarinos etc.

Sonata
s.f. Termo que designa habitualmente, desde o fim do séc. XVII, uma composição de música instrumental em três ou quatro movimentos, para um ou dois instrumentos, e cujo primeiro movimento obedece, desde a metade do séc. XVIII, a um plano determinado. &151; As sonatas comumente têm quatro movimentos, começando por um brilhante allegro. O segundo movimento é lento, rítmico e lírico (andante, adágio ou largo). O terceiro é geralmente leve e gracioso, e pode ser uma forma originalmente destinada a dança, ou um scherzo. O finale é em andamento rápido e brilhante. Sinfonias, quartetos de cordas e peças longas para solos instrumentais usam a forma sonata. O primeiro movimento da sonata é chamado forma sonata-allegro. Tem três partes designadas como exposição, desenvolvimento e recapitulação, essa última sendo quase uma repetição da exposição, porém mais curta.

Sonatina
s.f. Pequena sonata, em geral de fácil execução.

Sonda
s.f. Aparelho (prumo ou objeto análogo) para determinar a profundidade da água e a natureza do fundo do mar ou de um rio. / Aparelho empregado na perfuração de poços petrolíferos, artesianos etc. / Comércio. Vareta metálica com que os fiscais de alfândega examinam o conteúdo de volumes para verificar se há neles contrabando. / Cirurgia. Instrumento com que se fazem sondagens numa cavidade do corpo, se extraem líquidos, se evacua uma ferida. // Sonda de eco, aparelho para sondagem submarina através da emissão de um som e do correspondente eco. // Sonda espacial, engenho lançado na alta atmosfera ou no espaço interplanetário para obter dados científicos que são transmitidos à Terra pelo rádio: sondas lunares, sondas marcianas.

Sondagem
s.f. Ação ou resultado de sondar: sondagem de um terreno; sondagem de opinião. / Análise com sonda para conhecer a profundidade e a natureza da água do fundo do mar ou dos rios, a presença de cardumes etc. / Medicina Introdução, em canal natural, de uma sonda destinada a evacuar o conteúdo da cavidade, ou a estudar o calibre e a profundidade do órgão considerado. (Nesse último sentido, sinônimo de cateterismo.) / Fig. Pesquisa, investigação. // Sondagem de opinião, método de estudo do mercado ou da opinião pública, que consiste em trazer para a totalidade de uma população os resultados obtidos através da entrevista de um pequeno número de pessoas, consideradas representativas do conjunto da população. // Sondagem aerológica, determinação, por meio de um balão-sonda, da direção e da velocidade do vento em diferentes altitudes.

Sondar
v.t. Fazer sondagem; avaliar, por meio de sonda, a profundidade da água, a natureza de um terreno, o estado de uma ferida. / Investigar, inquirir, perscrutar, explorar, estudar: sondar a disposição do grupo. / &151; V.pr. Fig. Consultar-se, examinar o que se passa no interior de si mesmo. // Sondar o terreno, procurar conhecer a situação, tomar informações.

Sondareza
s.f. Corda, ou cabo, com graduações, a cuja extremidade se prende um peso ou pedaço de chumbo, para fazer sondagens submarinas.

Soneca
s.f. Fam. Sono curto; cochilo.

Sonegacao
s.f. Ação de sonegar: sonegação de impostos.

Sonegador
adj. e s.m. Que ou aquele que pratica sonegação (de imposto, taxa, informações censitárias etc.).

Sonegados
s.m.pl. Objetos de que houve sonegação.

Sonegar
v.t. Não mencionar, não relacionar nos casos em que a lei exige descrição ou menção. / Dizer que não tem, tendo. / Deixar de pagar ou contribuir, iludindo a lei: sonegar impostos. / &151; V.pr. Eximir-se ao cumprimento de alguma ordem.

Soneira
s.f. Sonolência.

Sonetista
adj. e s.m. e s.f. Que ou quem faz sonetos.

Soneto
s.m. Poema de 14 versos com forma fixa. &151; Em italiano, soneto significa pequena canção. No soneto italiano, os primeiros oito versos, dispostos em dois quartetos expõem um tema ou uma experiência. Os dois tercetos seguintes respondem ou comentam esse tema. O esquema de rimas dos quartetos é comumente abba abba (rimam entre si os versos um, quatro, cinco e oito; e os versos dois, três, seis e sete). Nos tercetos, é freqüente o esquema cde cde. Quanto à métrica, são mais usados os versos decassílabos, ou os alexandrinos.

Songamonga
s.m. e s.f. Fam. Pessoa sonsa, disfarçada. / Indivíduo moleirão, molenga.

Songbook
s.m. (pal. ing.) Livro de textos musicais e das letras correlatas (em geral de um só criador musical).

Sonhador
adj. e s.m. Que ou quem sonha. / Pessoa que alimenta seu espírito de quimeras, fantasias; devaneador, cismador. / Distraído, desligado.

Sonhar
v.i. Ter sonhos: sonhei toda a noite. / Estar distraído, pensar de maneira vaga, devanear: ele vive sonhando. / &151; V.t. Fazer castelos no ar, fantasiar, alimentar ilusões, quimeras, utopias: sonhar com o amor de uma mulher inatingível. / Desejar ardentemente; ter como ideal, idealizar, ansiar, aspirar, almejar: sonhar com um futuro melhor para a humanidade. / Supor, prever, imaginar, suspeitar: nem sonhava que pudesse estar sendo enganado.

Sonho
s.m. Associação de imagens, freqüentemente desconexas ou confusas, que se formam no espírito da pessoa enquanto dorme. / Fig. Ilusão, fantasia, devaneio, utopia: o sonho acabou. / Coisa vã, fútil, que se esvai: a vida é um sonho. / Idéia acalentada, ideal: o sonho da liberdade. / Desejo intenso e vivo. / Visão sobrenatural. / Bolo de farinha e ovos, muito fofo, e revestido de açúcar. // Parecer um sonho, ser tão extraordinário que é difícil de acreditar.

Sonia
Nome Russo - Significado: Sabedoria.

Sonico
adj. Relativo ao som; fônico.

Sonido
s.m. Som, rumor, ruído.

Sonifero
adj. e s.m. Diz-se do que, ou aquilo que provoca o sono; soporífico: droga sonífera; a papoula é um sonífero.

Soniloquo
adj. e s.m. Que ou aquele que fala dormindo.

Sono
s.m. Estado de uma pessoa cuja sensibilidade e atividade ficam suspensas; adormecimento, repouso. / Vontade, necessidade de dormir: ter sono. / Fig. Estado de inércia, de inatividade: o inverno é o sono da natureza. // Sono de chumbo (ou de pedra), sono pesado, profundo. // Sono dos justos, a bem-aventurança. // Sono eterno, a morte. // Ter o sono leve, ou pesado, acordar, ou não acordar facilmente. // Doença do sono, doença contagiosa produzida por um tripanossomo e transmitida pela picada da mosca tsé-tsé. (A doença grassa na África tropical e equatorial.) // Zoologia Sono hibernal, estado de letargia por que passam certos animais durante o inverno. // Zoologia Sono estival, entorpecimento de certos répteis durante o verão.

Sonografo
s.m. Aparelho que permite obter sonogramas.

Sonograma
s.m. Gráfico que representa os componentes acústicos (duração, freqüência, intensidade) da voz.

Sonolencia
s.f. Estado intermediário entre o sono e a vigília; modorra, torpor. / Fig. Inércia, moleza.

Sonolento
adj. Relativo à sonolência: estado sonolento. / Que provoca o sono. / Fig. Lento, vagaroso, inerte.

Sonometria
s.f. Medição de vibrações sonoras.

Sonometro
s.m. Instrumento destinado a medir os níveis de intensidade sonora.

Sonoplastia
s.f. Reconstituição artificial, no teatro, no cinema, no rádio, na televisão etc., dos ruídos que acompanham a ação.

Sonoridade
s.f. Qualidade daquilo que é sonoro. / Propriedade que têm certos corpos de emitir sons intensos: a sonoridade do bronze. / Som harmonioso; melodia: a sonoridade do violino.

Sonorizacao
s.f. Ação de sonorizar. / Fonética. Mudança de uma consoante surda em sonora; abrandamento.

Sonorizar
v.t. Tornar sonoro: sonorizar um filme. / Instalar aparelhagem de amplificação do som: sonorizar o auditório. / &151; V.pr. Fonética. Transformar-se (uma consoante surda) em sonora.

Sonoro
adj. Que produz som: corpos sonoros. / Que tem som claro e agradável: voz sonora. / Que tem boa acústica: anfiteatro sonoro. / Fig. Melodioso, harmonioso, suave ao ouvido: canto sonoro. // Fonética. Consoantes sonoras, aquelas em cuja emissão vibram as cordas vocais, por ex.: /b/, /d/, /v/.

Sonoroso
adj. Que tem som alto e agradável. / Fig. Harmonioso, melodioso.

Sonoteca
s.f. Arquivo onde são conservadas as gravações de diversos ruídos, sons e vozes, que podem ser utilizados em filmes, emissões radiofônicas, montagens teatrais etc.

Sonoterapia
s.f. Tratamento pelo sono prolongado. (É empregado principalmente em psiquiatria.)

Sonsice
s.f. Qualidade daquele que é sonso; esperteza; disfarce.

Sonso
adj. Dissimulado, disfarçado, astuto.

Sopa
s.f. Caldo com legumes, carne, massas etc., que ordinariamente constitui o primeiro prato do jantar. / Fam. Coisa fácil de ser feita. / Bras. (NE) Ônibus. // Bras. Gír. Dar sopa, dar confiança; oferecer facilidades; existir em abundância.

Sopapo
s.m. Murro, tapa, bofetão, bolacha. // Bras. A sopapo ou de sopapo, diz-se das casas rebocadas com barro que é atirado com a mão.

Sope
s.m. Falda, base de montanha, parte inferior da encosta. / Parte da rocha ou muro mais próxima do solo.

Sopear
v.t. Pôr debaixo dos pés. / Dominar, domar, vencer, sofrear, reprimir. / Embaraçar o movimento de. / Abater, rebaixar, humilhar.

Sopeira
s.f. Recipiente fundo, com tampa, para servir sopa, caldo; terrina.

Sopesar
v.t. Suspender (qualquer coisa) com as mãos para avaliar-lhe o peso. / Equilibrar pesos com as mãos; contrapesar. / Distribuir parcimoniosamente. / &151; V.pr. Ficar em equilíbrio; equilibrar-se.

Sopetear
v.t. e v.i. Embeber muitas vezes o pão em algum líquido. / Fig. Desfrutar, gozar, saborear.

Sopitado
adj. Que caiu em sonolência; adormecido. / Dominado, acalmado: desejos sopitados.

Sopitar
v.t. Adormecer. / Abrandar, acalmar. / Desalentar, debilitar, enlanguescer. / Fig. Alimentar esperanças em. / Dominar, vencer: sopitar desejos.

Sopontar
v.t. Pontilhar as palavras por debaixo.

Sopor
s.m. Modorra, sonolência; sono pesado. / Estado comatoso. / Letargia.

Soporado
adj. Atacado de sopor. / Que produz sopor.

Soporativo
adj. Que é próprio para fazer adormecer. / Fig. Enfadonho, maçante, aborrecido, fastidioso. / &151; S.m. Substância que faz dormir; soporífero.

Soporifero
adj. Que produz sono; que provoca sono por enfadamento. / Fig. Enfadonho, entediante, maçador, fastidioso, chato. / &151; S.m. Substância que faz dormir.

Soporifico
adj. Soporativo. / &151; Adj. e s.m. Diz-se de, ou medicamento destinado a provocar sono; soporífero.

Soporizar
v.t. Causar sopor a; fazer adormecer, sopitar.

Sopranino
adj. e s.m. e s.f. Música Diz-se do, ou o instrumento mais agudo da família dos saxornes, saxofones, sarrussofones etc.

Soprano
s.m. e s.f.

Soprar
v.i. Deslocar-se (o ar, o vento): a brisa sopra. / &151; V.t. Impelir o ar com a boca: soprar o fogo. / Agitar com o sopro, bafejar: soprar as folhas. / Refrescar, refrigerar com o sopro:

Sopresa
s.f. Ato de sopresar.

Sopresar
v.t. Tomar de assalto; apresar. / Embair, enganar com falsas aparências.

Soprilho
s.m. Tipo de seda muito transparente ou rala.

Sopro
s.m. Agitação do ar provocada pela boca; assopro. / Bafo, bafejo, hálito. / Vento fraco, brisa, aragem. / Medicina Som normal ou patológico produzido por certos órgãos e percebido na auscultação: sopro cardíaco, sopro cavernoso, sopro tubário. / Fig. Instigação, insinuação, influência; poder, influxo, força. (Os feiticeiros e curandeiros acreditam no poder curativo do sopro.) // Sopro vital, sopro da vida, a própria vida ou manifestação dela.

Soque
s.m. Bras. Ato de socar ou pilar.

Soquear
v.t. Socar, dar socos em.

Soqueira
s.f. Bras. O mesmo que soco-inglês.

Soquete
adj. e s.m. Diz-se de, ou meia curta que não passa do tornozelo.

Soquetear
v.t. Calcar com o soquete; socar. / Dar muitos socos.

Sorda
s.f. Sopa de pão temperada com azeite e alho. / Bras. (RS) Caldo de carne engrossado com farinha e ovos. / &151; s.m. e s.f. Fig. e Fam. Indivíduo sem energia, fraco, covarde.

Sordidez
s.f. Estado daquilo que é sórdido; imundície, sujidade. / Baixeza, vileza, indignidade: não se envergonha de sua sordidez. / Avareza sórdida.

Sordido
adj. Sujo, imundo, repugnante, asqueroso: trajes sórdidos. / Baixo, vil, torpe, corrupto: comportamento sórdido. / Mesquinho: avareza sórdida.

Sorgo
s.m. Espécie de milho, originário da África, da Índia e da China; o mesmo que milho-da-guiné e milho-sorgo.

Sorites
s.m. Lógica Raciocínio composto de uma série de proposições ligadas entre si de maneira que o predicado de uma torna-se o sujeito da seguinte, e assim até a conclusão, que tem como sujeito o sujeito da primeira e como predicado o predicado da última proposição anterior à conclusão.

Sorna
adj. Que tem preguiça. / &151; s.m. e s.f. Pessoa vagarosa ou preguiçosa. / &151; S.f. Pop. Indolência, inércia.

Sornar
v.i. Proceder com sorna, trabalhar com muito vagar; ser pachorrento.

Soro
s.m. Parte que permanece líquida após a coagulação de um fluido orgânico, especialmente o sangue. / Soro sanguíneo extraído de animais, geralmente do cavalo, inoculados com toxinas ou bactérias, cuja aplicação terapêutica produz a imunização contra determinada doença. // Soro antiamarílico, soro contra a febre amarela. // Soro antiofídico, soro contra o veneno das cobras. // Soro fisiológico, solução salina de composição determinada e isotônica do plasma sanguíneo.

Sorodiagnostico
s.m. Diagnóstico de doenças infecciosas baseado na pesquisa, no soro sanguíneo dos pacientes, de anticorpos específicos do agente infeccioso responsável pelo mal.

Sorologia
s.f. Estudo dos soros, das suas propriedades e aplicações. (Var.: serologia.)

Soronegativo
adj. e s.m. Que ou aquele que apresenta um sorodiagnóstico negativo.

Soropositividade
s.f. Caráter soropositivo.

Soropositivo
adj. e s.m. Que ou aquele que apresenta um sorodiagnóstico positivo, especialmente quanto ao vírus da AIDS.

Soror
s.f. Tratamento dado às freiras. / Correspondente feminino de frei. (Var.: sóror.)

Sororato
s.m. Etnol. Sistema em virtude do qual o homem substitui a esposa falecida pela irmã mais moça desta. / Instituição matrimonial primitiva em que uma irmã participa da vida conjugal da outra.

Sororo
s.m. Bras. Sururu, briga, rolo, distúrbio.

Sororoca
s.f. Bras. Murmúrio do moribundo, estertor. / Peixe marinho, semelhante à cavala, da família dos escombrídeos. / Bras. (NE) Onça pintada.

Soroterapia
s.f. Tratamento terapêutico mediante soros.

Sorrabar
v.t. Andar atrás de. / Fig. Adular, bajular.

Sorrateiro
adj. Que faz as coisas com manha, à calada; matreiro. // Olhar sorrateiro, olhar disfarçado, olhar oblíquo.

Sorrelfa
s.f. Disfarce para enganar; socapa, sonsice, dissimulação. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Indivíduo matreiro. / Mesquinho, avarento. // &151; loc. adv. À sorrelfa, à socapa, sorrateiramente.

Sorridente
adj. Que sorri; risonho, alegre: rosto sorridente. / Fig. Propício, prometedor, esperançoso: sorte sorridente.

Sorrir
v.i.. e v.pr. Rir sem ruído, apenas com um ligeiro movimento dos lábios e da face: sorrir maliciosamente. / Fig. Mostrar-se prometedor, ser agradável, favorável: a fortuna lhe sorri. / Zombar, mofar: sorriu de nosso amor. / Alegrar-se, mostrar-se contente e desvanecido: sorriu de satisfação.

Sorriso
s.m. Ato de sorrir; riso discreto e silencioso: sorriso comprometedor. / Fig. Expressão de amabilidade e simpatia. / Fig. Mostra de desdém, ironia ou desprezo.

Sorte
s.f. Destino, fado, fatalidade: queixar-se da sorte. / Fortuna, dita, ventura, felicidade: teve a sorte de sair ileso. / Acaso: não morreu por sorte. / Maneira de decidir qualquer coisa por acaso; sorteio: muitos magistrados de Atenas eram escolhidos por sorte. / Práticas que consistem em palavras, gestos etc., com a intenção de fazer malefícios: a sorte operou de modo fulminante. / Fig. Desgraça, infelicidade persistente, azar. / Classe, gênero, espécie, qualidade: toda sorte de animais. / Modo, maneira, arte, forma: agindo de tal sorte, vai sair-se bem. / Sortimento, variedade. / Bilhete ou senha com a declaração do prêmio que se ganhou em jogo de azar. / Porção, quinhão que toca por sorteio ou partilha. // Sorte grande, o maior prêmio da loteria. // A sorte está lançada, a decisão foi tomada. // &151; loc. conj. De sorte que, de maneira que, de modo que, de tal forma que. // &151; loc. adv. Desta sorte, assim, deste modo.

Sorteado
adj. Escolhido por sorte ou sorteio. / &151; S.m. Bras. Cidadão convocado por sorteio para o serviço militar.

Sortear
v.t. Escolher ou eleger por sorte; repartir por sorte. / Rifar. / Sortir, variar.

Sorteio
s.m. Ato de sortear, de eleger por sorte. / Rifa. / Disposição das coisas segundo a ordem de preços e qualidade.

Sortido
adj. Abastecido de todos os artigos necessários: um armazém bem sortido. / Variado em cor, qualidade, tipo etc.

Sortilegio
s.m. Malefício ou artimanhas de feiticeiro: recorrer aos sortilégios da macumba. / Trama, combinação, maquinação.

Sortilego
adj. e s.m. Que ou aquele que usa de sortilégios, faz sortilégios.

Sortimento
s.m. Coleção de mercadorias do mesmo gênero: sortimento de rendas.

Sortir
v.t. Abastecer: sortir uma loja.

Sorumbatico
adj. e s.m. Que ou aquele que é sombrio, carrancudo, tristonho, melancólico, taciturno.

Sorva
s.f. Fruto da sorveira.

Sorvado
adj. Diz-se do fruto excessivamente maduro, já meio apodrecido. (Sin.: passado.)

Sorvar
v.i. Passar do ponto máximo de sazonamento, começar a apodrecer (o fruto). (Sin.: passar.)

Sorvedouro
s.m. Redemoinho no mar ou no rio, que leva para o fundo o que nele cai; voragem. / Abismo, precipício.

Sorveira
s.f. Botânica. Árvore da família das rosáceas cujo fruto (sorva) é comestível e cuja madeira, muito dura, é usada em carpintaria. / Nome de diversas árvores da família das apocináceas que fornecem madeira muito empregada em construção civil.

Sorver
v.t. Beber aos poucos, aos sorvos: sorviam o café aos goles. / Embeber-se, impregnar-se de, absorver: a esponja sorveu todo o líquido. / Submergir, atrair para o sorvedouro, afundar. / Aspirar, inspirar: sorver o ar puro das montanhas. / Destruir, consumir, aniquilar: a guerra tudo sorve.

Sorvete
s.m. Sumo de frutas, leite ou creme preparado com açúcar, e congelado sob a forma de neve; gelado.

Sorveteira
s.f. Aparelho para fazer sorvetes. / Recipiente de metal que mantém gelados os sorvetes e os líquidos.

Sorveteiro
s.m. Indivíduo que prepara, vende ou entrega sorvetes, gelados etc.

Sorveteria
s.f. Estabelecimento próprio para fabricar e vender sorvetes. / Local em que se consomem sorvetes e outras iguarias, em mesinhas ou balcões.

Sorvo
s.m. Ação de sorver, chupar, absorver. / A porção de líquido ou ar que se toma de uma só vez; gole, trago.

Sosia
s.m. e s.f. Pessoa que se assemelha muito a outra.

Soslaio
s.m. Obliqüidade. (Usado somente na loc. adv. de soslaio, sorrateiramente, de través, de esguelha.)

Sossegado
adj. Quieto, tranqüilo.

Sossegar
v.t. Pôr sossego em; aquietar, dar descanso a. / &151; V.i.. e v.pr. Aquietar-se, descansar, serenar, tranqüilizar-se, ficar quieto ou imóvel.

Sossego
s.m. Descanso, repouso, tranqüilidade: desfrutar o sossego da paz.

Sota
s.f. Pop. A dama, nas cartas de jogar. / Ant. Folga, descanso. // Dar sota e ás, ser mais esperto que os outros. / &151; S.m. Boleeiro que vai montado no cavalo da sela. / Subalterno. /

Sota-piloto
s.m. Indivíduo que substitui o piloto; segundo piloto, co-piloto.

Sota-proa
s.m. Remador que fica junto da proa.

Sota-voga
s.m. Bras. Remador que está junto do voga.

Sotaina
s.f. Veste usada pelos padres.

Sotao
s.m. O andar ou pavimento mais alto. / Compartimento situado entre o forro e a armação do telhado, sem janela e comumente destinado a guardar objetos velhos ou de pouco uso.

Sotaque
s.m. Pronúncia peculiar a cada indivíduo, região ou nação: sotaque lusitano, sotaque nordestino.

Sotavento
s.m. Náutica A borda do barco oposta àquela de onde o vento sopra; lado oposto ao barlavento.

Soteia
s.f. Terraço no teto de casas ou torres.

Soterracao
s.f. Soterramento.

Soterrado
adj. Coberto de terra; aterrado, metido por baixo da terra.

Soterramento
s.m. Ato ou efeito de soterrar.

Soterrar
v.t. Cobrir com terra; enterrar, sepultar. / Aluir, solapar. / Fig. Assustar, confundir, causar terror. / &151; V.pr. Meter-se debaixo da terra.

Sotia
s.f. Farsa dos séc. XIV, XV e XVI, que contém sátira social ou política.

Soto-capitao
s.m. Náutica Aquele que substitui o capitão a bordo; imediato.

Soto-ministro
s.m. Frade jesuíta que superintende os que têm a seu cuidado os assuntos de cozinha, despensa e oficinas dependentes.

Sotopor
v.t. Pôr por baixo. / Fig. Pospor. / Preterir.

Soturnidade
s.f. Qualidade de soturno.

Soturno
adj. Taciturno, tristonho, silencioso. / Lúgubre, medonho. / &151; S.m. Aspecto taciturno, tristonho.

Soul music
s.f. (loc. ing.) Estilo de música popular negra norte-americana surgida nos anos 60 e originária do rhythm and blues. (Tb. se diz apenas soul.)

Soutien
s.m. (pal. fr.) Peça íntima feminina que sustenta os seios; porta-seios.

Souto
s.m. Bosque denso, mata, pequena floresta que ladeia um rio.

Sova
s.f. Ato ou efeito de sovar; surra, coça, espancamento, flagelação: o pai aplicou-lhe uma boa sova. // Levar uma sova, apanhar, ser surrado.

Sovaco
s.m. Anatomia. Axila, cavidade inferior, sob a junta do braço com o ombro. / Ant. Peça de borracha que as mulheres colocavam nas axilas para evitar a transpiração.

Sovado
adj. Usado, gasto pelo atrito. / Aquele que levou uma sova, que foi surrado ou espancado. / Diz-se da massa alimentícia que, após ser trabalhada, é batida fortemente sobre a mesa; p. ext., diz-se do pão cuja massa foi submetida a esse processo: pão sovado.

Sovaqueira
s.f. Bras. Odor de suor do sovaco. / Axila; sovaco. / Bras. (S) Ferida no sovaco do cavalo, causada pela cincha.

Sovar
v.t. Bater a massa. / Pisar a uva. / Surrar, dar pancadas em. / Bras. Tornar flexível, amaciar (especialmente o couro). / Usar, gastar com o uso. / Montar um cavalo por vários dias seguidos.

Sovela
s.f. Instrumento com que os sapateiros furam o couro para cosê-lo.

Sovelada
s.f. Ato ou efeito de sovelar. / Furo ou golpe com a sovela.

Sovelar
v.t. Furar com sovela. / Fig. Furar, perfurar.

Soveleiro
s.m. Aquele que vende ou fabrica sovelas.

Soverter
v.t. Ant. Subverter. / Bras. Fazer desaparecer; fazer sumir-se; sumir. / Soterrar. / &151; V.pr. Ant. Subverter-se. / Bras. Desaparecer, sumir(-se); levar fim.

Soveu
s.m. Bras. (S) Laço grosseiro e forte, para pegar touros.

Sovietico
adj. Que diz respeito aos sovietes. / Relativo à U.R.S.S.: a economia soviética. / &151; S.m. Cidadão da U.R.S.S.

Sovietizacao
s.f. Ação de sovietizar; bolchevização.

Sovietizar
v.t. Submeter ao regime dos sovietes; bolchevizar.

Sovina
s.f. Torno de madeira; torno bifurcado de marceneiros. / Instrumento perfurante em forma de lima. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Diz-se de, ou pessoa mesquinha, miserável, somítica. / Bras. Pop. Pão-duro, unha-de-fome, mão-de-finado.

Sovinice
s.f. Qualidade de quem é sovina; avareza, mesquinhez.

Sovkhoz
s.m. (pal. russa) Na U.R.S.S., grande fazenda-modelo do Estado, que desempenha o papel de exploração-piloto.

Sovnarkhoz
s.m. (pal. russa) Conselho encarregado da gestão da economia de uma das regiões da U.R.S.S. (A supressão dos sovnarkhozes foi decidida em 1965.)

Sozinho
adj. Que está só, solitário. / Abandonado, largado, desamparado.

Spa
s.m. Certo balneário da Bélgica. / Local de repouso e recuperação (balneário, dieta, atendimento médico etc.). (Var.: spá.)

Sparring
s.m. (pal. ing.) Nos esportes de combate, especialmente no boxe e similares, parceiro com que o pugilista treina.

Sparring-partner
s.m. (pal. ing.) Nos esportes de combate, especialmente no boxe e similares, parceiro com que o pugilista treina.

Speaker
s.m. e s.f. (pal. ing.) Locutor(a); narrador(a); apresentador(a) de programas.

Speech
s.m. (pal. ing.) Discurso; fala; comunicação.

Speos
s.m. (pal. gr.) Nome dado aos templos e túmulos subterrâneos do antigo Egito.

Sphan,
sigla da Secretaria de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, do Ministério da Cultura. Dedica-se à preservação do acervo histórico e artístico brasileiro. Criado em 1957, sobre projeto de Mário de Andrade, tem realizado valioso trabalho de restauração e tombamento de prédios antigos.

Spiritual
s.m. (pal. ing.) Canção de fundo religioso, não raro muito emotiva, que se desenvolveu especialmente entre os negros do Sul dos E.U.A.

Sportswear
s.m. (pal. ing.) Conjunto de roupas e calçados de estilo esporte.

Spot
s.m. (pal. ing.) Pequeno projetor orientável, que ilumina uma área localizada. / Publicidade Radiofonia Texto publicitário para transmissão radiofônica. /

Spotlight
s.m. (pal. ing.) Fotografia e Teatro. Feixe de luz estreito, concentrado, produzido por um refletor. / Esse refletor; spot. / Efeito provocado por essa iluminação.

Spotting
perda de sangue pela vagina (pop)

Spray
s.m. (pal. ing.) Jato de aerossol ou de líquido. / Aerossol ou líquido usado nesse jato. / Recipiente dotado de uma bomba de líquido sob pressão que projeta esse jato como uma névoa.

Spread
s.m. (pal. ing.) Economia. A diferença entre o preço pago ao produtor por um produto e o preço que o consumidor paga por ele. / A diferença, num dado período, entre o preço mais alto e o mais baixo de um produto. / Taxa que incide sobre um empréstimo, variável de acordo com o país que o solicita.

Sprinkler
s.m. (pal. ing.) Dispositivo que verte ou borrifa água, quando a temperatura ambiente sobe, dentro de uma construção (usado no combate a incêndios). / Aspersor rotativo de água usado para irrigação.

Sprint
s.m. (pal. ingl.) Esport. Aceleração do corredor ao aproximar-se do ponto de chegada. / Corrida de velocidade em curta distância.

Sprinter
s.m. (pal. ing.) Esport. Corredor de velocidade especializado em pequenas distâncias ou capaz de piques de velocidade no fim de uma longa corrida. (Tb. se usa a pal. em outros esportes, como o ciclismo.) / No turfe, cavalo corredor de curtas distâncias.

Sputinik
s.m. Satélite artificial lançado pela U.R.S.S.

Squash
s.m. (pal. ing.) Esporte praticado em recinto fechado, que opõe dois jogadores, os quais, lado a lado, batem alternadamente com sua raquete numa bola especial, fazendo-a ricochetear em até quatro paredes.

Squire
s.m. (pal. ingl.) Na Inglaterra, simples fidalgo proprietário rural. / Nos E.U.A., título dado aos juízes de paz, advogados etc. (V. ESQUIRE.)

Staccato
adv. (pal. ital.) Música Indica que, numa seqüência de notas rápidas, cada uma delas deve ser nitidamente destacada das outras. / &151; S.m. Esse modo de execução: um staccato.

Staff
s.m. (pal. ing.) Quadro dos dirigentes de uma empresa, de um organismo. / Grupo de pessoas que assessora um dirigente, um político etc. / Grupo de pessoas que trabalham em conjunto; pessoal: staff médico.

Stakhanovismo
s.m. Nos países de economia socialista, método fundamentado na iniciativa do trabalhador para aumentar o rendimento de seu trabalho.

Stakhanovista
adj. Que concerne ao stakhanovismo. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Que ou quem pratica o stakhanovismo.

Stalinismo
s.m. Conjunto das teorias e dos métodos de Stalin.

Stalinista
adj. Relativo a Stalin. / &151; s.m. e s.f. Defensor das teorias e dos métodos de Stalin.

Stand
s.m. (pal. ingl.) Lugar preparado e fechado para o tiro ao alvo com armas de fogo. / Local reservado a cada um dos participantes de uma exposição.

Stand-by
apos. e s.m.sing. e pl.. (Passageiro ou situação do passageiro) que não tem reserva confirmada num avião de linha e que só é admitido nele em caso de haver lugares sobrantes.

Standard
s.m. (pal. ingl.) Modelo, tipo, padrão, norma. / &151; Adj. Diz-se daquilo que não tem característica especial; comum.

Star
s.m. e s.f. (pal. ing.) Artista famoso de cinema; estrela, astro. / Figura famosa em qualquer outro campo de atividade; estrela, astro.

Star-system
s.m. (pal. ing.) No mundo do espetáculo, sistema centrado no prestígio dos grandes astros e estrelas.

Starlet
s.f. (pal. ing.) Jovem atriz de cinema que tenta tornar-se uma star.

Starter
s.m. Pessoa que, nas corridas ou na pista de um aeroporto, dá o sinal de partida. / Mecânica Dispositivo auxiliar do carburador que, acelerando a carburação da mistura gasosa, facilita a partida a frio de um motor a explosão.

Starting-block
s.m. (pal. ing.) Calço que facilita a partida dos corredores; bloco de partida.

Starting-gate
s.m. (pal. ing.) Equipamento que se coloca sobre a linha de partida e cujas portas se abrem automática ou simultaneamente, para dar início a um páreo de cavalos.

Status
s.m. (pal. lat.) Posição social; lugar ocupado por uma pessoa na sociedade: ter um alto status. / Prestígio, renome, consideração.

Status quo
loc. subst. (expr. lat.) Estado atual das coisas; situação inalterada, sem mudanças: manter o status quo. (Usa-se também a forma statu quo.)

Steak
s.m. (pal. ing.) Bife.

Steamer
s.m. (pal. ingl.) Navio a vapor.

Steeple-chase
s.f. (pal. ing.) Corrida de cavalos com sebes e outros obstáculos de diversas naturezas. // 3.000 m steeple, corrida a pé de 3 km numa pista dotada de uma série de obstáculos artificiais.

Stereo
apos. e s.m. (pal. ing.) Estereofônico ou estereofonia. / (Clichê) obtido por estereotipia, plastotipia etc.

Stock-car
s.m. (pal. ing.) Veículo automóvel que disputa corridas em que as fechadas e colisões são a regra. / Essa corrida.

Stokes
s.m. Unidade de medida de viscosidade cinemática (símb.: St) que vale 10&150;4 metro quadrado por segundo.

Stol
s.m. (sigla do ing. short take-off and landing) Aeronave de pouso e decolagem curtos.

Story-board
s.m. (pal. ing.) Cinema, Publicidade, Televisão Seqüência de desenhos, cada qual correspondendo a um plano, que permite, quando da preparação de um filme, visualizar a decupagem ou, no caso de anúncio ou programa, visualizar determinadas cenas descritas no roteiro. / Suporte que contém esses desenhos.

Straight flush
s.m. (loc. ing.) No jogo de pôquer, seqüência de cinco cartas do mesmo naipe.

Stress
s.m. (pal. ingl.) Conjunto das perturbações orgânicas, psíquicas, provocadas por vários agentes agressores, como o frio, uma doença infecciosa, uma emoção, um choque cirúrgico, as condições de vida muito ativa e trepidante etc./ Estrição.

Stretch
apos. e s.m. (pal. ing.) Diz-se de, ou processo de tratamento de tecidos que os torna elásticos no sentido da largura. / Tecido assim tratado: veludo stretch.

Stretto
s.m. (pal. ital.) Música Parte de uma fuga, próxima da conclusão, em que as repetições do início do tema se multiplicam e se acavalgam.

Stricto sensu
(loc. lat.)

Strip-tease
s.m. (pal. ingl.) Ação de se despir em público, com propósitos eróticos, ao ritmo lento e sugestivo de uma música de fundo ou de uma dança.

Stuka
s.m. (pal. al.) Nome dado, durante a Segunda Guerra Mundial, ao Junkers 87, bombardeiro de ataque em mergulho, da aviação alemã.

Stupa
s.m. Na Índia, monumento funerário que contém as cinzas ou relíquias de budas. (V. BUDA.)

Sua
s.f. Bras. Carne de porco localizada na parte inferior do lombo. / Espinha dorsal do porco.

Suacu
s.m. Bras. Nome de vários veados (tupi).

Suacupucu
s.m. O mesmo que veado-galheiro.

Suado
adj. Que transpirou, que está coberto de suor. / Fig. Que custou grande sacrifício; feito com muito esforço. // Dinheiro suado, dinheiro ganho com sacrifício.

Suadouro
s.m. Ação ou efeito de suar; transpiração abundante. / Medicina Sudorífero. / Coxim de lã que se põe sobre o lombo do cavalo. / Parte do lombo do cavalo sobre a qual se põe a sela. / Xairel de lã.

Suaili
adj. e s.m. Diz-se de, ou língua banto falada na África oriental. (É o idioma oficial do Quênia e da Tanzânia.) / &151; Adj. Relativo aos povos que falam essa língua.

Suar
v.i. Verter suor pelos poros da pele; transpirar. / Verter umidade; ressumar, gotejar: as paredes suam nos dias úmidos. / Fig. Custar grande esforço; matar-se de trabalho; afadigar-se: vai ter que suar muito para se defender. / Expelir à semelhança do suor: suar sangue. // &151; V.t. Ensopar de suor. // Suar a camisa, trabalhar muito, despender grande esforço.

Suarabacti
s.m. Gramática Tipo de epêntese que consiste no aparecimento de uma vogal que desune um grupo consonantal: grupa >> garupa. (Sin.: anaptixe.)

Suarda
s.f. Matéria gordurosa que impregna a lã das ovelhas; nódoa na lã por cardar. / Bras. Pop. Sujeira na gola do vestuário; sebo.

Suarento
adj. Que está suado ou coberto de suor.

Suasorio
adj. O mesmo que persuasivo.

Suastica
s.f. Antigo símbolo usado como ornamento ou emblema religioso. &151; A suástica tem a forma de uma cruz com os braços dobrados em ângulo reto e voltados para determinada direção. A suástica foi descoberta em construções bizantinas, inscrições budistas, monumentos celtas e moedas gregas.

Suave
adj. De uma doçura agradável: perfume, carinho suave. / Melodioso: música suave. / Que se faz sem esforço; pouco custoso: suaves prestações mensais.

Suavidade
s.f. Qualidade daquilo que é suave; doçura, meiguice, brandura. / Paz e sossego da alma; graça divina.

Suavizacao
s.f. Ato ou efeito de suavizar; abrandamento.

Suavizar
v.t. Tornar mais suave, mais brando; atenuar: a chuva suavizou a temperatura.

Sub-raca
s.f. Raça considerada (não cientificamente) inferior, quer do ponto de vista étnico, quer do ponto de vista econômico e social.

Sub-ramo
s.m. Categoria taxionômica entre o ramo e a classe.

Sub-repcao
s.f. Emprego de meios sub-reptícios; ato de conseguir um benefício, empregando meios ilícitos: obter um favor por sub-repção. / Subtração, furto.

Sub-repticio
adj. Conseguido por meio de sub-repção. / Diz-se de tudo que se faz furtivamente, de maneira desleal e ilícita; obtido por embuste: pacto sub-reptício.

Sub-rogacao
s.f. Ato de sub-rogar; substituição de uma pessoa ou de uma coisa por outra. / Direito Transferência das propriedades jurídicas de uma coisa para outra integrante do mesmo patrimônio.

Sub-rogado
adj. Investido na qualidade e direitos de outrem. / Transmitido por sucessão ou herança.

Sub-rogar
v.t. Pôr em lugar de alguém; substituir. / Transferir, passar a outrem. / Dir. Designar uma pessoa para preencher ou exercer os direitos de outra.

Sub-rogatorio
adj. Que sub-roga: ato sub-rogatório.

Subafluente
s.m. Afluente de afluente: o rio Aripuanã é um subafluente do Amazonas.

Subagudo
adj. Patologia Que não é completamente agudo; entre agudo e crônico: apendicite subaguda.

Subalimentacao
s.f. Alimentação insuficiente em quantidade e carente de diversos elementos indispensáveis (vitaminas, proteínas de origem animal, sais minerais).

Subalimentar
v.t. Alimentar insuficientemente.

Subalternar
v.t. Tornar subalterno, pôr em lugar ou ordem subalterna.

Subalternidade
s.f. Qualidade do que é subalterno; inferioridade, dependência, subordinação.

Subalterno
adj. e s.m. Subordinado, dependente de outrem: oficial subalterno. / &151; Adj. Inferior, secundário: emprego subalterno.

Subaquatico
adj. Que está debaixo de água.

Subaracnoide
/situado ou produzido por baixo da aracnóide (pop)

Subarbustivo
adj. Botânica. Diz-se do tronco cujos ramos secam anualmente. / Relativo a, ou próprio de subarbusto.

Subarbusto
s.m. Botânica. Planta baixa, cuja parte aérea é anual, embora lignificada, e cuja parte subterrânea, em geral mais possante, é perene, e refaz a aérea na época favorável ao crescimento. (É planta característica da vegetação campestre, submetida anualmente a uma estação seca.)

Subarrendar
v.t. Dar de arrendamento a um terceiro o que se tinha arrendado; sublocar.

Subcapsular
situado por baixo de uma cápsula (pop)

Subchefe
s.m. Funcionário imediato ao chefe.

Subchefia
s.f. Funções de subchefe. / Local onde este as exerce.

Subclavicular
adj. Anatomia. Que fica abaixo da clavícula; subclávio: artéria subclavicular.

Subclavio
adj. Subclavicular.

Subclinico
que acontece sem manifestação de sintomas (pop)

Subconjuntival
subconjuntival (pop)

Subconsciencia
s.f. Consciência obscura ou semiconsciência; subconsciente.

Subconsciente
adj. De que se tem uma consciência vaga; que se passa na subconsciência: desejos subconscientes. / &151; S.m. Psicanálise Zona do espírito intermediária entre a consciência e o inconsciente: segundo a psicanálise, certos desejos ficam recalcados em nosso subconsciente.

Subconsumo
s.m. Consumo inferior ao consumo médio ou mesmo ao consumo mínimo. / Consumo inferior às necessidades. (Os economistas modernos consideram que as crises cíclicas, ditas outrora "de superprodução", são na verdade crises de subconsumo.)

Subcutaneo
adj. Que está sob a pele: tumor subcutâneo. / Que se faz sob a pele: injeção subcutânea.

Subdelegar
v.t. Confiar a alguém a autoridade recebida por delegação. / Encarregar, enviar como subdelegado.

Subdesenvolvido
adj. Que não apresenta desenvolvimento normal. // País subdesenvolvido, país cujos habitantes têm baixo padrão de vida, em razão da insuficiência da produção agrícola e do fraco desenvolvimento da indústria (freqüentemente, neste caso, nas mãos de empresas internacionais); em geral, a situação fica agravada pelo crescimento demográfico, mais rápido que a progressão da renda nacional, distribuída, ademais, de maneira geralmente muito desigual entre as diversas camadas da população.

Subdesenvolvimento
s.m. Situação de subdesenvolvido. / Estado de um país subdesenvolvido.

Subdesertico
adj. Relativo a uma região cujas condições climáticas e biológicas são próximas das dos desertos.

Subdiaconato
s.m. A primeira das ordens maiores, na hierarquia católica; estado de subdiácono. (O subdiaconato obriga a guardar o celibato.)

Subdiacono
s.m. Clérigo que recebeu o subdiaconato.

Subdito
adj. e s.m. Súdito.

Subdividir
v.t. Dividir as partes de um todo já dividido. / &151; V.pr. Separar-se em várias divisões ou subdivisões.

Subdominante
s.f. Música Quarto grau da escala diatônica, imediatamente abaixo da dominante.

Subemenda
s.f. Emenda (a um projeto de lei) proposta a outra apresentada precedentemente.

Subemprego
s.m. Emprego não qualificado e que mal satisfaz as necessidades de sobrevivência. / Aplicação (de valores) com rendimento baixo e sem garantia: subemprego de capital. / Situação em que a mão-de-obra só encontra trabalho periodicamente ou em que o número de oportunidades não alcança o de pessoal habilitado.

Subempreitar
v.t. Passar ou receber o encargo da execução de um trabalho primitivamente assumido por um empreiteiro.

Subempreiteiro
s.m. Empreiteiro que se encarrega de executar em todo ou em parte um trabalho concedido ao empreiteiro principal.

Subentender
v.t. Não exprimir claramente; deixar entender alguma coisa sem dizê-la. / Entender por interpretação; supor, admitir mentalmente. / Gramática Não expressar as palavras que podem ser mentalmente suprimidas: subentender o verbo.

Subentendido
adj. Que se percebe, apesar de não ter sido expresso. / &151; S.m. Aquilo que se subentende: falar por subentendidos.

Subequatorial
adj. Próximo do equador, do clima equatorial.

Suber
s.m. Botânica. Tecido formado por células mortas, devido à impregnação de suas membranas celulóticas com suberina, que é impermeável.

Suberina
s.f. Substância orgânica que entra na composição da cortiça.

Suberizacao
s.f. Formação de súber ou de cortiça.

Suberizar
v.t. Transformar em cortiça. / &151; V.i. Adquirir aspecto de cortiça.

Suberoso
adj. Que tem a consistência da cortiça. / Que é da natureza do súber, ou próprio dele: célula suberosa.

Subespecie
s.f. Divisão de uma espécie. / Biologia. Categoria taxionômica em que se divide a espécie quando esta comporta mais de um tipo definido.

Subestacao
s.f. Eletricidade. Conjunto dos aparelhos de transformação ou de distribuição, reunidos numa construção ou ao ar livre, e destinados à alimentação de uma rede elétrica.

Subestimar
v.t. Bras. Não dar o devido valor ou apreço; desdenhar: subestimar a inteligência da criança.

Subexpor
v.t. Expor insuficientemente, p.ex., uma emulsão fotográfica.

Subexposicao
s.f. Fotografia. Ato ou efeito de subexpor.

Subface
s.f. Parte inferior da cabeça de um inseto.

Subfamilia
s.f. Subdivisão de uma família botânica ou zoológica, que agrupa gêneros de maiores afinidades.

Subfaturamento
s.m. Burla fiscal que se caracteriza pela diferença entre o preço cobrado na fatura e aquele que fora ajustado, sendo a compensação feita por pagamento à parte e fora da escrita comercial de ambos os participantes da transação.

Subfaturar
v.t. Efetuar subfaturamento de.

Subgrupo
s.m. Subdivisão de um grupo. / Matemática Num grupo, subconjunto que, pela lei de composição do grupo, possui também a estrutura do grupo.

Subida
s.f. Ação de subir. / Caminho pelo qual se galga o alto de uma elevação: a subida de uma colina. / Trajetória de um avião, de um foguete que se eleva: a subida do jato. //

Subido
adj. Alto, elevado, eminente. / Sublime. / Excessivo, imenso: subida honra.

Subir
v.i. Transportar-se para um plano mais elevado: os hóspedes subiram para o quarto; os meninos amigos subiram à árvore. / Aumentar em altura, crescer de nível: durante a noite as águas subiram dois metros. / Ir para cima, elevar-se: o terreno, aqui, sobe muito. / Passar do grave ao agudo: a voz subia em tons e meios-tons. / Fig. Apresentar avanços, progressos: ele tem subido muito na vida. / Alcançar taxas ou preços mais elevados: o preço dos alimentos subiu muito. / Assomar a um lugar preeminente: o orador subiu à tribuna. / Alastrar-se para cima: assim como a seiva, as parasitas sobem pelos ramos. / Estar muito alto ou elevado: os tetos subiam a grande altura. / Seguir os devidos trâmites até chegar a uma autoridade ou repartição superior: o papel subiu a despacho do ministro. // Subir ao trono, tornar-se rei, receber o poder. // Subir ao cadafalso, morrer no cadafalso, na forca. // Subir à cabeça, perturbar-se, embriagar-se (diz-se geralmente das bebidas alcoólicas: o vinho subiu-lhe à cabeça). // Subir ao céu, morrer na graça de Deus. / &151; V.t. Galgar: rápido, o homem subiu a escada.

Subitaneidade
s.f. Caráter daquilo que é subitâneo, inesperado: a subitaneidade do ataque.

Subitaneo
adj. Repentino, rápido, inesperado, súbito.

Subito
adj. Subitâneo, repentino, inesperado: mudança súbita. / &151; S.m. Acontecimento inesperado; repente. / &151; Adv. Subitamente, repentinamente. // &151; loc. adv. De súbito, subitamente, repentinamente.

Subjacente
adj. Que está debaixo de outro: músculos subjacentes. / Que não se manifesta claramente: idéias subjacentes. / Geologia Diz-se de rocha granítica (por opos. a

Subjectivo
/subjectivo; reacção específica, pessoal (pop)

Subjetivar
v.t. Filosofia. Tornar subjetivo, ter como subjetivo, atribuir exclusivamente ao sujeito.

Subjetividade
s.f. Estado, caráter daquilo que é subjetivo.

Subjetivismo
s.m. Filosofia. Sistema filosófico que só admite a realidade do sujeito pensante. / Propensão para o que é subjetivo; tendência a considerar e avaliar as coisas de um ponto de vista meramente pessoal; individualismo: há muito subjetivismo no que faz.

Subjetivista
adj. Relativo ao subjetivismo. / &151; s.m. e s.f. Partidário do subjetivismo.

Subjetivo
adj. Que diz respeito ao sujeito. / Que se passa no íntimo do sujeito pensante (por opos. a objetivo, que diz respeito ao objeto pensado). / Que varia de acordo com o julgamento, os sentimentos, os hábitos etc. de cada um; individual: o gosto é subjetivo. / &151; S.m. Aquilo que é subjetivo.

Subjugar
v.t. Ter sob domínio: subjugar uma nação. / Dominar, conquistar, vencer. / &151; V.pr. Dominar-se, conter-se.

Subjuntiva
adj. e s.f. Gramática Diz-se da, ou a segunda vogal de um ditongo; pospositiva.

Subjuntivo
adj. e s.m. Gramática Diz-se do, ou o modo verbal, característico das orações subordinadas, que exprime dúvida, hipótese.

Sublegenda
s.f. Recurso eleitoral que permite que um partido político apresente mais de uma lista de candidatos a cargos eletivos, computando-se os votos a eles dados para a legenda partidária.

Sublevacao
s.f. Ação ou efeito de sublevar; movimento de revolta; rebelião, insurreição. / Fig. Movimento, agitação interior: a sublevação de todo o meu ser.

Sublevar
v.t. Levantar de baixo para cima. / Incitar à revolta; insurrecionar: sublevar as massas. / &151; V.pr. Amotinar-se, rebelar-se, revoltar-se.

Sublimacao
s.f. Processo pelo qual uma substância sólida se transforma em um gás, ou vapor, sem passar pelo estado líquido. &151; Existem substâncias, como o iodo, o arsênico, a cânfora e o gelo seco, que passam diretamente para o estado gasoso sem fundir-se. Diz-se que estas substâncias sublimam-se. O iodo sólido transforma-se diretamente em vapor, quando aquecido, sem passar pelo estado líquido. Quando o vapor é esfriado, o iodo transforma-se de novo em cristais. Esta mudança de vapor novamente para sólido é também parte da sublimação.

Sublimado
adj. Tornado sublime; exaltado, elevado. / Fig. Purificado, depurado: paixões sublimadas. / &151; S.m. Química Corpo volatilizado e recolhido no estado sólido. //

Sublimar
v.t. Tornar sublime; exaltar, engrandecer: a arte permite sublimar as paixões. / Fig. Purificar, expurgar de toda imperfeição ou impureza: sublimar os sentimentos. / Química Fazer passar diretamente do estado sólido ao estado gasoso. / Psicanálise Realizar a sublimação.

Sublime
adj. Elevado acima de todos; muito alto; excelso; grandioso, extraordinário, majestoso: eloqüência sublime. / Excelente, nobre em seus atos, palavras ou escritos: ser sublime no devotamento. / Agradável, encantador, que inspira sentimentos nobres: naquela sublime solidão. / &151; S.m. Caráter do que é sublime; estilo elevado nas obras de arte.

Sublimidade
s.f. Caráter ou qualidade daquilo que é sublime; excelência, perfeição, grandiosidade: a sublimidade do estilo.

Subliminal
adj. Subliminar.

Subliminar
adj. Psicol. Termo que se refere aos estímulos que se apresentam tão fracos ou que duram tão pouco que a pessoa não se apercebe deles. &151; Tais estímulos são ditos subliminares. O nível da consciência varia de pessoa para pessoa e de momento para momento, até na mesma pessoa. Os psicólogos têm-se preocupado em determinar se os estímulos subliminares podem influenciar as pessoas, talvez através do inconsciente. Os estímulos subliminares têm sido utilizados no campo da propaganda.

Sublinear
adj. Que se escreve por debaixo das linhas; interlinear.

Sublingual
adj. Anatomia. Sob a língua: as glândulas sublinguais produzem uma saliva muito viscosa.

Sublinha
s.f. Linha que se traça por baixo de uma palavra ou frase.

Sublinhar
v.t. Passar um traço, uma linha por baixo de: sublinhar uma palavra. / Fig. Chamar a atenção para alguma coisa, através de uma inflexão especial da voz ou outro meio qualquer; acentuar, enfatizar: é inútil sublinhar aquilo que você não quer ouvir.

Subliterato
s.m. Bras. O que faz subliteratura; pretenso literato.

Subliteratura
s.f. Bras. Literatura sem valor, reles; falsa literatura, literatice.

Sublocacao
s.f. Ação de sublocar; subaluguel.

Sublocador
s.m. Aquele que subloca cômodos, geralmente mobiliados.

Sublocar
v.t. Alugar a terceiro (casa, apartamento etc., de que se é locatário); subalugar.

Sublocatario
s.m. Pessoa que recebe por sublocação.

Sublunar
adj. Astronomia. Que está entre a Terra e a órbita da Lua: região sublunar. // Mundo sublunar, a Terra e a atmosfera terrestre.

Submarinista
s.m. e s.f. Tripulante de um submarino. / Bras. Esportista que se dedica à pesca submarina.

Submarino
adj. Que existe no fundo do mar: vegetação submarina, vulcão submarino. / Que se realiza por baixo do mar: navegação, guerra submarina. // Caça submarina, esporte que consiste em mergulhar, seguir a nado o peixe e atacá-lo com arpão. / &151; S.m. Navio de guerra construído para navegar e combater debaixo da água; submersível: o primeiro submarino a propulsão nuclear entrou em serviço nos Estados Unidos em 1955.

Submaxilar
adj. Anatomia. Situado debaixo do maxilar: glândulas submaxilares.

Submergir
v.t. Cobrir de água, inundar; mergulhar, afundar. / Fig. Tragar, arrasar, destruir, aniquilar: país submerso pela anarquia. / Fig. Absorver: submerso de trabalho.

Submergivel
adj. Que pode ser submergido; submersível.

Submersao
s.f. Ação de submergir, ou seu resultado; grande inundação. / Estado de um ser orgânico que vive debaixo da água. // Hipismo Submersão do casco, abatimento do casco do cavalo, resultante de uma pancada.

Submersivel
adj. Que se pode submergir. / Botânica. Diz-se da planta aquática que, após a florescência, submerge na água. / &151; S.m. Submarino.

Submerso
adj. Submergido, coberto pelas águas. / Mergulhado, oculto. / Fig. Absorvido, lançado. / Botânica. Que vegeta debaixo da água.

Submeter
v.t. Sujeitar, subjugar, dominar, controlar: submeter os rebeldes. / Fig. Propor ao julgamento, ao exame: submeto-lhes novo projeto. / &151; V.pr. Render-se, humilhar-se, dobrar-se; aceitar: submeteu-se à decisão do chefe.

Submetralhadora
s.f. Arma de fogo do tipo de uma pequena metralhadora de cano curto, que utiliza munição de pistola e dispara rajadas.

Subministrar
v.t. Prover do necessário; dar, ministrar.

Submissao
s.f. Ato ou efeito de submeter. / Obediência voluntária; sujeição: submissão perfeita. / Humildade, humilhação, passividade, subserviência: falou com toda a submissão que o caracteriza.

Submisso
adj. Que está em posição ou lugar inferior. / Obediente, dócil, respeitoso: crianças submissas. / Subserviente, servil: sorriso submisso.

Submultiplo
adj. Matemática Diz-se de um número, de uma grandeza compreendidos um certo número de vezes em outro número, em outra grandeza: quatro é número submúltiplo de 16. / &151; S.m. Quantidade submúltipla: três é um submúltiplo de nove.

Submundo
s.m. O conjunto de marginais ou delinqüentes vistos como grupo social organizado.

Subnormal
s.f. Matemática Projeção sobre um eixo, e especialmente sobre um eixo de coordenadas, do segmento da normal compreendido entre um ponto de uma curva da normal e o ponto em que a normal encontra o eixo considerado.

Subnutricao
s.f. Má adaptação do alimento às condições de vida de uma pessoa; desequilíbrio alimentar em geral; má nutrição, nutrição deficiente.

Suboficial
s.m. Militar de uma corporação intermediária entre a dos oficiais e a da tropa, que compreende os sargentos. (É mais usado em relação a exércitos estrangeiros: suboficial francês.) / Militar Na Aeronáutica e na Marinha, graduação que corresponde à de subtenente, no Exército.

Suborbicular
adj. Anatomia. Situado abaixo da órbita ocular: artérias suborbiculares.

Suborbital
adj. Diz-se das características do movimento de um engenho espacial colocado em órbita estável em torno da Terra.

Subordem
s.f. História natural Subdivisão de uma ordem vegetal ou animal.

Subordinacao
s.f. Ação ou efeito de subordinar; ordem estabelecida entre as pessoas, e que torna umas dependentes das outras. / Dependência de uma coisa em relação a outra. / Gramática Dependência de uma palavra ou oração em relação a outra palavra da frase ou outra oração do período. / Lógica Relação da espécie ao gênero.

Subordinado
adj. Que está sob as ordens de um superior; dependente de alguém ou de alguma coisa. // Gramática Oração subordinada ou dependente, oração que completa o sentido de outra, à qual, o mais das vezes, está ligada por uma conjunção subordinativa, por um pronome ou advérbio relativo. / &151; S.m. Pessoa que trabalha ou serve sob as ordens de outra; subalterno.

Subordinante
adj. Que subordina; que torna dependente. / Gramática Diz-se da palavra ou oração de que outras dependem. (Usa-se também como substantivo.)

Subordinar
v.t. Pôr sob a dependência de; estabelecer subordinação; sujeitar. / Fig. Fazer depender de; condicionar: subordinar sua resposta a uma nova pergunta.

Subordinativo
adj. Que estabelece ou demonstra subordinação.

Subornador
adj. e s.m. Que ou aquele que se vale de mentiras, promessas enganosas, dinheiro e benefícios para seduzir, para obter o que deseja.

Subornar
v.t. Aliciar com promessas e meios venais; levar a agir contra o dever; induzir a mau procedimento, visando a proveito próprio; peitar: subornar um guarda.

Suborno
s.m. Ação ou efeito de subornar; ato de induzir a pessoa à prática de certo ato, oferecendo-lhe dinheiro ou outros benefícios ilícitos, em proveito próprio; peita.

Subpor
v.t. Pôr debaixo, sotopor.

Subpovoamento
s.m. Insuficiência de povoamento, em face dos recursos explorados ou potenciais de uma região.

Subprocurador
s.m. Bras. Membro da procuradoria, subordinado hierarquicamente ao procurador.

Subproducao
s.f. Produção inferior às necessidades dos consumidores.

Subproduto
s.m. Corpo obtido acessoriamente no curso da fabricação de uma outra substância, ou como resíduo de uma extração: o alcatrão é um dos subprodutos da destilação do carvão-de-pedra.

Subquilotonico
adj. Cujos efeitos são comparáveis aos produzidos pela explosão de uma carga de trinitrotolueno inferior a 1.000 toneladas (diz-se de carga nuclear).

Subsaariano
adj. Relativo à região da África situada ao sul do Saara.

Subscrever
v.t. Escrever por baixo de; assinar, firmar: subscrever a carta. / Aprovar, aceitar: subscrever uma opinião. / Fornecer ou comprometer-se a fornecer certa quantia a uma empresa, uma obra de caridade etc. / Assumir o compromisso de adquirir, mediante preço convencionado, uma obra em publicação ou que deve ser publicada. / Adquirir parte de algo, cota, ações de uma empresa etc., por subscrição.

Subscricao
s.f. Ato de subscrever. / Assinatura de uma carta, ata ou outro documento. / Compromisso, assumido por escrito, de contribuir com certa quantia em dinheiro para a realização de uma obra, a fundação de uma empresa etc. / Compromisso de adquirir uma obra em vias ou em curso de publicação; assinatura. // Direito de subscrição, privilégio concedido a um acionista de participar com prioridade no aumento de capital.

Subscritar
v.t. Subscrever, assinar por baixo.

Subscrito
adj. e s.m. Que ou o que está escrito por baixo. / &151; Adj. Angariado por meio de subscrição: é grande o capital subscrito.

Subscritor
adj. e s.m. Que ou aquele que subscreve. / &151; S.m. Aquele que toma parte numa subscrição; assinante; abaixo-assinado. / Acionista: os subscritores das pequenas companhias.

Subsecao
s.f. Divisão de uma seção.

Subsecretariado
s.m. Divisão de um secretariado. / Administração dirigida por um subsecretário. / Dignidade, função, repartição do subsecretário.

Subsecretario
s.m. Alto funcionário de uma instituição, ou de um governo, que está abaixo do secretário ou do ministro: o subsecretário de Estado norte-americano.

Subserviencia
s.f. Qualidade do que é subserviente; bajulação, condescendência, servilismo.

Subserviente
adj. Servil, que serve às ordens de outrem. / Bajulador, condescendente.

Subsidencia
s.f. Meteorologia Descida lenta, sobre uma região extensa, de uma massa de ar que, acompanhada geralmente de divergência horizontal nas camadas inferiores, se aquece por compressão.

Subsidiar
v.t. Dar subsídio a; ajudar, auxiliar. / Contribuir com subsídio para.

Subsidiaria
adj. e s.f. Diz-se de ou empresa controlada por outra, a qual detém o total ou a maioria de suas ações.

Subsidiario
adj. Dado acessoriamente em apoio do principal; acessório, auxiliar: razão subsidiária.

Subsidio
s.m. Auxílio, socorro, benefício. / Quantia que o Estado oferece a obra de beneficência ou de interesse público; subvenção. / &151; S.m.pl. Meios, elementos subsidiários; dados, informações: o manual oferece alguns subsídios para o estudo da matéria. / Bras. Vencimentos de senadores, deputados e vereadores.

Subsistema
s.m. Sistema subordinado a outro.

Subsistencia
s.f. Estado daquilo que subsiste; estabilidade, permanência, sobrevivência. / Conjunto de coisas necessárias para a manutenção da vida; sustento, alimentação, víveres: garantir a subsistência da família. // Serviço de subsistência, serviço da intendência militar que tem a função de fornecer o necessário para a alimentação da tropa.

Subsistente
adj. Que subsiste; que continua a existir; vigente.

Subsistir
v.i. Existir, ser, persistir, perdurar, permanecer: no interior subsistem ainda velhos costumes. / Viver, sobreviver, manter-se. / Estar ainda em vigor, ser vigente: esta lei ainda subsiste.

Subsolo
s.m. Camada do solo que se acha imediatamente abaixo da terra cultivável. / Parte de uma construção situada abaixo do andar térreo.

Subsoma
s.f. Soma parcial.

Subsonico
adj. Diz-se da velocidade que é inferior à do som. / Aeronáutica. Que desenvolve velocidade menor que a do som. / Relativo às velocidades inferiores à do som. (Antôn.: supersônico.)

Substabelecer
v.t. Nomear como substituto. / Transferir a outrem (encargo, procuração). / Sub-rogar.

Substancia
s.f. Filosofia. Princípio do ser, que é permanente, em oposição aos acidentes que mudam. / Qualquer espécie de matéria, corpo: substância dura, mole. / Natureza de uma coisa; essência: a substância não coincide com a aparência. / A parte mais nutritiva dos corpos; força, robustez, vigor: as plantas tiram a sua substância da terra. / Fig. Aquilo que há de essencial numa obra, num ato etc.; síntese, fundo: reter a substância do discurso. // Química. Substâncias orgânicas, substâncias extraídas dos seres vivos ou criadas por síntese, e que contêm carbono e hidrogênio. // Substância, massa ou matéria cinzenta, o cérebro. // &151; loc. adv. Em substância, substancialmente, em resumo.

Substanciado
adj. De que se tirou substância. / Sintetizado, exposto na sua essência; resumido, compendiado.

Substancial
adj. Concernente à substância: idéia substancial. / Nutritivo; substancioso: alimento substancial. / Essencial, fundamental, importante: um argumento substancial para a sua defesa. / &151; S.m. Substância; o essencial: o substancial vinha do campo.

Substancialismo
s.m. Filosofia que admite a existência da substância. (Opõe-se a idealismo.)

Substancialista
adj. e s.m. e s.f. Que diz respeito ao substancialismo, ou que o sustenta: Descartes e Spinoza são filósofos substancialistas.

Substanciar
v.t. Medicina Dar comidas substanciais, nutrir substancialmente. / Fig. Expor em substância, resumir, sintetizar. / Vigorar, fortalecer, dar forças a.

Substancioso
adj. Que dá substância, que dá força; nutritivo, alimentício. / Que tem substância; substancial.

Substantivar
v.t. Gramática Usar ou tomar como substantivo.

Substantivo
s.m. Gramática Palavra com que se designa um ser ou um objeto (substantivo concreto), uma ação, uma qualidade, um estado (substantivo abstrato). // Substantivo comum, substantivo que convém a todos os seres da mesma espécie. // Substantivo próprio, nome particular, que é propriedade de uma pessoa, de um animal ou de uma instituição. / &151; Adj. Que designa a substância; concernente à substância; substancioso, substancial: qualidades substantivas. / Que tem as funções de um substantivo: pronome substantivo. // Química Corante substantivo, matéria corante que se aplica diretamente, sem necessidade de mordente.

Substituicao
s.f. Ação de substituir; seu resultado; colocação de pessoa ou coisa em lugar de outra: substituição do professor. / Química Reação química em que um elemento de um composto é substituído por outro elemento químico. / Matemática Permuta efetuada entre n elementos distintos. / Troca de variáveis em uma função de variáveis múltiplas. / Aplicação biunívoca de um conjunto finito sobre este próprio. / Psicanálise Troca de um objeto por outro consentido pela censura, e capaz de provocar a mesma descarga afetiva. / Direito Disposição testamentária pela qual se designa, além do herdeiro direto, o herdeiro ou herdeiros com direito à sucessão.

Substituir
v.t. Pôr no lugar de: substituir móveis velhos por novos. / Suprir uma coisa por outra: o mel substitui o açúcar. / Ocupar o lugar de outro, suceder-lhe: substituir o prefeito. / Mudar, trocar (por outro): substituir um empregado. / Preencher momentaneamente o posto de outro: substituir um funcionário doente.

Substitutivo
adj. Que substitui; substituinte. / Medicina Diz-se do medicamento irritante que substitui uma inflamação por outra, mais facilmente curável. / &151; S.m. Substituição, emenda: propor substitutivos ao projeto de lei.

Substituto
adj. Que substitui, que supre; substitutivo. / &151; S.m. Pessoa que exerce as funções de outra, na ausência ou impedimento desta: falei com o substituto do diretor.

Substrato
s.m. Filosofia. Aquilo que forma a parte essencial do ser, sobre que repousam seus atributos. / O que serve de base a um fenômeno. / Lingüística. Camada lingüística inferior, constituída por uma língua nativa que é abandonada em favor de outra, de importação, deixando nesta alguns vestígios de sua influência; é o caso do substrato celta no latim vulgar da Lusitânia.

Subsumir
v.t. Filosofia. Conceber como compreendido dentro de um conjunto: subsumir um indivíduo numa espécie, uma espécie num gênero. / Reputar (um fato) como aplicação de uma lei.

Subtangente
s.f. Matemática Projeção sobre um eixo, e especialmente sobre um eixo de coordenadas, do segmento da tangente compreendido entre o ponto de contato de uma curva e o ponto onde a tangente encontra o eixo considerado.

Subtendente
s.f. Matemática Linha reta que vai de uma extremidade à outra de um arco; linha subtensa.

Subtender
v.t. Estender por baixo. / Matemática Ligar as extremidades de um arco de curva: corda que subtende um arco de círculo.

Subtenente
s.m. Militar Graduação mais elevada entre as praças, no Exército. (Correspondente ao suboficial na Marinha e na Aeronáutica.)

Subtensa
s.f. Geom. Diz-se da linha ou corda tirada pelas extremidades de um arco; linha que forma a corda de um arco.

Subterfugio
s.m. Evasiva; alegação ou pretexto com que alguém procura ardilosamente esquivar-se a dificuldades.

Subterfugir
v.i. Usar de subterfúgios; esquivar-se, usando de subterfúgios.

Subterraneo
adj. Que está debaixo da terra: caminho subterrâneo. / Fig. Que se faz às escondidas: práticas subterrâneas. / &151; S.m. Vão, galeria construída abaixo do nível do solo: os subterrâneos do Vaticano. / Caminho de ferro subterrâneo; metropolitano, metrô.

Subterreo
adj. Que está debaixo da terra; subterrâneo.

Subtil
adj. Sutil.

Subtileza
s.f. Sutileza.

Subtitulo
s.m. Título colocado abaixo do título principal e que vem assim como um desdobramento ou especificação deste.

Subtotal
s.m. Total parcial.

Subtracao
s.f. Ação de subtrair: subtração fraudulenta. / Supressão, privação, extração. / Roubo, furto. / Matemática Operação inversa da adição, que consiste em tirar do primeiro número tantas unidades quantas contém o segundo; diminuição. (O resultado da subtração se chama "resto" ou "diferença". Tira-se a prova da subtração acrescentando o resto ao minuendo; deve-se então encontrar o número maior. O sinal &150; [menos] indica que é preciso subtrair.)

Subtraendo
s.m. Matemática O segundo termo de uma subtração.

Subtrair
v.t. Tirar fraudulentamente; furtar, surripiar: subtrair documentos secretos. / Afastar, esconder, ocultar, livrar: ninguém pode subtraí-lo à sua vingança. / Matemática Efetuar uma subtração; diminuir. / &151; V.pr. Esquivar-se, furtar-se: subtrair-se ao castigo.

Subtrativo
adj. Matemática Relativo à subtração. / Que se deve subtrair: termo subtrativo.

Subtropical
adj. Situado perto dos trópicos, até os 40&186; de latitude: regiões subtropicais.

Subulado
adj. História natural Que termina em ponta como a sovela: antena subulada.

Subumano
adj. Que está abaixo do nível humano. / Desumano; inumano.

Suburbano
adj. Próprio de subúrbio; que reside em subúrbio: população suburbana. / &151; S.m. Habitante de subúrbio.

Suburbicario
adj. Diz-se das sedes episcopais próximas de Roma (Óstia, Frascati etc.), cujos titulares são cardeais.

Suburbio
s.m. Conjunto das aglomerações que cercam um centro urbano e participam de sua existência. / Arrabaldes.

Subvencao
s.f. Auxílio pecuniário concedido pelo Estado, pela coletividade local, por uma sociedade ou por um mecenas, a um indivíduo, a uma associação, a uma entidade etc.; subsídio, patrocínio, ajuda de custo.

Subvencionar
v.t. Conceder subvenção a; patrocinar: subvencionar um teatro, uma indústria.

Subversao
s.f. Ação ou efeito de subverter; prática de atos subversivos; revolta, insubordinação contra a autoridade, as instituições, as leis e os princípios estabelecidos.

Subversivo
adj. Próprio para subverter, para solapar o estado de coisas estabelecido: propósitos subversivos. / &151; S.m. Militante da subversão; revolucionário.

Subverter
v.t. Perturbar completamente. / Desorganizar, criar confusão. / Revolucionar. / Destruir, arruinar. / Fazer soçobrar. / &151; V.pr. Submergir(-se), afundar-se. / Arruinar-se.

Sucata
s.f. Ferro inútil; ferro que serviu em máquinas e que se aproveita para ser refundido; ferro-velho. / Qualquer peça metálica imprestável. / Depósito desse tipo de material. / Fig. Coisas reles, que não oferecem interesse.

Succao
s.f. Ação ou efeito de sugar, de chupar; aspiração, absorção.

Sucedaneo
adj. e s.m. Diz-se de, ou qualquer medicamento, qualquer substância que pode substituir outra porque produz aproximadamente os mesmos efeitos. / Qualquer coisa que pode substituir outra.

Suceder
v.t. Vir depois, seguir-se: ao dia sucede a noite. / Ser sucessor; assumir, por direito de sucessão, por nomeação ou por eleição, as funções antes ocupadas por outrem: o papa Paulo VI sucedeu a João XXIII. / &151; V.i. Acontecer, ocorrer: sucedeu que a minha ausência não foi notada; sucederam coisas misteriosas naquela noite. / Passar-se algo com alguém: já não se lembra do que lhe sucedeu ontem. / &151; V.pr. Acontecer sucessivamente: após o primeiro, sucederam-se muitos encontros.

Sucessao
s.f. Ato ou efeito de suceder. / Seqüência, série de pessoas, de coisas ou de fatos que se sucedem sem interrupção ou com pequeno intervalo: sucessão de reis, de idéias. /

Sucessibilidade
s.f. Direito à sucessão. / Ordem de sucessão.

Sucessivel
adj. Que pode legitimamente suceder; habilitado para a sucessão ou herança: parentes em grau sucessível.

Sucessivo
adj. Contínuo, seguido, ininterrupto, consecutivo: três dias sucessivos. / Que acontece com pequenos intervalos; intermitente: chuvas sucessivas. / Direito Relativo a uma sucessão; hereditário: direitos sucessivos.

Sucesso
s.m. Resultado feliz; êxito. / Acontecimento, fato, caso, ocorrência. / Bras. (NE) Acidente, desastre.

Sucessor
s.m. Pessoa que sucede a outra em um cargo, profissão, funções etc. / Herdeiro. / Pessoa com atributos iguais ou semelhantes aos de outra. / &151; Adj. Que sucede a outrem. // O sucessor de São Pedro, o papa.

Sucessorio
adj. Relativo à sucessão; que trata da sucessão: lei sucessória.

Sucia
s.f. Pop. Sociedade ou grupo de pessoas de má índole; malta, bando.

Sucino
s.m. O mesmo que âmbar amarelo ou simplesmente âmbar. (Var.: sucino.)

Sucinto
adj. Dito em poucas palavras; conciso, lacônico: narração sucinta.

Sucio
s.m. Pessoa que faz parte de uma súcia; vadio, marginal, bandoleiro.

Suco
s.m. Caldo extraído de matéria orgânica (frutas, legumes, carne), por pressão, cocção ou por outro processo: suco de carne, de laranja. / Sumo; essência. / Fig. e Fam. Coisa ou pessoa ótima, bonita: essa moça é um suco.

Sucre
s.m. Unidade monetária do Equador, dividida em 100 centavos.

Sucuarana
s.f. Bras. Mamífero carnívoro da família dos felídeos; onça-parda das montanhas ou serras; puma. / Fig. Mulher de mau gênio.

Sucubo
adj. Que se deita ou põe por baixo. / Fig. Sensual, lúbrico, luxurioso: devaneios súcubos. / &151; S.m. Espécie de demônio feminino que, segundo a crença popular, provoca pesadelos aos homens adormecidos (por opos. a íncubo). / Fig. Pessoa de vontade fraca que se deixa dominar por outra. (Usa-se também como adjetivo: demônio súcubo; indivíduo súcubo.)

Suculencia
s.f. Qualidade daquilo que é suculento.

Suculento
adj. Que tem muito suco; sumarento: frutas suculentas. / Gorduroso, gordo: churrasco suculento. / Copioso, pingue, abundante: suculento jantar.

Sucumbido
adj. Desanimado, desfalecido, derrotado; abatido.

Sucumbir
v.i. Cair (sob o peso de); vergar, dobrar-se. / Ser vencido ou dominado; não resistir, ceder: a cidade sucumbiu à força do ataque inimigo. / Morrer, perecer: não resistindo aos ferimentos, a vítima sucumbiu. / Fig. Perder o ânimo; ficar acabrunhado; desalentar-se; fraquejar: sucumbir ao próprio desalento. / Ser suprimido ou abolido; deixar de existir: sucumbiram as leis, a religião e a pátria.

Sucupira
s.f. Nome comum a diversas árvores brasileiras, das quais a mais conhecida tem também o nome de sucupira-do-cerrado. &151; É de pequeno porte, tem folhas em forma de penas e flores azul-arroxeadas, de 2cm a 3cm, dispostas em cachos. O fruto é um legume de cerca de 5cm, com sementes vermelhas. No verão, a sucupira perde todas as folhas e cobre-se de flores. Tanto essa espécie como a sucupira-da-mata fornecem madeira de excelente qualidade, utilizada em marcenaria. A sucupira-branca é mais conhecida como faveiro.

Sucuri
s.f. Serpente da América do Sul, que atinge enormes dimensões (7 a 9 m), e vive nos pântanos e rios, alimentando-se de animais que aí venham matar a sede; também chamada anaconda, arigbóia, sucuriju, sucuriú, boioçu. (A sucuri é tida como a maior das serpentes conhecidas.)

Sucursal
s.f. Casa ou estabelecimento comercial ou financeiro dependente da matriz; filial. (Usa-se também como adjetivo.)

Sucussao
s.f. Ação de sacudir; abalo.

Sucutuba
adj. Bras. Gír. Gostoso, apetitoso, suculento.

Sucuuba
s.f. Árvore da família das apocináceas.

Sudacao
s.f. Medicina Ato de suar ou de fazer suar com fins terapêuticos; suadouro.

Sudamina
s.f. Medicina Erupção de vesículas na pele, que sobrevém a certas doenças caracterizadas por transpiração abundante.

Sudanes
adj. Do Sudão. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante desse país africano. / &151; S.m. A língua falada no Sudão.

Sudario
s.m. Lençol que envolve o cadáver; mortalha. / Pano com que outrora se limpava o suor. / Fig. Quadro, exposição (falando-se de coisas repreensíveis): o sudário dos vícios. // Santo Sudário, a mortalha de Cristo; tela em que está representado o rosto ensangüentado de Cristo.

Sudeste
adj. e s.m. Sueste. / Bras. A parte do país que compreende os Estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais.

Sudito
adj. e s.m. Que ou aquele que depende da vontade de outrem; vassalo. / Diz-se de, ou pessoa protegida pelos representantes diplomáticos de seu país quando residente em país estrangeiro.

Sudoeste
s.m. Ponto, direção ou região situada entre o sul e o oeste. / Vento que sopra dessa direção. / &151; Adj. Relativo ao sudoeste: região sudoeste.

Sudorifero
adj. e s.m. Que provoca suor; sudorífico.

Sudorifico
adj. e s.m. Que ou aquilo que faz suar; sudorífero.

Sudoriparo
adj. Que segrega suor: glândulas sudoríparas.

Sudra
s.f. Casta inferior da Índia. / &151; S.m. Indivíduo que pertence a essa classe, geralmente trabalhador rude, sem cultura.

Sueca
s.f. Jog. Espécie de bisca em que cada parceiro joga com dez cartas. / Coreogr. Tipo de quadrilha com música e andamentos rápidos.

Sueco
adj. Relativo à Suécia. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da Suécia. / Língua escandinava falada principalmente na Suécia.

Suede
s.m. Tecido acamurçado, próprio para a feitura de luvas, casacos etc.

Suedine
s.f. Tecido de algodão que lembra o suede.

Sueira
s.f. Ant. Tipo de pedra preciosa. / Bras. Trabalheira, serviço pesado que faz suar; estafa.

Sueli
Nome Germânico - Significado: Luz.

Suelto
s.m. Pequeno comentário jornalístico sobre assunto do dia; tópico, vária.

Sueste
s.m. Ponto, direção ou região situada entre o sul e o leste. / Vento que sopra dessa direção. / Japona e chapéu de oleado, que os marinheiros vestem a bordo quando chove. / &151; Adj. Que está situado entre o sul e o leste: região sueste.

Sueter
s.m. e s.f. Bras. Blusa fechada, de malha de lã.

Sueto
s.m. Feriado escolar. / Fig. Descanso, folga.

Sufi
s.m. Título que se dava, antigamente, ao soberano da Pérsia; xá. / Asceta muçulmano.

Suficiencia
s.f. Quantidade suficiente: tem suficiência de recursos. / Capacidade intelectual; aptidão, habilidade. / Presunção, vaidade.

Suficiente
adj. Qualidade de suficiente. / Tanto quanto necessário; bastante: quantia suficiente. / Auto-suficiente, presunçoso, vaidoso: atitude suficiente. // Filosofia. Razão suficiente, causa que satisfaz plenamente. / &151; S.m. Conceito atribuído a um aluno, que o classifica entre o medíocre e o bom.

Sufismo
s.m. Corrente mística do Islã, nascida no séc. XIII. (Opõe-se ao legalismo, acentuando a importância da religião interior. Seus principais representantes são al-Halladj [858-922] e al-Ghazali [1058-1111].)

Sufixacao
s.f. Processo de formação de palavras pelo acréscimo de sufixos.

Sufixal
adj. Relativo aos sufixos: derivação sufixal.

Sufixar
v.t. Juntar sufixo a. / &151; V.i. Juntar sufixo.

Sufixo
s.m. Gramática Morfema que se junta à parte terminal do vocábulo e que tem por finalidade: a) comunicar ao nome a noção gramatical de grau; e b) formar séries sistemáticas de palavras da mesma classe gramatical. Assim, por exemplo, o único papel do sufixo ão é formar o aumentativo (menino / meninão). A função especial do sufixo ês é derivar adjetivos de substantivos (cortês &151; de corte; montanhês &151; de montanha), bem como a do sufixo mento é criar substantivos tirados a verbos (casamento &151; de casar; esquecimento &151; de esquecer).

Sufixoide
s.m. Gramática Designação dada aos radicais latinos ou gregos que figuram, em regra, como segundo elemento de palavras compostas, a exemplo de cola e teca, respectivamente em silvícola e biblioteca.

Sufle
s.m. (aport. do fr. soufflé) Prato a que se acrescentam claras de ovo e se cozinha ao forno: suflê de cenouras.

Sufocacao
s.f. Ato ou efeito de sufocar; dificuldade ou perda da respiração; sufocamento, asfixia, estrangulamento. / Fig. Repressão, censura: sufocação do pensamento.

Sufocante
adj. Que faz sufocar; asfixiante: o calor sufocante de uma sala.

Sufocar
v.t. Fazer perder a respiração; fazer morrer por asfixia. / Tornar a respiração difícil: calor que sufoca. / Reprimir: sufocar os soluços. / Impedir de divulgar-se ou de desenvolver-se: sufocar um escândalo, uma revolta. / &151; V.i. Respirar com dificuldade: sufoca-se aqui. // Sufocar de tanto rir, rir a ponto de quase não poder respirar.

Sufraganeo
adj. e s.m. Diz-se de, ou bispo ou bispado dependente de arcebispo ou arquidiocese: a diocese de Pelotas é sufragânea da arquidiocese de Porto Alegre.

Sufragar
v.t. Apoiar com sufrágio, aprovar pelo voto. / Rezar, orar pelos mortos. / Pedir com sufrágios ou orações.

Sufragio
s.m. Voto, votação para a eleição de um candidato; declaração, opinião emitida em congresso ou assembléia que decide por maioria de votos: participar de sufrágio. / Adesão, aprovação: conquistou o sufrágio popular. / Liturgia Ato de piedade ou orações pelos defuntos. // Sufrágio direto, sistema em que o eleitor vota, ele mesmo, para a eleição dos vereadores, do prefeito, dos deputados, dos senadores, do governador e do presidente. // Sufrágio indireto, sistema em que prefeito, governador, deputado, senador ou presidente são eleitos pelos membros de um corpo eleitoral. // Sufrágio universal, sistema em que o corpo eleitoral é constituído por todos os cidadãos de maior idade e não incapazes por lei.

Sufragista
adj. Relativo ao sufrágio. / &151; s.m. e s.f. Partidário do sufrágio. / &151; S.f. Mulher que reivindica, para seu sexo, o direito do voto, nos países em que o mesmo não lhes foi ainda concedido.

Sufumigacao
s.f. Vaporização aplicada em alguma parte do corpo para a cura de um mal. / Queima de substâncias aromáticas para purificar a atmosfera ou para fins higiênicos.

Sufumigar
v.t. Aplicar sufumigação; vaporizar.

Sufusao
s.f. Medicina Ação de humor que se espalha fora dos vasos ou reservatórios naturais. / Derrame de sangue que se espalha sob a pele.

Sugacao
s.f. Ação ou efeito de sugar.

Sugar
v.t. Chupar, sorver, chuchar. / Extrair, tirar. / Subtrair fraudulentamente, extorquir.

Sugerir
v.t. Lembrar, inspirar, insinuar: sugerir uma solução. / Ocasionar, proporcionar, provocar: o espetáculo sugere admiração e espanto.

Sugestao
s.f. Ação de sugerir; seu resultado; inspiração, instigação: dar uma sugestão. / Psicologia Influência subconsciente das palavras ou idéias de outro. // Sugestão hipnótica, vontade, desejo ou idéia provocada numa pessoa em estado de hipnose.

Sugestionabilidade
s.f. Capacidade de receber sugestões. / Psicologia Disposição para receber uma idéia e ser influenciado por ela.

Sugestionar
v.t. Produzir sugestão em alguém; sugerir, inspirar, estimular.

Sugestivo
adj. Que sugere, que inspira; evocativo: paisagem sugestiva. / Insinuante, atraente, simpático: riso sugestivo.

Sui generis
(loc. lat.)

Suicas
s.f.pl. Barba que se deixa crescer nas partes laterais da face; costeletas.

Suicida
s.m. e s.f. Pessoa que matou a si mesma. / &151; Adj. Que serviu de instrumento para o suicídio: arma suicida. / Que provoca a morte, a destruição, a ruína ou a derrota de quem pratica (alguma coisa): decisão suicida, política suicida; ataque suicida.

Suicidar-se
v.pr. Dar voluntariamente a morte a si mesmo; matar-se. / Fig. Arruinar-se, perder-se, autodestruir-se.

Suicidio
s.m.

Suico
adj. Da Suíça. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da Suíça.

Suideos
s.m.pl. Zoologia Família de mamíferos ungulados, que tem por tipo o porco.

Suimanga
s.m. Pequeno pássaro da África; o macho tem plumagem de cores brilhantes. (Parece-se com o beija-flor.)

Suindara
s.f. Coruja-de-igreja.

Suino
adj. Relativo ao porco. / &151; S.m. Porco.

Suinocultura
s.f. Criação de porcos.

Suite
s.f. Conjunto de aposentos em hotel, hospital, apartamento. // &151; S.m. Bras. Gír. Dar o suíte, ir-se embora; sumir, escafeder-se.

Sujar
v.t. Tornar sujo. / Fig. Desonrar, macular: sujar a reputação de alguém. / &151; V.i. Fazer dejeções, defecar. / &151; V.pr. Praticar atos vis. / Evacuar involuntariamente. // Bras. Pop. Sujar-se com alguém, ficar malvisto, proceder mal com outrem.

Sujeicao
s.f. Ação de subjugar. / Estado de dependência: a sujeição de um país a outro. / Fig. Constrangimento, submissão: a grandeza e suas sujeições.

Sujeira
s.f. Estado do que está sujo; coisa desasseada, imundície, sujidade. / Fig. e Fam. Ação vil, processo incorreto: fez-me uma sujeira. / Palavra obscena: dizer sujeiras. / Matérias fecais: o cachorro deixou sujeira no corredor.

Sujeita
s.f. Pej. Mulher indeterminada ou que não se nomeia; fulana.

Sujeitar
v.t. Submeter, constranger: sujeitar a trabalhos penosos. / &151; V.pr. Obrigar-se a: sujeitar-se a rigorosa dieta.

Sujeito
adj. Dependente, submisso, subordinado: todos estão sujeitos à mesma lei. / Fig. Obediente, dócil, escravizado, cativo, dominado: sentimentos sujeitos aos caprichos dela. / Exposto: fica sujeito ao ridículo. / Inclinado, predisposto: sujeito à embriaguez. / Que comporta, suscetível de: texto sujeito a modificações. / &151; S.m. Vassalo, súdito. / Pessoa indeterminada, ou cujo nome não se menciona: esteve um sujeito à sua procura. / Gramática. Termo da oração a respeito do qual se enuncia alguma coisa. / Filosofia. Espírito que conhece, em relação ao objeto que é conhecido. / Direito. Pessoa vinculada a uma relação jurídica. / Bras. Designação que os sertanejos davam aos escravos.

Sujidade
s.f. Qualidade do que é sujo; imundície, sujeira. / Matérias fecais.

Sujo
adj. Porco, imundo, sórdido, porcalhão; cheio de sujidades. / Fig. Que gosta de dizer coisas grosseiras; indecente, torpe, indecoroso, obsceno: homem sujo, escritor sujo. / Em que não se pode confiar; desmoralizado, incorreto. // Pop. Ficar sujo com alguém, ficar malvisto, perder o crédito com alguém. / &151; S.m. Diabo. / Vegetação que cresce, depois da derrubada de uma floresta. / Indivíduo em que não se pode confiar; tratante; trapaceiro. / Fam. Fantasia carnavalesca feita de andrajos. // Rir (ou rir-se) o sujo do mal lavado, zombar de alguém por defeitos que são idênticos aos seus próprios.

Sul
s.m. Um dos quatro pontos cardeais, diretamente oposto ao norte. / Pólo astral. / Países ou regiões situadas na parte sul de um continente. / Vento que sopra do sul. / Bras. A parte do país que compreende os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. / &151; Adj. Relativo ao sul: vento sul.

Sul-africano
adj. Do sul da África ou da República da África do Sul. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da República da África do Sul ou da África meridional.

Sul-americano
adj. e s.m. Próprio, natural ou habitante da América do Sul.

Sul-coreano
adj. Da Coréia do Sul. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante da Coréia do Sul.

Sul-vietnamita
adj. Da antiga República do Vietname do Sul. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Natural ou habitante dessa república.

Sulcar
v.t. Fazer sulcos, abrir regos. / Náutica Cortar as águas, navegar. / Cavar rugas, enrugar: rugas fundas sulcavam-lhe a pele. / Fig. Atravessar em várias direções:

Sulco
s.m. Rego aberto na terra pela pá do arado. / Quebra da superfície da água, feita pela passagem de uma embarcação; esteira. / Fig. Traço longitudinal: o foguete deixou um sulco de fogo no espaço. / Ruga: na fronte, os sulcos da idade.

Sulfacido
s.m. Ácido orgânico em que um ou mais átomos de oxigênio foram substituídos por átomos de enxofre; tioácido. (Var.: sulfoácido.)

Sulfamida
s.f. Química Nome genérico de compostos orgânicos nitrogenados e sulfurados, que são a base de vários grupos de medicamentos antiinfecciosos (bacilos e cocos), antidiabéticos e diuréticos. (Us. também a forma reduzida sulfa.)

Sulfanilamida
s.f. Uma das primeiras sulfamidas utilizadas no combate às infecções.

Sulfatagem
s.f. Ato de sulfatar; enxoframento: a sulfatagem protege as videiras.

Sulfatar
v.t. Impregnar de sulfato. / Aspergir solução de sulfato (em plantas) contra certas doenças.

Sulfatizacao
s.f. Química Transformação em sulfato.

Sulfato
s.m. Quím. Sal de ácido sulfúrico. &151; Em regra, os sulfatos são compostos estáveis, formados em cristais. A maioria é bastante solúvel em água, embora sulfatos como os de bário, estrôncio e chumbo não se dissolvam em água. Barita é um sulfato de bário; gipsita é um sulfato de cálcio; celestita é um sulfato de estrôncio; e sal de Epsom é um sulfato de magnésio. Os sulfatos são industrialmente importantes. O sulfato de cobre, ou vitríolo azul, é utilizado em muitas indústrias, como pigmentação e estampagem de morim. O sulfato de ferro é empregado na fabricação de tinta de escrever e em farmacologia. O sulfato de manganês é usado na estampagem de morim. O sulfato de zinco é empregado em cirurgia como anti-séptico, e na indústria, na estampagem de morim e em óleos secantes para vernizes. Alguns fermentos de cozinha contêm alume, sulfato duplo de potássio e alumínio. Todo sulfato contém um grupo de átomos associados de enxofre e oxigênio conhecido quimicamente como radical sulfato (-SO4).

Sulfetacao
s.f. Operação que consiste em introduzir no solo certa quantidade de sulfeto de carbono: a sulfetação é destinada a combater a filoxera.

Sulfeto
s.m. Química. Grupo de compostos de enxofre e de alguns outros elementos, usualmente metais. &151; Todos os sulfetos contêm o íon sulfeto, no qual o enxofre tem a valência -2. O símbolo químico para esse íon é S.

Sulfidrico
adj. Química Diz-se de um ácido (H2S) produzido pela decomposição de matérias animais, formado de enxofre e de hidrogênio, e que é um gás incolor, altamente tóxico, com cheiro de ovo podre.

Sulfitagem
s.f. Emprego do anidrido sulfuroso na vinificação (como desinfetante, microbicida, descorante etc.).

Sulfito
s.m. Química Sal do ácido sulfuroso.

Sulfoacido
s.m. Sulfácido.

Sulfocarbonato
s.m. Química Composto resultante da reação do sulfeto de carbono posto em contato com álcalis.

Sulfona
s.f. Química Composição orgânica com grupo SO2 em que o enxofre atua como hexavalente. (Tem grande ação bactericida e é usada no tratamento da lepra.)

Sulfonado
adj. Química Diz-se dos derivados obtidos pela ação do ácido sulfúrico sobre os compostos benzênicos.

Sulfovinico
adj. Química Diz-se do ácido que resulta da ação do ácido sulfúrico sobre o álcool.

Sulfur
s.m. Solução medicinal de enxofre, empregada em homeopatia. / Enxofre.

Sulfuracao
s.f. Ato ou efeito de sulfurar.

Sulfurar
v.t. Combinar com enxofre.

Sulfureo
adj. Que tem a natureza do enxofre. / Em cuja composição entra enxofre. / Que tem partículas ou cheiro de enxofre.

Sulfurico
adj. Química Relativo ao enxofre; que contém enxofre. // Ácido sulfúrico, ácido oxigenado (H2SO4) derivado do enxofre, corrosivo muito violento e a que no comércio se dá o nome de óleo de vitríolo. (Serve para a fabricação de numerosos ácidos, de sulfatos, alumes, superfosfatos, explosivos e corantes; emprega-se também nos acumuladores elétricos.)

Sulfurino
adj. Da cor do enxofre (amarelo-claro).

Sulfurizado
adj. Diz-se especialmente do papel tratado com ácido sulfúrico, que fica com a aparência de pergaminho: papel sulfurizado.

Sulfuroso
adj. Que contém enxofre: água sulfurosa. / Que tem cheiro de enxofre: exalação sulfurosa. // Anidrido sulfuroso, composto oxigenado (SO2) derivado do enxofre. (É um gás incolor, asfixiante, que se emprega como descorante e como desinfetante.) // Ácido sulfuroso, gás ácido obtido através da combustão do enxofre.

Sulimao
s.m. Bras. (SP) Pop. Nome comum do sublimado corrosivo.

Sulino
adj. e s.m. Bras. Que ou aquele que é do Sul; sulista.

Sulista
adj. Relativo ao Sul; sulino. / &151; S.m. Natural ou habitante da região Sul. / Partidário dos Estados do Sul na guerra de Secessão (1861-1865), nos Estados Unidos da América.

Sultana
s.f. Mulher do sultão. / Título das filhas do sultão. / Bras. Planta da família das compostas.

Sultanado
s.m. Dignidade de sultão. / País governado por um sultão.

Sultanato
s.m. Sultanado.

Sultao
s.m. Título de honra conferido a príncipes e soberanos muçulmanos. / Fig. Homem que tem muitas amantes. &151; A palavra, que significa soberano, designava antigamente uma pessoa austera e poderosa. O título é utilizado desde aproximadamente 900 d.C. O soberano da antiga Turquia era o maior dos sultões. Atualmente vários sultões possuem riqueza, mas poucos têm o poder dos antigos príncipes.

Suma
s.f. Resumo; síntese do principal de uma coisa, de uma obra. / O substancial. // &151; loc. adv. Em suma, em resumo, em substância.

Sumaca
s.f. Barco pequeno, de dois mastros, muito usado, antigamente, na América do Sul.

Sumagre
s.m. Botânica. Planta da família das anacardiáceas, rica em tanino. / Pó extraído dessa planta e usado em medicina, tinturaria, curtumes.

Sumare
s.m. Bras. Planta da família das orquidáceas.

Sumarento
adj. Que tem bastante sumo ou suco: laranja sumarenta.

Sumariante
adj. e s.m. Diz-se de, ou juiz que preside ao sumário de culpa.

Sumariar
v.t. Tornar sumário, resumir, compendiar, sintetizar.

Sumario
s.m. Resumo, suma. / Recapitulação. / Síntese, sinopse. / &151; Adj. Breve, resumido, rápido, sem formalidades: julgamento sumário. // Sumário de culpa, fase do processo em que o juiz qualifica e interroga o réu, ouve testemunhas e a defesa (o mesmo que instrução criminal e formação de culpa).

Sume
s.m. Bras. Personagem misterioso da mitologia tupi. &151; Antes do descobrimento do Brasil, um homem branco teria aparecido entre os indígenas e lhes teria ensinado a agricultura. Como insistisse, porém, que não tivessem mais de uma mulher, nem comessem carne humana, os índios quiseram matá-lo a flechadas. As flechas, contudo, não feriam Sumé, que caminhou em direção ao oceano e por ele desapareceu, andando sobre as águas. A tradição católica no Brasil colonial identifica o Sumé dos índios com São Tomé. Ao fugir da perseguição dos silvícolas, o santo teria ido para as Índias, com enormes passadas por sobre as ondas do mar.

Sumeas
s.f.pl. Náutica Peças de madeira usadas para reparo e reforço do leme.

Sumeriano
adj. e s.m. Sumério.

Sumerio
adj. Da Suméria. / &151; Adj. e s.m. Natural ou habitante dessa antiga região da baixa Mesopotâmia. / &151; S.m. Língua falada nessa região, antes da invasão dos semitas. &151; Povo que, no IV milênio a.C., habitava o baixo vale do Eufrates, onde floresceu uma brilhante civilização. Os sumerianos desapareceram no II milênio a.C., não sem antes transmitirem aos assírios os principais elementos de sua arte e de sua mitologia.

Sumico
s.m. Pop. Desaparecimento, descaminho. // Bras. Pop. Tomar chá de sumiço, desaparecer. // Dar sumiço, desaparecer com, fazer desaparecer.

Sumidade
s.f. A extremidade mais alta; cimo, cume, topo. / Fig. Pessoa que se destaca por seu talento e situação; notabilidade: é uma sumidade em matemática.

Sumidico
adj. Que some ou desaparece facilmente.

Sumido
adj. Que sumiu. / Escondido, encoberto, soterrado. / Encovado, fundo, frouxo. / Distante, longínquo, pouco perceptível. / Fig. Magro, descarnado.

Sumidouro
s.m. Abertura por onde algo se escoa, se some; escoadouro. / Lugar onde se perdem constantemente os objetos. / Fig. Coisa que consome muito dinheiro. / Bras. Curso subterrâneo de um rio, através de rochas.

Sumir
v.i. Desaparecer, perder-se: a carta sumiu. / Gastar-se, consumir-se: o dinheiro some. / Ausentar-se, fugir, esconder-se: fulano sumiu. / Afundar-se, submergir: o barco sumiu no mar revolto. // &151; V.t. Sumir com (alguma coisa), levá-la consigo, fazê-la desaparecer, gastá-la, perdê-la, dar-lhe sumiço: sumiu com o dinheiro. / &151; V.pr. Esconder-se, ausentar-se, sair de vista. / Afundar-se.

Sumo
s.m. Luta tradicional japonesa, ligada ao culto xintoísta, em que um dos contendores perde quando é empurrado para fora do ringue ou quando qualquer parte do seu corpo, exceto as solas dos pés, toca o chão.

Sumpcao
s.f. Ato de engolir.

Sumpto
s.m. Custo, gastos, despesas.

Sumptuario
adj. Suntuário.

Sumptuosidade
s.f. Suntuosidade.

Sumptuoso
adj. Suntuoso.

Sumula
s.f. Pequena suma, breve resumo de qualquer obra feito com muita clareza; epítome. / Relatório curto de assembléia, competição esportiva etc.

Suna
s.f. Conjunto de palavras e ações de Maomé e da tradição que a elas se refere.

Sunga
s.f. Bras. Calção próprio para banho e natação. / Tipo de cueca muito curta, semelhante ao calção de banho. / Espécie de suspensório para os órgãos sexuais masculinos.

Sungar
v.t. Puxar para cima, suspender os cós das calças. / &151; V.i. Bras. Reter o muco nasal, deixando de assoar-se.

Sunismo
s.m. Corrente majoritária do Islã, que se baseia na suna e no consenso comunitário por ela suscitado.

Sunita
adj. Que diz respeito à suna. / &151; s.m. e s.f. Muçulmano ortodoxo.

Suntuario
adj. Relativo a despesas, gastos: reformas suntuárias. / Relativo a luxo; suntuoso.

Suntuosidade
s.f. Caráter daquilo que é suntuoso; luxo extraordinário, magnificência, fausto.

Suntuoso
adj. De grande riqueza; luxuoso, aparatoso, esplêndido, pomposo, faustoso: suntuosos festins.

Suor
s.m. Secreção aquosa, incolor, de sabor um tanto salgado, que contém cloreto de sódio e uréia, e que é formada pelas glândulas sudoríparas e destilada pelos poros da pele. / Ação de suar; estado de um corpo que sua: parecia desmanchar-se em suor. / Fig. Trabalho penoso: viver do suor do povo. / Fruto de grande trabalho. // Com o suor do seu rosto, à custa de trabalho perseverante e penosos sacrifícios.

Supedaneo
s.m. Banco pequeno usado para descansar os pés; escabelo. / Peanha. / Estrado de madeira em que o sacerdote põe os pés enquanto reza a missa. / Fig. Suporte, base.

Supeditar
v.t. Fornecer, ministrar.

Super-heterodino
adj. e s.m. Diz-se do, ou receptor radioelétrico no qual as oscilações elétricas engendradas na antena se superpõem às de um oscilador local, para dar lugar a oscilações facilmente amplificadas e filtradas.

Super-homem
s.m. Homem dotado de qualidades extraordinárias, superiores às da natureza humana comum. / Filosofia. Tipo de homem que, segundo a filosofia de Nietzsche, excederá pela vontade o homem atual.

Superabundancia
s.f. Excessiva abundância; fartura: superabundância de víveres.

Superabundante
adj. Muito abundante; farto: colheita superabundante. / Além do necessário; excessivo, demasiado, supérfluo: detalhes superabundantes.

Superabundar
v.i. Existir em excessiva quantidade; sobejar.

Superacao
s.f. Ato ou efeito de superar.

Superado
adj. Vencido, subjugado. / Afastado, removido. / Obsoleto, ultrapassado: lei superada.

Superagudo
adj. Muito agudo. / Medicina Diz-se de uma doença de evolução rapidíssima. // Música Notas superagudas, notas mais agudas que as habitualmente empregadas.

Superalimentacao
s.f. Excesso de alimentação. / Aumento da ração alimentar absorvida por um indivíduo: tratar um doente pela superalimentação. / Alimentação de um motor de combustão interna, com ar a uma pressão superior à pressão atmosférica.

Superaquecer
v.t. Aquecer em excesso. / Levar um líquido a uma temperatura superior a seu ponto de ebulição sem que ele passe ao estado gasoso. / Levar um metal a uma temperatura excessivamente elevada, que lhe altera as características mecânicas.

Superaquecimento
s.m. Ação de superaquecer; aquecimento excessivo. / Estado instável de um corpo cuja temperatura é superior à temperatura de equilíbrio correspondente a seu estado físico. / Estado de um líquido cuja temperatura é superior a seu ponto de ebulição. / Aquecimento excessivo de um metal ou de uma liga, mas sem fusão, ainda que parcial.

Superar
v.t. Passar por cima; passar além; ser ou ficar superior; sobrelevar-se: superar a expectativa. / Vencer, subjugar, dominar, dobrar: superar a resistência do adversário. / Fazer desaparecer, remover, resolver: superar todas as dificuldades.

Superarbitro
s.m. Árbitro designado para decidir sobre uma questão a respeito da qual os primeiros árbitros estão em desacordo; árbitro desempatador.

Superavel
adj. Que se pode superar: dificuldade facilmente superável.

Superavit
s.m. Significa a diferença para mais entre uma despesa e uma receita. (É o contrário de déficit.)

Superavitario
adj. Que apresenta superávit: orçamento superavitário.

Superciliar
adj. Relativo a sobrancelha, ao supercílio: arcada superciliar.

Supercompressao
s.f. Aumento da compressão de um corpo, seja pela redução do volume, seja pela elevação da pressão a que foi submetido. / Método que consiste em realizar, num motor de avião, uma compressão variável segundo a altitude.

Supercomputador
s.m. Computador de grande potência e velocidade, usado especialmente para pesquisas, simulações e cálculos científicos.

Superdose
s.f. Dose excessiva de um tóxico, estupefaciente ou de um medicamento psicotrópico, passível de levar à morte.

Superdotado
adj. e s.m. Bras. Diz-se de, ou indivíduo dotado de inteligência invulgar.

Superego
s.m. Psicanálise Instância inconsciente da mente, consecutiva à identificação da criança com seus pais, que exerce a função de censura diante das compulsões instintivas, dirigindo-as para objetos substitutivos. (Algumas neuroses se explicariam pelo não-funcionamento da substituição, caso em que o superego exerce uma repressão contínua sobre o inconsciente.)

Superestimar
v.t. Estimar demais; sobreestimar. / Bras. Dar excessivo apreço ou valor a; ter em grande conta: superestimar a fama. (Antôn.: subestimar.)

Superestrato
s.m. Conjunto dos traços lingüísticos de uma língua importada que, tendo convivido com a língua nativa de determinado território, se infiltraram nesta.

Superestrutura
s.f. Conjunto das instituições, das idéias, da cultura de uma sociedade (por opos. a infra-estrutura, que é a base material, econômica da sociedade). / Conjunto de construções que se sobrepõem a outras.

Superexcitacao
s.f. Grande excitação. / Animação apaixonada. / Intensa agitação provocada por estado de nervosismo.

Superexcitar
v.t. Excitar intensamente; sobreexcitar.

Superexcitavel
adj. Sujeito à superexcitação.

Superexposicao
s.f. Fotografia. Exposição muito prolongada de uma superfície sensível à luz.

Superfamilia
s.f. Zoologia Categoria taxionômica que compreende duas ou mais famílias afins.

Superfaturamento
s.m. Faturamento por preço superior ao normal ou ao do mercado.

Superfetacao
s.f. Medicina Concepção de novo feto, quando já existe outro no útero. / Fig. Excrescência, redundância: superfetação de palavras.

Superficial
adj. Relativo à superfície de um corpo: tensão superficial. / Que existe apenas na superfície: úlcera superficial. / Fig. Que não vai ao fundo das coisas; leviano: espírito superficial. / Incompleto, sem profundidade: conhecimento superficial. // Anatomia. Músculos superficiais, os que estão situados logo abaixo da pele. // Veias superficiais, as que, ficando logo abaixo da pele, aparecem externamente.

Superficialidade
s.f. Qualidade de superficial; superficialismo.

Superficialismo
s.m. Superficialidade.

Superficie
s.f. A parte exterior e visível dos corpos. / Fig. Conhecimento ligeiro e imperfeito das coisas; laivos, verniz, aparência: deter-se na superfície. / Geom. Medida que circunscreve extensão e comprimento dos corpos; extensão das faces de um corpo: superfície do cubo. / Medida do comprimento e largura de uma área: superfície da sala. // &151; loc. adv. À superfície, à tona, superficialmente.

Superfino
adj. De qualidade muito fina; extrafino; requintado.

Superfluidade
s.f. Abundância inútil; demasia, excesso: superfluidade de palavras. / Coisa de luxo, mas ociosa.

Superfluo
adj. Que é demais, demasiado; excedente: ornamentação supérflua. / Desnecessário, ocioso, inútil: lamentos supérfluos. / &151; S.m. Aquilo que excede o necessário; coisas desnecessárias: doar um pouco do supérfluo a quem não tem o necessário.

Superfortaleza-voadora
s.f. Nome dado a um avião bombardeiro pesado, de fabricação norte-americana, surgido por ocasião da Segunda Guerra Mundial.

Superfosfato
s.m. Química Fosfato tricálcico natural, tratado com ácido sulfúrico (composto, no caso, de fosfato monocálcico e de sulfato de cálcio), e muito empregado como adubo.

Superfusao
s.f. Física. Fenômeno pelo qual um composto permanece líquido a uma temperatura inferior à sua temperatura de fusão.

Superinfeccao
nova infecção que surge como complicação de outra já existente (pop)

Superintendencia
s.f. Cargo ou funções de superintendente. / Repartição ou casa onde o superintendente exerce suas funções. / Órgão de empresa pública ou particular destinado a superintender várias atividades: Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste.

Superintendente
s.m. e s.f. Aquele(a) que superintende; que supervisiona, como chefe, empresa, repartição, obra etc.

Superintender
v.t. Dirigir como chefe (repartição, empresa, obra etc.); supervisionar; inspecionar.

Superior
adj. Que está situado acima; mais elevado (por opos. a inferior): degrau superior. / Que atinge grau mais elevado: temperatura superior à normal. / Fig. Que ultrapassa os outros em dignidade, posição, mérito, qualidade etc.: talento superior. / Que emana de autoridade: ordens superiores. / &151; S.m. Pessoa que exerce autoridade sobre outra. / Pessoa que dirige uma comunidade religiosa, um convento. // Ser (ou mostrar-se) superior a, não se deixar dominar, atingir por: é um homem superior às intrigas difamatórias.

Superiora
s.f. Religiosa que dirige um convento; abadessa, prioresa.

Superioridade
s.f. Qualidade ou estado de uma pessoa ou coisa que está acima das outras; vantagem, preeminência, preponderância, primazia, supremacia: a superioridade do mérito.

Superlativo
adj. Que exprime o auge da intensificação de uma qualidade: pessoa de virtudes superlativas. / &151; S.m. Gramática Grau de significação do adjetivo, que traduz uma qualidade elevada à sua maior intensidade (superlativo absoluto: antiqüíssimo, muito antigo), ou uma qualidade elevada ao mais alto grau em relação à mesma qualidade atribuída a todos os substantivos da mesma espécie (superlativo relativo: o mais antigo dos professores, o menos antigo dos professores).

Superlotacao
s.f. Excesso de lotação: no caso de superlotação do teatro, haverá perigo para o público. / Ato ou efeito de superlotar.

Superlotar
v.t. Lotar demasiadamente, exceder em lotação.

Supermercado
s.m. Bras. Grande armazém que oferece produtos variados, onde em geral os fregueses se servem livremente e pagam junto aos torniquetes de saída.

Superno
adj. Superior, muito alto, muito elevado. / Fig. Ótimo, excelente.

Supernova
s.f. Astronomia. Estrela maciça que se patenteia quando de sua explosão, tornando-se momentaneamente muito luminosa. (A explosão de uma supernova se distingue da de uma nova por sua amplitude consideravelmente maior: é a estrela inteira, e não apenas seu envoltório, que é afetada. O fenômeno é característico das estrelas maciças que atingem um estádio de evolução avançado.)

Supero
adj. Superior, superno. / Botânica. Diz-se do ovário situado acima do ponto de inserção das sépalas, pétalas e estames, como se pode observar na tulipa e na papoula. (Antôn.: ínfero.)

Supero-lateral
adj. Situado na parte superior, ao lado.

Superordem
s.f. Nível de classificação dos seres vivos que se situa entre a classe e a ordem.

Superplasticidade
s.f. Propriedade que possuem certos materiais de suportar, sob condições particulares, fortes deformações (200 a 2.000%) sem ruptura.

Superplastico
adj. Que apresenta a propriedade da superplasticidade.

Superponivel
adj. Que pode ser superposto: dois cubos superponíveis.

Superpopulacao
s.f. População em excesso; superpovoamento.

Superpor
v.t. e v.pr. O mesmo que sobrepor.

Superposicao
s.f. Ação ou efeito de superpor; estado das coisas que estão superpostas. / Geologia Disposição das camadas da crosta terrestre.

Superpotencia
s.f. Nação que se destaca pelo seu poderio político, econômico e militar, principalmente no tocante a armas nucleares: os Estados Unidos da América e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas eram superpotências.

Superpovoamento
s.m. Excesso de população; povoamento excessivo em relação aos recursos explorados de uma região.

Superproducao
s.f. Excesso de produção. / Cin. Filme produzido com grande orçamento e lançado com muita publicidade.

Superquadra
s.f. Bras. (DF) Área edificada residencial situada ao longo de uma avenida ou rodovia.

Supersaturar
v.t. Saturar além do ponto normal de saturação. / Química Obter uma solução mais concentrada que a solução saturada. / Fig. Fartar até o enjôo; molestar além dos limites suportáveis.

Supersonico
adj. Cuja velocidade é superior à do som: avião supersônico. / Destinado a receber aviões que desenvolvem velocidade superior à do som: aeroporto supersônico.

Superstar
s.f. (pal. ing.) Indivíduo, em geral um artista, extremamente famoso.

Supersticao
s.f. Desvio do sentimento religioso, fundado no temor ou na ignorância, e que empresta caráter sagrado a certas práticas destituídas de qualquer transcendência; crendice. / Presságio infundado e vão, tirado de acontecimentos meramente fortuitos (como de uma vasilha emborcada, do número 13 etc.). / Excesso de zelo; dedicação exagerada: ter a superstição do passado.

Supersticioso
adj. Que tem superstição; que é dominado por superstições: temor supersticioso. / &151; S.m. Pessoa supersticiosa.

Superstite
adj. Que sobrevive; sobrevivente.

Superveniencia
s.f. O fato de vir depois: a superveniência de filhos não anula as doações anteriores.

Superveniente
adj. Que vem depois, que sobrevém.

Supervisao
s.f. Ato ou efeito de supervisar. / Visão superior.

Supervisar
v.t. Dirigir e inspecionar um trabalho; supervisionar; revisar.

Supervisionar
v.t. Bras. Supervisar, inspecionar.

Supervisor
adj. e s.m. Que ou aquele que supervisiona, que inspeciona.

Supetao
s.m. Us. apenas na loc. adv. de supetão, de súbito, de repente, inopinadamente.

Supimpa
adj. Bras. Muito bom; excelente, superior.

Supinacao
s.f. Anatomia. Movimento dos músculos supinadores que fazem a palma da mão ficar voltada para cima ou para diante (por opos. a pronação). / Patologia. Posição de um doente deitado de costas, cabeça caída para trás, pernas e braços esticados, o que é indício de grande fraqueza ou abatimento.

Supinador
adj. e s.m. Anatomia. Diz-se dos, ou os músculos do antebraço e da mão que executam movimento de supinação.

Supino
adj. Elevado, alto, superior. / Deitado de costas; com o ventre para cima. / Fig. Demasiado, excessivo: supina ignorância. / Gramática Uma das formas nominais do verbo latino.

Suplantar
v.t. Meter debaixo dos pés; derrubar, prostrar, calcar. / Levar vantagem, vencer: suplantar um rival. / Fig. Humilhar, dominar.

Suplementacao
s.f. Ato ou efeito de suplementar: suplementação de verba.

Suplementar
adj. Que serve de suplemento: crédito suplementar. / Que se acrescenta como suplemento; adicional: horas suplementares. / Que amplia ou completa; complementar: palavras suplementares. // Matemática Ângulo suplementar, ângulo que, acrescentado a outro, forma com esse um ângulo igual a dois ângulos retos. // Música Linhas suplementares ou acidentais, pequenas linhas traçadas acima ou abaixo da pauta, entre ou sobre as quais se colocam as notas. (São como fragmentos de novas pautas.)

Suplemento
s.m. Aquilo que serve para suprir qualquer falta; o que se dá a mais. / Aditamento a um discurso, exposição, livro, para completar. / Páginas com matéria especial que se acrescentam ao número ordinário de páginas e assuntos de um jornal ou revista: suplemento literário. / Fig. Complemento, acréscimo. // Geom. Suplemento de um ângulo, ângulo que lhe falta para valer 180&186;.

Suplencia
s.f. Ato ou efeito de suprir. / Função de suplente: suplência vacante.

Suplente
adj. e s.m. e s.f. Que ou aquele que supre, que substitui; que pode ou deve assumir certas funções na falta ou ausência daquele a quem elas competem efetivamente; reserva, substituto: deputado suplente; um suplente.

Supletivo
adj. Que supre, que completa: ensino supletivo.

Suplica
s.f. Oração feita com insistência e submissão; prece, rogativa: Deus ouviu minha súplica. / Pedido, memorial em que se solicita favor, graça ou esmola.

Suplicacao
s.f. Ação ou efeito de suplicar; súplica.

Suplicado
adj. Pedido com humildade. / &151; S.m. Direito Pessoa contra quem um suplicante requer em juízo.

Suplicante
adj. e s.m. e s.f. Que ou aquele que suplica, que roga. / Requerente, impetrante.

Suplicar
v.t. e v.i. Pedir humildemente ou com insistência: suplicar uma ajuda. / Requerer em juízo. (Sin.: rogar, implorar, pleitear.)

Suplice
adj. Que suplica, que pede humildemente. / Que traduz súplica. / Que se prostra pedindo.

Supliciado
adj. e s.m. Que ou aquele que sofreu suplício, ou foi justiçado.

Supliciar
v.t. Castigar com suplício; infligir a pena de morte a: supliciar um condenado. / Torturar, seviciar. / Fig. Fazer sofrer, afligir, magoar.

Suplicio
s.m. Castigos corporais; tortura, sevícia. / Intensa e prolongada dor física: a dor de dentes é um suplício. / Fig. Tudo que provoca grande sofrimento moral; aflição intensa e prolongada: a presença dela é para mim um suplício. / &151; S.m.pl. Cordas com que os mártires eram supliciados. / Disciplinas ou correias com que os religiosos castigavam o corpo; cilício. // Suplício de Tântalo, tormento daquele que deseja ardentemente uma coisa que parece próxima e, no entanto, é inalcançável.

Suponivel
adj. Que se pode supor.

Supor
v.t. Alegar por hipótese; admitir hipoteticamente: suponhamos que isso seja verdadeiro. / Conjeturar, presumir, imaginar: supõe que os outros sejam iguais a ele. / Fazer presumir como necessário; exigir a existência de: os direitos supõem os deveres.

Suportar
v.t. Sustentar; ter sobre si: os pilares suportam a abóbada. / Agüentar, resistir a: suportar a tortura. / Sofrer com paciência: suportar a dor. / Permitir, tolerar: não suporta desrespeito. / Estar à prova de: suporta bem o frio. / Admitir, aceitar, acomodar-se a. / &151; V.pr. Tolerar-se mutuamente.

Suportavel
adj. Que se pode suportar; tolerável.

Suporte
s.m. Objeto colocado debaixo de outro para sustentá-lo ou firmá-lo; sustentáculo, apoio: os suportes da cúpula. / Material que, no computador eletrônico, recebe a informação (disco, fita magnética etc.). / Heráld. Figura de animal colocada junto do escudo e que parece sustentá-lo.

Suposicao
s.f. Ato ou efeito de supor; conjetura, hipótese. / Opinião formada sem provas certas e positivas: suposição gratuita.

Supositorio
s.m. Medicina Medicamento sólido que se introduz no ânus, na vagina ou na uretra.

Suposto
adj. Admitido por hipótese. / Fictício, falso: o suposto testamento. / &151; S.m. Suposição, conjetura, hipótese. / Filosofia. O que subsiste por si; substância. // &151; loc. conj. Suposto que, na suposição de que; dado o caso que.

Supra-sensivel
adj. Que está acima dos sentidos; inacessível aos sentidos; supersensível.

Supra-sumo
s.m. O ponto mais alto, mais elevado; o requinte, o máximo: é o supra-sumo da elegância.

Supracitado
adj. Citado acima, supramencionado.

Supracondutividade
s.f. Física. Fenômeno apresentado por alguns metais, cuja resistência elétrica se torna praticamente nula abaixo de certa temperatura.

Supramencionado
adj. Mencionado acima ou anteriormente; supracitado.

Supranacional
adj. Que pertence a um organismo, a um poder colocado acima do governo de cada nação.

Supranaturalismo
s.m. Filosofia. Natureza do que é sobrenatural, do que existe além do natural, da matéria. / Doutrina que admite a intervenção sobrenatural.

Supraventricular
por cima de uma pequena cavidade (pop)

Supremacia
s.f. Superioridade absoluta; poder ou autoridade suprema; hegemonia: pretender a supremacia. / Preeminência.

Suprematismo
s.m. Teoria e prática do pintor russo Malevitch (a partir de 1913) e seus epígonos, tais como Lissitzky, Ivan Klioune, Olga Rozanova. (Foi o primeiro movimento de pura abstração geométrica da pintura.)

Supremo
adj. Que está acima de tudo: dignidade suprema. / Que pertence a Deus; celeste, divino: a suprema justiça. / O principal, o mais importante: este é o instante supremo. / Último, derradeiro: o momento, a hora suprema. // Corte suprema, tribunal que julga em última instância. // Poder supremo, autoridade do chefe de Estado. // Ser Supremo, Deus. / &151; S.m. O Supremo Tribunal Federal: recorreu ao Supremo. // Culinária. Supremo de frango, prato preparado com frango cozido, passado em ovo e farinha de rosca, e a seguir fritado.

Supressao
s.f. Ação ou efeito de suprimir; extinção, eliminação: a supressão dos privilégios. / Estado daquilo que foi suprimido ou omitido; lacuna, omissão: o texto apresenta a supressão de algumas palavras.

Supressivo
adj. Que suprime; supressor.

Supressor
adj. Supressivo.

Suprimento
s.m. Ação ou efeito de suprir; auxílio, adição, suplemento. / Empréstimo. / Bras. Provisão, fornecimento.

Suprimir
v.t. Impedir de existir, de ser publicado: suprimir um jornal. / Fazer desaparecer: suprimir os cargos inúteis. / Cortar: suprimir uma frase. / Não mencionar, omitir: suprimir um nome. / Anular, abolir, cassar, extinguir, tirar: suprimir os direitos civis.

Suprir
v.t. Ajuntar (alguma coisa) para substituir, completar ou inteirar: suprir o que falta. / Fazer as vezes de, substituir: o talento não supre o estudo. / Prover, fornecer, preencher: suprir o mercado de todo o necessário. / Remediar, acudir, auxiliar: o esforço supre a escassez de inteligência.

Supuracao
s.f. Formação, acumulação ou secreção de pus.

Supurado
adj. Que está em supuração: apendicite supurada.

Supurar
v.i. Formar, acumular ou expelir pus: abscesso que supura.

Supurativo
adj. Que produz supuração ou a facilita. / &151; S.m. Medicamento que facilita a supuração.

Suputacao
s.f. Ato ou efeito de suputar; cômputo: a suputação de datas.

Suputar
v.t. Computar, calcular: suputar despesas.

Sura
adj. Relativo aos suras, antigo povo da Índia. / &151; S.m.pl. Esse povo.

Surdez
s.f. Perda ou diminuição considerável do sentido da audição.

Surdimudez
s.f. Surdimutismo.

Surdimutismo
s.m. Estado de surdo-mudo; surdimudez.

Surdina
s.f. Peça de madeira em forma de pente que se coloca nos instrumentos de corda, para abafar o som. / Aparelho de madeira, papelão etc., que se coloca no pavilhão de certos instrumentos de sopro para tornar o som surdo. / Fig. Som abafado, murmúrio: falou em surdina. // &151; loc. adv. À surdina ou pela surdina, sem barulho, pela calada.

Surdir
v.i. Sair, aparecer, brotar: surdiam gafanhotos do solo. / Emergir, vir à superfície: a bóia surdia e sumia. / Fig. Resultar, provir: nenhum resultado surdia dos meus esforços.

Surdista
s.m. e s.f. Tripulante de salva-vidas a quem incumbe socorrer náufragos.

Surdo
adj. Privado, mais ou menos completamente, do sentido da audição: tornar-se surdo. / Gramática Diz-se das consoantes que se produzem sem vibração das cordas vocais (opõe-se a sonoro). / Fig. Insensível, inexorável: surdo à piedade. / Cavernoso; pouco sonoro: voz surda. / Diz-se do som abafado: ruído surdo. / Incerto, que ainda não é público: espalham-se rumores surdos. / Que se faz secretamente, sem espalhafato: guerra surda. / &151; S.m. Indivíduo que não ouve, que sofre de surdez. / Tambor de som abafado. // Fam. Surdo como uma porta, completamente surdo. // &151; loc. adv. Às surdas ou à surda, pela calada, sem ser percebido.

Surdo-mudez
s.f. Surdimutismo, surdimudez.

Surdo-mudo
adj. e s.m. Que ou aquele que está privado simultaneamente da audição e da fala.

Surfe
s.m. Esporte marítimo em que a pessoa, de pé sobre uma prancha, desliza na crista das ondas e, aproveitando o impulso, faz evoluções e por vezes passa por baixo delas: o surfe, no Brasil, é muito praticado em praias do Rio de Janeiro e do litoral paulista.

Surfismo
s.m. Surfe. / Movimento que congrega os praticantes e apreciadores desse esporte.

Surfista
s.m. e s.f. Pessoa que pratica o surfe ou surfismo: o Havaí é o paraíso dos surfistas.

Surgimento
s.m. Ação de surgir; aparecimento: o surgimento de novas dificuldades.

Surgir
v.i. Aparecer, elevando-se; despontar; emergir: uma vela surge no horizonte. / Nascer, brotar, crescer, erguer-se: surgem plantas de toda espécie. / Vir, chegar: surgiu a hora. / Aparecer de repente, sobrevir: surgiram novas dificuldades. / Ocorrer, lembrar: surgiu à mente nova idéia. / &151; V.t. Náutica Fundear.

Surmenage
s.m. (pal. fr.) Estado que resulta de fadiga excessiva. / Estafa.

Surpreendente
adj. Que surpreende. / Fig. Que provoca viva emoção: espetáculo surpreendente. / Espantoso, admirável, magnífico.

Surpreender
v.t. Apanhar ou tomar de supresa: a chuva nos surpreendeu no caminho. / Aparecer inopinadamente: eu o surpreenderei um dia. / Apanhar no ato; prender em flagrante: surpreender o ladrão. / Fig. Causar surpresa; espantar, desconcertar: tal fato me surpreende. / Conseguir ardilosamente; obter por fraude: surpreender uma carta sigilosa.

Surpresa
s.f. Ato ou efeito de surpreender ou de ser surpreendido. / Espanto, sobressalto, perturbação: causou grande surpresa. / Prazer inesperado, presente: fazer uma surpresa a alguém no dia de seu aniversário. // &151; loc. adv. De surpresa, de improviso, inesperadamente.

Surpreso
adj. Surpreendido, tomado de espanto.

Surra
s.f. Bras. Pop. Ação de surrar; pancada, sova, tunda.

Surrado
adj. Muito gasto pelo uso: vestido surrado. / Espancado, sovado. / Curtido.

Surrao
s.m. Espécie de bornal de couro usado pelos pastores para levar comida e objetos de seu uso. / Roupa gasta e suja. / Indivíduo muito sujo.

Surrar
v.t. Curtir, pisar, machucar o couro para torná-lo flexível. / Bater, açoitar, espancar, sovar. / &151; V.pr. Gastar-se.

Surrealismo
s.m. Movimento artístico, sobretudo literário (lançado na França em 1924 por André Breton), que se caracteriza pela expressão do pensamento de maneira espontânea e automática, regrada apenas pelos impulsos do inconsciente e deliberadamente incoerente. Inspirado pela psicanálise, proclama a prevalência absoluta do sonho, do instinto, do desejo. Despreza a lógica e renega a ordem moral e social, investindo contra os padrões estabelecidos. (Adaptação do fr. surréalisme; as formas vernáculas super-realismo e supra-realismo são pouco usadas.)

Surrealista
adj. Relativo ao surrealismo. / &151; Adj. e s.m. e s.f. Diz-se de, ou artista que segue o surrealismo.

Surribar
v.t. Escavar, afofar, revolver a terra em torno das plantas para que elas possam estender as raízes.

Surripiar
v.t. Bras. Pop. Tirar indevidamente; furtar.

Surrupiar
v.t. Bras. Pop. Surripiar.

Sursis
s.m. (pal. fr.) Direito Suspensão condicional da pena. (V. SUSPENSÃO.)

Surtida
s.f. Saída de um grupo de sitiados, contra os sitiadores. / Investida contra o inimigo.

Surtir
v.t. Ter por conseqüência; originar, produzir; obter resultado: tanto empenho para surtir tão pouco efeito.

Surto
adj. Ancorado, fundeado: navio surto no porto. / &151; S.m. Fig. Tendência para engrandecer-se. / Impulso, arrancada. / Epidemia, irrupção: surto de gripe.

Suruba
adj. Bras. Bom. / &151; S.f. Bras. Cacete, bengala. / Bras. Chul. Atividade sexual de que participam três ou mais pessoas.

Surubim
s.m. Bras. Peixe da família dos silurídeos.

Surucucu
s.f. Bras. Árvore leguminosa-mimosácea.

Surumbamba
s.m. Var. de turumbamba.

Sururu
s.m. Planta da família das tiliáceas. / Bras. Pop. Briga, desordem, confusão.

Sururuca
s.f. O mesmo que urupema.

Sus
interj. Usa-se para incitar ou animar, significando Eia!, Coragem!, Ânimo!, Acima: Sus, amigos, chegou o momento!

Susana
Nome Hebraico - Significado: Lírio gracioso.

Susceptibilidade
s.f. Suscetibilidade.

Susceptibilizar
v.t. e v.pr. Suscetibilizar.

Susceptivel
adj. Suscetível.

Suscetibilidade
s.f. Disposição especial para sofrer influências e contrair enfermidades; exaltação da sensibilidade nervosa. / Fig. Tendência a ressentir-se das coisas mais insignificantes; sensibilidade extrema; melindre: não quis ferir-lhe a suscetibilidade.

Suscetibilizar
v.t. Melindrar, ofender ligeiramente.

Suscetivel
adj. Capaz de receber, de experimentar, de sofrer impressões, modificações: a cera é suscetível de muitas formas; a criança é suscetível de aperfeiçoamento. / Fig. Que se ofende facilmente; melindroso: mulher suscetível.

Suscitado
adj. Direito Diz-se daquele contra quem se suscitou impedimento ou se argüiu incompetência.

Suscitar
v.t. Fazer nascer; fazer aparecer; provocar, causar, originar: suscitar polêmicas. / Sugerir, lembrar, trazer ao espírito: suscitar novas idéias.

Suserania
s.f. Qualidade ou poder de suserano. / Território ou país dominado por um suserano.

Suserano
s.m. Senhor feudal que possuía um feudo de que dependiam outros feudos. / Chefe de Estado que recebe vassalagem de outros Estados aparentemente autônomos. / &151; Adj. Relativo a suserano; que exerce suserania.

Sushi
s.m. (pal. jap.) Culinária. Bolinho de arroz coroado ou com fatias finas de peixe cru, ovas etc. e/ou enrolado em folha de alga; iguaria japonesa.

Suspeicao
s.f. Ato de suspeitar; suspeita, desconfiança, dúvida: confiar sem a menor suspeição. / Situação, mencionada em lei, que impede juízes, promotores, advogados, ou qualquer outro auxiliar da justiça, de funcionar em determinado processo, no caso de haver dúvida quanto à imparcialidade e independência com que devem atuar.

Suspeita
s.f. Ato de suspeitar; suspeita, desconfiança, dúvida: confiar sem a menor suspeição. / Situação, mencionada em lei, que impede juízes, promotores, advogados, ou qualquer outro auxiliar da justiça, de funcionar em determinado processo, no caso de haver dúvida quanto à imparcialidade e independência com que devem atuar.

Suspeitar
v.t. Ter suspeitas; conjeturar, supor; julgar com certa base: suspeito que seja ele. / Levantar suspeitas contra; desconfiar: suspeitar da honestidade de alguém. / Considerar, tachar à base de suspeitas: suspeitam-me implicado.

Suspeito
adj. Que inspira suspeitas, desconfiança: testemunha suspeita. / De que não se tem certeza; que suscita dúvidas; duvidoso: opinião suspeita. / De cujas boas qualidades se duvida; que parece esconder defeitos ou vícios: amizade suspeita. / Que se deve evitar; perigoso: homem suspeito. / Que se supõe ser falso ou falsificado: marca suspeita. / Diz-se de casa de tolerância; lupanar: casa suspeita. / &151; S.m. Pessoa suspeita.

Suspeitoso
adj. Receoso, desconfiado: espírito suspeitoso.

Suspender
v.t. Deixar pendente, pendurar: suspender o lustre. / Interromper temporariamente: suspender a marcha. / Impedir temporariamente a publicação de: suspender um jornal. / Retirar temporariamente de suas funções: suspender um funcionário. / Adiar, diferir: suspender a execução das ordens. / Soerguer, levantar: suspender a cortina. // Náutica Suspender (a) âncora, içá-la para que o navio possa partir. // Suspender seu julgamento, ficar na expectativa. // Suspender seus pagamentos, deixar de pagar aos credores. / &151; V.i. Marinha Bras. Zarpar (o navio): o "Minas Gerais

Suspensao
s.f. Ação de suspender; estado de uma coisa suspensa. / Objeto de decoração que se pendura no teto ou na parte superior das portas e janelas: suspensão prateada. / Interrupção temporária; retardamento, adiamento: suspensão do jogo. / Pena disciplinar imposta a um funcionário, empregado etc., que o impede, temporariamente, de exercer suas funções. / Incerteza, dúvida, ansiedade. / Mecânica Conjunto de peças que, transferindo para os eixos o peso de um veículo, tem a função de amortecer os solavancos devidos à irregularidade do terreno. (V. AMORTECEDOR.) / Química Estado dos fragmentos de um sólido que, misturados à massa de um líquido, não se dissolvem nele. / Geografia Maneira de transporte de detritos através de uma massa fluida (ar, água), onde eles se mantêm sob a influência de forças ascensionais. /

Suspense
s.m. (pal. ingl.) Momento de um filme, de uma obra literária, em que a ação, retardando seu desfecho, mantém o espectador, o ouvinte ou o leitor na expectativa angustiante do que vai acontecer. // Pop. Fazer suspense, criar expectativa interessada.

Suspensivo
adj. Que tem o poder de suspender. / Direito Que impede temporariamente a execução de um ato jurídico: recurso suspensivo.

Suspenso
adj. Pendurado, pendente: lâmpada suspensa do teto. / Incompleto, interrompido: frase suspensa. / Parado, adiado: trabalhos suspensos. / Hesitante, irresoluto, perplexo: ficaram todos suspensos. / Diz-se da pessoa momentaneamente privada do cargo ou de suas funções: funcionário suspenso. / Fís. Diz-se dos corpos em estado de equilíbrio. // Estar suspenso da boca, dos lábios ou das palavras de alguém, escutar ávida e atentamente o que ele diz. // &151; loc. adv. Em suspenso, não concluído, não encerrado: deixar o negócio em suspenso.

Suspensor
adj. e s.m. Que ou aquilo que serve para suspender.

Suspensorio
adj. Próprio para suspender. / &151; S.m. Cirurgia. Ligadura que sustém o escroto; funda. / Bras. (N) Dispositivo das máquinas a vapor, que permite a inversão da marcha e a variação da expansão. / &151; S.m.pl. Tiras que, presas aos cós e passando por sobre os ombros, seguram as calças; alças.

Suspicacia
s.f. Qualidade do que é suspicaz; suspeita, desconfiança.

Suspicaz
adj. Que causa suspeita; suspeito. / Desconfiado, que suspeita.

Suspirar
v.i. Dar suspiros. / Poética Soprar brandamente, sussurrar, murmurar: suspira docemente a aragem. / &151; V.t. Desejar, ter saudades: suspirar pela pátria distante. / Cantar com ternura e melancolia: suspirou uma terna canção.

Suspiro
s.m. Respiração forte e prolongada ocasionada pela dor, por uma emoção etc.: soltar profundos suspiros. / Gemido, ai, lamento: ouvem-se os suspiros do doente ao lado. / Gemido amoroso. / Fig. Som doce e melodioso: os suspiros do violino. / Pequeno orifício; respiradouro, respiráculo. / Doce muito fofo e macio feito com açúcar e claras de ovos batida. // Exalar o último suspiro, morrer.

Suspiroso
adj. Que se manifesta por suspiros, que suspira; lamentoso.

Sussurrante
adj. Que sussurra, que murmura; rumorejante.

Sussurrar
v.i. Produzir sussurro; murmurar, suspirar, ciciar: sussurra a brisa. / Dizer em voz baixa; segredar: sussurrou-me ao ouvido. / &151; V.t. Murmurar docemente.

Sussurro
s.m. Murmúrio, zumbido, cicio: o sussurro do vento na folhagem. / Som confuso; ato de falar em voz baixa.

Sustanca
s.f. Sustância.

Sustancia
s.f. Bras. Substância. / Pop. Força, vigor, robustez. // Puxado à sustância, vigoroso, forte, substancioso, pomposo, faustoso, magnífico.

Sustar
v.t. e v.i. Fazer parar, interromper; sobrestar.

Sustenido
s.m. Música Sinal () que indica a elevação de um semitom da nota que está à sua direita. (Sin.: díese.)

Sustentacao
s.f. Ação de sustentar; manutenção, sustento, conservação. / Apoio, sustentáculo. / Defesa, confirmação: sustentação de uma tese.

Sustentaculo
s.m. Aquilo que sustenta; suporte, apoio, escora, base. / Fig. Amparo, proteção, arrimo, defesa: a família é o sustentáculo da sociedade.

Sustentar
v.t. Suster, suportar: colunas que sustentam a cúpula. / Amparar, escorar. / Manter, financiar: uma sociedade beneficente sustenta o hospital. / Nutrir, alimentar, prover do necessário: sustentar a família. / Fig. Animar, alentar, fortificar: sustentar o entusiasmo. / Sofrer, resistir, suportar: sustentou as piores torturas. / Defender: sustentou até o fim a mesma idéia. / Ratificar, confirmar: a imprensa sustentou as denúncias. / &151; V.pr. Manter-se de pé: não podia mais sustentar-se nas pernas. / Amparar-se reciprocamente para não cair. / Não cair, não afundar: o balão sustenta-se no ar. / Manter-se: o interesse de um bom romance sustenta-se até o fim. // Sustentar a conversa, não deixá-la morrer. // Sustentar sua reputação, mostrar-se digno dela. // Sustentar uma tese, argumentar em favor dela e refutar as objeções. // Música Sustentar a voz, prolongar o som com a mesma força.

Sustentavel
adj. Que se pode sustentar, manter; suportável: peso que não é sustentável. / Defensável: opinião sustentável.

Sustento
s.m. Sustentação, alimento: as palavras são meu sustento. / Manutenção, conservação. / Fig. Amparo, arrimo, apoio.

Suster
v.t. Amparar, sustentar: os caibros sustêm as ripas e as telhas. / Fazer face a, resistir: os infantes sustiveram a carga de cavalaria. / Alimentar, nutrir: o milho sustinha toda a família. / Refrear, moderar. / Conter, reprimir: suster um grito. / Segurar, impedir de andar, fazer parar. / &151; V.pr. Manter-se. / Equilibrar-se, firmar-se.

Susto
s.m. Sobressalto, terror repentino. / Medo, receio.

Suta
s.f. Instrumento que serve para marcar os ângulos num terreno. / Esquadro de pernas móveis para traçar ângulos de todos os graus.

Sutache
s.f. Trança de seda, lã ou algodão que serve de adorno a peças do vestuário.

Sutil
adj. Cosido; que tem emendas.

Sutileza
s.f. Qualidade daquilo que é sutil; delicadeza, finura, penetração de espírito. / Dito, argumento engenhoso para embaraçar alguém. / Pensamento, raciocínio excessivamente refinado: excesso de sutilezas cansa. (Var.: subtileza.)

Sutilizar
v.t. Tornar sutil; apurar, refinar. / &151; V.i. Pensar, raciocinar ou discorrer com sutileza. / Química Volatilizar.

Sutra
s.m. Na literatura da Índia, tratado em que estão reunidas, sob a forma de breves aforismos, as regras do rito, da moral e da vida cotidiana.

Sutura
s.f. Medicina. Operação que consiste em coser os lábios de uma ferida. / Anatomia. Articulação de dois ossos recortados à semelhança de dentes que engranzam um no outro: as suturas do crânio. / Zoologia. Linha de junção dos carpelos de um pistilo.

Suturar
v.t. Fazer a sutura de.

Suxar
v.t. Tornar frouxo; soltar, alargar.

Suxo
adj. Que se suxou; lasso, frouxo, bambo.

Swap
s.m. (pal. ingl.) Economia e Comércio. Compra de câmbio à vista vinculada à venda futura.

Sweepstake
s.m. (pal. ingl.) Loteria combinada com uma corrida de cavalos, que consiste em sortear os números entre os cavalos inscritos num páreo, de cujo resultado depende a distribuição dos prêmios.

Swing
s.m. (pal. ingl.) Maneira de executar a música de jazz, que consiste numa distribuição típica dos acentos, o que dá à execução um balanceamento rítmico animado e flexível. / Desp. Soco que o pugilista desfecha lateralmente, com um movimento horizontal de braço.

Sylvaner
s.m. (pal. fr.) Casta de uvas brancas cultivada no Este da França, na Alemanha, na Suíça e na Áustria. / Vinho dessa casta.


Passei.com.br | Portal da Programação | Tabagismo

PUBLICIDADE